| Arquivo por Ações do governo
Sexta-feira, 24 de junho de 2022.

Por iniciativa do deputado Hildo Rocha Câmara Federal vai debater problemas da rodovia que liga Rosário a Barreirinhas

A precariedade da estrada e a falta de fiscalização por parte da Polícia Rodoviária Federal, entre outros problemas, serão debatidos em audiência pública que será promovida pela Comissão de Viação e Transportes. O deputado federal Hildo Rocha, autor do requerimento, explicou que a BR-402 é uma rodovia importantíssima para a economia do Maranhão.

“A BR-402 é a principal via terrestre de acesso aos Lençóis Maranhenses, um dos principais atrativos turísticos do Maranhão e do Brasil. Mas, lamentavelmente, essa estrada está abandonada, sem manutenção, sem fiscalização, sem segurança. Essa situação não pode continuar assim. Por esse motivo, solicitei a realização de audiência pública para que possamos discutir os problemas e encontrar soluções para as questões que levaram a BR-402 ao estado de calamidade em que a estrada se encontra”, destacou Hildo Rocha.

Região turística vulnerável por falta de segurança 

De acordo com o parlamentar, os municípios da região que são banhados pelo oceano atlântico podem ser portas de entradas para o tráfico de drogas, armas e contrabandos, entre outros ilícitos.

“Sem a presença da Polícia Rodoviária, traficantes e contrabandistas agem com desenvoltura pois sabem que não terão problemas. Dessa forma, a população local e os turistas que trafegam por essa rodovia ficam totalmente vulneráveis, inseguros, correm risco de serem vítimas de violência. Essa é outra questão crucial que também será discutida durante a audiência pública”, ressaltou.

Rota das Emoções 

A BR-402 possui 703,5 km de extensão. Inicia na cidade de Bacabeira, no Maranhão, e se estende até Umirim, no Ceará. Boa parte do roteiro turístico chamado de “Rota das Emoções”, com cerca de 500 quilômetros, é percorrido pela BR-402.

A Rota das Emoções é um roteiro turístico que oferece natureza exuberante, cenários ímpares e envolvimento com a cultura de 14 municípios: Jijoca de Jericoacoara, Barroquinha, Camocim, Chaval e Cruz no Ceará; Parnaíba, Ilha Grande, Luís Correia e Cajueiro da Praia, no Piauí e Barreirinhas, Paulino Neves, Araioses, Tutóia e Santo Amaro do Maranhão, no Maranhão.

Participantes 

Serão convidados dirigentes da Polícia Rodoviária Federal, Departamento Nacional de Infraestrutura do Transporte (Dnit), representantes do governo do Maranhão, prefeitos e vereadores dos municípios maranhenses prejudicados pela situação atual da rodovia e representantes de entidades da sociedade civil, entre outras organizações.

sem comentário »

Hildo Rocha pede ajuda do governo federal aos municípios atingidos pelas chuvas

O deputado federal Hildo Rocha utilizou a tribuna da Câmara para chamar a atenção das autoridades do Ministério do Desenvolvimento Regional e da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil em relação dificuldades que os Municípios Maranhenses se encontram por causa das chuvas intensas que estão atingindo inúmeras cidades do Estado do Maranhão.

Imperatriz 

Hildo Rocha destacou que em Imperatriz as chuvas continuam inundando a cidade. O parlamentar ressaltou que além do volume de água ter sido muito grande, acima do normal, a cidade padece por falta de planejamento.

“Recebi vídeos enviados por moradores da cidade. Realmente, muitas ruas e avenidas de Imperatriz se transformaram em rios, o que mostra também que a drenagem das águas das chuvas é ineficiente porque não fizeram o planejamento adequado. Isso faz com que a população de Imperatriz sofra todo ano, nesse período das chuvas. Em razão da intensidade das chuvas trechos da BR-010, na passagem urbana de Imperatriz, ficaram submersos”, destacou o parlamentar.

Presidente Juscelino 

Hildo Rocha destacou a visita que fez ao Município de Presidente Juscelino, outro Município que também está sofrendo muito por causa das chuvas intensas que caem sobre o Maranhão.

“O Rio Munim subiu 11 metros. O aumento do volume das águas fez com que boa parte da cidade e inúmeros povoados fossem alagados. Juntamente com a vice-prefeita, Irenalva, com o ex-prefeito Afonso e com a vereadora Dora, tivemos a oportunidade de entrar nas ruas alagadas, fui de canoa olhar a situação de ruas e avenidas que estão submersas, casas tomadas pelas águas e famílias em situação de muita dificuldade”, enfatizou o deputado.

Cestas básicas distribuídas pelo ex-prefeito 

Hildo Rocha enalteceu o trabalho realizado pelo ex-prefeito Afonso, juntamente com a atual vice-prefeita Irenalva e a vereadora Doralice que objetivando amenizar o sofrimento das famílias afetadas distribuíram alimentos para a população.

“Irenalva, Dora e o Afonso conseguiram, junto com a sociedade e com seus amigos, cestas básicas e mantimentos para essas famílias. Eu disse para a vice-Prefeita que transmitisse ao Prefeito da cidade, Dr. Pedro, que ele pode contar com o apoio do Deputado Hildo Rocha para que possamos socorrer as famílias com recursos financeiros, a exemplo do que fiz em relação a outros municípios. Marajá é um exemplo. O Prefeito Lindomar esteve em Brasília, fomos até o Ministério do Desenvolvimento Social, ele fez o dever de casa e já está recebendo os recursos para ajudar as famílias atingidas e em breve irá receber recursos para reconstruir a cidade que foi devastada”, comentou Hildo Rocha.

Nina Rodrigues 

O parlamentar lembrou também da situação de Nina Rodrigues. “Boa parte da sede e alguns povoados estão debaixo d’água. O Prefeito Rodrigues, muito preocupado, conversou comigo, estive com ele várias vezes, nós estamos nos articulando a fim de socorrer as famílias. Eu aqui em Brasília, e ele em São Luís. O Governo do Estado já reconheceu, está vindo a documentação para Brasília e, com fé em Deus, vamos conseguir que o Governo libere recursos para acolher as famílias prejudicadas”, comentou o deputado.

Trabalho eficiente 

Hildo Rocha enalteceu os servidores da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. “Eles orientam os gestores, são atenciosos, prestam um bom trabalho, desde primeiros socorros, distribuição de cestas básicas, até mesmo com recursos para as próprias prefeituras adquirirem as cestas de alimentos, mantimentos, colchonetes, roupas, enfim, tudo aquilo que as pessoas precisam de imediato. Além disso, também ajudam na reconstrução das cidades e limpeza das ruas, porque muitas vezes as ruas ficam cheias de lama, como é o caso de Marajá do Sena. Portanto, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil é constituída por profissionais competentes e tem realizado um belíssimo trabalho”, elogiou Hildo Rocha.

sem comentário »

GOVERNO DISPONIBILIZA CANAL DO DISQUE SAÚDE NO WHATSAPP PARA CANCELAMENTO DE CONSULTAS E EXAMES

Disque Saúde no whatsapp (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) lançou o novo canal do Disque Saúde no WhatsApp exclusivo para que os usuários das Policlínicas e/ou Hospitais da rede estadual possam realizar o cancelamento de consultas e exames, bem como receber informações sobre o status do agendamento. O serviço é uma estratégia para reduzir o índice de absenteísmo, que gira em torno dos 30%.

De acordo com a coordenadora da Central Integrada de Regulação Ambulatorial do Maranhão (CIRAM-SES), Mércia Lima, a estratégia vai proporcionar mais comodidade ao usuário e celeridade para aqueles que estão na lista de espera. “Com isso, diminuímos as perdas de vagas com otimização da nossa oferta, dando oportunidade a outras pessoas que precisam de atendimento”, explicou.

O serviço está acessível pelo número (98) 99168-3213 para atender pacientes de todo o estado e deve ser acionado somente por mensagem de texto. O atendimento ao público funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Para informar o cancelamento, o paciente deve acionar o serviço em até 24h antes da consulta ou exame, informando o Código de Solicitação ou número do Cartão SUS e o motivo do cancelamento.

 

Os agendamentos de consultas e exames continuam sendo realizados pelo Disque Saúde, no número (98) 3190-9091, ou em uma das unidades do VIVA e aplicativo ou site do PROCON-MA.

sem comentário »

Hildo Rocha propõe criação de Comissão Externa do Congresso Nacional para ajudar na solução de problemas decorrentes das fortes chuvas

Membro titular da comissão representativa do Congresso Nacional, o deputado federal Hildo Rocha apresentou requerimento solicitando a instalação de uma Comissão especial para acompanhar, fiscalizar e sugerir ações do governo federal em apoio aos estados municípios e famílias atingidas pelas chuvas.

O parlamentar ressaltou que, este ano, além de ter vindo antes da época normal, o período chuvoso veio com muita intensidade, causando alagamentos, desmoronamentos, destruição de casas, estradas, ruas pontes e bueiros.

“Começou a chover bem antes do período normal, no Maranhão. Assim, o volume de água das chuvas é bem superior à série histórica. Com isso, milhares de famílias já estão desalojadas, outras afetadas e o prejuízo é enorme com casas destruídas, ruas acabadas e estradas muito danificadas. A possibilidade de enchentes de rios e igarapés ainda no início do ano é muito grande, tendo em vistas o grande volume de chuvas”, destacou Hildo Rocha.

Municípios mais afetados 

O parlamentar disse que, entre as cidades mais afetadas, até o momento estão: Mirador, Grajaú, Imperatriz, João Lisboa, Barra do Corda entre outras cidades que já enfrentam problemas sérios com destruição de casas, ruas, estradas e centenas de famílias desalojadas.

“Por isso, na condição de membro da Comissão Representativa do Congresso Nacional, apresentei requerimento para instalação urgente de Comissão Externa do Congresso Nacional para acompanhar, fiscalizar e apresentar ações necessárias do governo federal em apoio aos Estados, Municípios e às famílias atingidas pelas chuvas”, explicou Hildo Rocha.

Solidariedade e disposição para ajudar 

O deputado se colocou à disposição para, na medida do possível, contribuir com as autoridades estaduais e municipais nas ações que sejam necessárias para diminuir ou acabar com o sofrimento provocado pelo excesso de chuvas.

“Me solidarizo, especialmente com as famílias que perderam entes queridos e, obviamente, também com as que tiveram prejuízos causados pelas chuvas e enchentes. Estou à disposição para atuar, junto com as autoridades estaduais e municipais e entidades que eventualmente necessitam do meu apoio institucional nas ações referentes às enchentes”, afirmou Hildo Rocha.

sem comentário »

O Município de Pedro do Rosário é Premiado com o SELO Sisan do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional.

Prefeito Toca Serra recebe certificado do Sisan

Desde o início da sua gestão o prefeito Toca Serra, do município de Pedro do Rosário na Baixada Maranhense, tem demonstrado a sua preocupação em melhorar os indicadores sociais do seu município e a qualidade de vida do seu povo, sobretudo garantindo a segurança alimentar e nutricional da população Pedrorrosariense, o prefeito Toca Serra ainda no mês de Janeiro criou a Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional do município, vinculada à Secretaria Municipal de Assistência Social Renda e Cidadania, e nomeou a Nutricionista Juliana Almeida como Coordenadora desse setor, a mesma vem desenvolvendo as suas atividades com muito empenho e maestria, em meio à crise provocada pela pandemia do corona vírus, em que muitas famílias perderam emprego e renda, o prefeito Toca Serra buscou parcerias com os governos federal, estadual e entidades como CNM e FAMEM para garantir o mínimo necessário para suprir as necessidades alimentares e nutricional das famílias em situação de vulnerabilidade social.

 

E assim ao longo do ano já foram distribuídos dezenas de toneladas de alimentos e milhares de cestas básicas, através dos programas Comida na Mesa, Prato Cheio, Mais Pescados, Mais Alimentos e PAA, em todo esse trabalho social foi de fundamental importância a Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional.

 

No último dia 30 de Novembro, o Governo do Estado através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social realizou a audiência pública do ll plano estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, nesta ocasião o prefeito Toca Serra foi representado pelo secretário municipal de Assistência Social Renda e Cidadania, Igon Fernando Soares e pela Coordenadora de Segurança Alimentar e Nutricional Juliana Almeida, onde o Município recebeu o prêmio Sisan, de 69 municípios concorrendo ao Selo, apenas 25 alcançaram a pontuação máxima para o prêmio completo, e Pedro do Rosário foi um dos 25 Município.

 

sem comentário »

Brandão cumpre agenda de visitas em São Luís

O vice-governador Carlos Brandão (PSDB) cumpriu uma verdadeira maratona de eventos em São Luís nos últimos dias. Pré-candidato à reeleição para governador em 2022, ele assume em abril do próximo ano o Governo do Estado com a saída de Flávio Dino (PSB), que disputará vaga ao Senado,
Desde sábado (09), Carlos Brandão começou um verdadeiro périplo nos bairros da capital, prestigiando eventos alusivos ao Dia das Crianças, comemorado oficialmente ontem (12). Já no dia 09, ele marcou presença numa ação com grande público no Parque Família Botão, no Maracanã, organizado pelo vereador Marlon Botão.
No domingo (10) foi para o bairro Pirâmide, na região metropolitana de São Luís, e na segunda-feira, conheceu o trabalho realizado pelo Instituto Adson Fernando Ferreira Araújo (IAFFA), no centro da capital, com Rodrigo Comerciário e Concita Pinto (vereadora). Em seguida esteve na União de Moradores da Vila Luizão, com o secretário adjunto da Agricultura Familiar (SAF), Ivaldo Rodrigues, ouvindo as demandas do bairro.
Nos bairros do Coroadinho e João Paulo, Brandão foi igualmente recebido de forma festiva não só pela criançada como também pelas lideranças locais, a exemplo dos vereadores Paulo Victor e Antônio Garcez.
Além da identificação natural com São Luís, a relação com as lideranças políticas locais vem chamando a atenção e realçando pontos na corrida pela popularidade do vice-governador no amplo público eleitoral da capital.
sem comentário »

Governo distribui pescado para as 30 cidades do Plano Mais IDH

Entrega de pescado para o prefeito de Arame, Pedro Fernandes (Foto: Brunno Carvalho)

Dando continuidade às ações do Governo do Estado para garantir alimento a quem mais precisa, nesta quarta-feira (29) o governador Flávio Dino entregou 100 toneladas de pescado, beneficiando milhares de famílias maranhenses. Foram contemplados municípios incluídos no Plano Mais IDH. Para a iniciativa, o Governo investiu cerca de R$ 1,5 milhão. A ação, que integra o programa Comida na Mesa, ocorreu às 9h, no Palácio dos Leões.

“Esta ação tem uma dupla importância, por aumentar a proteção social todos os dias, com novos restaurantes populares, cestas básicas, o Vale Gás e agora, nessa vertente do Mais Pescado. Ainda, pelo fato desse mercado viver crise conjuntural, que levou à queda da produção de pescados, por conta de um problema concreto que ocorreu em outros estados, mas não atingiu o Maranhão. É importante afirmar a segurança sanitária da produção maranhenses. Estamos acompanhando os produtores e não há nenhuma razão para haver retração no consumo de pescado e essa ação afirma a importância desse produto na alimentação do povo do nosso estado. Realizaremos outras compras e outras entregas, pela alta relevância desta ação, que irá continuar”, afirmou o governador Flávio Dino.

O vice-governador Carlos Brandão pontuou o reforço do programa no acesso à alimentação aos maranhenses que mais necessitam. “O programa garante a segurança alimentar e desmistifica a notícia de que o pescado no Maranhão estaria com a doença da ‘urina negra’. Os órgãos de referência no Estado já mostraram que isso não existe. Por isso, estamos mostrando que precisamos e devemos consumir nosso pescado, garantir os projetos de piscicultura que geram emprego e precisam de apoio”, ressaltou Brandão.

O Plano Mais IDH é uma ação do Governo do Estado, criado para elevar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de municípios maranhenses. A iniciativa agrega mais de 40 projetos, com integração de políticas públicas, a partir do desenvolvimento local, e construindo soluções de interesse para municípios e populações mais vulneráveis. O plano assegura ainda, benefícios diversos como o programa Escola Digna, Restaurante Popular, Mais Bolsa Família, Força Estadual de Saúde e ações de infraestrutura. O Mais IDH está em vigor desde 2015.

As 30 cidades contempladas pelo Plano Mais IDH foram beneficiadas (Foto: Handson Chagas)

O prefeito de Afonso Cunha, Arquimedes Bacelar, frisou a importância do programa de Governo. “É uma benção este momento, levando para nossa cidade mais um benefício com a entrega deste pescado. Um alimento nutritivo e que deve chegar à mesa dos que precisam. Sabemos do momento difícil que se vive, da crise na venda do pescado em alguns estados e aqui, temos a alegria em poder garantir este alimento ao nosso povo”, destacou.

“Só temos a agradecer. Esse pescado chegou em momento certo, estávamos esperando e o governador Flávio Dino, sempre sensível aos que mais precisam”, disse o prefeito de Aldeias Altas, Kedson Lima. O prefeito de Arame, Pedro Fernandes, disse que “vejo com bons olhos essa programação de suplemento alimentar para a população mais carente e ressalto obras estruturantes como educação, o forte do governo Flávio Dino, na saúde e geração de empregos, um conjunto que vai amenizando a situação do povo”.

Contemplados

Governo investiu cerca de R$ 1,5 milhão no Mais Pescado (Foto: Gilson Teixeira)

As cidades beneficiadas foram Afonso Cunha (1.357 kg), Água Doce do Maranhão (2.842 kg), Aldeias Altas (5.818 kg), Amapá do Maranhão (1.598 kg), Araioses (10.515 kg), Arame (7.470 kg), Belágua (1.640 kg), Brejo de Areia (1.950 kg), Cajari (4.420 kg), Centro Novo do Maranhão (4.981 kg), Conceição do Lago-Açu (2.249 kg), Fernando Falcão (2.265 kg), Governador Newton Bello (2.719 kg), Itaipava do Grajaú (2.791 kg), Pedro do Rosário (5.686 kg) e Primeira Cruz (3.493 kg).

Também receberam o pescado os municípios de Jenipapo dos Vieiras (3.767 kg), Lagoa Grande do Maranhão (2.534 kg), Marajá do Sena (1.773 kg), Milagres do Maranhão (1.720 kg), Santa Filomena (1.610 kg), Santana do Maranhão (3.016 kg), Santo Amaro do Maranhão (3.446 kg), São Francisco do Maranhão (2.924 kg), São João do Carú (3.330 kg), São João do Sóter (5.726 kg), São Raimundo do Doca Bezerra (1.496 kg), São Roberto (1.190 kg), Satubinha (3.181 kg) e Serrano do Maranhão (2.492 kg).

sem comentário »

Em Itinga, Governo do Estado inaugura estádio e vistoria obras para a educação

Entrega de equipamentos em Itinga (Foto: Luiz Paula)

O Governo do Estado segue avançando com a realização de inúmeras políticas públicas por todo o Maranhão, incluindo obras em várias áreas, além de entrega de benefícios, a exemplo de cestas básicas e kits esportivos. No sábado (25), a agenda da comitiva estadual, liderada pelo vice-governador Carlos Brandão, aconteceu em Itinga do Maranhão, a 615 km de São Luís.

Entre os compromissos está a inauguração do estádio Pedro Moura, o “Mourão” – no povoado Cajuapara -, que foi totalmente reformado, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), e é um dos principais pontos esportivos da cidade, além de vistoria das obras de uma Areninha e da reforma e ampliação do Centro de Ensino José Neves de Oliveira, por meio da Agência Executiva Metropolitana do Sudoeste Maranhense (Agemsul) e da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), respectivamente.

Carlos Brandão ressaltou a característica do governo estadual de realizar parcerias com as prefeituras, com intuito de potencializar obras em todos os municípios.

“Um grande momento, em que entregamos mais de 900 cestas básicas, para atender a comunidade carente, entregamos kits esportivos, um estádio de futebol, vamos visitar uma escola do estado que está em reforma. São várias ações para visitar e inaugurar, em parceria com o município. Significa dizer que o nosso Governo é parceiro e municipalista, entregando obras e ações que vêm melhorar a vida das pessoas”, afirmou o vice-governador.

A escola referida por Brandão é estadual, o Centro de Ensino José Neves de Oliveira, que está com 57% das obras já executadas. A previsão para serem concluídas é até 30 de novembro deste ano. O valor do investimento é de R$ 1.446.911,71 e vai contemplar toda a infraestrutura física.

Segundo o prefeito de Itinga, Lúcio Flávio, as ações do Governo do Estado são manifestações objetivas de que a cidade com a 86ª economia do Maranhão é também merecedora das parcerias municipalistas exercidas pela gestão Flávio Dino.

“É um dia histórico para todos nós. O vice-governador Carlos Brandão, como municipalista que é, está aqui para provar que Itinga merece a parceria desse governo. Estamos muito felizes, porque o Governo está para ajudar os mais necessitados, as pessoas, e construir um bom futuro para os nossos filhos”, pontuou o prefeito.

O titular da Sedel, Rogério Cafeteira, também comentou sobre a importância de incluir Itinga entre os beneficiados pela política estadual de atender os municípios maranhenses.

“É uma alegria a gente estar de volta em Itinga, trazendo kits esportivos, entregando o estádio Mourão e também visitando as obras de uma nova Areninha, que também será construída no município. Essas são algumas das tantas ações que o Governo leva para todo o estado, e hoje, em especial, para Itinga”, disse Cafeteira.

Cestas básicas e kits esportivos

A agenda também contou com a entrega de 990 cestas básicas, por meio do Programa Comida na Mesa, coordenado pela  Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), e de kits esportivos – correspondentes a 1.152 itens -, por meio da Sedel.

Areninhas Maranhenses

Ponto de uma das vistorias, o projeto das “Areninhas” Maranhenses, desenvolvido pela Agemsul, propiciará a revitalização de áreas urbanas ou rurais que, preferencialmente, já tenham histórico de utilização para prática de esportes e atividades físicas pela população, conhecidas por campinhos de bairros, que são áreas arborizadas e terrenos baldios nos centros de comunidades.

O projeto se estrutura de forma aberta à comunidade, com previsão de arborização, área para caminhada e academia da saúde, atuando como um polo desportivo democrático. Com investimento de R$ 615.565,32, o “Areninha” contemplará um campo society, arquibancada, academia de saúde e pista de caminhada.

sem comentário »

Construção de pontes promove novas oportunidades aos maranhenses que antes viviam no isolamento

 

O Estado do Maranhão possui 217 municípios e com uma área de quase 330 mil km², é um dos 10 mais extensos do Brasil. Diante dos desafios do vasto território, o Governo do Estado conseguiu, neste ano, interligar todos esses municípios por via terrestre através da construção de pontes e novas estradas.

O Governo levou a sério o ditado que diz “não construa muros, construa pontes”. Desde 2015, já foram 30 estradas inauguradas e 7 pontes entre reconstrução, melhoramento e recuperação. Com as atuais construções das Ponte sobre o Rio Balsas, Rio Pericumã, Rio Santarém e o Rio Preguiças, o Maranhão chega a marca de interligação municipal por via terrestre.

Para o secretário Clayton Noleto, essa é uma conquista histórica. “Há sete anos estou à frente da infraestrutura maranhense. Foi um desafio muito grande quando chegamos em 2015, havia muitas estradas com um nível ruim no nosso estado e pouco a pouco fomos mudando essa realidade. Hoje, chegar a marca de ter todo o Estado interligado por rodovia, por conta do trabalho que fizemos nas estradas e das pontes que construímos, é algo que merece muita celebração! Conquista para o povo”, disse o secretário.

O que temos em andamento?

Atualmente o Governo do Maranhão mantém equipes trabalhando em 04 obras: Ponte Central-Bequimão, Ponte sobre o Rio Santarém,  sobre o Rio Balsas e sobre o Rio Preguiças, em Barreirinhas.

Localizada no município de São Félix de Balsas, a ponte sobre o Rio Balsas que possui 195 metros de extensão é um marco para os moradores que só conseguiam chegar à cidade através de embarcações. Com a construção, o município sai do isolamento e tem uma rota terrestre para saída.

Assim também será para moradores e turistas em Barreirinhas. Hoje para ter acesso ao Parque Nacional dos Lençóis, é necessário atravessar o rio de balsa, mas em breve, a espera de 50 anos vai acabar. A ponte sobre o Rio Preguiças além da mobilidade vai influenciar também no turismo.

Uma das obras mais expressivas atualmente do Governo é a Ponte Central-Bequimão. Com 589 metros, a ponte vai interligar 13 municípios da baixada maranhense. As equipes agora se concentram no içamento de vigas metálicas sobre os blocos em água. Um trabalho complexo e minucioso que tem exigido atenção da equipe de engenharia.

Com essas intervenções, através da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), o Governo marca a interligação de todos os municípios maranhenses por terra.

Quem prova, vê que a construção de pontes não é apenas algo filosófico, mas que interfere no dia a dia do povo. Mais mobilidade, mais segurança e conforto a quem precisa.

Dona de um restaurante desde 2003, Ana Karina, de Santo Amaro, consegue sentir literalmente na pele a diferença que a ponte sobre o Rio Alegre trouxe a diversos moradores. “Há uns anos atrás, eu vendia bolo e precisava atravessar o rio, mas não tinha ponte, a gente atravessava por água. Tinha que separar uma muda de roupa e torcer para conseguir atravessar sem perder nada. Foram anos dessa batalha. Agora tem a ponte, né? Acabou com o sofrimento de muita gente”, contou satisfeita.

A Ponte Verde, em São Luís, foi uma das maiores obras nesse setor em todo Maranhão (Foto: Divulgação)

Relembre as obras entregues

Falando em Rio Alegre, essa foi a última inauguração de ponte do Governo do Maranhão pela Sinfra. A ponte com 120 metros tem ajudado a população local a trabalhar melhor e chamado atenção dos turistas para o crescimento do setor na cidade.

Uma das maiores obras já entregues é a Ponte Verde, na capital maranhense. São 220 metros de extensão que hoje já interferem diretamente no dia a dia dos milhares de trabalhadores que usam o corredor para sair de São José de Ribamar a São Luís. A Ponte Verde, entregue em setembro de 2020, foi um projeto delicado e que exigiu bastante esforço e cuidado da equipe de engenharia por conta do solo em que foi construída.

Outras pontes que fazem parte desse rol de 7 obras são as sobre o Riacho Mangu em Santana e sobre o Rio Flores em Lajeado Novo. Apesar de não serem obras de  grande porte, impactam diretamente a vida dos moradores que antes precisavam fazer um percurso bem maior para chegar ao destino.

Com todas essas obras, o Governo fez um investimento aproximado de 150 milhões de reais e proporcionou o encurtamento de distâncias entre cidades antes esquecidas.

sem comentário »

Carlos Brandão discute reestruturação societária do Porto São Luís que terá obras iniciadas no próximo ano

O vice-governador Carlos Brandão realizou, nesta quarta-feira (01), reunião com representantes do projeto de construção do Porto São Luís. O encontro teve como objetivo alinhar as tratativas de venda do projeto ao grupo Cosan S.A – um dos maiores grupos empresariais brasileiros – que fez proposta vinculativa para a compra de 100% do negócio, avaliado em R$ 720 mi.
“Tenho acompanhado de perto o projeto do Porto São Luís desde o início do Governo, acreditando no seu potencial transformador para o desenvolvimento econômico do Maranhão. O projeto conseguiu atrair os olhares da Cosan e, com as negociações, o Porto São Luís terá obras iniciadas em meados de 2022, com a possibilidade de gerar até cinco mil empregos no pico da obra”, destacou o vice-governador.
O projeto do TUP Porto São Luís continua em andamento, agora, ainda mais fortalecido pela nova estrutura societária, e com novo escopo definido de cargas e projetos.
O encontro com os CEO Helder Dantas (Porto São Luís) e Juarez Avelar, representante do setor de mineração, teve a finalidade de traçar os próximos passos para as tratativas, que irão dar maior celeridade à construção do porto, além de trazer uma nova perspectiva para o escoamento de minério de ferro.
“O Porto São Luís está sendo concebido para ser um dos mais modernos e eficientes do país, reforçando a vocação da baía de São Marcos como uma das mais importantes regiões exportadoras do Brasil e isso vai sair do papel. Os últimos anos foram dedicados ao processo de licenciamento e reestruturação do ativo. E agora, com a entrada da Cosan S.A, o cronograma de investimentos será retomado, e o projeto acelerado, para que possa cumprir o seu propósito de geração de muitos empregos e renda para o Estado; sempre priorizando ao máximo a mão de obra e os fornecedores maranhenses, aquecendo de forma real uma ampla cadeia local” declarou o presidente do Porto, Helder Dantas.
*Negociações*
O plano de negócios do TUP Porto São Luís prevê o início da operação para 2025. A venda está sujeita ainda ao cumprimento de um processo que envolve questões regulatórias; além das aprovações societárias da China Communications Construction (CCCC) e últimos alinhamentos com autoridades chinesas. Toda essa etapa deve ser concluída até o início do próximo ano.
sem comentário »