Linha Livre com Geraldo Castro | Quem vai pagar as despesas do Vasco da Gama em São Luís?
Quinta-feira, 1 de outubro de 2020.

Quem vai pagar as despesas do Vasco da Gama em São Luís?

Que o Vasco da Gama é grande clube do futebol brasileiro ninguém tem dúvidas, mas os clubes do futebol maranhense também merecem respeito, principalmente da Federação Maranhense de Futebol, isto é fato. O despautério está justamente quando a FMF, através do seu presidente Antônio Américo Lobato Gonçalves, faz um estapafúrdio convite ao clube carioca, para vir realizar a sua pré-temporada do ano de 2013 aqui na capital maranhense, com todas as despesas pagas no período de 3 a 15 de janeiro, como passagens aéreas Rio/São Luís/Rio, mais traslado do aeroporto para hotel, do hotel para o estádio Castelão, entre outros mimos, como o pagamento das diárias em local escolhido pela diretoria do clube cruzmaltino, isto é falta de respeito para o torcedor, a imprensa esportivo e todos os cidadãos do Maranhão.

Se a FMF está “nadando” em dinheiro, porquê então não ajuda os seus filiados, como o Moto Clube, hoje mergulhado na maior crise de sua história? Se a FMF está com o “caixa” abarrotado de recursos, porquê então não auxiliar o São José de Ribamar também em crise financeiro mesmo ajudado pela Prefeitura de São José de Ribamar? Quem vai pagar todas as despesas? A FMF ou o Governo do Estado estaria por detrás desta empreitada?

Quem precisa de ajuda é o futebol maranhense, e quando do “golpe” para tirar do comando da Federação Maranhense de Futebol, o ex-presidente Alberto Ferreira, que fez lá suas besteiras, a proposta era um novo tempo, com novas práticas e o soerguimento do futebol do Maranhão. Depois de consumado o fato, as práticas se revelaram ainda piores, pois a nova direção está nas mãos de pessoas centralizadoras, que ao ter a reabertura do Castelão e com o público levado pelo super-campeão Sampaio Corrêa, já pensam em tirar proveito próprio, sem importar-se com os clubes maranhenses.

E não adianta dizer que o Vasco vai realizar dois amistosos com a renda em benefício dos clubes locais, pois o apelo do clube carioca a muito deixou de ser tão grande como antes, perdendo espaço para outros clubes nacionais. Eu sou vascaíno, admiro desde pequeno o Vasco da Gama, mas antes disso, sou torcedor do Sampaio Corrêa e do futebol local. Já tive diversos dissabores por defender os atletas maranhenses, mas gostaria de ver novamente o futebol local com uma verdadeira força do Norte e Nordeste como já demonstramos em tantas ocasiões.

Não precisamos do Vasco da Gama, e a governadora Roseana Sarney não pode ceder a este tipo de ideia, investindo recursos financeiros para agradar uma meia-dúzia de pessoas que estarão se locupletando com dinheiro público em benefício próprio e deixando de lado a política estadual que a de ajudar o esporte do Maranhão como um todo e, não enchendo os cofres do clube carioca. É certo que nem a Federação do Rio de Janeiro, nem o governador Sérgio Cabral fariam este tipo de negócio com Sampaio para que o tricolor fizesse sua pré-temporada na capital fluminense. A população utilizou hoje vários programas de rádio para protestar contra esta ideia absurda. O ofício do presidente da Federação Maranhense de Futebol ao  senhor Roberto Dinamite do Vasco da Gama.

Sem comentário para "Quem vai pagar as despesas do Vasco da Gama em São Luís?"


deixe seu comentário