Linha Livre com Geraldo Castro | Arquivo por Ações de saúde
Terça-feira, 24 de maio de 2022.

Deputado Hildo Rocha reivindica pleno funcionamento do Hospital Regional de Barra do Corda

Em pronunciamento na tribuna da Câmara, o deputado Hildo Rocha destacou que o Hospital Regional de Barra do Corda não está funcionando como deveria. O parlamentar disse que o hospital foi construído pelo município e entregue pelo atual Prefeito, Rigo Teles, para o Governo do Estado fazer as adequações necessárias para transformá-lo num hospital de média e alta complexidade.

“Foi firmado o compromisso do Governo do Estado do Maranhão transformar a unidade em Hospital Regional de média e alta complexidade. O Estado do Maranhão cumpriu o compromisso em parte. Digo que cumpriu em parte porque o hospital não está sendo utilizado na sua plenitude”, destacou Hildo Rocha.

Dança na UTI 

O parlamentar ressaltou que além dos recursos públicos do município e do Governo do Estado, o Governo Federal está bancando parte do funcionamento da unidade, por meio do Sistema Único de Saúde. Entretanto, de acordo com o deputado, o hospital está com as portas fechadas, a UTI não está funcionando.

“Foi divulgado um vídeo em que os profissionais do Hospital fazem uma performance de dança dentro da UTI, mostrando que não há nenhum paciente internado”, comentou.

Falta de informação? 

Hildo Rocha enfatizou que em razão do não funcionamento da UTI pacientes de Barra do Corda que necessitam de tratamentos são levados para Teresina, Presidente Dutra, e São Luís, em busca de UTI.

“Isso é inadmissível! Acredito que o Governador do Estado não saiba o que está acontecendo no Hospital Regional de Barra do Corda. Também creio que o Secretário de Saúde não tenha conhecimento dessa situação”, apostilou Hildo Rocha.

Fiscalização 

Rocha defendeu a necessidade de que seja feita uma fiscalização para que o hospital passe a funcionar de portas abertas. “Não é possível que os cidadãos de Barra do Corda e região — Fernando Falcão, Jenipapo dos Vieiras — que necessitam de atendimento hospitalar, que precisam de cirurgia de emergência, não sejam atendidos porque o hospital está fechado, sem funcionar de forma geral, na sua plenitude. Somente pequenas cirurgias e cirurgias eletivas são realizadas. Portanto, utilizo esta tribuna para pedir ao Governo do Estado do Maranhão que abra as portas do Hospital Regional de Barra do Corda, que aquela unidade de saúde funcione na sua plenitude”, clamou Hildo Rocha.

sem comentário »

Hildo Rocha se reúne com secretário nacional de habitação para viabilizar a conclusão de milhares de casas em áreas rurais do Maranhão

O presidente da Frente Parlamentar da Habitação Popular, deputado federal Hildo Rocha, está trabalhando em busca de soluções para questões que impedem a conclusão de aproximadamente 2.500 casas populares inacabadas no Estado do Maranhão. Os imóveis, projetados para atender população de baixa renda, de comunidades rurais, já deveriam ter sido entregues. O tema foi discutido durante reunião do parlamentar com o Secretário Nacional de Habitação, Alfredo Santos.

“Mais uma vez, discutimos sobre as casas inacabadas em áreas rurais do Maranhão. Sabemos das dificuldades e da complexidade em relação a essa questão. Esse é um assunto que exige acompanhamento permanente. Por esse motivo, solicitei uma reunião com Dr. Alfredo para que pudéssemos analisar a situação e encontrar meios para que possamos reiniciar e concluir as obras. Não está sendo fácil, pois os preços da construção aumentaram muito, além de que alguns dirigentes de entidades sumiram com parte do dinheiro destinado a construção das casas”, explicou Hildo Rocha.

Trabalho durante recesso parlamentar 

O parlamentar destacou que embora o parlamento esteja em recesso ele continua trabalhando em Brasília. “Recesso parlamentar não significa que tudo esteja parado, há uma Comissão que continua trabalhando no período do recesso. Faço parte desse colegiado. Assim sendo, continuo trabalhando em Brasília e, nos finais de semana, sempre retorno ao Maranhão, visito os municípios, participo de inaugurações e levo benefícios para as comunidades rurais do nosso Estado”, enfatizou.

Casas dignas para população rural 

A luta do deputado Hildo Rocha em favor da população que ainda não tem acesso a moradias dignas é antiga. Quando exerceu o cargo de Secretário de Estado das Cidades, durante o governo de Roseana Sarney, Hildo Rocha fez a regularização fundiária de milhares de imóveis e construiu milhares de casas, em diversos municípios, contribuindo assim para a redução do déficit habitacional do Estado.

“Durante o governo de Roseana Sarney nós conseguimos avanços significativos nesse setor. Mas, lamentavelmente, a quantidade de famílias que moram em casas precárias é muito grande. Por isso temos que concluir essas que já foram iniciadas e que tem parte dos recursos necessários para serem concluídas. Para concluir algumas delas, vamos precisar do apoio das prefeituras porque se as prefeituras não ajudarem  a concluir essas habitações a demora será ainda maior, o tempo de espera será mais longo porque essas casas estão no Programa Minha Casa Minha Vida que já foi extinto e não foram incorporadas ao novo programa habitacional do governo federal”, esclareceu o parlamentar maranhense.

O Maranhão ainda continua sendo o Estado com maior déficit habitacional rural do Brasil. As casas que foram destinadas pelo governo federal através do programa Minha Casa Minha Vida ajudaram a diminuir o déficit, entretanto foram insuficientes para acabar com o déficit. Mais de 2.500 famílias que residem em 70 municípios do Maranhão estão prejudicadas porque foram contempladas com o recurso habitacional, no entanto ainda não receberam a sua casa própria.

Hildo Rocha destacou que, no Maranhão, em mais de 70 municípios, existem casas a serem concluídas.  “São 2.500 famílias que receberam o dinheiro para fazer as casas, através de entidades. Ocorre que essas entidades não conseguiram concluir as casas, nem vão conseguir com o valor estabelecido no contrato. Por esse motivo, estou buscando, juntamente com Dr. Alfredo, meios para solucionar as pendências e, finalmente, proporcionarmos condições para que as famílias possam morar em casas de alvenaria, cobertas de telhas de barro, com banheiro, com piso em cerâmica, com portas, com janelas dentro dos padrões. Ou seja, com conforto e segurança”, afirmou Hildo Rocha.

Reurb para Grajaú e Barra do Corda 

O parlamentar também destacou que durante o encontro foram discutidas questões referentes aos pedidos apresentados pelas prefeituras de Grajaú e Barra do Corda. Esses municípios solicitaram apoio do parlamentar para que possam receberem recursos do governo federal para implementação de Regularização Fundiária de Núcleos Urbanos informais ocupados por população de baixa renda (Reurb).

“O governo federal, através da Secretaria Nacional de Habilitação, órgão vinculado ao Ministério do Desenvolvimento Regional, vem destinando recursos consideráveis para serem investidos em regularização fundiária. Os municípios de Barra do Corda e Grajaú apresentaram propostas com o objetivo de realizar regularização urbana com apoio do governo federal. Esse tema também foi tratado durante a reunião com Dr. Alfredo”, afirmou Hildo Rocha.

Trabalho bem-sucedido 

O parlamentar lembrou que durante o governo de Roseana Sarney, foi realizado um grande trabalho de regularização fundiária urbana de várias residências, em São Luís e Imperatriz, garantindo segurança jurídica para as famílias que ocupavam terrenos com documentação irregular onde foram edificadas as suas residências.

“Na condição de Secretário das Cidades, do governo de Roseana Sarney, eu tive a oportunidade de implantar a Política de Regularização Fundiária Urbana do Maranhão. Na época, conseguimos excelentes resultados. Agora, na condição de deputado federal, continuo atuando firme em prol de melhorias habitacionais para a população maranhense. Dessa forma, persistirei nessa grande luta para que as propostas apresentadas pelas prefeituras de Grajaú e Barra do Corda sejam concretizadas e se transformem em casas regularizadas para milhares de famílias de maranhenses”, afiançou Hildo Rocha.

sem comentário »

GOVERNO DISPONIBILIZA CANAL DO DISQUE SAÚDE NO WHATSAPP PARA CANCELAMENTO DE CONSULTAS E EXAMES

Disque Saúde no whatsapp (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) lançou o novo canal do Disque Saúde no WhatsApp exclusivo para que os usuários das Policlínicas e/ou Hospitais da rede estadual possam realizar o cancelamento de consultas e exames, bem como receber informações sobre o status do agendamento. O serviço é uma estratégia para reduzir o índice de absenteísmo, que gira em torno dos 30%.

De acordo com a coordenadora da Central Integrada de Regulação Ambulatorial do Maranhão (CIRAM-SES), Mércia Lima, a estratégia vai proporcionar mais comodidade ao usuário e celeridade para aqueles que estão na lista de espera. “Com isso, diminuímos as perdas de vagas com otimização da nossa oferta, dando oportunidade a outras pessoas que precisam de atendimento”, explicou.

O serviço está acessível pelo número (98) 99168-3213 para atender pacientes de todo o estado e deve ser acionado somente por mensagem de texto. O atendimento ao público funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Para informar o cancelamento, o paciente deve acionar o serviço em até 24h antes da consulta ou exame, informando o Código de Solicitação ou número do Cartão SUS e o motivo do cancelamento.

 

Os agendamentos de consultas e exames continuam sendo realizados pelo Disque Saúde, no número (98) 3190-9091, ou em uma das unidades do VIVA e aplicativo ou site do PROCON-MA.

sem comentário »

Derrubada do veto 44: vice-presidente do Congresso Nacional, Marcelo Ramos, enaltece trabalho de Hildo Rocha em favor dos agentes de saúde e de combate às endemias Externa Caixa de entrada

A atuação do deputado federal Hildo Rocha, que resultou na derrubada do veto 44, foi enaltecida pelo vice-presidente do Congresso Nacional, Marcelo Ramos, parlamentar que presidiu sessão histórica que resultou em mais uma vitória dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias na luta por melhores condições de trabalho.

O veto presidencial derrubado versa sobre capítulo da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLN 3/21) que trata sobre reajuste do piso salarial de agentes comunitário de saúde e de agentes de combate às endemias, entre outras questões. A rejeição do parlamento ao veto do presidente da república tem significado especial porque fortalece a luta da categoria e abre assegura condições orçamentárias para o cumprimento da lei que assegura a obrigatoriedade de reajuste salarial da categoria.

 

Protagonismo reconhecido 

De acordo com o deputado Marcelo Ramos, do PL do Amazonas, o reconhecimento ao protagonismo do deputado Hildo Rocha, na luta em defesa de melhores condições de trabalho dos agentes de saúde e dos agentes de combate às endemias, é apenas uma questão de justiça.

“Isso tudo não teria acontecido sem a dedicação e o esforço de V.Exa., junto com as lideranças dos agentes comunitários de saúde. Preciso registrar isso por uma questão de justiça. V.Exa. realmente tomou isso como a pauta principal do seu mandato. Várias vezes me procurou e participou de todas as reuniões de negociação para garantir a derrubada desse veto. Então, preciso registrar isso, Deputado Hildo Rocha, por uma questão de justiça, a fim de que todos os agentes comunitários de saúde, não os só do Maranhão, mas também os do País inteiro, tenham clareza do protagonismo de V.Exa. Sem V.Exa. este momento não estaria acontecendo agora. Parabéns, Deputado Hildo Rocha!”, enfatizou Marcelo Ramos.

Outras vozes 

Além do reconhecimento do vice-presidente do Congresso Nacional, outras vozes também ecoaram em reconhecimento ao trabalho do deputado Hildo Rocha.

“Parabéns, Hildo Rocha, parabéns Ilda, parabéns Conacs, parabéns a todos os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias. Vencemos uma grande luta, mas, maior foi a vitória” ressaltou o deputado Weliton Prado (Pros/MG).

“Com certeza, esse resultado foi fruto de um trabalho feito a quatro mãos, deputados, líderes, Conacs. Em nome da nossa categoria, eu agradeço ao deputado Hildo Rocha e a todos os parlamentares que nos ajudaram a vencer mais uma batalha na luta por nossos direitos”, declarou Ilda Angélica, presidente da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às endemias.

Vitória conquistada com muita luta 

Ao lado de lideranças das entidades representativas da categoria, o deputado Hildo Rocha agradeceu pelas palavras de apoio e também comemorou a derrubada do veto e explicou quais serão os próximos embates a serem vencidos.

“Agora, o veto seguirá para o Senado. Se o Plenário confirmar a derrubada do veto os agentes de saúde vão ter reajuste no próximo ano. Além de ter a garantia do reajuste, a derrubada do veto facilitará a aprovação da PEC-22 porque o impacto que será criado, em função da aprovação da PEC será mínimo. Já temos, inclusive, o compromisso do presidente da câmara, deputado Artur Lira, de votar logo a matéria já na primeira quinzena de março. Essa conquista fortalece a luta da categoria e ampliar as perspectivas de uma vitória plena, em 2021”, enfatizou Hildo Rocha.

Importância 

O parlamentar maranhense ressaltou que a atuação dos agentes de saúde e dos agentes de combate às endemias, é de fundamental importância para a saúde preventiva.

“São os grandes guerreiros da saúde, que estão em todos os Municípios, estão nas casas. Durante o período da pandemia, esses profissionais atuaram diretamente na prevenção junto à população, mostraram, portanto, a grande importância que eles têm para todo o povo brasileiro. Nós não poderíamos deixar de reconhecer isso. E a melhor forma de reconhecer e valorizar o trabalho de um profissional é justamente a sua remuneração. É reconhecer que ele é importante para o Sistema Único de Saúde, é importante para a saúde pública brasileira”, argumentou Hildo Rocha.

sem comentário »

Hildo Rocha comemora êxito da Comissão Geral que tratou sobre PEC dos agentes de saúde e derrubada do veto 44

O deputado federal Hildo Rocha coordenou a Comissão Geral que ocorreu nesta quarta-feira (01/12 constituída para tratar sobre a proposta de emenda à Constituição (PEC) 22/11 e o Veto 44, item 8, ambos são do interesse dos agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias. Para o deputado Hildo Rocha, o evento foi bem-sucedido.

“Sucesso total. Tivemos a felicidade de contar com a presença de considerável quantidade de Deputados e Deputadas que defendem uma melhor condição de trabalho para os agentes de saúde. Por isso, essa grande quantidade, entre eles o Deputado Zé Neto, que foi o autor, o idealizador desta Comissão Geral. Eu fui coautor da proposta tendo ficado responsável pela coordenação desta comissão geral. A presença de centenas de Agentes Comunitários de Saúde e de Agentes de Combate às Endemias também foi marcante. Portanto, o evento foi proveitoso”, comemorou o parlamentar.

Luta por direitos e melhores condições de trabalho 

Hildo Rocha enfatizou que a Constituição Federal, no art. 196, diz que saúde é direito de todos e dever do Estado garantir políticas públicas que diminuam a possibilidade de risco a doenças.

“Quem pode fazer isso melhor do que os agentes de saúde e os agentes de endemias? Está na Constituição Federal. Nós temos que obedecer a Constituição Federal. Quem é que está no dia a dia, fazendo a atenção primária, a saúde preventiva? São os agentes de saúde. Portanto, é por esse motivo que aqui estamos, para reforçar essa luta, esse belíssimo trabalho, muito organizado pela Presidente da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, Ilda Angélica, que tem liderado essa luta, muito disciplinada e muito ordeira”, comentou o parlamentar.

Pauta debatida 

A PEC 22/11 fixa regras para a remuneração dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias. Ela foi aprovada por comissão especial em 2017 e aguarda a apreciação do Plenário. O veto presidencial 44.08 refere-se a garantia de reajuste do piso salarial do ACS e ACE na Lei De Diretrizes Orçamentária – LDO de 2022.

“Dar condição de trabalho, criando piso salarial dos agentes de saúde e dos agentes de endemia é o mínimo que nós podemos fazer para essa categoria. São apenas dois salários-mínimos garantidos para que eles possam ter condições de trabalhar melhor em favor da população brasileira” argumentou Hildo Rocha.

Derrubada do Veto nº 44 

Com relação à derrubada do Veto nº 44, item 8, o deputado Hildo Rocha explicou que há recursos suficientes para garantir, no ano que vem, o reajuste.

“Há essa possibilidade, nós temos que fazer isso. O Supremo Tribunal Federal decidiu, e não vai mudar, que esses 30 bilhões de reais que eram utilizados em emenda de relator agora têm que ser melhor utilizados. E por que não utilizar 2 bilhões, que é o que vai impactar nas contas do Governo Federal? Apenas 2 bilhões de reais para dar o reajuste e garantir dois salários mínimos a partir do ano que vem para os agentes de saúde, os agentes de combate as endemias? Portanto, sou favorável a essas duas causas: a derrubada do Veto nº 44, item 8, e a aprovação ainda neste ano da PEC 22”, afiançou Hildo Rocha.

Comissão Geral é a denominação atribuída às sessões plenárias da Câmara dos Deputados quando a casa interrompe seus trabalhos ordinários para, sob o comando do seu Presidente, debater matéria relevante, por proposta conjunta dos líderes ou a requerimento de um terço dos Deputados, discutir projeto de lei de iniciativa popular ou receber Ministros de Estado.

sem comentário »

Seminário solicitado por Hildo Rocha, sobre alta incidência de câncer no Maranhão, será realizado segunda-feira, na Assembleia Legislativa

O seminário “Situação Atual da Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer no estado do Maranhão”que foi proposto pelo deputado federal Hildo Rocha (MDB-MA) e aprovado pela Comissão Especial da Câmara destinada a acompanhar as Ações de Combate ao Câncer no Brasil, será realizado segunda-feira (29/11), no auditório da Assembleia Legislativa do Maranhão.

Maranhão é recordista em óbitos por câncer de pênis  

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Maranhão é recordista em registro de casos de óbito por câncer de pênis no mundo, concentrando, atualmente, a maior quantidade proporcional de casos: 6.1 casos por cada 100 mil habitantes. Ainda segundo o órgão, a doença mata mais homens do que o câncer de próstata.

“Em razão dessa lamentável realidade, solicitei a realização de um seminário sobre o tema, no nosso estado, para ampliar o debate com a sociedade maranhense e se buscar formas para conscientizar e prevenir esse        tipo de câncer. Os colegas aprovaram a proposta”, declarou Hildo Rocha

O evento faz parte de um conjunto de ações da Câmara dos Deputados realizadas em alusão ao mês mundial da campanha “Novembro Azul”.

Debatedores e convidados  

O seminário terá como debatedor, Dr. Henrique Prata, do Hospital de Amor, da cidade de Barretos-SP, que é uma referência na América Latina em prevenção do câncer.

Da comitiva da Câmara Federal participarão o médico oncologista e deputado federal, Dr. Frederico de Castro Escaleira (Patriota-MG); o presidente da Comissão Especial da Câmara de Combate ao Câncer, deputado Weliton Prado e o deputado Hildo Rocha, membro da comissão e autor da proposta para realização do seminário.

Também foram convidados: o prefeito de São Luís, Eduardo Braide; o secretário de Saúde do estado do Maranhão, Carlos Lula; representantes do Hospital Aldenora Belo, do Hospital do Câncer do Maranhão, de entidades da sociedade civil ligadas ao setor da saúde.

sem comentário »

Hildo Rocha discute questões orçamentárias e reivindica recursos financeiros para obras da Funasa no Maranhão

Água mole em pedra dura tanto bate até que fura. Esse antigo ditado popular serve para ilustrar a persistência demonstrada pelo deputado federal Hildo Rocha no que se refere às ações da Funasa no Maranhão. Só neste semestre o deputado federal Hildo Rocha esteve três vezes na sede do órgão em busca de soluções para questões orçamentárias e liberação de recursos financeiros para o financiamento de obras da instituição no Estado do Maranhão.

Na semana passada, novamente o parlamentar foi recebido em audiência pelo presidente do órgão, Miguel da Silva Marques, a fim de verificar o andamento de convênios que já estão em execução, destravar obras paralisadas e apressar o início de projetos que já deveriam ter sido iniciados, mas ainda dependem do orçamento.

“Diversos municípios maranhenses têm convênios com a Funasa para construção de Sistemas Simplificados de Abastecimento de água; construção de adutoras, como é o caso de São Bernardo e construção de sistemas médios, que abastecem bairros inteiros, como é o caso do Trado, em Cantanhede, entre outros municípios que demandam a concretização dos serviços conveniados com a Funasa. Então, gestores municipais, vereadores e lideranças desses municípios frequentemente pedem que eu apresente tais pleitos junto à Funasa a fim de que eventuais pendências sejam solucionadas”, destacou Hildo Rocha.

Financeiro e orçamentário 

O parlamentar explicou que as maiores dificuldades estão relacionadas à questões financeiras e orçamentárias. “Alguns municípios reivindicam liberação de dinheiro, outros ainda dependem do orçamento, que é quando os recursos são assegurados por meio de operação contábil denominada de empenho. Também existem casos em que os municípios conveniados ainda aguardam por soluções quanto ao financeiro e ao orçamentário, para que possam dar continuidade à construção de sistemas de abastecimento de água e outros empreendimentos no setor do saneamento. Então, discutimos essas questões e, o presidente, Dr. Miguel, me garantiu que irá fazer os pagamentos e conseguir recursos para atender os municípios que ainda precisam de dotação”, comentou Hildo Rocha.

Funasa 

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa), entidade vinculada ao Ministério da Saúde, é o órgão do Governo Federal responsável pela promoção ao saneamento, prevenção e controle de doenças. A Funasa formula e implementa ações de proteção à saúde relacionadas com as ações estabelecidas pelo Subsistema Nacional de Vigilância em Saúde Ambiental.

sem comentário »

Projeto do deputado Hildo Rocha garante exame de polissonografia pelo SUS

Tramita na Câmara Projeto de Lei do deputado Hildo Rocha que obriga o Sistema Único de Saúde (SUS) a disponibilizar exames de polissonografia para pacientes que necessitam de diagnóstico e tratamento de distúrbio conhecido como apneia do sono.

De acordo com dados de um levantamento denominado Episono (Estudo Epidemiológico do Sono) um dos mais importantes projetos de investigação sobre a prevalência dos distúrbios de sono no mundo, mais de 60% da população brasileira sofre com problemas de sono e 32,9% têm apneia do sono.

“Além de inúmeros danos à saúde, a apneia pode levar a óbito. Essa doença ajuda a desenvolver a síndrome metabólica. Quem apresenta essa síndrome tem maior tendencia a ter enfarto do miocárdio e Acidente Vascular Cerebral (AVC), entre outros problemas graves”, enfatizou Hildo Rocha.

Diagnóstico 

O principal exame para saber se a pessoa tem apneia do sono é a polissonografia, exame não invasivo feito enquanto o paciente está dormindo. Durante o exame são verificados fatores como: atividade elétrica cerebral e muscular; movimento dos olhos; fluxo do ar pelo nariz e boca; esforço respiratório e níveis de oxigênio no sangue.

A polissonografia é recomendada quando os pacientes apresentam os seguintes sintomas: dificuldade para dormir; ronco excessivo durante o sono; acorda várias vezes à noite, mesmo que por poucos segundos e de forma imperceptível; paradas da respiração ou sufocamento durante o sono; muitos pesadelos; perda involuntária de urina durante o sono; excesso de sono e cansaço durante o dia; dor de cabeça pela manhã; diminuição do rendimento nos estudos ou trabalho; alterações da concentração e da memória; irritabilidade e depressão.

“É um exame caro e incomum que por não ser oferecido pela rede pública de saúde é inacessível para a maioria das pessoas que necessitam fazer o exame. Por esse motivo, apresentei o Projeto de Lei, que recebeu o número 3715/2021. Esse projeto, de minha autoria, assegura a realização da polissonografia pelo SUS. Dormir bem é fundamental para a saúde e para qualidade de vida de todas as pessoas”, ressaltou Hildo Rocha.

sem comentário »

Na tribuna da Câmara Hildo Rocha defende a prefeita Belezinha: “ela falou a verdade, a insinuação de Flávio Dino é leviana”

Em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal, ontem, o deputado Hildo Rocha defendeu a prefeita de Chapadinha, Belezinha, em relação ao episódio no qual o governador submeteu a gestora a constrangimento, durante ato público ocorrido na última sexta-feira, quando Flávio Dino insinuou que a prefeita seria mentirosa.

O caso, segundo explicou Hildo Rocha, foi originado a partir de um vídeo postado nas redes sociais, pela prefeita Belezinha, cujo conteúdo desagradou ao comunista. Na gravação, a gestora disse que o funcionamento da UPA de Chapadinha só está sendo possível graças às emendas parlamentares de Deputados.

“Ela reclamou que, nesses 10 meses da gestão dela, o Governo do Estado,

não fez nenhum repasse para ajudar na manutenção da UPA. Isso é verdade. Onde está a mentira? A Prefeita reclamou com toda razão”, afirmou Hildo Rocha.

Desafio ao governador 

O parlamentar desafiou o governador Flávio Dino a provar que a prefeita mentiu. “Quando queremos chamar alguém de mentiroso, nós devemos provar a mentira. Então, eu lanço um desafio: Governador Flávio Dino, prove que você mandou algum centavo para o Município de Chapadinha, para manter em funcionamento a Unidade de Pronto Atendimento daquela cidade”, anunciou Hildo Rocha.

Governo estadual desprezou o município 

O parlamentar ressaltou que a prefeita também reclamou que durante o pico da pandemia o Governo do Estado não ajudou a combater a COVID-19. “Durante todo o período crítico da pandemia, a prefeitura trabalhou apenas com dinheiro do Governo Federal e com recursos próprios do município. Houve mês em que a prefeita Belezinha gastou na UPA 1 milhão de reais, e ela recebe apenas 75 mil reais por mês do Governo Federal. Ou seja, é o Município que está bancando o funcionamento da UPA”, argumentou o deputado.

sem comentário »

Em evento alusivo aos 69 anos de emancipação de São Domingos, Hildo Rocha anuncia benefícios ao município

O deputado federal Hildo Rocha prestigiou eventos promovidos pela prefeitura de São Domingos, organizados pelo prefeito Tratorzão, em homenagem aos 69 anos de emancipação política e administrativa do município.

O parlamentar aproveitou a visita para anunciar que em breve São Domingos irá receber uma patrulha mecanizada, que será doada para trabalhadores e trabalhadoras rurais e uma van que será utilizada exclusivamente para o transporte de pacientes que fazem tratamento de hemodiálise fora do município.

Além desses benefícios, Hildo Rocha também destinou emenda parlamentar para asfaltamento de ruas e para compra de equipamentos destinados à produção de abacaxi. Em breve esses benefícios se tornarão realidade, pois os convênios já se encontram em fase de licitação.

Matadouro moderno 

Na companhia do Secretário Municipal de Agropecuária e Agricultura Familiar, Astolfo Sobrinho, do Secretário Municipal de Saúde, Clodomir Junior (Clodomirzinho) e do vereador Astolfo Seabra, o deputado Hildo Rocha conheceu as novas instalações do Matadouro Público Municipal Joaquim Pereira da Silva “Juca”, obra financiada com recursos públicos federais e municipais.

“Essa é mais uma obra importantíssima que o prefeito Tratorzão entrega para a população. Agora, o município dispõe de um matadouro moderno, apropriado para o abate de animais em conformidade com as normas sanitárias. O abate seguro, feito de forma apropriada, significa que as pessoas têm a garantia de consumir proteína animal saudável. Isso tem reflexos também na saúde pública porque as pessoas passam a consumir produtos de melhor qualidade, processados com higiene, de acordo com os padrões estabelecidos pelas normas de sanidade animal. O prefeito Tratorzão está de parabéns por mais essa obra”, comentou Hildo Rocha.

Serviço público relevante 

O Secretaria Municipal de Agropecuária e Agricultura Familiar, Astolfo Sobrinho, também destacou a importância da obra. “Esse matadouro, inaugurado pelo prefeito Tratorzão, representa um grande avanço no setor do abastecimento, no nosso município. Há muito tempo a população desejava ter um abatedouro apropriado, capaz de atender as exigências legais. Agora, o prefeito Tratorzão conseguiu atender essa importante demanda do nosso povo”, enfatizou Astolfo Sobrinho.

Mais qualidade, menor custo, mais saúde 

O Secretário Municipal de Saúde, Clodomir Junior (Clodomirzinho), ressaltou que a partir da inauguração do matadouro, a carne disponibilizada para o consumo passa a ser de melhor qualidade, com a possibilidade de haver até diminuição de preço.

“Eu fico muito feliz por hoje estarmos inaugurando esse matadouro que está dentro das normas sanitárias. Agora, a população de São Domingos passa a dispor de carne com mais qualidade e preço muito mais barato. Essa é mais uma conquista alcançada graças à parceria do deputado Hildo Rocha com o prefeito Kleber Tratorzão. Hoje, nós tivemos a felicidade de saber que, em breve, o município irá receber uma patrulha e uma van para transporte de pessoas que fazem hemodiálise fora do município. Ou seja, estamos ampliando os serviços públicos ofertados à população, estamos progredindo, estamos proporcionando mais qualidade de vida para a população de São Domingos”, afiançou Clodomirzinho.

“Era isso que eu sonhava, é por isso que estou aqui, é por isso que digo, todos os dias, ao povo de São Domingos, que estou com Tratorzão porque estou do lado do povo e quero o melhor para a nossa população. Portanto, agradeço ao deputado Hildo Rocha e ao prefeito Tratorzão pelo esforço, pelo trabalho e pelos resultados alcançados em prol do desenvolvimento de São Domingos”, enfatizou o vereador Astolfo Seabra.

sem comentário »