Linha Livre com Geraldo Castro | Arquivo por 2019 | Arquivo por dezembro
Terça-feira, 29 de setembro de 2020.

Atuação do STF é aprovada por 19% e reprovada por 39% dos brasileiros, diz Datafolha

Pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (29) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra que 19% dos brasileiros avalia a atuação dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) como ótima ou boa. Outros 39% dos consultados avalia a atuação do Supremo como ruim ou péssima.

Para 38% dos ouvidos no levantamento, o trabalho dos 11 ministros que compõem a corte é regular e 4% disseram não saber avaliar.

A pesquisa ouviu 2.948 pessoas nos dias 5 e 6 de dezembro em 176 municípios de todas as regiões do país.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Segundo o Datafolha, o nível de confiança é de 95%.

É a primeira vez que o Datafolha consulta a população sobre a atuação do tribunal na mesma escala com que faz com os demais Poderes. Portanto, não há dados anteriores para avaliar possíveis variações na percepção dos brasileiros sobre o trabalho dos ministros do Supremo.

Retrospectiva 2019: dez decisões que marcaram o ano no Supremo
Neste ano, entre outras decisões, o tribunal criminalizou a homofobia, abriu inquérito para apurar ameaças a ministros e derrubou a prisão após condenação em segunda instância.

Além disso, viu-se envolvido em uma questão de segurança: o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot afirmou ter entrado armado na sede do STF para matar o ministro Gilmar Mendes. Em resposta, encomendou máquinas de raio-X e ampliou as medidas de segurança.

Executivo e Legislativo
Em dezembro, o Datafolha também ouviu a população sobre a atuação do Executivo e do Legislativo.

Os dados divulgados em 8 de dezembro pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostram os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL):

Ótimo/bom: 30%
Regular: 32%
Ruim/péssimo: 36%
Não sabe/não respondeu: 1%
No dia 18 de dezembro também foram divulgados os dados da avaliação do trabalho do Congresso Nacional pelos brasileiros.

A pesquisa Datafolha mostra os seguintes percentuais de avaliação do trabalho dos deputados federais e senadores:

Ótimo/bom: 14%
Regular: 38%
Ruim/péssimo: 45%
Não sabe/não respondeu: 3%

 

sem comentário »

Prefeita Camyla Jansen saúda povo de Cajari

Com a proximidade do fim de 2019 e a realização das festas natalinas, a prefeita Dra. Camyla Jansen promoveu um grande encontro em sua residência na cidade com centenas mulheres de todos os povoados do município, para agradecer o apoio recebido da população.

Dra. Camyla ao lado do seu esposo Major Walteir ressaltaram as dificuldades passadas e mantém a esperança que tudo possa melhorar no próximo ano, quando ela irá para a reeleição, pois assim o povo tem demonstrado, por onde ela passa nos povoados.

“Não foi fácil manter todos os serviços funcionando em Cajari, mas tenho certeza de cumprimos mesmo diante de tantas dificuldades, com os recursos recebidos, fizemos o impossível, principalmente pagando nossos colaboradores e fornecedores em dias, o que torna possível avançar para mais conquistas no próximo ano”, afirmou Camyla Jansen.

sem comentário »

Caem a aprovação e confiança no governo Bolsonaro, diz Ibope

O presidente Jair Bolsonaro

A popularidade do governo, a confiança e a aprovação da população na maneira de Jair Bolsonaro governar estão em queda, de acordo com uma nova pesquisa feita pelo Ibope. A maioria dos entrevistados, 53%, não aprovam o modo de Jair Bolsonaro governar o Brasil. É o seu pior resultado entre as quatro pesquisas feitas pelo Ibope neste ano.

A pesquisa, que será divulgada ainda hoje pela CNI, que encomendou o levantamento, foi feita entre os dias 5 e 8 de dezembro, antes, portanto, de o caso Flavio/Queiroz voltar ao noticiário.

Aos números:

*53% não aprovam a maneira de Bolsonaro governar (eram 40% em abril e 48% em junho e 50% em setembro). Aqueles que aprovam somam 41% (eram 51%, 46% e 44% nas pesquisas anteriores). Um total de 6% não quiseram responder.

*A confiança em Bolsonaro também decresceu, mas marginalmente, dentro da margem de erro. Os que disseram “confiar” no presidente foram 41% dos entrevistados. Em abril, esse percentual era de 51% (caiu para 46% em junho e para 42% em setembro). Por outro lado, 56% disseram “não confiar” em Bolsonaro (eram 45% em abril e 51% em junho e 55% em setembro).

*A avaliação positiva (ótimo e bom) do governo era de 35% em abril, caiu para 32% e 31% em junho e em setembro, respectivamente, e agora está em 29%.

* A avaliação negativa (ruim e péssimo), por sua vez, subiu de 27% em abril para 32% em junho, em setembro chegou a 34% e agora alcançou 38%.

*Os que consideram o governo “regular” são 31% (eram 31% em abril e os mesmos 32% em junho e em setembro). Os que não sabem ou não quiseram responder somaram 3%.

A comparação desta pesquisa com outra feita pela CNI com empresários, chamada de Sondagem Especial, revela que é grande o fosso de como a população em geral e eles enxergam o governo. Neste levantamento, 65% dos entrevistados disseram confiar no presidente Bolsonaro e 64% disseram aprovar sua maneira de governar.

A CNI/Ibope ouviu 2 mil pessoas em 127 municípios, entre 5 e 8 de dezembro. A Sondagem Especial, por sua vez, entrevistou 1.914 empresários de todo país entre os dias 2 e 10 deste mês. Em ambas, a margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e, a confiança, de 95%.

Site – O Globo

sem comentário »

Homem fica com garrafa presa no reto após tentar coçar as costas

ReproduçãoUm chinês ficou com uma garrafa de vidro de sete polegadas presa no reto após um acidente doméstico. O paciente, identificado como Sr. Wen, disse aos médicos que estava tentando usar o recipiente para coçar as costas quando o objeto entrou no corpo dele, em circunstâncias não esclarecidas por ele.

Segundo o jornal Daily Mail, o homem buscou ajuda em um hospital na província de Guangdong, no sul da China, por ter achado difícil andar com o objeto preso na região anal.

O caso, ocorrido no mês passado, foi relatado pelo Hospital de Medicina Ocidental e Tradicional Chinesa na cidade de Dongguan

O Dr. Lin Jun, diretor do Departamento de Cólon e Cirurgia Retal do hospital, fez exames para constatar a presença do objeto rígido alojado e uma cirurgia de emergência foi realizada para a remoção.

O paciente recebeu alta do hospital no mesmo dia.

sem comentário »