Linha Livre com Geraldo Castro | Arquivo por Codevasf
Quarta-feira, 25 de novembro de 2020.

Flavio Dino discrimina população, afirma Hildo Rocha

Em pronunciamento dirigido aos prefeitos que participaram de seminário promovido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco, Parnaíba, Itapecuru e Mearim (Codevasf), nesta segunda-feira (13), o deputado federal Hildo Rocha criticou o governo Flavio Dino pela forma discriminatória com que o governante comunista trata a população maranhense, motivado por questões políticas. “O governo do Estado deveria fazer como a Codevasf, que trata a todos com respeito. Infelizmente o governo Flavio Dino pune a população por causa da opção política dos seus líderes,” afirmou Hildo Rocha.

 

A Codevasf e os Municípios

Organizado pela 8ª Superintendência Regional, o Seminário “A Codevasf e os Municípios”, reuniu prefeitos; secretários municipais; técnicos; assessores; consultores; vereadores e presidentes de associações. O encontro, realizado no auditório Neiva Moreira (Assembleia Legislativa do Maranhão), teve como objetivo, mostrar aos gestores as ações e investimentos realizados pelo órgão, no Estado do Maranhão, e instruir acerca dos procedimentos necessários para a obtenção de benefícios por meio de emendas parlamentares.

 

Participaram do evento a presidente da instituição, Kenia Marcelino; o diretor de Infraestrutura Hídrica Marco Aurélio Diniz; o superintendente estadual da Codevasf no Maranhão, Jones Braga; o senador Roberto Rocha; os deputados federais: Hildo Rocha (PMDB), José Reinaldo (PSB); Juscelino Filho (DEM); Waldir Maranhão (PP); Wewerton Rocha (PDT), Zé Carlos (PT) e Pedro Fernandes (PTB). Os deputados estaduais Antônio Pereira (DEM); César Pires (DEM); Fábio Braga (SD); Graça Paz (PSL); Léo Cunha (PSC); Wellington do Curso (PP) Zé Inácio (PT); prefeitos; vice-prefeitos; vereadores; secretários municipais e o presidente da Federação dos Municípios do Maranhão, Cleomar Tema.

 

Expansão da Codevasf

Hildo Rocha ressaltou que o projeto de lei de autoria do senador Roberto Rocha que propõe a inclusão de todos os municípios maranhenses no campo de atuação da Codevasf deverá ser votada ainda nesse primeiro semestre.

 

“O projeto está na Comissão de Finanças e Tributação (CFT). Esta semana as comissões permanentes da Câmara voltam a funcionar, assim nós poderemos apresentar o nosso relatório acerca da proposta do senador que inclui outras bacias hidrográficas na área de abrangência da Codevasf. Depois de analisado na CFT a proposta seguirá para análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Sendo aprovado na CCJ, seguirá para a sanção do presidente Michel Temer”, explicou o parlamentar.

 

Recursos para a Saúde

Quanto à questão do financiamento da saúde pública dos municípios, assunto que o presidente da Famem, Cleomar Tema, prefeito de Tuntum, questionou durante o pronunciamento que fez durante a abertura do seminário, o deputado Hildo Rocha lembrou que graças a uma ação parlamentar por ele realizada, no ano passado os recursos para a saúde pública do Maranhão tiveram um acréscimo de R$ 80 milhões o custeio da Média e Alta Complexidade (MAC).

 

“Este ano, a bancada maranhense destinou mais R$ 30 milhões para o governo estadual repassar para ajudar as prefeituras nas despesas com saúde pública. Espero que o governo do Estado aplique corretamente, sem levar em consideração colorações políticas porque esses recursos são para atender a todos os maranhenses. A população não pode ser punida porque algum líder político tem opção ideológica diferente do governador”, enfatizou Hildo Rocha.

 

O parlamentar afirmou que irá acompanhar para ter a certeza de que a população maranhense será beneficiada por meio dos recursos que a bancada federal destinou para o governo do Estado. “Nada mais justo que esses recursos cheguem aos municípios que recebem menos recursos per capta”, defendeu Hildo Rocha.

 

Revitalização do Rio Itapecuru

O senador Roberto Rocha destacou o trabalho que vem realizando, em parceria com o deputado Hildo Rocha, em defesa do Rio Itapecuru. “Temos empenhado R$ 7,5 milhões, que já estão aplicados em ações de revitalização do Rio Itapecuru, por meio de convênio com a Universidade Estadual do Maranhão. Todos nós sabemos que o Rio Itapecuru, que abastece São Luís, agoniza. Se nada for feito, em no máximo dez anos, nós estaremos falando em transposição das águas do Parnaíba para o rio Itapecuru”, argumentou o senador.

 

Roberto Rocha ressaltou ainda que destinou à Codevasf R$ 15 milhões para a aquisição de dragas e escavadeiras hidráulicas que serão utilizadas nos trabalhos de desassoreamento do Itapecuru e outros rios maranhenses.

Investimentos

No ano passado, foram destinados mais de R$ 42 milhões, provenientes do Orçamento Geral da União, para a 8ª Superintendência Regional da Codevasf, por meio de emendas parlamentares, para assegurar ações em diversos municípios maranhenses.

 

Entre as ações realizadas e projetos em andamento constam: aquisição de tratores; kits e sistemas mistos de irrigação; equipamentos e insumos para piscicultura; tanques de resfriamento de leite, caixas d’água; dragas e lanchas. A Codevasf investe na melhoria das condições de escoamento da produção familiar e também na melhoria da mobilidade nas zonas urbanas, por meio de convênios celebrados com municípios maranhenses.

sem comentário »

Codevasf inaugura sede no MA e assina anteprojeto dos Diques da Baixada em janeiro

 

Presidente da Codevasf, Elmo Vaz, com o secretário Cláudio Azevedo

Presidente da Codevasf, Elmo Vaz, com o secretário Cláudio Azevedo

Marcada para o dia 17 de janeiro a inauguração da sede da Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) no Maranhão. A data foi definida na terça-feira (10), durante reunião em Brasília, na sede da Companhia, entre o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Cláudio Azevedo, e o presidente da Codevasf, Elmo Vaz, que durante a inauguração assinará a ordem de serviço do anteprojeto dos Diques da Baixada Maranhense.

A obra, que está orçada em cerca de R$ 100 milhões, prevê a construção de 71,2 quilômetros de diques, compreendendo uma área de 1.478km², abrangendo os municípios de Viana, Matinha, São João Batista, São Vicente Ferrer, Cajapió, São Bento e Bacurituba. “Essa é uma obra muito importante para o Maranhão e vai aumentar a disponibilidade hídrica da Baixada Maranhense, beneficiando milhares de pessoas que sofrem com os efeitos da estiagem porque vai oportunizar novas atividades agrícolas, além de evitar a salinização dos lagos”, ressaltou o secretário.

Cláudio Azevedo informou ainda que a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima) já realizou as audiências públicas para os Diques da Baixada nos municípios de Viana, São João Batista e Cajapió. As audiências fazem parte do processo de licenciamento ambiental para execução da obra.

 

Nova sede

A nova sede da Codevasf será instalada no local onde funcionava o Ibama, próximo ao Parque do Bom Menino, no centro de São Luís. O prédio está sendo totalmente reformado. Instalada no Maranhão em setembro do ano passado, atualmente a Codevasf funciona em um prédio localizado na Avenida dos Holandeses. A empresa atua em 149 municípios maranhenses localizados nas áreas de abrangência dos rios Mearim, Parnaíba e Itapecuru.

Entre as ações executadas pela Codevasf em parceria com a Sagrima, está o programa Água para Todos, que já instalou mais de 4 mil cisternas com capacidade para armazenar 16 mil litros de água captadas das chuvas por meio de calhas instaladas nas casas da zona rural, além da implantação de 300 kits de irrigação em 15 municípios maranhenses.

Na reunião com o presidente da Codevasf, o secretário Cláudio Azevedo também pleiteou a distribuição de mais kits de irrigação para o Maranhão. Elmo Vaz afirmou que estudará a viabilidade de liberar mais 500 sistemas de irrigação. “Esses 300 kits já distribuídos foram instalados em áreas de 500 m² e adotam uma tecnologia simples que está mudando a vida dos agricultores que dependiam exclusivamente da chegada das chuvas para plantar e hoje podem produzir praticamente durante todo o ano”, enfatizou o secretário Cláudio Azevedo.

 

Apicultura

Integrando as ações do eixo de inclusão produtiva do Plano Brasil sem Miséria, outra ação da Codevasf no Maranhão está marcada para a próxima semana, que é a entrega simbólica de 279 kits de apicultura destinados a pequenos produtores dos municípios de Alto Alegre do Maranhão, Anajatuba, Bacabeira, Buriti Bravo, Centro Novo do Maranhão, Colinas, São João Batista, Viana e Zé Doca.

Os kits distribuídos foram divididos em três tipos, de acordo com a capacidade produtiva de cada apicultor beneficiado. O primeiro kit é composto por 10 colmeias completas, 10 suportes, 2 EPIs, 10 kg cera alveolada, 1 carretilha, 1 formão e 1 fumigador.

O segundo conjunto é composto por 20 colmeias completas, 20 suportes, 2 EPIs, 20 kg cera alveolada, 1 carretilha, 1 formão e 1 fumigador. E o terceiro kit contém 30 colmeias completas, 30 suportes, 2 EPIs, 30 kg cera alveolada, 1 carretilha, 2 formão e 1 fumigador.

No total, serão distribuídas 6 mil colmeias a pequenos apicultores, que somam investimentos na ordem de R$ 2 milhões.

 

sem comentário »