| BOCA NO TROMBONE – por Geraldo Castro
Sábado, 13 de agosto de 2022.

BOCA NO TROMBONE – por Geraldo Castro

Tiro no pé

E a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), candidata a uma vaga de deputada federal, deu um verdadeiro “tiro no pé” ao anunciar que vai apoiar a candidatura do ex-governador Flávio Dino (PSB) ao Senado Federal.

Este cidadão passou 7 anos e meio usando todos os meios, legais ou não, para destruir a família Sarney e o MDB, partido que está ligado diretamente ao ex-presidente José Sarney.

Roseana não precisava mais de qualquer coisa para se eleger, e foi durante meses a fio, de acordo com as pesquisas a líder na corrida ao governo do estado. 

Não se sabe ao certo o que levou Roseana a esta decisão, pois uma parte do MDB não vai apoiar Dino ao Senado, o que é pertinente, pois o partido foi oposição ao seu governo.

A decisão de Roseana foi muito comentada nos meios políticos, pois ninguém esperava que ela tomasse essa decisão. Os analistas dizem que ela perderá muitos votos por este feito, enquanto outros candidatos contrários no partido, ganharão pela postura de não apoiar DINO.

Roberto Rocha, também candidato ao senado, está muito satisfeito, pois não esperava esta atitude e sabe que muitos eleitores irão para o seu lado. É aguardar pra ver. Dino pode até ganhar a eleição, mas não será tão fácil como parecia.

 

Campanha ao governo de 2014

 

A decisão de Roseana Sarney(MDB) em prestar apoio ao candidato do PSB ao Senado, Flávio Dino, me levou às lembranças da campanha ao governo do estado no ano 2014, quando o comuno-socialista venceu pela primeira vez.

Uma lembrança recheada de medo e pavor, com rebeliões, greve da Polícia Militar, assaltos, mortes, fogo em ônibus entre tantas outras mazelas.

Aí não consigo entender como nesta eleição, oito anos depois Roseana resolveu com seu partido, dar suporte ao algoz Flávio Dino, candidato ao senado. 

Estou sendo sincero, não tenho nada contra o cidadão Flávio Dino, ex-juiz , professor da UFMA, ex-presidente da Embratur, mas que governou com mão de ferro, abateu quase todos os adversários, perseguiu os contrários ao seu governo e mandou em tudo, ou ainda manda.

Pensava em ganhar a disputa para o senado por W X O, mas a própria Roseana trouxe um novo caminho, pois agora a candidatura de Roberto Rocha há de crescer, pois a rejeição a Dino com certeza aumentará, e uma vitória deste não está descartada, muito pelo contrário. O povo é sábio e saberá dar a resposta.

1 comentário para "BOCA NO TROMBONE – por Geraldo Castro"


  1. José Gomes

    É isso aí, Geraldo Castro, na política tudo é possível para galgar o poder.

deixe seu comentário