Linha Livre com Geraldo Castro | Arquivo por Ação Social
Quinta-feira, 9 de julho de 2020.

Hildo Rocha entrega retroescavadeira para população de Barra do Corda

Barra do Corda, município localizado no centro do Maranhão, que abriga uma enorme população indígena conta a partir de agora com uma moderníssima retroescavadeira que foi doada para a Associação Comunitária Indígena Ourives. O equipamento foi comprado pela Codevasf, com recursos públicos federais provenientes de emenda parlamentar individual do deputado Hildo Rocha.

 

Vidas transformadas

Hildo Rocha destacou que a retroescavadeira terá inúmeras utilidades para as comunidades beneficiadas. “Essa máquina será utilizada para construção de tanques escavados, com o objetivo de criar peixes; na retirada de materiais de construção e na manutenção de estradas e caminhos de acesso que ligam as comunidades entre si e à sede do município de Barra do Corda. A retroescavadeira também servirá para fazer açudes, recuperar e ampliar açudes. Agora as comunidades indígenas tem à sua disposição uma máquina supermoderna, fácil de operar, resistente, econômica e versátil, que muito contribuirá para transformar a vida de dezenas de comunidades indígenas de Barra do Corda”, destacou o parlamentar.

 

Benefício assegurado pelo governo federal

Hildo Rocha ressaltou que o benefício chegou graças a um pedido da vereadora Cassi. “A vereadora Cassi fez o pedido de uma retroescavadeira para servir as comunidades indígenas de Barra do Corda. Eu destinei os recursos, por meio de emenda parlamentar, para que a Codevasf, empresa pública federal, adquirisse e depois fizesse a doação desse equipamento para a Associação do Ourives. Hoje estou aqui em Barra do Corda fazendo a entrega oficial ao presidente da entidade”, explicou.

 

Apoio do presidente Bolsonaro e da Prefeitura

O deputado reconheceu a atitude do presidente Jair Bolsonaro que liberou a emenda utilizada para viabilizar a aquisição do equipamento. O parlamentar enfatizou que os custos de operação e manutenção do equipamento serão pagos pela Prefeitura Municipal de Barra do Corda.

 

“Para fazer essa máquina funcionar é necessário que tenha pelo menos um operador, combustível e manutenção regular. São custos que inicialmente serão arcados pelo município, através de compromisso feito pelo prefeito Eric Costa. Quando as comunidades já estiverem produzindo elas poderão arcar com os custos do equipamento”, declarou Hildo Rocha.

 

O prefeito Eric Costa agradeceu ao deputado Hildo Rocha e lembrou que em Barra do Corda moram mais de quatro mil indígenas agrupados em dezenas de aldeias. “Estamos recebendo um grande presente que o deputado Hildo Rocha deu para Barra do Corda, especialmente para servir às comunidades indígenas. É uma grande conquista que, conforme o deputado disse, foi solicitada pela vereadora Cassi, que muito bem representa as comunidades indígenas do nosso município”, afirmou o prefeito.

 

O presidente Associação Comunitária Indígena Ourives, Cláudio Moreno Damião Guajajara, também agradeceu ao deputado Hildo Rocha e ressaltou que por meio dessa ação muitas pessoas serão beneficiadas.

 

“Em nome de todas as comunidades beneficiadas, quero agradecer ao deputado Hildo Rocha por essa importante conquista. É um presente que vai servir para ajudar muitas pessoas nas comunidades. Nós estamos de parabéns, felizes e agradecidos”, afiançou Claudio Moreno.

sem comentário »

Covidão: Hildo Rocha diz que Flávio Dino cometeu improbidade administrativa ao pagar respiradores que não foram entregues

Em pronunciamento durante Sessão da Câmara Federal, o deputado Hildo Rocha criticou os governadores envolvidos em operações nebulosas referente à compra de respiradores. Rocha ressaltou que o governo do presidente Jair Bolsonaro tem encaminhado constantemente recursos para os Estados. Entretanto, de acordo com o parlamentar, alguns governadores estão desviando os recursos entre eles o do Maranhão, Flávio Dino.

 

“Essas empresas, ditas internacionais, que venderam para o Maranhão, via Consórcio do Nordeste, não tem sequer registro. Nem são do ramo de equipamentos hospitalares. Empresas totalmente desconhecidas. Mesmo assim o pagamento foi realizado causando grandes prejuízos aos cofres públicos. Isso é improbidade administrativa, pois causou prejuízos ao erário estadual. O prejuízo para o povo do Maranhão foi de mais de 5 milhões de reais. O governador Flávio Dino é responsável direto por essa gastança criminosa que ganhou o apelido de Covidão”, destacou o deputado.

 

O parlamentar maranhense lembrou que ao efetuar o pagamento dos respiradores sem a devida liquidação o governador Flávio Dino afrontou totalmente a legislação que trata sobre aplicação de recursos públicos.

 

“A Lei nº 4.320 é bastante clara. Primeiro você tem que liquidar, para depois fazer o pagamento. Pagaram adiantado, levaram prejuízo, e o prejuízo ficou com a população. Esse procedimento de Flávio Dino, e de outros governadores nordestinos, configura crime contra as finanças públicas”, afirmou Hildo Rocha.

 

O deputado afirmou que cabe ao Ministério Público do Maranhão entrar com vários processos contra o governador Flávio Dino por causa dessa operação criminosa que foi realizada com o total apoio e conhecimento do governante maranhense. Todavia, o parlamentar não acredita que o procurador geral de justiça do Maranhão faça qualquer procedimento contra o governador Flávio Dino.

 

“Assim o povo do Maranhão vai arcar com a perda desses recursos e da falta de respiradores pulmonares que se já estivessem instalados evitariam centenas de mortes”, destacou Hildo Rocha.

sem comentário »

Hildo Rocha e ministro da Ciência e Tecnologia visitam Centro Espacial e agrovilas de Alcântara

Ministro Marcos Pontes junto com o deputado Hildo Rocha em Alcântara

O deputado federal Hildo Rocha, um dos diretores da Frente Parlamentar Mista para o Programa Espacial Brasileiro, visitou o Centro Espacial de Alcântara e a Agrovila Cajueiro, comunidade formada por trabalhadores rurais que foram remanejados em razão da implantação do projeto.

A Frente Parlamentar Mista para o Programa Espacial Brasileiro (FPMPEP), foi criada em fevereiro deste ano, para acompanhar, avaliar e debater os temas relativos ao Setor Espacial Brasileiro.

Além do deputado Hildo Rocha e outros 11 parlamentares federais que integram a Frente Parlamentar Mista para o Programa Espacial Brasileiro, também participaram da visita do ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes; o Presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Moura; o Coordenador Institucional do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, Francisco Rodrigues; o Presidente da Comissão de Coordenação e Implantação de Sistemas Espaciais (CCISE) da Força Aérea Brasileira, Major Brigadeiro Paulo Roberto Chã, e o Vice-Presidente da CCISE, Brigadeiro Vital.

Alcântara em nova era

O deputado Hildo Rocha parlamentar que foi relator do Acordo de Salvaguardas (AST) entre Brasil e Estados Unidos para uso comercial do Centro de Lançamento Aeroespacial de Alcântara destacou que a visita foi organizada com a finalidade de promover aproximação do setor espacial com o poder legislativo.

A comitiva do ministro Marcos Pontes e do deputado Hildo Rocha no CLA

Rocha disse que essa foi a terceira vez que ele visitou o Centro Espacial de Alcântara em missão oficial para discutir e estimular a consolidação desse importante patrimônio brasileiro que representa a entrada do Brasil no seleto grupo de países detentores da tecnologia de lançamentos de foguetes e artefatos espaciais.

“Essa visita marca o início das tratativas com empresas mundiais interessadas na utilização do CEA. Depois de décadas de ociosidade, finalmente esse importante complexo tecnológico passará a ter viabilidade econômica. Isso é um passo importante para o Brasil, para o Maranhão e para o município de Alcântara que agora entra em nova fase da sua história, estamos dando um grande salto para uma nova era para os brasileiros, maranhenses e alcantarenses”, afirmou Hildo Rocha.

Aprovação do AST

Rocha lembrou que a aprovação do Acordo de Salvaguardas (AST), condição indispensável para proporcionar viabilidade econômica e tecnológica do CLA exigiu paciência, persistência e habilidade.

“Motivados por questões ideológicas, alguns parlamentares tentaram, de toda forma, impedir a aprovação do Acordo que eu tive a honra de relatar, graças ao deputado Eduardo Bolsonaro, presidente Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, que confiou na minha capacidade e me escolheu para a desafiadora missão de relatar o AST. Graças a Deus tivemos êxito, o projeto foi aprovado e estamos avançando na direção certa, rumo ao progresso tecnológico”, comentou.

Visita aos moradores da Agrovila Cajueiro

Parlamentares e técnicos envolvidos nas atividades do Centro Espacial de Alcântara visitaram a Agrovila Cajueiro, comunidade rural instalada no entorno do CEA. “Durante encontro com moradores da Agrovila Cajueiro, ouvimos demandas que deveriam ter sido resolvidas pela prefeitura do município e pelo governo do Maranhão. Os moradores relataram que estão completamente abandonados pelos governos estadual e municipal”, declarou.

Interlocutores

Hildo Rocha disse que os moradores aproveitaram para pedir a ele e ao ministro Marcos Pontes que sirvam de interlocutor junto ao presidente Jair Bolsonaro a fim de que a comunidade possa ser atendida nas suas necessidades mais urgentes.

“Nem mesmo agora, durante a pandemia do coronavírus, o governador Flávio Dino teve a sensibilidade de disponibilizar médicos e mandar medicamentos para essa comunidade. O posto de saúde está abandonado, não tem médicos, não tem remédios, não tem nada”, lamentou o parlamentar.

Comunidade abandonada pelo governo do Maranhão

Outra reivindicação da comunidade diz respeito a uma quadra coberta que foi iniciada pela prefeitura, com recursos do FNDE, e o prefeito deixou inacabada.

“Eu também vou lutar a fim de viabilizar a conclusão dessa obra. Irei ao FNDE, verificar a situação jurídica em que se encontra esse empreendimento para em seguida tentar, junto ao presidente Jair Bolsonaro, a conclusão dessa quadra coberta”, afirmou Hildo Rocha.

Segundo o ministro Marcos Pontes, a atuação do Governo Federal, no que se refere ao Centro Espacial de Alcântara, ocorre em três fases. A primeira fase dos esforços para impulsionar a base de Alcântara foi a aprovação, no ano passado, do acordo de salvaguardas tecnológicas com os Estados Unidos da América.

O acordo permite que o Brasil lance, comercialmente, objetos espaciais de qualquer país que tenham componente americano. “Oitenta por cento dos foguetes e satélites do planeta tem algum componente americanos. Sem esse acordo, comercialmente, seria muito difícil decolar o projeto comercial de Alcântara”, explicou o ministro.

Neste ano, ocorre a segunda fase, é a preparação de planos locais para discutir com a comunidade do entorno da base e empresas um plano de negócios para a região. Em 2021, ocorre a fase final. “A partir do ano que vem, entra em ação a execução desse plano e o centro começa literalmente a decolar”, afirmou Marcos Pontes.

O ministro destacou que o Centro Espacial de Alcântara será um impulsionador de desenvolvimento para a região onde está instalado, com a participação da comunidade e empresas locais. “O centro não é sozinho, isolado, ele precisa de hotéis, restaurantes, de muitas coisas no entorno. Tudo isso vai modificar aquela região”, avaliou Pontes.

sem comentário »

Edivaldo anuncia programa de descontos para incentivar descarte nos ecopontos e aumentar índice de reciclagem em São Luís

Na véspera do Dia Mundial do Meio Ambiente o prefeito Edivaldo Holanda Junior anuncia mais um serviço à população que vai garantir que São Luís continue avançando nos indicadores de sustentabilidade.

Em suas redes sociais Edivaldo anunciou que será lançado nos próximos dias “um programa que vai oferecer descontos para incentivar descarte de resíduos sólidos recicláveis e reaproveitáveis nos Ecopontos”.

A gestão de resíduos implantada por Edivaldo mudou a realidade de São Luís. O Aterro da Ribeira, gargalo antigo das sucessivas gestões municipais, foi desativado e desde então a cidade vem avançando progressivamente, saindo das últimas posições nos índices do setor para ser uma referência no país.

Hoje, São Luís tem o maior índice de reciclagem da região Nordeste e recicla 5,44% de todo o lixo que produz, contando com dois sistemas complementares de coleta seletiva: os ecopontos, onde o cidadão faz a entrega diretamente nos equipamentos; e a coleta seletiva porta a porta, por meio da qual a Prefeitura faz o recolhimento na casa do cidadão.

O serviço de Coleta Seletiva, que foi paralisado no início da pandemia, volta a ser prestado normalmente na próxima semana. Com isto, Edivaldo incentiva aumento da taxa de reciclagem ao mesmo tempo em que beneficia a população.

sem comentário »

SÃO LUÍS – Casarão histórico é restaurado após TAC com MPMA

Um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) proposto pela Promotoria de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente, Urbanismo e Patrimônio Cultural de São Luís e assinado em 2010 resultou na restauração total de um casarão localizado na Praça Gonçalves Dias, Centro de São Luís. O imóvel é tombado pelo decreto estadual n° 10.089/86 e pela União, por estar inscrito no Livro do Tombo de Belas Artes desde 1955.

Inicialmente, o Ministério Público do Maranhão ingressou, em 2008, com uma Ação Civil Pública contra o proprietário do imóvel, cobrando a sua completa restauração. Na época, o documento descrevia o prédio como “em risco iminente de desabamento, já estando todo o seu interior muito destruído e, teve seus azulejos retirados, como medida de cautela pelo Iphan”.

Já em janeiro de 2010 foi firmado o Termo de Ajustamento de Conduta com os proprietários do imóvel, que se comprometeram a, inicialmente, realizar um projeto de estabilização e limpeza do imóvel com o objetivo de impedir o seu desabamento e maior deterioração. O compromisso também previa a restauração das características arquitetônicas do casarão, de acordo com projeto aprovado pelo Departamento de Patrimônio Histórico, Artístico e Paisagístico do Maranhão (DPHAP) e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

De acordo com o promotor de justiça Luís Fernando Cabral Barreto Júnior, até 2011 foram realizadas as obras de estabilização da construção, seguida pela restauração das características originais da edificação.

De acordo com relatório apresentado à Vara de Interesses Difusos e Coletivos, a fachada foi recuperada com toda a azulejaria, beirais, molduras, esquadrias, portas, janelas e gradis. Também foram feitas intervenções internas e no telhado, também totalmente restaurados. As obras foram acompanhadas pelo Ministério Público do Maranhão e pelo Iphan.

Para Fernando Barreto, este imóvel é um exemplo de que com boa vontade e responsabilidade, é possível a recuperação do patrimônio histórico de São Luís, “desde que, tanto o Poder Público quanto os proprietários privados enxerguem que esse é um trabalho contínuo, de compromisso com a história e com as futuras gerações”.

 

Redação: Rodrigo Freitas (CCOM-MPMA)

sem comentário »

Hildo Rocha vai ao MDR em busca de recursos federais para municípios maranhenses

O deputado federal Hildo Rocha esteve reunido com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, com a finalidade de discutir pautas de interesse do Maranhão referentes a investimentos públicos nos setores da infraestrutura e da habitação popular.

 

“Inúmeros municípios do nosso Estado precisam receber recursos para a conclusão de obras de pavimentação urbana; construção e melhorias de estradas municipais; construção de bueiros; pontes e obras de saneamento ambiental como poços artesianos e ampliação de redes de abastecimento de água”, disse Hildo Rocha.

 

Autorização para pagamentos de obras

Rocha destacou que o encontro foi muito produtivo. “Avançamos bastante, o ministro liberou o pagamento de várias parcelas que estavam aguardando apenas a autorização. Todas as etapas burocráticas e as exigências legais já haviam sido cumpridas, faltava somente o ministro autorizar. Assim, em atendimento aos pleitos dos prefeitos maranhenses que representei na reunião, o ministro autorizou os pagamentos”, explicou o parlamentar.

 

Novo programa de habitação popular

O ministro informou ao deputado que em breve será lançado um novo programa de habitação popular para atendimento de comunidades rurais e urbanas.

 

“Falta apenas concluir as tratativas com a Caixa Econômica Federal, referentes às tarifas, assim que essa questão for definida o governo do presidente Jair Bolsonaro irá lançar, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, o novo programa de habitação popular. Posso garantir que irei lutar a fim de assegurar algumas unidades habitacionais para beneficiar a população maranhense que precisa de uma casa própria para morar com mais honradez”, afirmou Hildo Rocha.

 

sem comentário »

Prefeitura de São Luís promove ações educativas nos terminais de integração para orientar população sobre medidas preventivas à Covid-19

Durante a abordagem, equipes ressaltam a necessidade uso de máscaras, distanciamento nas filas e higienização das mãos; ação segue orientação do prefeito Edivaldo e integra conjunto de medidas de enfrentamento à pandemia

Prefeitura de São Luís promove ações educativas nos terminais de integração para orientar população sobre medidas preventivas à Covid-19A Prefeitura de São Luís, por meio da Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Sanitária, órgão da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), está realizando ações de caráter educativo nos Terminais de Integração de Transporte Urbano da capital para orientação da população durante este período de pandemia da Covid-19. Nesta quarta-feira (3), equipes percorreram os terminais Cohama/Vinhais e Praia Grande orientando trabalhadores e passageiros sobre o uso de máscaras, distanciamento nas filas e higienização das mãos. Nesta quinta-feira (4), a ação, que segue orientação do prefeito Edivaldo Holanda Junior, será realizada também nos terminais Cohab/Cohatrac e São Cristóvão e, na sexta-feira (05) no do Distrito Industrial, no bairro Maracanã.

O objetivo da ação é conscientizar a população sobre a importância de manter distância das outras pessoas, utilização de máscaras de proteção, lavar constantemente as mãos e utilizar álcool em gel, bem como orientar a administração dos terminais quanto aos cuidados com a limpeza dos ônibus e demais dependências.

Para o secretário Municipal de Sáude, Lula Fylho, a iniciativa garante que, mesmo com a abertura de alguns serviços, as medidas de segurança devem ser mantidas. “Nossas equipes, sob orientação do prefeito Edivaldo, estarão nos terminais orientando as pessoas sobre as medidas de segurança, reforçando que é importante que as pessoas continuem com o distanciamento social, utilizando máscaras quando saírem de suas casas e higienizando as mãos”, lembrou o gestor.

“É muito importante este trabalho neste momento em que as atividades estão gradualmente voltando ao normal pela cidade. Por isto, é preciso manter todos os cuidados necessários para preservar a saúde da população, por meio de medidas sanitárias eficazes que devem ser observadas e a Vigilância Sanitária está mobilizada para que sejam cumpridas”, explicou a superintendente de Vigilância Epidemiológica e Sanitária, Terezinha Lobo.

AÇÃO

A ação nos terminais envolve 30 fiscais sanitários e será feita duas vezes ao dia, pela manhã e a tarde. No Terminal Cohama/Vinhais, foram observadas as condições gerais do local e os processos de higienização dos ônibus; verificando se há instalados nas plataformas de embarque/desembarque lavatórios com água corrente e sabão líquido para os usuários; disponibilização de álcool em gel, marcações no piso para orientar o distanciamento das pessoas nas filas. Este trabalho é realizado pelos funcionários do terminal com auxílio de Bombeiros Civis e equipes preparadas para cuidar da higienização dos veículos.

“Eu acho que esta doença (coronavírus) veio como uma tempestade, inesperadamente, sobre todos nós, então tudo que se puder fazer para se proteger vai ser muito bom. Por isto, estão fazendo certo fiscalizar o uso de máscaras, a distância um do outro na fila e todo o resto”, ponderou Marina Pereira, de 66 anos, moradora do Conjunto Bequimão, que utiliza frequentemente o Terminal Cohama/Vinhais em seus deslocamentos.

No Terminal Praia Grande, a Vigilância Sanitária Municipal também fiscalizou as medidas de segurança e saúde. “Tanto no terminal Cohama/Vinhais quanto no Praia Grande constatamos que ainda há situações pontuais de aglomeração de pessoas nas plataformas, embora haja orientações, marcações e faixas informativas para que se mantenha o distanciamento”, explicou a coordenadora da Vigilância Sanitária, Zilmar Pinheiro Rodrigues.

“Com apoio do Governo do Estado, foram instalados lavatórios em pontos estratégicos do terminal para os usuários poderem higienizar as mãos. Na entrada do terminal, logo depois das catracas, mantemos funcionários com álcool em gel e também disponibilizamos máscaras de proteção para aqueles passageiros que, por ventura, tiverem esquecido em casa e entrarem no recinto desprovidos. Pintamos marcações nas plataformas para orientar o distanciamento e também colocamos cartazes nos pontos comerciais do terminal para alertar sobre a importância de se manter uma distância segura”, explicou o gerente do Terminal Praia Grande, Marciano Eduardo Rubira.

“Este trabalho de higienização é muito importante para garantir a saúde dos usuários”, advertiu José Luís Feitosa Lemos, pesquisador em nutrologia, aposentado, ao lado de sua esposa, Maria de Lurran Ribeiro Silva Lemos, servidora da Escola de Cinema do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), na Praia Grande.

sem comentário »

Para Hildo Rocha o exército dos agentes de saúde e de combate às endemias é capaz de combater a Covid- 19

O coordenador da frente parlamentar em defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, deputado Hildo Rocha (MDB-MA) destacou, durante entrevista ao Programa Painel Eletrônico, da Rádio Câmara, que os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias tem condições de ajudar bastante no combate ao novo coronavírus desde que devidamente preparados e organizados.

 

Falta de apoio

Rocha voltou a fazer um alerta: “os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias não receberam do poder público os equipamentos de proteção adequados para que eles possam realizar seu trabalho junto às comunidades. Os agentes de saúde, preparados e com equipamentos de segurança, podem ajudar muito nessa guerra contra a Covid-19 e ajudar a prevenir a disseminação de outras doenças como a dengue, febre amarela, zika, etc.”, destacou o parlamentar.

 

Adicional de insalubridade

De acordo com o deputado, outro problema enfrentado pela categoria, mesmo antes do início da emergência de saúde causada pelo novo coronavírus, é a falta do pagamento do adicional de insalubridade para os profissionais que atuam diretamente em contato com doenças, muitas das quais transmissíveis.

 

“O salário da categoria é inferior ao de todos os outros segmentos da atenção básica à saúde, sendo que um agente comunitário recebe, por mês, um valor inferior ao que o poder público gasta, por dia, com a internação em UTI de um paciente apenas”, ressaltou Hildo Rocha.

 

Reunião técnica

Todas essas questões foram defendidas pelo parlamentar maranhense durante reunião técnica realizada nesta quarta-feira pela comissão externa de acompanhamento da Covid-19 da Câmara dos Deputados.

 

O evento contou com a participação de representantes do Ministério da Saúde, das secretarias municipais de saúde e da Organização Internacional do Trabalho.

 

Os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias foram representados pela Confederação Nacional da categoria, entidade que é presidida por Hilda Angélica Correia.

sem comentário »

Projeto de Hildo Rocha garante 13º aos beneficiários do Bolsa Família

Tramita na Câmara projeto do deputado federal Hildo Rocha que garante, de forma permanente, o décimo terceiro para beneficiários do Programa Bolsa Família. “No ano passado, todas as famílias cadastradas no Bolsa Família foram beneficiadas com o décimo terceiro salário.  No Maranhão 927 mil famílias foram beneficiadas por essa iniciativa do presidente Jair Bolsonaro”, destacou Hildo Rocha.

 

O parlamentar enfatizou que essa ação do presidente da república ajudou a dar um pouco mais de dignidade a milhares de famílias maranhenses que se encontram na extrema pobreza. Rocha lembrou que apesar da importância dessa atitude os opositores radicais do presidente Bolsonaro fizeram de tudo para que a medida provisória 898/2019, que cria o 13º para os beneficiários do Bolsa Família, não fosse votado e perdesse a validade.

 

“Por causa da irresponsabilidade e radicalismo dos senadores e deputados opositores ao governo do presidente Jair Bolsonaro o décimo terceiro do Bolsa Família só teve validade no ano 2019. Por não ter sido votado a tempo no Congresso Nacional a Medida Provisória caducou, perdeu eficácia. Assim apresentei o Projeto de Lei 2097/2020 que cria, de forma permanente, o décimo terceiro para os beneficiários do Bolsa Família. Se o meu projeto for aprovado, todos os anos os beneficiários do Bolsa Família receberão o décimo terceiro salário tranquilamente”, explicou Hildo Rocha.

 

De acordo com o parlamentar, no Maranhão, mais de três milhões de pessoas são beneficiadas pelo Programa Bolsa Família. “Só em dezembro do ano passado, o governo do presidente Jair Bolsonaro repassou 403 milhões de reais para famílias maranhenses beneficiárias do programa. Durante o ano de 2019 o governo federal pagou aproximadamente 3 bilhões de reais aos beneficiários do Bolsa Família no Maranhão, proporcionando dignidade às famílias e injetando recursos para movimentar a economia do nosso Estado”, ressaltou Hildo Rocha.

sem comentário »

Saúde Pública de Cantanhede recebe carros e equipamentos comprados com emenda do deputado federal Hildo Rocha

Os profissionais que atuam nas Unidades Básicas de Saúde de Cantanhede (UBS) passaram a contar com dois carros e dezenas de equipamentos que foram comprados com recursos públicos federais oriundos de emenda parlamentar individual do deputado Hildo Rocha. A entrega aconteceu durante ato com a presença de reduzido número de pessoas, em razão das medidas de segurança sanitária referentes à pandemia do novo coronavírus.

 

Melhorias dos serviços de saúde ofertados pelo município

Hildo Rocha destacou que os dois veículos e os equipamentos são conquistas que irão proporcionar melhorias nas condições de trabalho dos profissionais que exercem atividades nas UBS e, consequentemente, irão contribuir para melhorar os serviços ofertados pelo poder público municipal.

 

“A população de Cantanhede necessita e merece Unidades Básicas de Saúde com condições físicas, técnicas e profissionais para atenderem as pessoas que precisam dos serviços de saúde. Por saber disso coloquei emenda parlamentar de minha autoria para a compra dos dois veículos, dos equipamentos e dos móveis que serão disponibilizados para melhorar os nossos postos de saúde. A equipe do prefeito Ruivo definiu o que deveria ser comprado com os recursos que eu viabilizei. A prefeitura licitou e comprou os carros, móveis e equipamentos ambulatoriais. São dezenas de itens indispensáveis que a partir de agora passam a reforçar a estrutura da saúde pública de Cantanhede”, ressaltou Hildo Rocha.

 

Importância do deputado Hildo Rocha

O prefeito Ruivo agradeceu ao deputado Hildo Rocha e ressaltou a importância da ação do parlamentar que resultou na chegada de veículos, computadores, móveis e equipamentos para estruturar a saúde pública municipal.

 

“Nós fizemos um levantamento do que estávamos precisando, identificamos o que neste momento é de mais utilidade para melhor atendermos a população, e como resultado desse trabalho, graças à ajuda do deputado Hildo Rocha, que colocou emenda parlamentar para a saúde de Cantanhede, foi possível adquirirmos dois carros e dezenas de equipamentos e móveis que serão distribuídos nas Unidades Básicas de Saúde da nossa cidade”, disse o prefeito.

 

Além do deputado Hildo Rocha e do prefeito Ruivo também participaram do evento o ex-secretário adjunto de Saúde municipal, Alex Baima, que organizou toda a aquisição dos veículos, móveis e equipamentos, a secretaria de saúde; a secretária de Saúde, Paula Souto; o chefe de gabinete do prefeito, Bruno Bezerra; o secretário de Esporte, Cezar Cantanhede; o secretário de Infraestrutura, José João; a secretaria de Educação, Lília Santos; o secretário de Administração, Manoel Erivaldo; a secretaria de agricultura, Maria José; o secretário de Governo, Nilton Dutra; o secretário de Cultura, Carlito Amaral e o secretário de Assistência Social, Paulo Coelho.

 

O ato também foi prestigiado pelos vereadores Alan Bajara; Dênis Roberth; Jairon Dantas; Meire do Godô e Ribamar Lopes.

 

Equipamentos, automóveis, móveis e computadores entregues

 

– Um Adipômetro

– Sete aparelhos de Ar Condicionado

– Onze Armários

– Dois Armários Vitrine

– Um Aspirador de Secreções Elétrico Móvel

– Um Autoclave Horizontal de Mesa/até 75 litros

– Duas Balanças Antropométrica Adulto

– Duas Balanças Antropométrica Infantil

– Duas Balança Digital Portátil

– Dez Baldes a Pedal

– Cinco Banquetas

– Um Bebedouro/ Purificador Refrigerado

– Quatro Biombos

– Uma Cadeira de Rodas Adulto

– Trinta e Quatro Cadeiras para Ambulatórios

– Uma Câmara Fria para Conservação de Imunobiológicos

– Um Carro de Curativos

– Um Carro para Material de Limpeza

– Dois Computadores /Desktop-Básico

– Dois Concentradores de Oxigênio

– Cinco Detectores Fetal

– Um Eletrocardiógrafo

– Três Escadas com 2 degraus

– Dois Esfigmomanômetros Adulto

– Dois Esfigmomanômetros Infantil

– Seis Estantes

– Três Focos Refletores Ambulatoriais

– Três Geladeira/ Refrigerador

– Uma Impressora Laser Comum

– Quatro Lanternas Clínica

– Dois Laringoscópio Adulto

– Dois Laringoscópio Infantil

– Um Laser para Fisioterapia

– Quatro Longarina

– Oito Mesas para Médicos e Enfermeiros

– Quatro Mesas de Exames

– Uma Mesa de Mayo

– Uma Mesa de Reunião

– Duas Mesas Ginecológica

– Dois Nebulizadores Portáteis

– Dois Negatoscópio

– Um Nobreak para Computador/Impressora

– Dois Oftalmoscópio

– Seis Otoscópio Simples

– Quatro Oxímetro de Pulso

– Um Projetor Multimídia/Datashow

– Uma Seladora

– Um Televisor

– Um Ultrassom para Fisioterapia

– Dois Veículos de Passeio – Transporte de Equipe 5 pessoas

– Um Ventilador de Teto/Parede

sem comentário »