| Morre ex-secretário Canindé Barros
Quarta-feira, 29 de junho de 2022.

Morre ex-secretário Canindé Barros

Canindé Barros deixa um grande legado

Morreu neste domingo (26), o ex-secretário municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros. Ele tinha 70 anos e estava enfrentando diversos problemas de saúde, dentre eles insuficiência renal. Ele estava internado no hospital São Domingos.

Canindé Barros foi secretário de Trânsito e Transportes na gestão de Tadeu Palácio (2004/2008), na gestão de João Castelo (2012) e na gestão de Edivaldo Holanda Júnior (2015 a 2020).

Canindé tentou ser vereador de São Luís e deputado estadual, mas nunca conseguiu obter votos necessários para um mandato eletivo.

O ex-secretário da SMTT foi um dos alvos de investigação da CPI dos Transportes na Câmara de São Luís. Chegou a ser convocado para depor na última semana, mas com problemas de saúde não pôde comparecer para falar sobre o caótico sistema de transporte de São Luís.

Francisco de Canindé Ferreira Barros deixa um legado extenso, pois foi o secretário que mais vezes comandou a SMTT, e quem fez as principais modificações no trânsito e no transporte da capital.

Canindé também conseguiu realizar a Licitação Pública do Sistema Integrado de Transporte da capital, fato este tão desejado pela população, que muito se cobrava a realização da renovação do sistema. 

Na administração Canindé houve também a maior renovação de frota da história da cidade, com quase metade dos ônibus com ar condicionado e um patamar de menos de 10 anos de uso. Foram muitas as intervenções no trânsito de São Luís, que deram mais mobilidade na cidade.

Canindé Barros foi sem dúvida um grande administrador do setor de trânsito e transporte, e deixa uma lacuna gigantesca, pois não se curvava ao poder dos empresários do setor de transporte, que estão há muitos anos “dando as cartas” nas administrações que já passaram, e, até mesmo na atual de prefeito Eduardo Braide onde estão recebendo um farto subsídios financeiro.

 

Sem comentário para "Morre ex-secretário Canindé Barros"


deixe seu comentário