Linha Livre com Geraldo Castro | Arquivo por 2021 | Arquivo por janeiro
Terça-feira, 3 de agosto de 2021.

Nada é para sempre!

 

 

Por Geraldo Castro

Existe nesta vida muita coisa que se faz e torna-se importante no dia a dia de cada um de nós, passando a ser incorporado de forma intensa no cotidiano.

Em uma conversa com minha esposa num momento de café da manhã, ela lembrou que o dia mais importante na semana era o sábado quando eu tinha o compromisso de apresentar o programa Rádio Mania na Mirante AM 600 KHz.

Falou a verdade com todas as letras, e frisou que “era o dia que eu saia mais feliz para o trabalho”.

“Podia estar chovendo pedras, mas ele saía muito feliz, pois apresentar o Rádio Mania era tudo. Era o momento de reviver os bons momentos de sua vida radiofônica”.

Então eu lhe disse: “Nada é para sempre”.

Não estou mais na apresentação do Rádio Mania, pois a empresa precisou do horário para outra finalidade e o contrato foi encerrado.

Eu teria então que voltar nas manhãs de sábado, mas como fiquei mais de três meses sem apresentar o programa, tomei o gosto de amanhecer dormindo.

Hoje o programa está sendo apresentado pelo jovem Marcelo Rodrigues, o que é bom, pois abre caminho para a renovação de valores tão necessária no veículo rádio.

Saudade? Sim. Sinto saudade da labuta, das músicas de todos os tempos, dos amigos ouvintes que me acompanhavam, do bom papo.

O Rádio Mania entrou no AR no dia 21 de abril de 1997 depois da passagem da CBN aqui em São Luís. Era apresentado no horário de 10 às 11 horas diariamente e depois passou para os sábados no ano 2000.Portanto já são 24 anos no AR tendo ficado fora da programação apenas por quatro meses.

Líder de audiência por apresentar músicas da Jovem Guarda, movimento que fez história, com o tempo das discotecas, baladas, reggae, samba, e sucessos de todos os tempos, também trazendo ao ouvinte a oportunidade de abrir o Baú da Saudade de cada época.

Mas volto a dizer: Nada é para sempre!

 

2 comentários »

Agricultores de Brejo irão ganhar unidade de beneficiamento da mandioca viabilizada pelo deputado federal Hildo Rocha

Apesar das imensas limitações decorrentes da pandemia do Coronavírus, o deputado federal Hildo Rocha conseguiu levar adiante inúmeras ações em diversos municípios maranhenses, proporcionando obras de infraestrutura das cidades e melhorias das condições de trabalho de agricultores familiares.

Em Brejo, por exemplo, brevemente será inaugurada uma unidade de beneficiamento de farinha de mandioca, empreendimento financiado com recursos públicos federais originários de emenda individual do parlamentar. A obra, realizada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), está bastante adiantada.

Compromisso com a comunidade 

O deputado Hildo Rocha destacou que a obra é fruto do esforço do vereador João Leriano e do presidente da Associação do Povoado Bom Princípio, Antônio Nôca.

“Leriano e o Sr. Antônio solicitaram o meu apoio, em nome das comunidades. Eu indiquei a emenda para a Codevasf e a obra está em execução. Esse é, portanto, mais um compromisso que havíamos firmado com algumas comunidades rurais de Brejo que estamos conseguindo viabilizar”, disse Hildo Rocha.

Fiscalização 

Recentemente, o engenheiro da Codevasf esteve no local a fim de fiscalizar o andamento e a qualidade técnica da obra. O vereador João Leriano também participou da vistoria. De acordo com Leriano, o empreendimento irá beneficiar moradores e agricultores familiares dos povoados Bom Principio I e II, Caminho Novo, Carobinhas, Caburé, Piabas, Bexiga, Boa Vista, Carnaúba Torta e Santa Alice, entre outras comunidades.

“Em nome dessas comunidades eu agradeço ao deputado Hildo Rocha por ele ter proporcionado mais um importante benefício para o nosso município. Essa unidade de beneficiamento de farinha de mandioca irá melhorar a qualidade da farinha produzida em Brejo, vai agregar valor ao produto e, consequentemente, vai contribuir para a melhoria da renda familiar dos nossos agricultores”, comentou Leriano.

sem comentário »

QUEM É ‘EL CHAPO ASIÁTICO’ QUE FOI PRESO ACUSADO DE CONTROLAR MERCADO DE DROGAS DE R$ 380 BILHÕES

Da Revista Época

A polícia holandesa prendeu o suposto chefe de uma das maiores quadrilhas de tráfico de drogas do mundo: Tse Chi Lop, apelidado de “El Chapo” da Ásia.

Tse Chi Lop é apontado como líder de uma das maiores organizações de drogas da Ásia Foto: ReutersO cidadão canadense nascido na China é apontado como chefe da organização “The Company”, que domina um mercado de drogas ilegais avaliado em US$70 bilhões (cerca de R$ 380 bilhões) na Ásia.

Listado como um dos fugitivos mais procurados do mundo, Tse foi detido no aeroporto Schiphol, em Amsterdã.

A Austrália vai agora pedir a extradição dele para levá-lo a julgamento. Não foram divulgadas informações de seus advogados sobre as acusações imputadas contra ele.

A Polícia Federal do país acredita que o grupo “The Company”, também conhecido como Sam Gor Syndicate, seja responsável por 70% do tráfico de todas as drogas ilegais que entram na Austrália.

O homem de 56 anos foi comparado ao traficante mexicano Joaquín “El Chapo” Guzmán pela escala de seu possível comércio.

A polícia australiana rastreava Tse há mais de uma década antes de ele ser preso na sexta-feira.

Uma declaração das autoridades holandesas, que não mencionou diretamente o nome de Tse, disse que o mandado de prisão foi emitido em 2019 e a polícia do país agiu com base em uma notificação da Interpol.

“Ele já estava na lista dos mais procurados e foi detido com base nas informações de inteligência que recebemos”, disse um porta-voz.

A agência Reuters publicou uma investigação especial sobre Tse em 2019, descrevendo-o como “o homem mais procurado da Ásia”.

O texto citou estimativas das Nações Unidas de que a receita da organização com as vendas de metanfetamina poderia ter chegado a US $ 17 bilhões (R$ 93 bilhões) em 2018.

O esforço para prender Tse na Operação Kungur envolveu cerca de 20 agências de todos os continentes, lideradas pela polícia australiana, segundo a Reuters.

Sabiam que Tse tinha se mudado entre Macau, Hong Kong e Taiwan nos últimos anos.

Antes, ele passou nove anos na prisão depois de ser detido por acusações de tráfico de drogas nos Estados Unidos na década de 1990.

A imprensa australiana descreveu a prisão como “a mais importante” para a polícia federal do país em duas décadas.

 

sem comentário »

Militares transportam contêiner com doses da CoronaVac no terminal de cargas do aeroporto de Guarulhos, São Paulo Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo

sem comentário »

Projeto do deputado Hildo Rocha prevê piso de 2 salários mínimos para agentes comunitários de saúde em 2022

O Projeto de Lei 3394/2020, do deputado federal Hildo Rocha, estabelece que o piso salarial dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias será de, no mínimo, dois salários mínimos (atualmente R$ 2.200,00) a partir de janeiro de 2022.

Autor do projeto, o deputado Hildo Rocha (MDB-MA) diz que de nada adianta haver previsão de um piso nacional salarial sem formas adequadas de correção dos valores. “O piso atual não teve seu valor adequadamente corrigido nos últimos anos”, argumenta o parlamentar.

“Considerando-se a força do princípio constitucional da dignidade da pessoa, objetiva-se com o projeto assegurar a devida correção do piso salarial nacional dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias, de modo a lhes assegurar preservação da subsistência humana e o resguardo do seu padrão de vida”, diz Rocha.

O agente comunitário de saúde tem como atribuição o exercício de atividades de prevenção de doenças e de promoção da saúde por meio de ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas. Já o agente de combate às endemias atua em atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças.

 

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

sem comentário »