Linha Livre com Geraldo Castro | Arquivo por Agricultores
Sábado, 5 de dezembro de 2020.

Hildo Rocha e vice-presidente de Varejo da Caixa Econômica Federal tratam sobre empréstimos do Pronampe ao Maranhão

O deputado federal Hildo Rocha se reuniu com o vice-presidente de Varejo da Caixa Econômica Federal, Celso Viana Filho, para tratar sobre o funcionamento do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (PRONAMPE), no Maranhão.

O parlamentar destacou que solicitou o encontro em razão de inúmeros pedidos que recebeu de micro e pequenos empresários maranhenses que necessitam de mais apoio por parte da CEF e do Governo Federal, no que se refere ao financiamento das suas atividades.

“O Pronampe é a principal fonte de financiamento para as micro e pequenas empresas. Em razão das peculiaridades econômicas do nosso Estado, o Maranhão ainda precisa de mais apoio da Caixa Econômica e do Governo Federal, especialmente neste momento de crise econômica provocada pela pandemia da Covid-19. Dessa forma, solicitei reunião com Dr. Celso a fim de discutirmos essa questão”, explicou Hildo Rocha.

Resultados satisfatórios 

Hildo Rocha disse que o encontro foi muito produtivo. “Recebi boas notícias especialmente no que se refere à expansão das atividades da Caixa no Maranhão. A instituição pretende ampliar os serviços em todo o Estado, inclusive com mais lotéricas. Quanto à demanda específica do empresariado maranhense a instituição também garante que as linhas de crédito estão mantidas e que a orientação da instituição financeira é dar total apoio aos micro e pequenos empresários por diversas linhas de crédito, especialmente por meio do Pronampe”, afiançou o parlamentar.

O que é o Pronampe 

O Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (PRONAMPE) é um programa de governo federal destinado ao desenvolvimento das microempresas e empresas de pequeno porte, instituído pela Lei nº 13.999, de 18 de maio de 2020.

Principais características do Programa 

  • O Programa é destinado às microempresas, empresas de Pequeno Porte, que trata a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.

  • As operações de crédito poderão ser utilizadas para investimentos e capital de giro isolado ou associado ao investimento. Isso significa que as micro e pequenas empresas poderão usar os recursos obtidos para realizar investimentos (adquirir máquinas e equipamentos, realizar reformas) e/ou para despesas operacionais (salário dos funcionários, pagamento de contas como água, luz, aluguel, compra de matérias primas, mercadorias, entre outras).

  • O prazo máximo de pagamento das operações contratadas no âmbito do PRONAMPE é de 36 meses.

  • As instituições financeiras que aderirem ao PRONAMPE poderão requerer a garantia do Fundo Garantidor de Operação – FGO, regido pela lei 12.087 de 2009 e administrado pelo Banco do Brasil, em até 100% (cem por cento) do valor da operação.
sem comentário »

Ivaldo Rodrigues é destaque na gestão de Edivaldo Holanda JR.

Prefeitura apresenta projetos agrícolas implantados em São Luís a embaixador do Vietnã

O secretário municipal Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), Ivaldo Rodrigues é sem dúvida um dos mais atuantes se não for o mais atuante secretário da segunda gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Ivaldo assumiu o cargo no dia 3 de janeiro. Na ocasião, disse que estava trocando a Câmara Municipal pela Semapa para poder contribuir de forma ainda mais efetiva com o aumento da produção de alimentos e de pescados na capital e também para melhorar a estrutura e as condições sanitárias das feiras e mercados de São Luís e assim tem sido.

O resultado está ai. Em apenas cinco meses no cargo já são muitas iniciativas e novos desafios pela frente.

De saída, Ivaldo encarou o problema das feiras e mercados. Não se escondeu um só minuto. Foi para a linha de frente e buscou ouvir os feirantes para entender o que precisava ser feito com urgência.

Nesta sexta-feira, em outra operação arrojada iniciou o disciplinamento no entorno da Feira do João Paulo.

Buscou um série de parcerias para fortalecer a produção de alimentos na Região Metropolitana de São Luís.

Operação realizada pela Semapa em ação articulada com Ministério Público, PM e Blitz Urbana

Na semana passada, numa ação articulada com Ministério Público, Polícia Militar e Blitz Urbana, participou de uma mega operação para combater o abate clandestino em São Luís.

Está fortalecendo as Unidades de Referência Produtiva que são estruturas institucionais que agregam todos os agricultores da Ilha. Elas têm recebido apoio do município, por meio de programas de distribuição de mudas, kits de irrigação e apoio técnico, desenvolvidos pela Prefeitura.

Em sua gestão, a Prefeitura entregou a obras de reforma da Escola Casa Familiar Rural (ECFR), localizada no bairro do Quebra Pote, zona rural de São Luís, além da entrega de 25 mil mudas de hortaliças para produtores.

Tudo isso foi possível mesmo em tempo de muita crise. A criatividade e vontade de fazer de Ivaldo Rodrigues mostram que é possível mudar a realidade de São Luís, basta querer e ter à frente da pasta gestores que tem compromisso com os cargos que ocupam.

Do Blogue do ZECA SOARES.

 

sem comentário »

Agricultores ribamarenses são beneficiados com sementes selecionadas

DSC_1952Agricultores do polo agrícola de São Braz e Macaco, localizado no município de São José de Ribamar, foram beneficiados, através de uma parceria entre a Prefeitura ribamarense e o Governo do Estado, com sementes selecionadas de milho. A iniciativa é uma das ações da administração do prefeito Gil Cutrim (PMDB) que visam continuar incentivando a agricultura familiar na cidade e, desta forma, gerar mais oportunidades de renda aos trabalhadores do setor.

 

 

“A Prefeitura incentiva os pescadores, agricultores e criadores e, além disso, adquire, através do Compra Local, parte das suas produções. Esta cadeira produtiva vem se mostrando extremamente eficiente e fomentadora da atividade na cidade”, avaliou o representante do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de São José de Ribamar, Cabo Antônio.

 

 

A entrega de sementes selecionadas também beneficiará, ao longo desta semana, agricultores dos demais polos agrícolas do município. Por meio da parceria entre Estado e Município, mais de três toneladas do produto serão distribuídas nos próximos dias.

 

 

No ano passado, é importante destacar, o município de São José de Ribamar voltou a ser destaque nacional no que diz respeito à execução de políticas públicas direcionadas para agricultura familiar.

 

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), através da reportagem “ PAA: Ministério repassa R$ 6,8 milhões diretamente a agricultores familiares”, a cidade maranhense foi  a quarta do Brasil que mais aplicou recursos oriundos do novo modelo do Programa de Aquisição de Alimentos no período compreendido entre os meses de setembro a novembro deste ano.

 

No início do ano, o próprio MDS, indicou o PAA do município, também chamado de Compra Local, como sendo um dos três melhores do país.

 

Funcionando como referência para o Governo do Estado e para várias Prefeituras maranhenses e brasileiras – dentre elas a de Teresópolis que, em 2011, enviou a São José de Ribamar técnicos que conheceram in loco o funcionando do Compra Local – o Programa de Aquisição de Alimentos ribamarense fomenta uma grande cadeia de desenvolvimento econômico e de geração de emprego e renda, proporcionando, ainda, alimentação de qualidade aos mais diversos públicos.

 

Através do PPA, a Prefeitura ribamarense compra parte da produção dos pequenos agricultores familiares, criadores e pescadores artesanais e a remete para a preparação da merenda servida nas escolas da rede municipal de ensino, além das refeições preparadas e servidas na Cozinha Escola Municipal (atende, com o fornecimento diário e gratuito de 200 refeições, famílias carentes em situação de vulnerabilidade alimentar e nutricional) e nas entidades socioassistenciais do município.

 

Paralelo a este trabalho de compra da produção, a Prefeitura oferece aos agricultores, pescadores e criadores assistência técnica gratuita, além de cursos de capacitação em diversas áreas, como avicultura básica, suinocultura, piscicultura, produção de mudas, processamento de alimentos e irrigação, por exemplo.

 

 

sem comentário »