| 2013 | julho
Sábado, 13 de agosto de 2022.

Em Vitória do Mearim, Roseana anuncia construção de hospital e confere ações levadas pelo Itinerante

Foto 2 Itinerante em Vitória do Mearim foto Antônio MartinsA governadora Roseana Sarney anunciou nesta quarta-feira (17), em Vitória do Mearim, durante o Governo Itinerante, a construção de um hospital no município, uma das prioridades definidas pela própria população. Ela destacou, ainda, a pavimentação de vias urbanas em parceria com a Prefeitura e a melhoria no setor de abastecimento de água. Roseana Sarney e secretários de Estado, entre eles o de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, foram recebidos na cidade, pela prefeita Dóris Rios e pela população, que agradeceu as ações do governo.

“Estou feliz de estar aqui em Vitória anunciando obras e tendo oportunidade de conversar com o povo que está nos apresentando suas prioridades, como, por exemplo, a saúde, que é uma voz unânime em todos os municípios. E nós estamos construindo e inaugurando hospitais em todas as regiões e anunciando novas unidades, para que o Maranhão tenha o melhor sistema de saúde do Brasil”, afirmou a governadora Roseana Sarney, em meio a aplausos da população.

Na ocasião, o secretário Luis Fernando Silva destacou que o Governo do Maranhão tem trabalhado ativamente em todos os setores, levando para os municípios obras que são definidas pelos moradores. “Saúde, infraestrutura, educação têm sido as prioridades do governo porque são prioridades da população, mas a governadora também tem trabalhando na melhoria da agricultura, do turismo e na valorização da cultura do estado e demais áreas”, enfatizou.

Os deputados Edilásio Júnior e Vianey Bringel acompanharam a visita da governadora ao município, onde foram entregues Declarações de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAPs do Pronaf) para pescadores da região e kits agrícolas. Também foram levadas ações do governo nas áreas de saúde, educação e cidadania, com atendimentos nas unidades móveis do Viva Mulher e do Viva Cidadão.

A prefeita Dóris Rios destacou a importância do Governo Itinerante e afirmou ser uma honra receber a governadora para conversar sobre as necessidades do município. “Eu acredito que é junto do povo, andando nas ruas, nas praças; fazendo o que a governadora Roseana está fazendo com o Governo Itinerante é que a gente ganha sabedoria para as melhores decisões e definição daquilo que é prioridade para a população”, destacou Dóris.

 

Ações

Na área de saúde o Governo Itinerante levou ações da Vigilância Epidemiológica (vacinação/atualização do calendário de vacinas), da rede de serviços de assistência em clínica médica e pediátrica, de hanseníase, preventivo do câncer ginecológico – colpocitologia oncótica, atendimento de Laboratório de análise clinica (glicemia, colesterol total e PSA), consultas para diagnóstico, tratamento do glaucoma e cirurgias de catarata.

Foto 4 Itinerante em Vitória do Mearim foto Antônio MartinsA Unidade Móvel Viva Mulher disponibilizou para a população de Vitória do Mearim atendimento de uma equipe multidisciplinar formada por assistente social, assessora jurídica e psicóloga. Entre as atividades da unidade, palestras sobre a Lei Maria da Penha, educação previdenciária; planejamento familiar/direitos sexuais e reprodutivos; teste rápido HIV, exame preventivo (papanicolau), aferição de pressão arterial, teste de glicemia, vacinação e atendimento/acolhimento/encaminhamento de mulheres.

Para Deide Moraes, a presença da unidade do Viva Mulher facilitou o acesso a esses serviços. “Muitas mulheres têm dificuldade de procurar profissionais para fazer o preventivo e, com esta facilidade, fica mais tranquilo procurar o atendimento que deve ser feito todos os anos”, disse.

 

Outras ações

As Secretarias de Turismo (Setur), Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima) e Ciência e Tecnologia (Sectec), entre outras, também levaram ações para o município. Na área de agricultura, além das DAPs, foram entregues kits de irrigação.

O secretário Claudio Azevedo assinalou que a Sagrima está com um projeto, juntamente com Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasp) para produção de frutas. “Estamos em busca da área para que possamos tornar Vitória do Mearim um grande produtor de frutas aqui no estado, a exemplo do que é Petrolina, em Pernambuco”, declarou Cláudio Azevedo.

Na área do turismo, Vitória do Mearim faz parte do polo Campos Lagos Flóridos e a Secretaria de Turismo (Setur) tem no local um trabalho de base de atração a visitantes para a região. Durante o Itinerante, uma unidade móvel da Setur realiza trabalho de cadastramento de empresas no Cadastur, registro do Ministério do Turismo no qual é possível saber o que cada cidade tem a oferecer.

“O que nós estamos fazendo aqui é a conscientização da necessidade das pessoas que trabalham no turismo se inscreverem no programa”, observou o secretário Jura Filho. Na ação, foi entregue material impresso com informações sobre as etapas de cadastro, além de benefícios para as empresas legalmente cadastradas no programa.

Na área de Ciência e Tecnologia, a governadora Roseana anunciou para os jovens do município que o governo está instalando uma antena da Univima na cidade, para realização de cursos técnicos e pré-vestibular.

sem comentário »

Audiência pública discutirá preservação dos campos da Baixada

14141616-846098253foto5A Assembleia realizará, no dia 20 de agosto, no Plenarinho, uma audiência pública para discutir a preservação da Baixada Maranhense e o problema das cercas elétricas que tomam conta dos campos. Os primeiros detalhes foram definidos na tarde desta segunda-feira (15), em reunião presidida pelo deputado Jota Pinto (PEN), com a presença do superintendente da Secretaria de Patrimônio da União (SPU), Jorge Pinto, do superintendente substituto do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama-MA), Ricardo Arruda, além da consultora de Meio Ambiente, Luzenice Macedo, e do consultor legislativo Carlos Lula.

Autor do requerimento solicitando a realização da referida audiência pública, o deputado Jota Pinto (PEN) disse, durante a reunião, que já recebeu em seu gabinete diversas reclamações sobre a ocupação dos campos da Baixada, situação que ocasiona a colocação de cercas elétricas para demarcar os terrenos, pondo em risco a vida da população.

O parlamentar defendeu uma ação conjunta de várias entidades e órgãos para discutir uma forma de amenizar a situação da demarcação de terras com cercas elétricas e diminuir o risco. Uma primeira reunião de trabalho nesse sentido foi marcada para o dia 6 de agosto, às 15h, na presidência da Casa, com a presença da Comissão Parlamentar de Meio Ambiente, Secretaria do Patrimônio da União (SPU), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Marinha, Ministério Público Federal do Maranhão (MPF/MA) e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma).

O superintendente da SPU, Jorge Pinto, também defendeu a realização de ações de conscientização nos municípios, com a realização de audiências. “Os municípios precisam atuar. Cada município é responsável pelo parcelamento do solo”, afirmou. Jorge Pinto comentou também que a SPU já emitiu cerca de 1200 títulos reconhecendo a posse de terras no Estado para uso sustentável e familiar, medida que considera um avanço na questão da demarcação de terras. Ele informou ainda sobre a sinalização de uma parceria entre o órgão e a Universidade Federal do Maranhão com o objetivo de demarcar terras na região de Alcântara a Carutapera.

O superintendente substituto do Ibama, Ricardo Arruda, enfatizou a necessidade de uma ampla discussão envolvendo todos os órgãos, entre eles, a Secretaria do Meio Ambiente. “Deve-se ter o devido cuidado para a definição de uma proposta econômica ambiental para a área da Baixada Maranhense”, disse.

PROJETO DE LEI

O deputado Jota Pinto (PEN) vai apresentar um projeto de Lei para que os campos da Baixada Maranhense obtenham o status de área de proteção ambiental, como forma de garantir uma maior preservação da área. Segundo o parlamentar, depois de aprovado pela Assembleia e sancionado pela governadora Roseana Sarney, o projeto tornará possível cobrar das autoridades competentes as devidas providências para garantir o direito dos baixadeiros, que “querem apenas ir e vir e pescar nos campos da Baixada Maranhense, sem correrem o risco morrerem eletrocutados nas cercas”.

Fonte: Assembleia Legislativa

sem comentário »

Câmara aponta erro no projeto da LDO

camara-300x199O líder da oposição na Câmara Municipal de São Luís, vereador Fábio Câmara (PMDB), ocupou a tribuna nesta segunda-feira (14) para denunciar  que considera erros no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) da administração da capitalpara o exercício financeiro de 2014.

Fábio Câmara disse que existiam falhas no relatório e tentou convencer os demais pares a devolver a Mensagem para que a Prefeitura fizesse as correções, mas houve ‘pressão’ por parte de alguns parlamentares para limpar toda a pauta e não precisar adiar o início do recesso legislativo.

“Faltou debate. A LDO é uma das mensagens mais importantes que passa na Câmara Municipal. É ela que define tudo que é possível realizar no próximo ano. É a base do orçamento. Tinha que ser mais discutida, mais detalhada”, avalia.

O parlamentar apresentou razões para votar contra e afirmou que a Lei complementar 101/200, em seu Artigo 48, Parágrafo Único, Inciso I, diz que se deve incentivar à participação popular e realização de audiências públicas, durante os processos de elaboração e discussão dos planos, lei de diretrizes orçamentárias e orçamentos. “Quantas audiências foram realizadas, onde e com quem? Cadê a Secretaria de Orçamento Participativo? Alguém aqui saberia me falar o nome do secretário? Os delegados já foram eleitos?”, questionou o peemedebista.

Segundo Fábio, não constam no documento os demonstrativos sobre riscos, uma medida, segundo ele, assegurada no Artigo 4º, Parágrafo 3º, da Lei de Responsabilidade Fiscal que afirma: A LDO conterá ‘anexo de riscos fiscais’, onde serão avaliados os passivos contingentes e outros riscos capazes de afetar as contas públicas, informando as providências a serem tomadas.

“Nos anexos que eu recebi tudo está em branco. Das duas uma: ou a Prefeitura de São Luís representa risco zero ou o prefeito Edivaldo Júnior desdenha e insulta essa Casa ao nos enviar um documento dessa importância simplesmente em branco. Além do quadro de riscos figurar em branco, o ano de exercício referente a 2013 sequer é mencionado”, declarou.

Para corrigir os erros de redação, o líder da oposição, apresentou 04 emendas aditivas, propondo alteração na Lei de Diretrizes Orçamentárias de São Luís (LDO). No entanto, o parecer da Comissão de Orçamento e Finanças, foi pela rejeição de todas as emendas exaradas pelo parlamentar. “As emendas de minha autoria ajudariam a corrigir os erros e a melhorar a Lei de Diretrizes Orçamentárias para São Luís, mas o projeto acabou sendo aprovado com erros gravíssimos”, concluiu.

Assembleia

A Assembleia Legislativa aprovou, na sessão desta segunda-feira (15), o projeto de lei nº 068/13, encaminhado pelo Poder Executivo, por intermédio da mensagem governamental 024/13, que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A votação do referido projeto de lei atende às exigências do disposto no § 2º do artigo 136 da Constituição do Estado do Maranhão, do § 2º, inciso II, do artigo 165 da Constituição Federal, e no artigo 4º da Lei Complementar nº 101, a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Segundo a mensagem governamental, a LDO para o exercício financeiro de 2014 foi elaborada considerando os investimentos públicos relativos ao Programa Viva Maranhão: Investimentos Integrados para o Desenvolvimento Socioinclusivo. O objetivo é viabilizar investimentos capazes de complementar a infraestrutura social e econômica necessária à integração, otimização e aumento da competividade dos empreendimentos privados que ora se implantam no Estado e, ainda, promover a inclusão socioprodutiva de significativa parcela em situação de extrema pobreza.

“O Maranhão vem cumprindo com suas obrigações com relação ao pagamento das dívidas do Estado com a União e outros entes, assim como com as metas estabelecidas no Programa de Reeestruturação e Ajuste Fiscal firmado junto a união anualmente. Dentre as principais metas atingidas, convêm apontar a queda da relação dívida financeira e receita líquida real que atingiu 0,52 em 2012 ante 0,82 e 0,61 em 2010 e 2011, respectivamente. Ressalto a manutenção do comprometimento das despesas de pessoal em relação à receita corrente líquida, que foi de 36,9% em 2012, ante 34,9 em 2011 e 40,81% em 2010”, informa a mensagem.

(Com informações da assessoria do vereador e da Agência Assembleia)

sem comentário »

Governo discute situação de emergência nos municípios maranhenses

Foto 1 - Sagrima - estiagemA realização de um seminário voltado para os prefeitos maranhenses com o objetivo de orientá-los quanto à decretação de estado de emergência ou de calamidade pública dos municípios foi o tema de reunião entre o Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima), Cláudio Azevedo,e representantes da Secretaria de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes), Defesa Civil Estadual e Federação dos Municípios do Maranhão (Famem). A reunião aconteceu nesta segunda-feira (15), na sala de reuniões do Sebrae Maranhão.

O seminário está previsto para acontecer no dia 1o de agosto, em São Luís, no auditório da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema).

No ano passado, 72 municípios maranhenses decretaram estado de emergência por estiagem, à exceção de São Luís, que teve o exaurimento de recursos hídricos como motivo de sua solicitação junto à Defesa Civil Nacional.

O secretário Cláudio Azevedo informou que o objetivo do seminário é o de orientar os prefeitos em relação a esta solicitação junto a Coordenadoria da Defesa Civil do Maranhão e a Secretaria Nacional da Defesa Civil. “Em muitos municípios não choveu suficiente e o que está ocorrendo é a seca verde, onde a vegetação está verde, mas não teve água suficiente para encher os açudes, acarretando também em perda da safra agrícola e em alguns casos, perda também do rebanho. Então é preciso que o prefeito decrete estado de emergência para que o município tenha prioridade nas políticas públicas voltadas para esta situação”, explicou Cláudio Azevedo.

Cláudio Azevedo citou como exemplo, a prioridade que foi dada aos municípios que decretaram situação de emergência por estiagem no ano passado e que receberam do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), 71 motoniveladoras – mais conhecidas como patrol´s – e 25 retroescavadeiras, com previsão de receber ainda mais este ano. “A Secretaria Nacional de Defesa Civil, vinculado ao Ministério da Integração Nacional, repassou as informações para o Ministério do Desenvolvimento Agrário que atendeu estes municípios”, complementou Cláudio Azevedo.

O chefe de controle de emergência da Defesa Civil do Estado do Maranhão, Fernando Fernandes, explicou que o primeiro passo que os prefeitos devem fazer é criar a Coordenação Municipal da Defesa Civil, responsável pelo levantamento da situação de seu município, tais como quantas pessoas afetadas e perda agrícola. “É ideal que esta solicitação seja feita à Coordenadoria Estadual e a Secretaria Nacional de Defesa Civil para que os recursos sejam investidos pelos governos estadual e federal”, orientou ele.

Todos os procedimentos legais de preenchimentos de formulários e ofícios para solicitação de estado de emergência serão mostrados aos prefeitos, secretários municipais de agricultura e de assistência social durante o encontro.

 

sem comentário »

Luis Fernando Silva autoriza pavimentação da MA-020, que liga Coroatá a Vargem Grande

Foto 3 Luis Fernando assina ordem de Servico da Estrada Coroata Vargem Grande foto Geraldo FurtadoO secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, assinou, na manhã desta sexta-feira (12), no povoado Barriguda, no município de Coroatá, ordem de serviço para a execução de obras de pavimentação e melhoramento da MA-020, que liga a cidade à Vargem Grande, totalizando 72 quilômetros. No ato, ele representou a governadora Roseana Sarney e estava acompanhado dos prefeitos de Coroatá, Teresa Murad, e de Vargem Grande, Edvaldo Nascimento. Também acompanharam a solenidade o secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, o subsecretário da Saúde, José Márcio Leite, prefeitos e moradores da região.

“Essa é uma obra importante, que foi sonhada durante muitos anos e agora será realizada pela governadora Roseana Sarney, que dá a ordem de serviço para que a MA-020 seja efetivamente implantada. A estrada vai trazer circulação, escoamento da produção e proporcionar o trânsito seguro para a população e os veículos. Além disso, é um fator de integração regional, de crescimento econômico e de melhoria da qualidade de vida dos maranhenses que moram nessa região”, ressaltou Luis Fernando.

Para a prefeita Teresa Murad, a parceria com o Governo do Estado tem sido fundamental para o crescimento de Coroatá. “A estrada será inaugurada no fim do ano e representa a realização de um sonho para a população. E, sem dúvida, a sintonia entre os Governos Federal, Estadual e Municipal é um fator decisivo para que aconteçam ações como a de melhoramento e pavimentação da MA-020”, afirmou.

Já o prefeito de Vargem Grande, Edvaldo Nascimento, afirmou que com a conclusão da estrada novos empreendimentos serão atraídos para a região. “Essa obra veio para beneficiar os dois municípios, encurtando distâncias, trazendo o progresso e gerando oportunidades de emprego e renda”.

População agradece obras

A pavimentação da rodovia MA-020 é considerada por muitos moradores como sonho, caso da aposentada Maria das Graças Santos. “Essa estrada vai servir para todas as pessoas que moram nessa região e nos interiores também, pois quando a gente quiser ir para Vargem Grande ou até para outros municípios será muito mais rápido”, afirmou.

Já o funcionário público, Marco Antônio Sousa, avalia a estrada como importante também para a circulação de mercadoria entre os municípios. “A obra é muito boa para a população, vai gerar renda e facilitar o acesso aos dois municípios, permitindo que o comércio ganhe mais força”.

Ana Maria Araújo, funcionária pública e moradora do povoado de Barriguda, agradeceu o empenho do Governo do Estado na concretização da estrada. “Estou muito feliz em ver que essa obra será construída. Vai melhorar demais a minha vida e sei que a de todos os moradores também”, disse ela.

MA-020

Os investimentos para a melhoria e pavimentação dos 72 quilômetros da MA-020 são da ordem de R$ 32.112.854,65, divididos entre recursos do Governo do Estado e Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES).

Destes, o melhoramento do sub-trecho Coroatá-Povoado Barriguda corresponde a 21,40 quilômetros e contará com as obras de limpeza, reestabilização e revestimento do acostamento, recapeamento da pista de rolamento, drenagem superficial e sinalização vertical e horizontal.

Já a pavimentação do Povoado Barriguda-Vargem Grande terá 50,60 quilômetro e a construção terá as etapas de terraplanagem, restauração, revestimento da pista de rolamento, drenagem superficial e profunda, conclusão de pontes e pontilhões e sinalização vertical e horizontal.

 

SAIBA MAIS:

Pavimentação do sub-trecho Coroatá-Barriguda

Distância: 21,40 quilômetros

Obras:

– Limpeza do acostamento;

– Reestabilização e revestimento do acostamento;

– Recapeamento da pista de rolamento;

– Drenagem superficial;

– Sinalização vertical e horizontal

Investimento: R$ 3.807.910,93

 

Pavimentação do sub-trecho Barriguda-Vargem Grande

Distância: 50,60 quilômetros

Obras:

– Terraplanagem

– Restauração

– Revestimento da pista de rolamento;

– Drenagem superficial e profunda

– Conclusão de pontes e pontilhões

– Sinalização vertical e horizontal

Investimento: R$ 32.112.854,65

 

sem comentário »

MovimentAção inicia atividades em São José de Ribamar

DSC_0182A Prefeitura de São José de Ribamar deu início nesta sexta-feira (12) as atividades do programa MovimentAçaõ, iniciativa pioneira lançada pelo prefeito Gil Cutrim (PMDB) que visa congregar esforços do poder público e da sociedade civil objetivando executar ações diversas que beneficiem a cidade e seu povo.

Os trabalhos na região da Sede do município tiveram início no bairro da Campina onde mais de 150 funcionários da prefeitura prestaram à população, durante todo o dia, serviços diversos, tais como melhoramento de vias; reforço nos setores de iluminação pública e limpeza pública, pintura de meio fio, dentre outros. Pela manhã, uma grande caminhada de mobilização percorreu as ruas da Sede como forma de apresentar o programa aos ribamarenses, que aprovaram unanimemente a iniciativa da prefeitura.
Paralelo a esse trabalho, a comunidade esteve engajada fiscalizando os serviços e ajudando, por exemplo, na conscientização ambiental dos moradores sobre temas importantes, como não jogar lixo nas vias públicas; reutilização de itens, como o papel, para outros fins; colocação de entulhos de obras em locais apropriados; dentre outros.
“A ação é muito boa porque trás para as comunidades ações importantes na área de infraestrutura e mobilização urbana. Além disso, aproxima, cada vez mais, a administração pública do povo e por conta disso o prefeito Gil está de parabéns”, afirmou o aposentado Gilson Vieira, morador da Campina.
Focado em políticas públicas de mobilidade urbana, o MovimentAção foi criado com o conceito de unir para somar executando, desta forma, a maior quantidade possível de serviços no menor espaço de tempo. A prefeitura dividiu o município de São José de Ribamar, terceiro maior do Maranhão em número de habitantes, em sete regiões (Sede, Vilas I, Vilas II, Limítrofe I, Semiurbana, Limítrofe II e Zona Rural).
Na Sede, os trabalhos terão continuidade nos próximos 15 dias, tendo como alvo todos os bairros da região. Em seguida, os serviços serão levados para os bairros das regiões das Vilas I (23 de julho), Limítrofe I (06 de agosto), Semiurbana (21 de agosto), Limítrofe II (04 de setembro), Zona Rural (13 de setembro) e Vilas II (27 de setembro).
“A Prefeitura e a comunidade estão de mãos dadas no sentido de promover, em um curto espaço de tempo, serviços no setor da infraestrutura que estão contribuindo para melhorar a vida dos ribamarenses. E novas ações serão implementadas muito em breve”, afirmou Gil Cutrim.
sem comentário »

Levantamento aponta áreas com maior número de usuários de crack

A comunidade da Liberdade, em São Luís, será beneficiada com ações de combate ao tráfico. De acordo com o levantamento estatístico do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS-AD), divulgado esta semana, este é um dos nove bairros com maior incidência de usuários atendidos neste semestre, contabilizando 56 no total de 2.700 pacientes.

“Queremos contar com a parceria das pessoas e dos líderes comunitários para orientar crianças e jovens a não ingressar no mundo das drogas. Vamos visitar todas as localidades, reunir com líderes das igrejas, comunitários e pessoas da região para orientar quanto aos males causados pelo crack”, justificou o diretor do CAPS, Marcelo Soares Costa, em reunião, esta semana, na Igreja Batista.

Os bairros que mais tiveram usuários atendidos foram João Paulo (100), São Cristovão (113), Coroadinho (125), Liberdade (56), Anjo da Guarda (130), Cidade Operária (80), Cidade Olímpica (90), Vila Embratel (60) e Barreto (55). “Embora tendo CAPS nos municípios, 70 usuários de crack de São José de Ribamar e 20 de Paço do Lumiar também buscaram tratamento em São Luis – o que corresponde respectivamente a 15 e 10% dos nossos atendimentos”, ressaltou Marcelo Soares.

O relatório apresentado é parte de um levantamento feito em torno das localidades que mais apresentaram pacientes encaminhados à unidade, ou atendimentos e ações realizados in loco.

Marcelo Soares explicou que o crack acelera os batimentos cardíacos, aumenta a pressão arterial e provoca arritmias, enfartes, hemorragias cerebrais e morte. Degenera os músculos e os ossos, e dá aparência esquelética ao usuário: ossos da face salientes, braços e pernas finos, costelas aparentes e dentes podres. Causa lesão nos pulmões que resultam em pneumonia, tuberculose, infecções nos brônquios e paradas respiratórias. Afeta o estômago e os intestinos, causa náusea, dor abdominal e perda de apetite. Ataca os rins e o fígado.

sem comentário »

Secretário Luis Fernando Silva prestigia sorteio do Minha Casa Minha Vida em Caxias

Foto 1 Luis Fernando em Caxias foto Antônio MartinsO secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, representando a governadora Roseana Sarney, participou da cerimônia de sorteio de casas do Programa Minha Casa Minha Vida, no fim da tarde desta terça-feira (9), em Caxias. O evento ocorreu na área do Residencial Santa Teresinha e foram sorteadas 448 unidades dentro da iniciativa, que é desenvolvida pelo Governo Federal, por meio do Ministério das Cidades e Caixa Econômica, em parceria com o Governo do Estado.

Na ocasião, o secretário lembrou que o governo realizou serviços de infraestrutura, como o de pavimentação na área onde o residencial foi construído. “Os moradores receberão casas com excelente padrão e acabamento de primeira qualidade. Além disso, a avenida de acesso e as ruas do conjunto foram asfaltadas numa ação do governo estadual, para garantir melhor qualidade de vida para os moradores, que também já vão contar com energia elétrica e sistema de abastecimento de água. A mudança será para melhor na vida de todos”, declarou Luis Fernando Silva.

Também presentes ao ato, o superintendente regional da Caixa, Hélio Luiz Duranti; os secretários de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania, Luiza Oliveira; de Assuntos Políticos e de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Hildo Rocha; e lideranças políticas e comunitárias da região. O Programa Minha Casa Minha Vida tem como objetivo reduzir o déficit habitacional no país, por meio da construção de residências para famílias com renda baixa.

Na cerimônia, o secretário Luis Fernando ressaltou as ações do Governo do Estado na região, como a construção do Hospital de Alta Complexidade, mais uma unidade do Programa Saúde é Vida. Além disso, falou também dos serviços já realizados e que estão em andamento nos municípios de São João do Sóter, Aldeias Altas, Afonso Cunha, Coelho Neto, Buriti e Duque Bacelar.

Assistência

A secretária de Direitos Humanos, Luiza Oliveira, destacou o trabalho conjunto de equipes da assistência social da Sedihc, do município e dos conselhos municipais. “O governo, por intermédio da Sedihc, garantiu todo o apoio de mobilização e logística para prioridade de atendimento das demandas de pessoas que têm vulnerabilidade mais acentuada, como as que têm deficiência e necessitam de moradia. Tudo para assegurar os direitos de todos os maranhenses à moradia digna”, ressaltou.

O secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano e de Assuntos Políticos, Hildo Rocha, destacou ação conjunta dos governos federal e estadual. “Muitas dessas famílias pagam aluguel muito caro e com o Minha Casa, Minha Vida vão ter maior tranquilidade com prestações baixas, em torno de R$ 25,00”, afirmou.

O superintendente da Caixa, Hélio Luiz Duranti, agradeceu o apoio do governo. “Ficou um espaço ainda mais bonito graças à parceria do Governo do Estado, que garantiu a beleza com ruas pavimentadas e o acesso facilitado com asfalto para quem entra no conjunto”, assinalou.

 Emoção

Na hora do sorteio, o choro se misturou ao riso quando Daniele Cristina Vaz Ferreira ouviu seu nome. “Estou muito feliz e emocionada. Eu preciso demais dessa casa e agora terei onde morar com meus filhos”, observou.

A mesma emoção foi sentida por Raimunda Nonata Santos Sousa, mãe de três filhos, que declarou a alegria de ter a casa própria. “Estou chorando, mas é de felicidade por ter ganho a minha moradia. Minha vida e dos meus filhos vai mudar”, disse.

“Casa nova, vida nova. É bom demais. Eu moro de favor e estou feliz demais. Só tenho a agradecer por esse sonho realizado”, disse Lia Caroline Brito Araújo, também contemplada no sorteio.

As casas do Residencial Santa Teresinha possuem sala, dois quartos, cozinha, banheiro e área de serviço. As portas e janelas têm peitoril de mármore; o banheiro tem basculantes e revestimento de azulejos, assim como a cozinha. O valor investido em cada residência foi aproximadamente de R$ 36 mil. O conjunto, que fica na Avenida Desembargadora Madalena Serejo, no bairro Pirajá, também disporá de Centro Comunitário e Posto Policial.

sem comentário »

Descaso e falta de compromisso da Semosp

Depois de seis meses de administração do prefeito Edivaldo Hollanda Jr. (PTC), os efeitos positivos que foram prometidos ainda na campanha eleitoral ainda não se fizeram presentes em São Luis. Um dos principais setores com maior deficiência é justamente o da infraestrutura que não consegue dar as respostas aos cidadãos ludovicenses com a recuperação  dos milhares de buracos existentes nos bairros e nas avenidas da cidade. Importantes vias  que poderiam servir de acesso para desafogar o caótico trânsito, são deixadas sem o mínimo de trafegabilidade, dado ao entendimento do secretário José Silveira da Semosp, pois ele trata por prioridade, apenas as grandes avenidas, deixando as demais ruas sem condições para circulação.

A Rua 1 do Jardim de Fátima que liga a Cohab-Anil I a Avenida São Luis Rei de França é um deses casos típicos, pois está praticamente intrafegável e abandonada pela Semosp. Mas não é só esta rua, as outras 2 e 3 do mesmo residencial, estão piores que a primeira. São buracos de grande dimensão, com alguns moradores chegando mesmo a colocar resto de construção para tentar melhorar a circulação de veículos naquele local. Certamente se responder a este blog, o titular da infraestrutura municipal, irá dizer que a prioridade são as avenidas e estas ruas já se encontram no programa de tapa-buracos a ser implementado – não se sabe quando – pela secretaria. E não é só lá; o Residencial Planalto-Anil I está em péssimas condições, com ruas que parecem ter sido bombardeadas por bombas de guerra. As fotos feitas pelo titular deste blog, dá uma perfeita dimensão de como estão as vias. Descaso ou falta de compromisso?

DSC04204

DSC04205DSC04201DSC04202

sem comentário »

Secretário Pedro Fernandes se reúne com a diretoria da Caema

Foto 2 - Seduc - reuniao com caemaO secretário de Estado da Educação, Pedro Fernandes, acompanhado de sua equipe técnica, discutiu, nesta terça-feira (9), na sede da Seduc, com a diretoria da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) ações no sentido de reavaliar o gasto consciente de água por toda a secretaria e práticas ambientais sustentáveis.

Pedro Fernandes agradeceu à equipe da Caema pela presença e disponibilidade, ressaltando a importância do encontro. “É interessante que se possa discutir ações para o gasto consciente da água, sobretudo nas escolas. Além da economia financeira que pode ser revertida em investimentos à educação, podemos fomentar nos alunos a importância da prática de consumo responsável da água, temática ligada às ações de educação ambiental”.

Para João Moreira Lima, presidente da Caema, “a iniciativa de propor o encontro e discutir o consumo de água da secretaria é válida e necessária”. Ficou decidida a realização de vistorias conjuntas por técnicos da Seduc e da Caema nas instalações de escolas e prédios administrativos da secretaria visando identificar e resolver possíveis pontos de desperdício de água, além da aproximação da Caema da Seduc no sentido de realizar ações de conscientização para o consumo responsável de água.

Participaram da reunião representando a Seduc os secretários adjuntos de gestão, Fernando Silva; das unidades regionais, Tadeu Lima; de planejamento, Lívio Correa; de suporte ao sistema educacional, Consuelo Magalhães; de projetos especiais, Conceição Andrade; de ensino, Leuzinete Pereira; o gestor de atividades-meio Pedro Barbosa e a superintendente de assuntos jurídicos, Flávia Ramos.

Também pela Caema estivem presentes a diretora de gestão Ivana Sousa; o diretor de engenharia e meio ambiente, José de Ribamar Rodrigues Fernandes; o diretor de operação, manutenção e atendimento. Cristovam Teixeira Filho e o diretor comercial, João Serra.

sem comentário »