Terça-feira, 21 de janeiro de 2020.

Prefeito Edivaldo contabiliza avanços na Saúde e começa 2020 com novas unidades prontas para serem reinauguradas

A requalificação das unidades integra o programa São Luís em Obras. Além da infraestrutura, a gestão Edivaldo vem implementado ações que têm garantido a diminuição no tempo de espera para atendimento, a melhoria dos fluxos internos, entre outros benefícios à população

Prefeito Edivaldo contabiliza avanços na Saúde e começa 2020 com novas unidades prontas para serem reinauguradasA gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior reinaugura já nos primeiros meses de 2020 novas unidades de saúde totalmente reformadas, fortalecendo assim a rede de atenção básica e os serviços de prevenção ofertados à população. Mais de 20 obras de reforma estão em andamento na área da saúde, em diferentes estágios. As ações ocorrem por meio do programa São Luís em Obras e abrangem postos e centros de saúde, unidades administrativas, sede da escola Técnica do SUS na região Itaqui-Bacanga, prédio da Ouvidoria, entre outros.

O prefeito Edivaldo destaca os investimentos como medida importante no processo de reestruturação da área. “A rede de saúde da capital passa por um processo integrado de reestruturação jamais visto. Não se trata de reformar unidade de saúde tão somente, estamos promovendo uma verdadeira revolução no atendimento à população investindo em capacitação dos servidores, melhorando a estrutura física, equipando hospitais e postos para que tenham condições de atender com qualidade e de forma humanizada os pacientes, além do investimento em prevenção. Hoje, a realidade da saúde da capital é muito diferente de quando iniciamos. Quem utiliza o sistema publico sabe o quanto melhorou. E vamos continuar investindo na saúde, principalmente em ações preventivas”, diz o gestor municipal.Reforma e ampliação de serviços

A rede de atenção básica em saúde de São Luís passa atualmente pelo maior volume de obras de reformas simultâneas em anos. Em novembro de 2019, o Centro de Saúde Genésio Ramos Filho, na Cohab-Anil, foi reinaugurado, sendo a primeira unidade entregue dentre as contempladas pelo pacote de obras lançado em 2019. A unidade foi totalmente reformada, ganhou novos consultórios, equipamentos e teve a oferta de serviços ampliada.

População reconhece os avanços no Genésio Ramos Filho e elogiam as melhorias feitas no local. Foi o caso de Leda Maria Oliveira, 76 anos. “O Centro tem um programa de atendimento específico para os idosos que é muito bom. Com a reforma, o atendimento melhora ainda mais para a gente. Está nota mil”, enalteceu Leda.Novas reinaugurações

Entre as unidades de saúde que deverão ser entregues já nos primeiros meses de 2019 estão o Centro de Saúde da Vila Bacanga, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) da Alemanha, o Centro de Saúde do Quebra-Pote, Centro de Saúde Vila Sarney e o Socorrinho II, no São Francisco. Todas estão passando por obras em toda a parte elétrica, hidráulica, revisão do telhado, pintura entre outras melhorias.

Destas, os centros de saúde da Vila Sarney e Vila Bacanga tiveram suas estruturas físicas ampliadas, o que vai permitir aumentar os serviços prestados à população. Outras unidades da rede também vão passar por ampliação da estrutura física ou de serviços. Além de reformar as unidades de saúde, a gestão do prefeito Edivaldo implantou equipes volantes para fazer a manutenção das demais unidades, evitando o sucateamento da rede.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, explica que investir na atenção básica provoca resultados positivos em toda a rede. “Quando nós melhoramos os serviços na atenção básica, a população passa a procurar mais estas unidades, que são as de referência dentro das comunidades. Com isso, reduzimos a superlotação nas unidades de média e alta complexidade, pois o cidadão passa a buscar mais o atendimento preventivo que as emergências. Por orientação do prefeito Edivaldo Holanda Junior, vamos seguir reestruturando a atenção básica e toda a rede, e já temos definido em planejamento a reforma de mais 10 unidades. A continuidade dessa ação vai nos permitir que a gestão siga ampliando os serviços e fortalecendo o atendimento em saúde em São Luís”, disse.

Socorrão II

Uma das principais unidades de saúde de São Luís, o Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura (Socorrão II) também está passando por reforma, mas devido ao seu porte e à demanda de atendimentos diários os serviços estão sendo feitos ala a ala. Na unidade já foram finalizados os serviços em dois corredores e uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Os próximos setores a terem os serviços iniciados serão um dos centros cirúrgicos e a sala de recuperação pós-anestésica (RPA).

Além de reestruturar a parte física das unidades, a gestão Edivaldo tem implementado políticas que têm garantido a diminuição no tempo de espera para atendimento, a melhoria dos fluxos internos, a diminuição das filas, a humanização do atendimento entre outros benefícios à população.

No Socorrão II, por exemplo, houve um aumento de atendimento para quase mil pacientes por mês em 2019, apesar disto, houve redução na superlotação e no tempo de atendimento. Esta redução é resultado das melhorias nos fluxos de atendimentos como parte da execução do projeto Lean nas Emergências, implantado na unidade de saúde da Prefeitura de São Luís em parceria com o Ministério da Saúde e assessoria do Hospital Sírio-Libanês. A superlotação na unidade teve redução de 72% e o tempo de espera para atendimento, que era de 4.100 minutos, passou para 680 minutos. Os resultados fizeram o Socorrão II a referência nacional no projeto.

Saúde como prioridade

As melhorias apresentadas pela rede de saúde municipal fazem parte da macropolítica de reestruturação da rede implantada na gestão do prefeito Edivaldo, sendo definida como uma das áreas prioritárias do seu governo. Outro avanço expressivo na área ao longo da gestão é a reativação do Hospital da Mulher, hoje referência no estado, além da reestruturação do atendimento no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I) e Dr. Odorico Amaral de Matos (unidade infantil), com a gradativa melhoria fluxo.A reestruturação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) com renovação e ampliação da frota também faz parte da nova cara do sistema de saúde municipal. Todas as ambulâncias com mais de dois anos de uso estão sendo substituídas assim como as motocicletas usadas no atendimento, algumas com 10 anos de uso.

Por meio de investimentos em equipamentos e qualificação de pessoal da Central de Marcação de Consultas e Exames (Cemarc), que resultou no fim das filas para a marcação de consultas e exames com a descentralização do serviço para 24 unidades da rede, houve aumento no número de marcação de consultas. Outubro do ano passado bateu recorde de 247 mil marcações.

O reforço nas ações de combate às arboviroses, bem como na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, a informatização de todas as salas de vacinação da rede entre outras ações na área da atenção básica também fazem parte dos resultados da reestruturação da rede de saúde municipal.

sem comentário »

ANAJATUBA – MPMA requer fiscalização estadual da área de campos inundáveis

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) ajuizou, em 28 de novembro, Ação Civil Pública com pedido de tutela de urgência, requerendo que o Estado do Maranhão seja obrigado a adotar, em 30 dias, medidas de fiscalização na área dos campos inundáveis no município de Anajatuba.

Na manifestação, o promotor de justiça Rodrigo Alves Cantanhede solicita, ainda, a responsabilização penal, administrativa e cível de todos que promoveram interferências indevidas na região de Área de Proteção Ambiental (APA) da Baixada Maranhense.

ENTENDA O CASO

A região de campos inundáveis foi reconhecida pela Constituição Estadual como área de relevante interesse ecológico. A proteção foi devidamente detalhada com a criação da APA.

Em 2015, após denúncias sobre instalação irregular de cercas em área de campos inundáveis no município, a Promotoria de Justiça de Anajatuba instaurou Inquérito Civil para apurar a situação.

Durante a investigação, foram constatadas a criação de búfalos e a instalação de açudes na área dos campos inundáveis.

O MPMA também emitiu Recomendações a diversos proprietários identificados como responsáveis pela instalação das cercas. Mesmo com as Recomendações, eles persistiram com a instalação de cercas e criação de açudes.

No ano de 2016, o Ministério Público ajuizou ações civis contra diversos proprietários.

“Várias comunidades de Anajatuba sobrevivem de agricultura familiar e pesca, na área dos campos alagados. Algumas cercas são elétricas e ficam submersas, constituindo risco às famílias usam a região para subsistência”, explica o promotor de justiça.

Ainda segundo ele, a criação de búfalos na área resulta em reflexos ambientais negativos. Por isso, a atividade foi proibida pelo Decreto Estadual n° 11.900, de 11 de junho de 1991, que regulamentou a Lei Estadual nº 5.047/1997.

OMISSÃO ESTADUAL

Também em 2016, o Estado do Maranhão realizou a operação Baixada Livre, que resultou no encaminhamento ao MPMA de diversos relatórios de fiscalização.

Apesar da operação, continuou a exploração indevida dos campos inundáveis, criando um cenário de conflitos e resultando em diversos crimes de ameaça.

Segundo o MPMA, apesar da proteção legal à área dos campos inundáveis e conferida pela Convenção de Ramsar (Irã), é possível observar a omissão do Estado do Maranhão quanto ao problema, sem adotar medidas eficazes na proteção da APA da Baixada Maranhense.

“As fiscalizações realizadas pelo Poder Público Estadual são esporádicas e insuficientes, gerando reflexos ambientais e conflitos agrários”, aponta o promotor de justiça.

Ainda de acordo com Rodrigo Cantanhede, a situação não é exclusiva de Anajatuba. Afeta toda a APA da Baixada Maranhense, onde se observam cercamento de áreas públicas, construções sem os devidos licenciamentos ambientais e a criação de gado bubalino.

O quadro também motivou o ajuizamento de ACPs, nas comarcas de Matinha e Arari, tratando da omissão estadual quanto à questão.

Além das manifestações, em agosto de 2019, a Procuradoria-Geral de Justiça realizou reunião para debater a situação dos conflitos na região, a ocupação ilegal dos campos inundáveis e a construção de cercas na região.

PEDIDOS

 

Além de obrigar o Estado do Maranhão a adotar medidas de fiscalização de toda região, o Ministério Público solicita, ainda, a responsabilização penal, administrativa e cível de todos que promoveram interferências indevidas na região de Área de Proteção Ambiental (APA) da Baixada Maranhense.

NOTA DO BLOG

Muito justa a ação do Ministério Público do Maranhão sobre os Campos Inundáveis da Baixada Maranhense,através do promotor Rodrigo Alves Cantanhede. Entretanto, este problema não acontece só no município de Anajatuba, mas sim em toda a região da Baixada Maranhense, com a criação de búfalos, construção de açudes, e plantação de arroz, em além das cercas eletrificadas nos campos.

Que sirva de exemplo para outros promotores nas diversas comarcas e as ações sejam rápidas a fim de punir os responsáveis pelas irregularidades cometidas na região.

sem comentário »

Atuação do STF é aprovada por 19% e reprovada por 39% dos brasileiros, diz Datafolha

Pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (29) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra que 19% dos brasileiros avalia a atuação dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) como ótima ou boa. Outros 39% dos consultados avalia a atuação do Supremo como ruim ou péssima.

Para 38% dos ouvidos no levantamento, o trabalho dos 11 ministros que compõem a corte é regular e 4% disseram não saber avaliar.

A pesquisa ouviu 2.948 pessoas nos dias 5 e 6 de dezembro em 176 municípios de todas as regiões do país.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Segundo o Datafolha, o nível de confiança é de 95%.

É a primeira vez que o Datafolha consulta a população sobre a atuação do tribunal na mesma escala com que faz com os demais Poderes. Portanto, não há dados anteriores para avaliar possíveis variações na percepção dos brasileiros sobre o trabalho dos ministros do Supremo.

Retrospectiva 2019: dez decisões que marcaram o ano no Supremo
Neste ano, entre outras decisões, o tribunal criminalizou a homofobia, abriu inquérito para apurar ameaças a ministros e derrubou a prisão após condenação em segunda instância.

Além disso, viu-se envolvido em uma questão de segurança: o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot afirmou ter entrado armado na sede do STF para matar o ministro Gilmar Mendes. Em resposta, encomendou máquinas de raio-X e ampliou as medidas de segurança.

Executivo e Legislativo
Em dezembro, o Datafolha também ouviu a população sobre a atuação do Executivo e do Legislativo.

Os dados divulgados em 8 de dezembro pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostram os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL):

Ótimo/bom: 30%
Regular: 32%
Ruim/péssimo: 36%
Não sabe/não respondeu: 1%
No dia 18 de dezembro também foram divulgados os dados da avaliação do trabalho do Congresso Nacional pelos brasileiros.

A pesquisa Datafolha mostra os seguintes percentuais de avaliação do trabalho dos deputados federais e senadores:

Ótimo/bom: 14%
Regular: 38%
Ruim/péssimo: 45%
Não sabe/não respondeu: 3%

 

sem comentário »

Prefeita Camyla Jansen saúda povo de Cajari

Com a proximidade do fim de 2019 e a realização das festas natalinas, a prefeita Dra. Camyla Jansen promoveu um grande encontro em sua residência na cidade com centenas mulheres de todos os povoados do município, para agradecer o apoio recebido da população.

Dra. Camyla ao lado do seu esposo Major Walteir ressaltaram as dificuldades passadas e mantém a esperança que tudo possa melhorar no próximo ano, quando ela irá para a reeleição, pois assim o povo tem demonstrado, por onde ela passa nos povoados.

“Não foi fácil manter todos os serviços funcionando em Cajari, mas tenho certeza de cumprimos mesmo diante de tantas dificuldades, com os recursos recebidos, fizemos o impossível, principalmente pagando nossos colaboradores e fornecedores em dias, o que torna possível avançar para mais conquistas no próximo ano”, afirmou Camyla Jansen.

sem comentário »

Caem a aprovação e confiança no governo Bolsonaro, diz Ibope

O presidente Jair Bolsonaro

A popularidade do governo, a confiança e a aprovação da população na maneira de Jair Bolsonaro governar estão em queda, de acordo com uma nova pesquisa feita pelo Ibope. A maioria dos entrevistados, 53%, não aprovam o modo de Jair Bolsonaro governar o Brasil. É o seu pior resultado entre as quatro pesquisas feitas pelo Ibope neste ano.

A pesquisa, que será divulgada ainda hoje pela CNI, que encomendou o levantamento, foi feita entre os dias 5 e 8 de dezembro, antes, portanto, de o caso Flavio/Queiroz voltar ao noticiário.

Aos números:

*53% não aprovam a maneira de Bolsonaro governar (eram 40% em abril e 48% em junho e 50% em setembro). Aqueles que aprovam somam 41% (eram 51%, 46% e 44% nas pesquisas anteriores). Um total de 6% não quiseram responder.

*A confiança em Bolsonaro também decresceu, mas marginalmente, dentro da margem de erro. Os que disseram “confiar” no presidente foram 41% dos entrevistados. Em abril, esse percentual era de 51% (caiu para 46% em junho e para 42% em setembro). Por outro lado, 56% disseram “não confiar” em Bolsonaro (eram 45% em abril e 51% em junho e 55% em setembro).

*A avaliação positiva (ótimo e bom) do governo era de 35% em abril, caiu para 32% e 31% em junho e em setembro, respectivamente, e agora está em 29%.

* A avaliação negativa (ruim e péssimo), por sua vez, subiu de 27% em abril para 32% em junho, em setembro chegou a 34% e agora alcançou 38%.

*Os que consideram o governo “regular” são 31% (eram 31% em abril e os mesmos 32% em junho e em setembro). Os que não sabem ou não quiseram responder somaram 3%.

A comparação desta pesquisa com outra feita pela CNI com empresários, chamada de Sondagem Especial, revela que é grande o fosso de como a população em geral e eles enxergam o governo. Neste levantamento, 65% dos entrevistados disseram confiar no presidente Bolsonaro e 64% disseram aprovar sua maneira de governar.

A CNI/Ibope ouviu 2 mil pessoas em 127 municípios, entre 5 e 8 de dezembro. A Sondagem Especial, por sua vez, entrevistou 1.914 empresários de todo país entre os dias 2 e 10 deste mês. Em ambas, a margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e, a confiança, de 95%.

Site – O Globo

sem comentário »

Homem fica com garrafa presa no reto após tentar coçar as costas

ReproduçãoUm chinês ficou com uma garrafa de vidro de sete polegadas presa no reto após um acidente doméstico. O paciente, identificado como Sr. Wen, disse aos médicos que estava tentando usar o recipiente para coçar as costas quando o objeto entrou no corpo dele, em circunstâncias não esclarecidas por ele.

Segundo o jornal Daily Mail, o homem buscou ajuda em um hospital na província de Guangdong, no sul da China, por ter achado difícil andar com o objeto preso na região anal.

O caso, ocorrido no mês passado, foi relatado pelo Hospital de Medicina Ocidental e Tradicional Chinesa na cidade de Dongguan

O Dr. Lin Jun, diretor do Departamento de Cólon e Cirurgia Retal do hospital, fez exames para constatar a presença do objeto rígido alojado e uma cirurgia de emergência foi realizada para a remoção.

O paciente recebeu alta do hospital no mesmo dia.

sem comentário »

De volta com o Linha Livre

Depois  de muito sacrifício o meu blog está de volta. Foram vários dias de estresse até que meu colega Robert do Setor de Desenvolvimento da Mirante conseguisse colocar a estrovenga outra vez no AR.

Agora é procurar os melhores assuntos pra poder bem informar os leitores ,com reportagens, matérias de interesse da população. Então, a partir desta quinta-feira aguardem as reportagens.

 

 

sem comentário »

Bolsonaro e os filhos vivem com medo.

Flávio, Jair, Carlos e Eduardo Bolsonaro

 

Diário do Centro do Mundo

Por Moises Mendes

Bolsonaro e os três filhos formam a família mais poderosa e mais atormentada do Brasil. A mais acossada desde o Império. Bolsonaro simula que manda em quem quiser mandar, mas desconfia do porteiro do condomínio e teme os arquivos do major Olímpio, do delegado Waldir, de Bebianno e de Joice Hasselmann.

Os filhos de Bolsonaro desconfiam de todos que dizem confiar neles. Não há filhos mais assombrados por sombras e medos do que os três filhos de Bolsonararo.

Eles temem traições entre os milicianos. Desconfiam do Queiroz, dos parentes do Queiroz, dos laranjas insatisfeitos com a partilha das rachadinhas, dos robôs das fake news.

Os Bolsonaros desconfiam do vice Hamilton Mourão. Não podem confiar em Rodrigo Maia. Bolsonaro abandonou o próprio partido por desconfiar dos gestores do cofre. E desconfia de Witzel.

A família Bolsonaro não dorme em paz, como as famiglias da Sicília. Os Bolsonaros não sabem mais quem são seus inimigos, porque não sabem há muito tempo quem são seus amigos.

Desde aquela noite em que Bolsonaro comemorou a vitória gritando que eliminaria os marginais vermelhos na ponta da praia, a maldição abateu-se sobre o pai e os filhos.

Não são mais os velhos adversários que os Bolsonaros precisam abater. Desde aquele momento, desde a comemoração com o alerta aos inimigos, que os amigos dos Bolsonaros são suas verdadeiras ameaças.

Temem a memória e a alma de Marielle Franco e os rastros deixados pelos seus assassinos. Temem a presença de Sergio Moro, mesmo que o ex-juiz e Bolsonaro precisem sobreviver abraçados, até o dia em que um deles será obrigado a dar o bote. Pela frente mesmo, porque já é um bote esperado.

Bolsonaro não tem tempo para governar, porque é ocupado pela tensão permanente e pelo medo de ser traído. Bolsonaro não confia em Trump, nem em Paulo Guedes, porque Guedes fala como candidato e quer ocupar o lugar do chefe no coração do empresariado e dos golpistas.

O governo já demitiu seis generais, porque Bolsonaro não acredita na fidelidade deles. Ele, os filhos e seus subalternos fiéis tentam cuidar de cada movimento dos 2.500 oficiais empregados no governo.

Os Bolsonaros não confiam nos bispos neopentecostais e não podem confiar em ninguém da direita, dentro ou fora dos templos, porque a direita abandona seus perdedores, como abandonou Collor, Aécio, Serra, Eduardo Cunha.

Os Bolsonaros só confiam em Olavo de Carvalho, mas esse não tem poder real, não tem quartéis e nem votos. Olavo de Carvalho é o rasputin dos Bolsonaros, só tem a poção da Terra plana.

Mas os Bolsonaros ainda não estão diante de todos os seus medos. Um dia, daqui a pouco, eles poderão temer os próprios Bolsonaros, quando uns terão medo dos outros, e aí talvez já nem estejam mais no poder.

sem comentário »

Novo celular da Xiaomi tem bateria enorme, 5 câmeras traseiras e ‘precinho’…

A fabricante chinesa Xiaomi anunciou nesta quarta (5) o lançamento de um novo celular. O modelo Mi CC9 Pro tem, entre os destaques, um conjunto de cinco câmeras traseiras (incluindo uma de 108 MP), zoom de 50x, uma bateria pra lá de gigante e um precinho até que camarada. Fora da China, o modelo será conhecido como Redmi Note 10. Ainda não há informações sobre a disponibilidade do modelo no Brasil – fora, ele começará com preço de US$ 400 (cerca de R$ 1,6 mil)…

CUma das lentes do novo celular da Xiaomi terá 108 MP - Divulgaçãoâmeras potentes Além do sistema de cinco câmeras traseiras, o celular conta com um sensor de 108 megapixels que foi desenvolvido em parceria com a Samsung. Este é o mesmo sensor que apareceu no celular Mi Mix Alpha há poucos meses – aquele que tem uma tela que vai até a traseira do display. Uma outra lente de 5 MP oferece tanto zoom ótico, com aumento de cinco vezes, quanto zoom digital, que aproxima a imagem até 50 vezes – o mesmo do Huawei P30 Pro.

Há ainda uma lente grande angular de 20 MP, outra que ajuda no desfoque de fundo de 12 MP e mais um sensor de 2 MP para fotos macro. Já a câmera de selfie conta com 32 megapixels. Tela e design Há ainda uma lente grande angular de 20 MP, outra que ajuda no desfoque de fundo de 12 MP e mais um sensor de 2 MP para fotos macro. Já a câmera de selfie conta com 32 megapixels. Tela e design O novo smartphone da Xiaomi não economiza no tamanho da tela: tem um display de nada menos que 6,47 polegadas com qualidade Super Amoled e a resolução Full HD+; Sob o display, ainda existe um leitor de digital ótico. O aparelho possui ainda poucas bordas e conta com o design com uma gota no topo do painel, na área central, para a câmera frontal única…

O Redmi Note 10 vai estar disponível em três cores: Magic Green (verde), Ice and Snow Aurora (branco) e Phantom Black (preto). Processador intermediário e bateria enorme O processador do celular é o Snapdragon 730G, de oito núcleos, com velocidade de até 2.2 Ghz.

É um processador da Qualcomm voltado para games. Este não é o melhor processador da atualidade feito pela Qualcomm- os últimos tops de linha vieram com o Snapdragon 855. No caso do Redmi Note 10 (ou Mi CC9 Pro), foi escolhido um chip de nível intermediário. A bateria do Redmi Note 10, contudo, chama bastante a atenção: possui 5.260 mAh. É algo notório, visto que alguns dos celulares conhecidos por terem uma “superbateria.

Informações do Site UOL

sem comentário »

Rei da Tailândia retira título e privilégios de amante oficial

BANGCOC – O rei da Tailândia , Maha Vajiralongkorn , retirou o título, privilégios e posto militar de sua amante oficial , Sineenat Wongvajirapakdi , depois de ela se mostrar “desleal” e rivalizar com a rainha Suthida, informou o palácio real tailandês nesta segunda-feira.


Foto divulgada pelo Palácio Real da Tailândia em agosto mostra o rei Maha Vajiralongkorn com sua então consorte real Sineenat Bilaskalayani: amante oficial perdeu o título nesta segunda por ‘deslealdade’
Foto: AFP/Palácio Real da Tailândia/26-08-2019

Foto divulgada pelo Palácio Real da Tailândia em agosto mostra o rei Maha Vajiralongkorn com sua então consorte real Sineenat Bilaskalayani: amante oficial perdeu o título nesta segunda por ‘deslealdade’ Foto: AFP/Palácio Real da Tailândia/26-08-2019

Apontada “consorte real” no fim de julho — a primeira unção desse tipo no país em quase um século —, numa cerimônia que chamou a atenção para a vida extravagante e blindada do rei da Tailândia , Sineenat, de 34 anos, violou as normas de conduta de cortesãs por ser “ingrata” e “ambiciosa”, e por isso caiu em desgraça, diz o comunicado do palácio.

“A nobre consorte real Sineenat é ingrata e se comporta de maneiras não compatíveis com seu título. Ela também não está satisfeita com o título que lhe foi dado, fazendo de tudo para subir ao nível da rainha”, destacou a nota.

O rei Vajiralongkorn, de 67 anos, foi coroado soberano constitucional da Tailândia em maio último , adotando o nome real de Rama X. A coroação aconteceu cerca de três anos depois de ele sentar pela primeira vez no trono após a morte de seu pai, Bhumibol, que reinou por 70 anos, em 2016. Dias antes da cerimônia de sua coroação, Rama X se casou com sua guarda-costas pessoal, Suthida Tidjai, 41 anos, dando a ela o título de rainha Suthida Bajrasudhabimalalakshana.

Até Sineenat ser ungida em julho, o título de consorte real não era usado na Tailândia desde o fim da monarquia absolutista no país, em 1932. No mês seguinte à unção, o palácio real divulgou uma série de fotos da amante oficial do rei , assim como dados biográficos. Em algumas das imagens Sineenat aparecia de forma convencional, sentada aos pés do rei com tradicionais vestidos tailandeses, mas em outras era mostrada como uma mulher ousada, no comando de um jato de guerra ou pilotando um avião. Tanto as fotos quanto a página com sua biografia foram removidas do site do palácio nesta segunda-feira.

 

sem comentário »