Terça-feira, 25 de fevereiro de 2020.

Hildo Rocha e prefeito Vagtônio Brandão inauguram balneário de Buritirana

A população de Buritirana tem agora nova área de lazer que foi inaugurada pelo prefeito Vagtônio em ato que contou com a presença do federal Hildo Rocha; do vice-prefeito James Alves; de membros da equipe de governo municipal, vereadores e lideranças políticas da região. A urbanização do açude, novo Balneário da Cidade, é composta por uma praça, boxes para o funcionamento de lanchonetes, banheiros etc. 

“Esse novo espaço de lazer vai proporcionar a geração de emprego e renda para empreendedores do mercado informal. É uma área apropriada para a prática de caminhadas, para lazer. É portanto, uma área que também proporcionará melhorias na saúde das pessoas. Todas essas conquistas foram alcançadas graças à mão forte do nosso deputado federal Hildo Rocha, a quem quero agradecer em nome da população de Buritirana”, destacou o prefeito Vagtônio Brandão.

 

Esforço recompensado

O deputado Hildo Rocha enfatizou que a chegada de mais benefícios para a população de Buritirana é o resultado do grande esforço do prefeito, da equipe de governo municipal e dos vereadores que apoiam a gestão de Vagtônio Brandão.

 

“Me sinto recompensado por também participar desse trabalho eficiente que vem sendo realizado pelo governo do prefeito Vagtônio e por sua equipe com o apoio dos vereadores. Graças ao nosso esforço hoje entregamos mais uma obra que contribui para o embelezamento da cidade e proporciona condições para a prática de atividades de lazer das famílias buritiranense” declarou o parlamentar.

sem comentário »

Dra. Camyla Jansen saúda os farmacêuticos pelo seu dia

Farmacêutica por formação e exercendo o cargo de prefeita de Cajari onde tentará a reeleição com reais chances de vencer, a Dra. Camyla Jansen aproveitou o dia 20 de janeiro, consagrado a todos os farmacêuticos, para homenagea-los com uma referência muito especial: “tão essencial quanto o medicamento”, disse a prefeita e farmacêutica, colocando a importância deste profissional nas ações de saúde, haja vista o cuidado e a atenção com o atendimento e aplicação do medicamento correto para cada paciente. Eis a homenagem da Dra.Camyla Jansen:

sem comentário »

HISTÓRIAS DE SÃO LUÍS: A RESISTÊNCIA DE COMPANHEIRO E DO SOUSA.

Resultado de imagem para fotos antigas de são luis do maranhão

A partir desta data irei publicar os artigos do médico psiquiátrica Hamilton Raposo, sobre as boas lembranças de nossa São Luís.

Algumas lembranças não acontecem por acaso e algumas mudanças sociais e comportamentais que aconteceram em São Luís nas últimas décadas, abrem a gaveta da memória e vasculham comportamentos completamente desconhecidos pela nova sociedade, globalizada e informatizada da cidade. As frutas já não as mesmas, se antes nos deliciávamos com pitombas, tanjas do munim vendidas excepcionalmente na Praia do Barbosa, melancia de Arari comercializadas na Beira-Mar, bombom do mato e murici da Ponta d’Areia e no Mercado Central ou na feira da Praia Grande se podia comprar ingá, abricó, abil, jaca e bacuri todos procedentes da Maioba, Maiobinha ou do Mocajituba. Este assunto pode parecer coisas paleontológicas ao paladar gourmetizado desta nova geração acostumada com kiwi, pera, caqui, morango e um tal de mix de frutas vermelhas. Maria pretinha ninguém conhece, mas a jabuticaba fica parecendo que tem em nosso quintal. E por falar em quintal, alguma criança hoje sabe o que é um quintal?
As verduras eram de uma simplicidade espartana e com a garantia de serem orgânicas quando ninguém ainda falava ou dava esta garantia. Agrotóxico aqui pra nós era estrume de vaca. Comia-se vinagreira, jongome, maxixe, quiabo e jerimum. Tudo era comercializado no Mercado Central, no Galpão e na Feira da Praia Grande, e quem ia a estes mercados, necessariamente tinha que tomar mingau de milho ou de tapioca. Fazia parte das compras e da tradição.
Ninguém comprava mais do que devia, não existia freezer e geladeira era artigo de luxo, e quem desejava conservar algum alimento ou gelar alguma bebida, contentava-se na compra de barras de gelo no portinho com seu Ivaldo Santos ou em uma carroça que andava pelo centro da cidade tocando um sino avisando a passagem do gelo.
Hoje tudo se resume ao supermercado, é o passeio da família moderna e sem memória, encontro de idosos e parque de diversão das crianças, tudo se globalizou. Acabou a caderneta de compras. Ninguém cozinha mais com gordura Monte Branco, ninguém encera mais a casa, tudo é prático e rápido. A manteiga Real resistiu ao tempo, o sabão de Andiroba quase não se encontra mais, presuntada desapareceu, mais o leite Moça continua alimentando e fazendo festa juntamente com Neston, Todd e a Maizena.
A Rua Grande perdeu a Padaria Portuguesa e Cristal. As mercearias Brasil, Neves e Globo Azul não resistiram ao Prático Serviço Lusitana. A Mouraria e as lanchonetes da Ocapana e Acácia também se renderam ao Mac Donald e ao Bob’s. Sousa e Companheiro resistem bravamente à invasão dos fast foods, um no Beco da Pacotilha o outro em frente ao Banco do Brasil da Praia Grande.
A Mercearia Internacional ficava na Praça João Lisboa e exibia como novidade, em caixotes de madeira colocados na calçada, a sua mercadoria mais preciosa: uvas passas e maças argentinas. As maças argentinas, devido a precariedade no transporte, estavam quase sempre batidas, mas nem por isso deixavam de ser caras e elitizadas. Lembro-me de ter comido pela primeira vez por indicação médica, e se perguntarem por qual indicação, a resposta é imediata: desarranjo intestinal.
HAMILTON RAPOSO DE MIRANDA FILHO
sem comentário »

“Pé de Pato” não vota orçamento e complica Prefeitura de Imperatriz

 

A cidade de Imperatriz, segunda maior do Estado, com seus mais de 260 mil habitantes, está vivendo dias tensos, de incerteza; gerados pela teimosia dos 21 vereadores, liderados pelo presidente Zé Carlos Pé de Pato (olha só o nome da figura!!!), que simplesmente decidiu não votar o ORÇAMENTO DE 2020 e a LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS.

Ora!!! Nenhum poder legislativo pode fechar o ano sem votar o orçamento do poder executivo a que ele se nivela: a Câmara Federal vota o orçamento da União; a Assembleia Legislativa vota o orçamento do Estado, e a Câmara Municipal vota o orçamento do Município.

Em Imperatriz, a última sessão de 2019 da Câmara Municipal, foi no dia 12 de dezembro. Foi nela que o Pé de Pato decretou um tal “recesso branco”, coisa que não existe nem na Lei e nem no Regimento Interno da Casa. E colocou vereadores de férias sem que o orçamento fosse votado.

O Ministério Público, pelo visto, não atentou para isso. Pode até pedir a cassação de todos os vereadores, porque não trabalharam durante o período em que oficialmente ainda era ordinário e mesmo assim receberam os salários de dezembro na sua integralidade.

As leis do Orçamento e da LDO foram enviadas pela Prefeitura muito antes do tempo. Não votaram porque estão de birra com o prefeito. Alegam que o prefeito Assis não acatou a lei deles que institui EMENDAS IMPOSITIVAS para os vereadores. É ILEGAL, NÃO ESTÁ NA CONSTITUIÇÃO DO ESTADO. Não pode acatar, mesmo.

Alegam que falta prestação de contas de um quadrimestre da Saúde. E DAÍ, num tem nada a ver uma coisa com a outra.

Se queixam de que o orçamento tem umas prerrogativas de o prefeito adquiri empréstimos. ORA, é só derrubar ESSA PARTE no voto do plenário.

Mas o que eles querem mesmo, isso todo mundo sabe, são facilidades inconfessáveis. COISAS DE ANO DE REELEIÇÃO.

E está chegando o fim do mês: tem dinheiro, mas o prefeito não vai poder pagar os salários, A CONTA DO LIXO, comprar remédios, reabrir as escolas…

ENFIM: Imperatriz está engessada pelos vereadores. (Gente; IRRESPONSABILIDADE TAMBÉM TEM LIMITE).

sem comentário »

Bolsonaro fez 58% dos ataques contra jornalistas no país em 2019, diz Fenaj

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi o responsável por 121 dos 208 ataques contra veículos de comunicação e jornalistas compilados no Brasil no ano passado pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), o que representa 58% do total. Ainda segundo a organização, o Brasil registrou em 2019 um aumento de 54% nesse tipo de ataque físico ou moral contra profissionais ou veículos de comunicação, na comparação com 2018, quando foram anotados 135 casos.

O levantamento divulgado hoje registra que, no caso de Bolsonaro, “foram 114 ofensivas genéricas e generalizadas, além de sete casos de agressões diretas a jornalistas”. A maioria dos ataques de Bolsonaro ocorreu em divulgações oficiais da Presidência da República, de acordo com a federação.

Entre esses ataques, houve discursos e entrevistas do presidente —transcritos no site do Palácio do Planalto— ou por meio do Twitter oficial do presidente. A presidente da Fenaj, Maria José Braga, alertou para a gravidade da situação. “Há, de fato, uma permanente ameaça à liberdade de imprensa no Brasil e à integridade física e moral dos jornalistas. É preciso urgentemente frear o arbítrio instalado no país”, disse.

“O chefe de governo promove, por meio de suas declarações, sistemática descredibilização da imprensa e dos jornalistas. Com isso, institucionaliza a violência contra a imprensa e seus profissionais como prática de governo”, complementa.

Questionado sobre o filho Flávio, presidente questionou sexualidade de repórter.

Entre os ataques de Bolsonaro, houve, por exemplo, o questionamento sobre a sexualidade de um repórter que indagava sobre denúncias que foram feitas contra Flávio Bolsonaro, um dos filhos do presidente. “Você tem uma cara de homossexual terrível, mas nem por isso eu te acuso de ser homossexual”, afirmou.

Em outro momento da mesma entrevista, Bolsonaro alterou o tom da voz e ofendeu uma repórter ao responder se tinha comprovante de um alegado empréstimo feito a seu amigo e ex-policial Fabrício Queiroz. “Ô, rapaz, pergunta para a tua mãe o comprovante que ela deu pro teu pai, tá certo?” O Palácio do Planalto foi procurado para comentar o levantamento e suas considerações serão incorporadas a este texto caso sejam enviadas.

Bolsonaro compara Flávio a Neymar e ofende jornalista

Além de atacar publicamente veículos de comunicação e jornalistas, Bolsonaro também restringiu acesso a informações.

Em 27 de março do ano passado, por exemplo, na entrada de um jantar beneficente, em São Paulo, um assessor de imprensa selecionou os veículos que seriam autorizados a cobrir a visita do presidente.

Foram impedidos de acompanhar o jantar jornalistas do UOL, Folha de S.Paulo, O Globo, Estado de S.Paulo, Valor Econômico, TV Globo e rádio CBN. Puderam entrar repórteres das TVs Band, Record, SBT e Cultura, além da NBR.

Jornalistas assassinados

Além do número geral de casos de violência contra jornalistas e ataques à liberdade de imprensa ter crescido em 2019, também cresceu o número de assassinatos, de acordo com o levantamento da Fenaj.

Os jornalistas Robson Giorno e Romário da Silva Barros, ambos com atuação em Maricá (RJ), foram assassinados. Em 2018, havia ocorrido um assassinato e, em 2017, nenhuma morte em razão do exercício profissional fora registrada.

Das categorias de agressões diretas a jornalistas, além dos assassinatos, registrou crescimento em 2019, em comparação com o ano anterior, a categoria das injúrias raciais. Em 2019, houve dois casos de racismo e, em 2018, nenhum.

Do Site UOL

Pesquisa divulgada pela Federação Nacional dos Jornalistas

sem comentário »

Hildo Rocha entrega caminhão pipa para comunidade Jatobá dos Noletos, em São João dos Patos

Deputado Hildo Rocha entrega caminhão pipa.

Mais uma comunidade foi beneficiada graças ao trabalho do deputado federal Hildo Rocha. Desta vez a benfeitoria chegou para a comunidade Jatobá dos Noletos, no município de São João dos Patos. A entrega do caminhão pipa foi comemorada com entusiasmo por moradores e lideranças que também trabalharam a fim de conseguir o equipamento que será utilizado principalmente no abastecimento de água.

 

“Nesta localidade, de vez em quando, algumas casas ficam sem abastecimento de água. Esse caminhão pipa que foi adquirido pela Codevasf, com recursos públicos federais originários de emenda parlamentar de minha autoria será utilizado na tarefa de facilitar o abastecimento de água além de outras tarefas como a irrigação de hortas e outros cultivos de agricultores familiares de Jatobá dos Noletos e demais localidades da região, servindo a aproximadamente três mil pessoas”, destacou Hildo Rocha.

 Além do deputado Hildo Rocha, participaram do ato, o deputado estadual Arnaldo Melo; os vereadores Fernandinho Soares; Geovane Beltrão; Magão (Francisco James Barbosa Lima); Raimundo Filho; Rayanna Noleto e Thuany Costa (presidente da Câmara).

 

Também prestigiou o evento o pré-candidato a prefeito Dr. Alexandre Magno Pereira Gomes, o empresário Tangará, Paulo do Zeca, Pedro Neto e Neidinha, prefeita de Guadalupe- PI.

 

Atuação das lideranças

Rocha enfatizou que o benefício foi alcançado por meio de ação que teve a participação do deputado estadual Arnaldo Melo e as lideranças de oposição à atual administração municipal.

 

“O deputado Arnaldo Melo, as vereadoras Thuany Costa e Rayanna Noleto, o Dr. Alexandre e o presidente da Associação dos Moradores do Jatobá dos Noletos, Raimundo Noleto, entre outras lideranças, solicitaram o caminhão e juntos trabalhamos firme a fim de tornar possível essa conquista de grande utilidade para a comunidade”, explicou o parlamentar.

 

Compromisso e gratidão

O deputado estadual Arnaldo Melo reafirmou o compromisso de continuar trabalhando em parceria com o deputado federal Hildo Rocha com a finalidade de conseguir mais benefícios para o município de São João dos Patos.

 

“Para isso nós contamos com a colaboração do deputado Hildo Rocha, esse grande parlamentar que tem realizado um excelente trabalho em benefício da população maranhense.  Deputado, em nome dos moradores do povoado Jatobá dos Noletos, em nome das vereadoras Thuany Costa e Rayanna Noleto e demais vereadores de São João dos Patos, também em nome do Dr. Alexandre e do presidente da Associação dos Moradores da comunidade Jatobá dos Noletos agradeço por essa parceria tão importante para o nosso povo”, declarou Arnaldo Melo.

 

“Parceria que deu certo, que merece ser mantida, reforçada e reconhecida por todos nós e por toda a população de São João dos Patos. Quero, assim, agradecer imensamente ao deputado Hildo Rocha por ele ter trazido esse benefício para Jatobá dos Noletos e região. Agradeço por toda a atenção, o carinho, o respeito, a responsabilidade, dos deputados Hildo Rocha e Arnaldo Melo em ralação aos vereadores de São João dos Patos. Também agradeço ao meu esposo Alexandre e a todos os amigos que apoiam a nossa luta, o nosso trabalho na Câmara Municipal de São João dos Patos”, enfatizou a vereadora Thuany Costa, presidente do legislativo local.

 

“Em nome de toda a comunidade quero agradecer esse apoio que tivemos dos deputados Hildo Rocha e Arnaldo Melo, dos demais colegas vereadores e das lideranças que nos ajudaram a conquistar esse carro pipa para a nossa comunidade”, frisou a vereadora Rayanna Noleto.

 

“Quero agradecer, do fundo do coração, por esse presente tão importante que você e o deputado Arnaldo Melo trouxeram para a nossa comunidade, deputado Hildo Rocha. Esse caminhão está em boas mãos e servirá para mais de três mil pessoas da região”, afiançou Raimundo Noleto, presidente da Associação dos Moradores do Jatobá dos Noletos.

 

“É assim que se faz a boa política, essa é a política que São João dos Patos precisa, esses são os políticos que nós precisamos. É dessa forma que nós vamos mudar o Maranhão. Esse é o compromisso que temos com a população”, declarou o pré-candidato a prefeito, Dr. Alexandre Magno Pereira Gomes.

sem comentário »

Edivaldo inicia obra de drenagem profunda e pavimentação na região da Divinéia

 

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) começou a semana cumprindo mais um compromisso assumido com a população. Foram iniciadas as obras de drenagem profunda e pavimentação na região da Divinéia.

 

O sistema de drenagem que será implantado na região da Divinéia terá cerca de 11,5 km de extensão de rede. A obra compreende a implantação de tubulação, galerias e a retificação de um trecho do canal do Planalto Turu.

 

Esta é mais obra de infraestrutura realizada na gestão do pedetista que vai solucionar problemas estruturais na cidade. O bairro Divinéia sofre com os alagamentos durante o período chuvoso devido à falta de rede de escoamento da água das chuvas.

 

O trabalho vai garantir o desenvolvimento urbano, social e econômico da região, valorizando o local e proporcionando mais bem-estar para a população, que aguarda por esta obra há pelo menos 20 anos.

sem comentário »

Cajari pode ficar isolado se MA-317 não for recuperada

Trecho da MA-317 cheio de buracos

Vem ano vai ano e a história é a mesma de sempre em relação a MA-317 que proporciona acesso ao município de Cajari na Baixada Maranhense, cerca de 214 kms da capital São Luís.

 

Falta pouco pra estrada cortar

Sim, a mesma história. Ou seja; este ano a estrada vai cortar as chuvas já começaram e não demora muito pra ficar intrafegável estes 14 quilômetros de rodovia de responsabilidade do Governo do Estado.
Há exatos cinco anos em 2014 a ex-governadora Roseana Sarney entregou esta estrada completamente pavimentada, sinalizada depois de muitos anos de pedidos do povo cajariense.

De lá pra cá não houve mais manutenção por parte do Governo do Estado, e, no passado as águas cobriram a pista da MA-317, que com o intenso movimento de carros pesados, máquinas agrícolas, arrozeiros entre outros hoje pede socorro às autoridades.

A Prefeitura de Cajari através da Dra. Camila Jansen fez alguns reparos na estrada, mas é preciso uma grande recuperação, ou a população de Cajari voltará a sofrer com este problema de ficar isolada.
Faz-se necessário que os deputados votados em Cajari destinem emendas para a recuperação total da MA-317.

sem comentário »

Prefeitura de São Luís realiza grande ação de limpeza na área da Cidade Operária neste sábado (11)

Na ação, uma inciativa da gestão do prefeito Edivaldo, faz alerta sobre o descarte inadequado dos resíduos volumosos, estimula uso dos Ecopontos e recolhe lixo nas rua do bairro Recanto dos Signos; no domingo (12) acontece ação de conscientização ambiental na Feirinha são Luís

Prefeitura de São Luís realiza grande ação de limpeza na área da Cidade Operária neste sábado (11)
Durante o período de chuvas, os cuidados com o descarte correto dos resíduos domésticos devem ser redobrados. Os acúmulos do lixo atrelado com a quantidade de água parada podem causar graves problemas à saúde com o risco da proliferação de mosquitos causadores de doença como a dengue. Diante disso, a Prefeitura de São Luís, por meio do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, faz um alerta sobre a necessidade do descarte correto do lixo e realiza, neste sábado (11) o primeiro bota-fora do ano de 2020, no bairro Cidade Operária e no domingo (12) faz ações de conscientização ambiental na Feirinha São Luís, Centro Histórico. A ação é parte da política de gestão de resíduos sólidos posta em prática pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Neste sábado (11), as equipes da Prefeitura estarão no bairro Recanto dos Signos, região da Cidade Operária, a partir das 8h30, onde serão recolhidos os resíduos volumosos e inservíveis pelas ruas do bairro. Durante as ações do bota-fora, a população deve deixar em sua porta os resíduos que não são recolhidos pelo caminhão da coleta domiciliar como eletrodomésticos que não funcionam, pneus, móveis fora de uso, entulho de obras, resto de poda e capina e sucata, entre outros. Para tanto, a Prefeitura trabalhou de forma antecipada com a comunidade com a finalidade de explicar o funcionamento da ação.

Além do recolhimento do lixo, a ação terá a participação do personagem Cidadão Limpeza com atividades educativas e tirando dúvidas dos moradores da região. As ações de conscientização continuam no domingo (12) na Feirinha São Luís, a partir das 9h, com bate papo de educação ambiental com o Cidadão Limpeza.

A campanha bota-fora tem como objetivo coletar resíduos volumosos e inservíveis que muitas vezes são descartados de forma irregular, além de evitar situações que incluem o entupimento de bueiros e, consequentemente, alagamentos na cidade durante o período chuvoso. A iniciativa visa ainda incentivar na população a utilização dos 17 Ecopontos espalhados pela cidade.

As atividades do bota-fora são permanentes e contemplam os bairros de São Luís, em 2019 atingiu quase 400 toneladas de resíduos em diversos bairros contemplados. Para solicitar o serviço, as comunidades podem encaminhar ofício ao Comitê Gestor de Limpeza Urbana, localizado na Prefeitura de São Luís. Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone 0800 098 1636.

sem comentário »

Edivaldo acompanha início da pavimentação de ruas no Tirirical

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) iniciou mais uma frente de obras nesta quarta-feira (8): a terraplenagem e pavimentação de vias no Tirirical.

Nesta primeira etapa, serão contempladas a Rua das Caravelas, importante “válvula de escape” entre a Avenida dos Franceses e a BR-135, e a Travessa Ruachuelo.

O início de mais esta obra faz parte da determinação de Edivaldo em manter o ritmo de trabalho do programa São Luís em Obras acelerado. À imprensa, o pedetista disse que à medida que as chuvas forem dando uma trégua o cronograma de obras vai avançando em toda a cidade.

Com mais esta obra Edivaldo Holanda Junior garante a mobilidade urbana e a segurança viária de todos que trafegam pela região, além da valorização dos logradouros e a qualidade de vida dos moradores que há cerca de 50 anos esperavam por esta obra.

Ainda este mês novas frentes de serviços serão lançadas por Edivaldo, que consolida sua gestão como a que mais executou obras que garantiram o desenvolvimento urbano de São Luís nas últimas décadas.

sem comentário »