Linha Livre com Geraldo Castro | Arquivo por Castelo de Areia
Quarta-feira, 30 de setembro de 2020.

O castelo de um falso moralista é de areia!!!

Do Blog do Caio Hostilio.

Escândalo na gestão de Marcelo Tavares na Assembléia Legislativa tem que ser apurada…
Gestão podre
Chegaram as minhas mãos várias notas fiscais (abaixo) do Mix Mateus – Mateus Supermercados Ltda, da loja localizada à Av. João Pessoa 244, João Paulo, em nome de Márcio Murilo Pimenta, local de entrega, Av. Luis Eduardo Magalhães Nº 50 – Calhau. Todas com datas do mês de abril de 2009. Na nota fiscal consta o número do telefone 81167633.
Liguei para o número e constatei que se tratava do Márcio, ex-assessor do então presidente na época do também ex-presidente da Assembléia Legislativa Marcelo Tavares. Nº 517/09 de 10 de fevereiro de 2009, nomeando MARCIO MURILO PIMENTA, para exercer o Cargo em Comissão, Símbolo DAS-1 de Assistente Técnico Legislativo, do Quadro de Pessoal deste Poder, devendo ser considerado a partir de 1º de fevereiro do ano em curso.
Fiz alguns questionamentos a eles sobre do que se tratavam tais notas fiscais, coisa que ele se mostrou bastante nervoso e ficou de conversar comigo hoje.
Local do descarrego
Hoje (29), logo cedo, fui ao endereço de entrega e constatei que se tratava da  QuiXaba e do Sítio de 3 mil hectares do senhor Manoel Brasil, Dono da Potiguar e pai da ex-assessora do ex-presidente Marcelo Tavares e atualmente auditora da Assembléia Legislativa, Luana Brasil (foto).
Confirmação do número
Sai de lá e fui ao Mateus em busca de mais informações e procurei as pessoas que atenderam os compradores das mercadorias. Eles foram taxativos: “Estiveram aqui duas moças bonitas e um rapaz alto e magro de cabelo grisalho. As duas moças olharam muitas coisas e anotaram numa folha com os preços e depois passaram para o rapaz com um talão de ticket e ele comprou em seu nome e mandou entrar tudo no endereço combinado” (relação abaixo)
Diante das informações já praticamente apuradas, pois vi que se tratava de um esquema de desvio de Ticket de funcionários da Assembléia Legislativa, no valor de R$ 10 mil, liguei novamente para Márcio e marquei um encontro.
O Marcio Pimenta confirmou que realmente esteve no Mateus com a Presidenta do Gedema e sua assessora. Que elas fizeram a lista que mostrei a ele e que realmente lhe foi passado os Tickets dos funcionários que estavam de férias ou em tratamento de saúde, no valor de R$ 10 mil e que as mercadorias foram entregues no endereço do pai da Luana Brasil.
Ele disse que uma parte era para brindes do dia das mães e a outra ele não sabe e que os alimentos seriam para Creche.
Perguntei a ele onde seria aplicado o dinheiro que é descontando todos os meses dos salários dos deputados e dos funcionários da Assembléia Legislativa e se esse valor não seria para cobrir essas despesas, além do repasse que o próprio Legislativo faz mensalmente ao Gedema. Márcio disse não saber das aplicações do Gedema.
Perguntei a ele se aquilo se tornou uma prática na gestão de Marcelo Tavares. Márcio disse que sim. “Eu fui afastado da distribuição dos Tickets e passou para responsabilidade do Jorge Subicueta, da Dra. Silvana e da Luana. Dra. Silvana rasgava todas as Notas Fiscais e eu não sei como essas foram parar em suas mãos”.
Também, fazia parte do esquema e continua funcionária da Assembléia Legislativa, a Luciana Mirada Lago, que hoje trabalha na Escola do Legislativo. O domínio é tamanho, que o Abelardo, que antes trabalhava no Presidencia, hoje é lotado como Diretor do Plenário, porém presta serviço no gabinete de Marcelo Tavares, enquanto o servidor Paulo, que ganha um salário bem inferior, tem que cumprir com as prerrogativas do cargo.
Agora, se a Assembléia Legislativa não apurar esse fato, mostrará que é realmente conivente com a corrupção, pois as provas estão aí e se quiserem mais detalhes, o Mateus coloca a disposição as filmagens e repare que em um dos Cupum fiscal aparece AMAZON CARD.
Abaixo as listas de compras e as Notas Fiscais e os Cupons de Compras com os Tickets da Amazon Card dos funcionários da Assembléia Legislativa que estavam de férias e de licença média:
Cabe agora esperar a resposta do ex-presidente da Assembléia Legislativa, que faz uma feroz e raivosa oposição ao atual governo, para que seja tudo esclarecido. Pelo jeito, as “vestais” da honestidade e seriedade, estão caindo que nem “Jenipapo Podre” cai do Jenipapeiro. Arre Égua.
sem comentário »