Linha Livre com Geraldo Castro | Arquivo por Desembargador – TJ
Quinta-feira, 29 de outubro de 2020.

Megbel Abdala é diplomado em sessão solene do TJMA

O presidente Guerreiro Júnior entrega diploma ao desembargador empossado Megbel AbdalaO desembargador Megbel Abdala Tanus Ferreira foi diplomado, em sessão solene, nesta quarta-feira (20), na sala das sessões plenárias do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA). O magistrado foi eleito em 6 de março, pelo critério de antiguidade, para a vaga aberta com a aposentadoria do desembargador Stélio Muniz.

O presidente do Tribunal, desembargador Antonio Guerreiro Júnior, saudou Megbel Abdala pela vasta cultura e inegável saber jurídico, que honraria a qualquer Corte de Justiça do país. “Esta Casa o recebe, também, na condição de amigo dileto da magistratura e dos seus magistrados. Estamos todos muitos felizes com sua chegada a este Tribunal”, disse.
A cerimônia de boas-vindas foi conduzida pelo presidente Guerreiro Júnior. Megbel Abdala já fora oficialmente empossado, também no dia 6, data em que conseguiu o acesso ao cargo. Antes do 2º grau, Abdala atuava como juiz titular da 4ª Vara da Fazenda Pública da capital.
O presidente do TJMA abriu a sessão solene e convidou as desembargadoras Maria dos Remédios Buna (vice-presidente do Tribunal), Maria das Graças Duarte e Anildes Chaves Cruz para acompanharam o colega recém-empossado ao plenário. Ali, Guerreio Júnior entregou ao novo membro da Corte o diploma e a Medalha do Mérito Judiciário Antônio Rodrigues Vellozo, a mais alta comenda do Judiciário maranhense.
JUSTIÇA – Megbel Abdala ressaltou a necessidade do Judiciário para a garantia de direitos elementares do cidadão, especialmente a dignidade da pessoa humana e a segurança jurídica do indivíduo, papel do magistrado que precisa se manter autônomo e independente. “A função judicante é um sacerdócio, uma missão verdadeira, que São Tomás de Aquino coloca em harmonia entre a fé e a razão”, citou.
O desembargador narrou o saudosismo dos tempos de infância e adolescência, vividas na cidade de Cururupu, citando renomados autores e filósofos e recordando a musicalidade e agitação da juventude nos tempos da Jovem Guarda.
Relembrou o início da carreira de magistrado, quando serviu nas comarcas de Passagem Franca (a primeira) Vargem Grande e Pinheiro, ressaltando a luta para chegar ao cargo de desembargador, o qual assume como difícil missão a enfrentar. Agradecendo ao apoio da mãe, esposa, filho, parentes e amigos. “Não há mais nada de realização plena e individual do magistrado do que ter consciência e conhecimento de que está bem aplicando o Direito e distribuindo Justiça”, declarou.
SAUDAÇÃO – A desembargadora Nelma Sarney fez o discurso de saudação ao novo desembargador. Relembrou fatos marcantes na trajetória do colega, as dificuldades enfrentadas pelo Judiciário no passado e as inovações da justiça na atualidade, e ressaltou que a chegada de Megbel Abdala à Corte de Justiça significa maior experiência para o Tribunal, diante de sua vasta folha bons serviços prestados ao Judiciário maranhense.
“Com mais de 26 anos dedicados à magistratura, Vossa Excelência traz a experiência de um vencedor. Traz o bom gosto pela literatura e pelos seus poetas. Traz a ousadia do juiz que soube proferir sentenças e decisões de destemor”, acrescentou.
O presidente Guerreiro Júnior agradeceu a todos ao encerrar a sessão. Compuseram a mesa a procuradora-geral do Estado, Helena Maria Cavalcanti Haickel, representando a governadora Roseana Sarney; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo; o prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Júnior (que pela primeira vez participou de evento no TJMA na condição de chefe do Executivo Municipal); o subcorregedor-geral do Ministério Público do Estado, Joaquim Lobato, representando a procuradora-geral de Justiça, Regina de Almeida Rocha; o presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Edmar Serra Cutrim; e o vice-presidente da Seccional Maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil, Valdenio Caminha, representando a OAB-MA.
sem comentário »