Linha Livre com Geraldo Castro | Eu e a MA-317
Domingo, 29 de novembro de 2020.

Eu e a MA-317

MA-317 será totalmente reconstruída

MA-317 será totalmente reconstruída

Será neste sábado, 16, o início oficial da recuperação completa da estrada MA-317, que liga a MA-014 à sede do município de Cajari na Baixada Maranhense, quando a empresa responsável pela obra receberá a ordem de serviço das mãos do representante do Governo do Maranhão.

 

Uma alegria só. Os cidadãos de Cajari tiveram que esperar bastante para ter a confirmação da reconstrução da estrada pelo poder executivo, uma obra de suma importância para a população desta cidade, pois, sem a rodovia tinha que utilizar o transporte fluvial através do Rio Maracu.

 

Mas o que eu tenho a ver com a recuperação da MA-317? Aparentemente nada, pois não nasci na cidade, sou baixadeiro por sangue dos meus familiares, mas do município de São João Batista. É, meu amigo e minha amiga, tenho muito a comemorar e sentir-me gratificado por esta rodovia, afinal de contas, quando fui à procura de Idonéa dos Santos Furtado, em 1999 ali só tinha um ramal e um “pontão”, ou seja, uma balsa para se colocar o carro e atravessar o rio.

 

Roseana Sarney estava no governo, como agora, e aproveitando as festividades de fim de ano, resolvi arriscar e fazer a solicitação da estrada em nome da população de Cajari. Deu certo. A governadora autorizou a construção da MA-317 haja vista já ter feito a ponte sobre o rio Maracu, então nada melhor que ligasse os 13 quilômetros até a MA-014, principal rodovia da Baixada Maranhense.

 

E a estrada saiu no governo de José Reinaldo, construída pela Construtora Diamantina, mas não ficou bem feita, e logo começaram a aparecer vários problemas, como a ponte sobre o Igarapé dos Afogados, e em outros pontos. Daí em diante foi um grande martírio para a população cajariense, pois a situação só piorava a cada dia, e os moradores ficavam insatisfeitos pelas condições da rodovia.

 

Agora o sonho vira realidade

 

Depois de longos anos, de muitos pedidos e reclamações, este dia 16 de março de 2013, entrará para a história de Cajari como o início oficial da construção da MA-317, até para cumprir a promessa da governadora Roseana Sarney, de não deixar nenhuma sede de cidade sem ligação com estradas federais e estaduais, com pavimentação e condições de trafego para os moradores destas localidades. Será uma festa para os moradores de Cajari, e para todos que gostam de ir lá. O secretário de infraestrutura Luis Fernando Silva estará assinando a ordem de serviço para entregar à Construtora Ducol, responsável pela total recuperação e pavimentação da estrada.

 

Aqui cabe também um agradecimento especial ao deputado Max Barros, ex-secretário de infraestrutura pelo seu empenho na recuperação da 317. O prefeito Joel Dourado Franco, por ter se envolvido de corpo e alma na luta pela construção da rodovia, e a governadora Roseana Sarney que em nenhum momento deixou de se preocupar, pois em Cajari recebeu a segunda maior votação percentual na sua eleição.

 

Estou feliz, pois através da Rádio Mirante AM e do programa Abrindo o Verbo, pude reivindicar incansavelmente a construção da nova MA-317, possibilitando a todos os cajarienses, como a minha esposa e sua família que me acolheram com tanto carinho e respeito, e aos demais moradores da sede e de todo o município, que poderão, a partir da conclusão da estrada, circular com maior tranquilidade naquele local.

 

Quero aqui reafirmar o meu compromisso com a cidade de Cajari e sua população, e, dizer a todos, que não agi e não agirei por motivação política, pois não serei candidato a nenhum cargo público, nem lá e nem em minha cidade natal, São Luís, e o que faço e o que puder fazer farei por amor a esta cidade. Sou Cidadão Cajariense, em título outorgado pela Câmara Municipal, por requerimento do vereador Pedro Nunes Filho aprovado por unanimidade.

 

Assim, minha história com Cajari e a MA-317 vence mais uma etapa, pois não sou pai nem mãe da estrada, apenas tenho o orgulho de dizer; eu lutei pela 317. O sonho vai virar realidade, e fico feliz, pois o povo também ficará feliz. Só uma tristeza; àqueles que lutaram contra a estrada, os incrédulos, os descontentes, aí está o resultado da luta, da perseverança, do amor  por dia melhores para Cajari. É isso aí.

 

 

 

 

Sem comentário para "Eu e a MA-317"


deixe seu comentário