A cada salsicha consumida você perde 15 minutos de vida

Essa é a conclusão do estudo conduzido pelo “British Medical Journal”. A culpa pode estar no fato de o alimento ser processado. O café tem efeito oposto

 

Estudo mostra que o consumo de salsicha reduz tempo de vida (iStock)

Poucos discordarão desta frase: salsicha é uma delícia, mas não se trata propriamente de um alimento saudável… Pois bem, o cenário agora ficou pior. Os amantes de um bom cachorro-quente agora têm mais um motivo para se preocupar com a qualidade do prato. Estudo conduzido pelo prestigioso periódico British Medical Journal comprovou que a cada salsicha consumida, a vida pode ser reduzida em 15 minutos.  Sim, 15 minutos.

O problema, que se mantém independentemente se a salsicha for misturada a ingredientes saudáveis, como salada e macarrão, está, sobretudo, no fato de se tratar de um alimento embutido.

Em novembro do ano passado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou que o efeito ruim dos processados não é do alimento em si, mas essencialmente da maneira como são elaborados. Antes de ir para o prato, esse tipo de comida é submetido a técnicas artificiais. Os nitritos e os nitratos de sódio, por exemplo, compostos químicos que possuem a função de evitar a formação de bactérias (e, portanto, fazer com que os alimentos durem mais), têm potente ação carcinogênica.

 

Já o método de defumação, que dá sabor e também contribui para prolongar a data de validade do alimento processado, usa o alcatrão da fumaça do carvão. Ainda que os mecanismos biológicos não estejam completamente desvendados, acredita-se que esses compostos danifiquem a estrutura do DNA das células, dando origem a mutações que podem fazer com que elas cresçam incontrolavelmente.

O mesmo estudo que associou o consumo de salsicha à redução do tempo de vida mostra ainda que o café tem efeito absolutamente contrário: a ingestão de duas ou três xícaras diariamente pode aumentar a perspectiva de vida em um ano a mais.

 

Por Da redação 

Revista Veja

sem comentário »

Deputada denuncia presença de gato e teto desabado em hospital

Deputada Andréa Murad

Deputada Andréa Murad

A deputada Andrea Murad (PMDB) mostrou aos parlamentares presentes na sessão desta quarta-feira (18), fotos que, segundo ela, denunciam o descaso com as unidades de saúde do Estado. As imagens mostram um teto desabado e um gato em cima de um monitor cardíaco que fica dentro de uma Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), antes conhecida como unidade semi-intensiva do Hospital de Câncer do Maranhão.

 

“Eu fico me perguntando: onde vamos chegar? Realmente, nós precisamos entender que a saúde está enfrentando muito mais do que uma simples dificuldade. Isso aqui é inadmissível para a saúde que tivemos. É inadmissível acontecer num hospital do Estado. Não podemos aceitar esse tipo de coisa. Um verdadeiro absurdo, logo onde os pacientes com câncer, que já sofrem no hospital, com o risco de um teto ou um gato cair em cima das pessoas”, discursou a deputada.

 

A parlamentar questionou o desempenho da atual direção do Hospital de Câncer que não está dando conta de manter a qualidade do atendimento. A falta de manutenção dos serviços em várias unidades já havia sido levada para o secretário de Estado da Saúde, Marcos Pacheco, durante a audiência pública realizada pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa.

 

Andrea Murad cobrou do secretário solução para os problemas de superlotação das UPAs e, na reunião, Marcos Pacheco  confirmou que enfrenta muitas dificuldades, mas vai tentar resolver. Para a deputada, o governador é o principal responsável por esse descaso.

 

“Nós não podemos esperar tudo se acabar para que resolva, porque ele não consegue resolver. Eu acho que existe um problema grande entre o que o governador pensa e entre o que o secretário Marcos Pacheco pensa. O secretário Marcos Pacheco, até tem vontade sim de fazer com que as coisas dêem certo, só que a política do Governo Flávio Dino é difícil e o resultado é o que estamos vendo agora”, criticou Andrea Murad.

sem comentário »

Prefeitura de Bacabeira intensifica reformas e ampliações de Unidades de Saúde

Nova UBS de São Critovão

Nova UBS de São Critovão

A rede de saúde de Bacabeira está em avanço. Uma série de melhorias está sendo realizada pela Prefeitura Municipal, por intermédio da Secretária de Saúde, entre elas, reformas e ampliações de Postos de Saúde e construções de novas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

 

Já foram iniciadas as obras de reforma e ampliação do Centro de Saúde Francisco Martins de Sousa, no distrito de Peri de Baixoe nas Unidades de Saúde dos povoados Santa Quitéria e Ramal do Abude. No povoado São Cristovão, as obras de construção da nova Unidade Básica de Saúde estão em fase de conclusão.

 

Os Posto de Saúde Paula dos Santos Barbosa, em Gameleira, Francisca Maria Cantanhede, em Vidéo e Raimundo Diniz C. Filho, em Rancho Papouco, foram reformados, ampliados e já entregues a população no início deste ano.

 

De acordo com a secretária de Saúde de Bacabeira, Tatá Torres, com as reformas e ampliações, os Centros de Saúde vão disponibilizar todos os serviços da atenção básica da rede municipal como Clínico Geral, Enfermagem, Odontologia, Vacinas, Nebulização, Teste de Glicemia, além de contar com laboratórios para a realização de exames e que as mudanças irão trazer melhorias para a rede de saúde. “Estamos adequando todas as nossas Unidades de Saúde, dentro dos padrões técnicos estabelecidos pelo Ministério da Saúde, para oferecer uma estrutura melhor de atendimento humanizado”, explicou.

 

O prefeito Alan Linhares ressalta os serviços que estão sendo realizados na saúde de Bacabeira e a importância destas obras para o Povo de Bacabeira. “A saúde de Bacabeira vem passando por uma transformação ao longo dos anos e os investimentos que estamos fazendo já começam a ser percebidos pela população da cidade”, destacou o prefeito Alan Linhares.

sem comentário »

Prefeitura de Bacabeira investe na ampliação da rede de saúde

Prefeito Alan Linhares fiscaliza obras da UBS

Prefeito Alan Linhares fiscaliza obras da UBS

A Prefeitura de Bacabeira tem várias obras em andamento ou programadas. No setor de saúde, as ações incluem a rede de atenção básica. No povoado São Cristovão, já está em construção uma Unidade Básica de Saúde (UBS). A obra, é realizada em parceria com o Governo Federal e contrapartida da prefeitura.

 

As UBS são locais onde você pode receber atendimentos básicos e gratuitos em Pediatria, Ginecologia, Clínica Geral, Enfermagem e Odontologia. Os principais serviços oferecidos pelas UBS são consultas médicas, inalações, injeções, curativos, vacinas, coleta de exames laboratoriais, tratamento odontológico, encaminhamentos para especialidades e fornecimento de medicação básica.

 

Bacabeira conta com dois Centros de Saúde e nove Postos de Saúde. A nova unidade será entregue até o final do ano e deve desafogar a demanda no principal Centro de Saúde que funciona na sede do Município. “Com a nova unidade, chegaremos a 12 UBS e contaremos com mais equipes de trabalho. Poderemos, então, oferecer mais consultas médicas e um bom atendimento a nossa gente”, pontuou o prefeito Alan Linhares.

 

A Secretária de Saúde, Tatá Torres, adiantou que terá início mais uma obra no município. A população será contemplada com a “Academia da Saúde”. Trata-se de um projeto criado pelo Ministério da Saúde que reúne em um espaço público equipamentos para atividades físicas e área de vivência, onde pessoas de todas as idades poderão usufruir gratuitamente das atividades. “Investir neste setor (saúde) é essencial, desde a atenção básica a outros programas que melhorem a saúde do cidadão”, frisou a secretária.

 

 

sem comentário »

Prefeitura de Bacabeira fortalece sistema de saúde

Foto_SaudeTrabalhar de forma preventiva, fortalecendo a saúde básica no município, tem sido uma das prioridades da atual gestão da Prefeitura de Bacabeira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde.A partir de investimentos sistemáticos, o município conta hoje com uma rede de saúde completamente equipada, com oferta de exames diagnósticos e consultas com maior celeridade para toda a população.

Na sede do município, o serviço passou a ser de referência, com a manutenção do centro com funcionamento24 horas, disponibilizando equipe médica, enfermeiros e técnicos para atendimentos em diversas áreas. Além disso, foram implantados em todos os postos consultórios odontológicos e três unidadesbásicas de saúde foram reformadas e ampliadas para atendimento pontual à demanda dos povoados de Vidél, Gameleira e Rancho Papouco, beneficiando centenas de moradores.

Descentralização–Atendendo a uma política de descentralização dos serviços na rede municipal, além das melhorias no Centro de Saúde da Sede, a atual gestãoestendeu ao centro de saúde do distrito de Peri de Baixo os serviços especializados em pediatria, cardiologia, ginecologia e oftalmologista, dentre outros. “No momento que descentralizamos o atendimento aos pacientes, conseguimos desafogar o centro de saúde da sede do município e demais postos. Consequentemente, o atendimento é realizado com mais rapidez pelos nossos profissionais, que passaram inclusive a dedicar um tempo maior aos pacientes durante as consultas”,destacou o prefeito Alan Linhares.

Uma ambulância totalmente equipada já está a disposição 24h no Centro de Saúde de Peri de Baixo.

Para este ano a prefeitura anuncia a ampliação do Centro Domar Brito Anceles da Sede , onde serãoimplantados um Centro Cirúrgico, uma Sala de Parto, aumento significativo de leitos, uma sala de fisioterapia e novos consultórios. O processo está em fase de licitação para que as obras sejam iniciadas. Uma nova unidade de saúde também será construída no povoado São Cristovão.

Saúde da Família – O município de Bacabeira possui atualmente 37 agentes de saúde, distribuídos em seis equipes que atuam no PSF, com a previsão de mais duas equipes que serão formadas este ano. Dentre as ações desenvolvidas, as equipes realizam a cada bimestre mutirões em todas as comunidades e povoados, oferecendo consultas preventivas e realização de testes de glicemia e HIV, além de verificação de pressão e aplicação de vacinas. O programa realiza também atendimentos por meio do “odontomóvel”, voltados para crianças, jovens e adultos em toda a região.

sem comentário »

Governadora Roseana reforça Saúde com entrega de 81 novos leitos no HCM e mais 50 ambulâncias

Foto 3 - Governadora inaugura leitos e entrega ambulâncias foto Handson ChagasInaugurados pela governadora Roseana Sarney e o secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, novos 81 leitos clínicos no Hospital de Alta Complexidade Dr. Carlos Macieira (HCM), em São Luís. A solenidade, realizada nesta quarta-feira (6), marcou, ainda, a entrega de 50 ambulâncias  para a rede estadual de saúde. “Estamos praticamente dobrando a capacidade de leitos de alta complexidade, o que vai melhorar o atendimento em todas as unidades de saúde”, declarou a governadora Roseana Sarney.

Ela disse que o Programa Saúde é Vida garante atendimento médico de qualidade para todos. “O mais importante é o povo maranhense demonstrar confiança na nossa rede de saúde assim como nós acreditamos e realizamos esse investimento e confiamos nos profissionais que integram as unidades de saúde”, destacou.

A solenidade contou com a presença do deputado federal Sarney Filho e do vereador Fábio Câmara, além de médicos, enfermeiros e equipe de servidores da unidade se saúde. “O governo tem feito um excelente trabalho na área da saúde, avançando em número de leitos, saindo de um patamar mínimo, em 2009, para alcançar o estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é garantir 2,3 leitos por mil habitantes”, declarou o deputado federal Sarney Filho.

Com cinco andares, o Hospital de Alta Complexidade Dr. Carlos Macieira (HCM), construído há 30 anos, passa por uma ampla reforma, realizada em etapas. Já foram concluídos e inaugurados os setores instalados no térreo, no segundo, no terceiro e no quinto andares, em pleno funcionamento, com leitos clínicos e de UTI. Mesmo em obras, as atividades na unidade de saúde nunca foram paralisadas.

Foto 2 - Governadora inaugura leitos e entrega  ambulâncias foto Handson ChagasSegundo o secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad, o Hospital Carlos Macieira passa a contar com 172 leitos, aumentando a capacidade da UTI de 39 para 57 leitos. “Os novos leitos vão atender as demandas de alta complexidades dos hospitais regionais, UPAs, unidades municipais, permitindo abrir novas vagas para atendimento geral”, declarou. Ele agradeceu à governadora Roseana pelo investimento de mais de R$ 1 bilhão no Programa Saúde é Vida. “Hoje, demonstramos capacidade profissional e competência para melhor atender à população”, acrescentou, revelando que são gastos R$ 60 mi/mês para manter a rede funcionando.

“Estamos felizes por oferecer um atendimento de qualidade para a população”, revelou a diretora médica do HCM, Giselle Boumann. O diretor do Hospital, Benedito Saback, afirmou que os novos leitos vão se refletir em mais pessoas atendidas. “Cada vez mais estamos aumentando a nossa capacidade para tornar a unidade referência no Maranhão, graças ao investimento do governo”.

 

Ambulâncias

A nova frota de ambulâncias será colocada em operação de imediato para atender a demanda de transporte de pacientes entre as unidades de saúde da rede estadual. Do total de 50, 33 ficarão atuando em São Luís enquanto as outras 17 serão enviadas para UPAs e hospitais no interior do estado.

“Não estamos fazendo a substituição da frota, mas reforçando a cobertura”, revelou a governadora. Ele disse que as ambulâncias vão atender diretamente as unidades da rede estadual.

Roseana Sarney destacou que, dentro do Programa Saúde é Vida, já foram entregues 10 UPAS, seis hospitais de 50 leitos (outros dois serão inaugurados em breve), e 28 de 20 leitos (outros três já estão prontos para serem entregues). “Nossa meta é encerrar o governo entregando uma rede de saúde de referência para todo o país”, destacou a governadora.

 

sem comentário »