Linha Livre com Geraldo Castro | Arquivo por Viana – Pistoleiro
Quinta-feira, 29 de outubro de 2020.

Polícia Militar age contra banditismo em Viana

Policiais da da Décima Terceira Companhia da cidade de Viana, na Baixada Maranhense, sob o comando do Major Ferreira continuam na luta contra a operação de bandidos que tentam tirar a tranquilidade da região, e ontem a ação desenvolvida pelo SI  acabou por resolver uma parada que acbou em morte de um meliante, segundo informa Nota à Imprensa divulgada pelo comando regional da PMMA.

 

Policiais Militares da 13ª CI, por volta das 16h20min, do dia 24 de novembro de 2014, em Viana – MA, tomaram conhecimento que alguns elementos estavam armados e mantinham algumas pessoas como reféns dentro de um veículo modelo VAN, marca FIAT, cor prata, placas OYN 4268, que tem como proprietária a Senhora Elisângela dos Santos Rodrigues, natural de Osasco SP.

Com isso Policiais Militares, siaram em diligência e interceptaram o referido veículo na Av. Luís de Almeida Couto, próximo a Caixa Econômica Federal em Viana – MA, onde o indivíduo conhecido como Everaldo, saiu da VAN armado com uma pistola cal. 380, nº KPG07221 e um revolver cal. 38, nº J167032, imobilizando o refém Francisco Nilberto Freitas Silva e atingindo o mesmo com alguns disparos de arma de fogo, que logo após disparou também contra os policiais militares e estes em ato contínuo revidaram a injusta agressão alvejando o Everaldo, que foi levado para o Hospital Dr. José Murard, porém não resistiu aos ferimentos.

Ressalto, que os membros do bando estavam em um ônix de placas OJM 7982 que foi apreendido, porém os integrantes fugiram.

Acrescento ainda, que o autor do sequestro era alcunhado de Everaldo, famoso pistoleiro de Pernambuco, inclusive suspeito em homicídios de policiais militares naquele Estado.

 

viana 3viana 1

As armas utilizadas pelo pistoleiro e sequestrador conhecido como Everaldo, oriundo do Estado de Pernambuco e que tombou em Viana após tentativa de sequestro e enfrentamento com a PMMA.

 

 

sem comentário »