Programação da Passarela do Samba vai animar foliões no Carnaval 2019 de São Luís

Evento é promovido pela Prefeitura com o apoio do Governo; de sexta (1º) a terça (5), espaço no Anel Viário vai reunir grupos carnavalescos, blocos e as escolas de samba; ingressos podem ser trocados por um quilo de alimento não perecível no local, a partir das 16h

A Programação promovida pela Prefeitura na Passarela do Samba vai animar foliões no Carnaval 2019Diversão, alegria e muita folia é o que está previsto para a Passarela do Samba, no Anel Viário que abre a programação nesta sexta-feira, 1º. São mais de 70 atrações entre desfiles de grupos de tambor de crioula, tribos de índios, blocos afro e tradicionais e o desfile das escolas de samba. O Carnaval da Passarela é uma promoção da Prefeitura com apoio do Governo do Estado. Para ter acesso à Passarela, a cada dia de programação o público deve levar um quilo de alimento não perecível e trocar pelo ingresso, sempre a partir das 16h.

A programação, que inicia nesta sexta-feira (1º) de março, a partir das 18h, com a entrega da Chave da Cidade à Corte Momesca, encerra na terça-feira (5) com o Baile Popular do Blocão do Bicho. Na Quarta-Feira de Cinzas (6), será a apuração para escolha dos vencedores do desfile, no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, na Praia Grande.

O secretário municipal de Cultura (Secult), Marlon Botão, pontuou o momento especial da festa carnavalesca, onde a programação dos desfiles da Passarela do Samba é um dos pontos altos. “Esperamos que a celebração seja marcante para todos os brincantes do Carnaval de São Luís. A cada ano nos preocupamos em valorizar e fortalecer nossa identidade cultural com a apresentação de grupos folclóricos representativos. Será uma belíssima programação com desfiles dos blocos tradicionais, turmas de samba, blocos organizados e escolas de samba”, pontuou o gestor.

A acessibilidade foi priorizada na montagem da estrutura. A Passarela do Samba terá espaços adaptados para pessoas com deficiência, dificuldades de locomoção e idosos com disponibilidade de 500 lugares na área preferencial. A Prefeitura disponibilizará quatro cuidadores e quatro intérpretes de Libras nos cinco dias de evento. Serão desenvolvidas ainda campanhas sensibilizando para a valorização das pessoas com deficiência.

ABERTURA

A abertura do circuito oficial na Passarela do Samba, na sexta-feira (1º), será marcada por uma solenidade de entrega simbólica da Chave da Cidade, às 19h. Grupos de tambor de crioula, tribos de índios e blocos tradicionais do Grupo B abrem o primeiro dia de desfiles. No sábado (2), mais tribos de índios e blocos tradicionais do Grupo A abrilhantam a agenda de atrações.

Os blocos organizados e as turmas de samba dão o tom no domingo (3), terceiro dia de programação da Passarela do Samba, preparando para o esperado desfile das escolas de samba. As agremiações carnavalescas Terrestre do Samba, Mocidade Independente da Ilha, Império Serrano, Turma de Mangueira e Flor do Samba são as atrações do dia.

Na segunda-feira (4), as escolas de samba Unidos de Fátima, Túnel do Sacavém, Turma do Quinto, Favela do Samba e Marambaia se apresentam na Passarela. Antecedendo os desfiles, turmas de samba, grupos de tambor de crioula e blocos organizados abrem o dia de evento. Na terça-feira (5), o encerramento com o Baile Popular do Blocão do Bicho, a partir das 22h.

Os vencedores dos desfiles na Passarela do Samba serão conhecidos no dia da apuração do concurso, marcado para a Quarta-Feira de Cinzas (6), a partir das 14h, no Teatro Alcione Nazaré (Centro de Criatividade Odilo Costa, filho).

PROGRAMAÇÃO

DIA 1º/03 – SEXTA-FEIRA
A partir das 18 horas, apresentações de tambor de crioula na Tenda do Tambor

Desfile das Tribos de Índio
18h00 às 18h10 – Kaiapó
18h12 às 18h22 – Tupiniquim
18h24 às 18h34 – Kamayaurá
18h36 às 18h46 – Curumim
18h48 às 18h58 – Tapiaca Uhu

Desfile dos Blocos Tradicionais do Grupo B
20h00 às 20h20 – Os Gigantes
20h25 às 20h45 – Os Tradicionais do Ritmo
20h50 às 21h10 – Fênix
21h15 às 21h35 – Os Trapalhões
21h40 às 22h00 – Companhia do Ritmo
22h05 às 22h25 – Renovação do Ritmo
22h30 às 22h50 – Os Diplomáticos
22h55 às 23h15 – Os Guardiões
23h20 às 23h40 – Príncipe da Meia Noite
23h45 às 00h05 – Dragões da Liberdade
00h10 às 00h30 – Os Vingadores
00h35 às 00h55 – Os Gaviões do Ritmo
01h00 às 01h20 – Os Diferenciados do Renascer ou Ritmo
01h25 às 01h45 – Os Inacreditáveis
01h50 às 02h10 – Vinagreira Show
02h15 às 02h35 – Os Imbatíveis

DIA 02/03- SÁBADO
A partir das 18 horas, apresentações de tambor de crioula na Tenda do Tambor

Desfile das Tribos de Índio
18h00 às 18h10 – Sioux
18h12 às 18h22 – Tupinambá
18h24 às 18h34 – Guarani
18h36 às 18h46 – Upaon Açu
18h48 às 18h58 – Itapoã
19h00 às 19h10 – Carajás

Desfile dos Blocos Tradicionais do Grupo A
20h00 às 20h20 – APAE (não concorre)
20h25 às 20h45 – Os Gladiadores
20h50 às 21h10 – Os Baratas
21h15 às 21h35 – Os Guerreiros do Ritmo
21h40 às 22h00 – Kambalacho do Ritmo
22h05 às 22h25 – Príncipe de Roma
22h30 às 22h50 – Os Feras
22h55 às 23h15 – Os Curingas
23h20 às 23h40 – Reis da Liberdade
23h45 às 00h05 – Os Vampiros
00h10 às 00h30 – Os Brasinhas
00h35 às 00h55 – Tropicais do Ritmo
01h00 às 01h20 – Os Foliões
01h25 às 01h45 – Originais do Ritmo
01h50 às 02h10 – Os Apaixonados
02h15 às 02h35 – Os Tremendões

DIA 03/03 – DOMINGO
A partir das 18 horas, apresentações de tambor de crioula na Tenda do Tambor.

Desfile dos Blocos Organizados
18h30 às 18h45 – Os Cobras das Estrelas
18h50 às 19h05 – Unidos da Vila Embratel II
19h10 às 19h25 – Pau Brasil
19h30 às 19h45 – Canto Quente
19h50 às 20h05 – Dragões da Madre Deus

Desfile de Alegoria
20h10 às 20h25 – Tijupá

Desfile das Turmas de Samba
20h30 às 20h50 – Vinagreira do Samba
20h55 às 21h15 – Fuzileiros da Fuzarca

Desfile das Escolas de Samba
22h00 às 23h00 – Terrestre do Samba
23h10 às 00h10 – Mocidade Independente da Ilha
00h20 às 01h20 – Império Serrano
01h30 às 02h30 – Turma de Mangueira
02h40 às 03h40 – Flor do Samba

DIA 04/03 – SEGUNDA-FEIRA
A partir das 18 horas, apresentações de tambor de crioula na Tenda do Tambor

Desfile dos Blocos Organizados
18h30 às 18h45 – Beatos do Samba
18h50 às 19h05 – Unidos do Porto Grande
19h10 às 19h25 – Unidos da Vila Isabel
19h30 às 19h45 – Os Liberais
19h50 às 20h05 – Turma do Saco

Desfile das Turmas de Samba
20h30 às 20h50 – Ritmistas de São José de Ribamar
20h55 às 21h15 – Ritmistas da Madre Deus

Desfile das Escolas de Samba
22h00 às 23h00 – Unidos de Fátima
23h10 às 00h10 – Túnel do Sacavém
00h20 às 01h20 – Turma do Quinto
01h30 às 02h30 – Favela do Samba
02h40 às 03h40 – Marambaia

DIA 05/03 – TERÇA-FEIRA
A partir das 18 horas, apresentações de tambor de crioula na Tenda do Tambor

Desfile dos Blocos Afros
19h00 às 19h20 – Abiyêyê Maylô
19h25 às 19h45 – Juremê
19h50 às 20h10 – GDAM
20h15 às 20h35 – Didara
20h40 às 21h00 – Omnirá
21h05 às 21h25 – Officina Affro
21h30 às 21h40 – Abibimã
21h45 às 22h05 – Netos de Nanã
22h30 – ENCERRAMENTO com o Baile Popular do Blocão do Bicho

DIA 06/03 – QUARTA-FEIRA
14h – Apuração dos Concursos realizados na Passarela do Samba.
Local: Teatro Alcione Nazaré (Centro de Criatividade Odilo Costa Filho)

sem comentário »

Prefeitura de São Luís inicia Campanha de Vacinação Antirrábica nesta sexta-feira (8)

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), inicia nesta sexta-feira (8), a Campanha de Vacinação Antirrábica, que vai imunizar cães e gatos contra a raiva. A ação, que segue orientação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, vai começar no distrito Centro e será realizada todas as sextas-feiras e sábados, com um efetivo de mais de 200 técnicos que vão vacinar de casa em casa, até o mês de abril. A meta é imunizar 160 mil animais em toda a capital maranhense.

“A gestão do prefeito Edivaldo está fazendo sua parte e nossa equipe foi treinada e está preparada para cumprir a meta estabelecida, mas devemos lembrar que a colaboração dos donos dos animais é muito importante para o êxito da campanha. Eles precisam entender que a imunização é a única estratégia para prevenir a raiva, que é uma doença quase sempre letal”, alerta o secretário.

O coordenador da Unidade de Vigilância Epidemiológica (UVZ), João Batista Pires, diz que apenas cães e gatos com idades a partir de três meses podem receber a vacina antirrábica, e a única restrição é para animais que estejam doentes e fêmeas no último mês de gestação. Ele pede a colaboração da população. “É importante que durante a vacinação o animal seja conduzido por um adulto; e pedimos também que o dono da casa verifique a identificação do agente vacinador antes de permitir a entrada”, orienta João Batista.

O último caso de raiva foi registrado em São Luís foi no ano de 2013, e desde o início da gestão Edivaldo a manutenção do controle epidemiológico tem sido prioridade, com a realização anual das campanhas de vacinação e disponibilização da vacina antirrábica nas unidades de saúde.

A raiva é uma infecção viral aguda, transmitida para seres humanos a partir da mordida, lambida ou ferida causada por animais infectados. A doença é considerada fatal, com índice de letalidade de aproximadamente 100%. Entre os sintomas da doença no animal estão mudança de comportamento, dificuldade para engolir e excesso de salivação.

sem comentário »

Marcação de consultas por telefone agiliza atendimento no Hospital da Mulher

Três mil é a média de atendimentos realizados por meio da plataforma de marcação de consultas implantada pela Prefeitura de São Luís no Hospital da Mulher, no Anjo da Guarda. Completando um mês de informatização, a Central de Chamadas (call center) permite o agendamento das diversas especialidades, via telefone. Com isso, quem procura o serviço ganha tempo e tem sua demanda atendida de forma mais breve.

“A implantação deste sistema integra o planejamento da Prefeitura de São Luís para dinamizar e melhorar os serviços prestados à população na área de saúde. A plataforma será aperfeiçoada para garantir ainda mais brevidade na marcação. Isso mostra o compromisso e respeito da gestão do prefeito Edivaldo com a saúde dos ludovicenses e com a prestação de um serviço de mais qualidade”, enfatizou o secretário municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho.

Uma das principais vantagens do sistema foi findar as filas de pessoas no aguardo das senhas para consulta, aponta a diretora geral da unidade, Natalia Mandarino. “Ficou mais cômodo e ágil a forma de marcação, pois as pessoas não precisam mais sair de suas casas, basta ligar e ter sua data agendada. A espera é mínima e quando vêm à unidade a pessoa já sabe que será atendida”, explica. A central se consolida como mais um importante serviço oferecido pela unidade de saúde implantado na gestão do prefeito Edivaldo, pontua a diretora geral.

Para o paciente, a plataforma qualificou bastante o atendimento de marcação. É o que avalia a professora Rosária Silva, 56 anos. Moradora do bairro, ela diz que utiliza com regularidade os serviços do hospital e aprovou o sistema de marcação. “A gente consegue marcar a especialidade e até que o tempo de espera é pouco. Eu liguei há uma semana e já estou para consultar. A gente espera que melhore ainda mais”, diz ela, que aguardava para consultar com ginecologista.

A técnica de enfermagem, Adriana Sousa, 37 anos, avalia que o sistema facilita bastante a marcação. “Pelo menos a gente não precisa mais ficar na fila esperando e agora, a gente liga, marca e sabe que vai ser atendido”, enfatiza. Mais agilidade e sem perda tempo são as vantagens apontadas pela estudante Mariana Ferreira, 23 anos. “Eu gostei porque de onde a gente tiver pode ligar e marcar. Você já fica sabendo o dia, o horário e é só vir consultar. Muito bom, porque a gente não tem mais que passar horas em fila”, disse a jovem.

 

AGENDAMENTO

O funcionamento do call center do Hospital da Mulher é realizado pelo Sistema de Regulação do Ministério da Sáude (Sisreg). A agilidade se dá pelo fato das consultas serem solicitadas diariamente e não apenas uma vez por mês, como era antes da informatização do serviço. São seis atendentes em cada turno – manhã e tarde – agendado consultas ambulatoriais. Entre as especialidades que podem ser marcadas está ginecologia clínica, mastologia, endocrinologia, urologia, proctologia e cardiologia.

serviço será aprimorado com a implantação do atendimento eletrônico, antecedendo o atendente de fato. Dessa forma, ao acionar o sistema, mesmo que não haja atendente disponível, a pessoa será direcionada para um canal de mensagem com gravação de aguardo de espera e delimitação de tempo. “Uma voz mecânica vai avisar a pessoa que em poucos minutos ela será atendida e vai direcionar diretamente ao atendimento com os profissionais. Não haverá mais sinal de ocupado nos telefones”, pontuou a diretora geral, Natalia Mandarino.

A gestora explica que a medida busca cada vez mais melhorar o relacionamento com o cliente a partir da adoção de ferramentas capazes de direcionar o atendimento para um operador. “Para isso, a Prefeitura realiza cada vez mais investimentos em tecnologia. Considerando o mundo cada vez mais tecnológico que vivemos, as pessoas procuram mais opções de atendimento diferenciado conforme sua necessidade. Nesse sentido, o Hospital da Mulher está à frente”, conclui a diretora geral.

ESTRUTURA

Além do atendimento especializado ao público feminino, no Hospital da Mulher funciona o Centro de Referência de Assistência em Alta Complexidade na especialidade de Neurocirurgia. O serviço que passou a ser ofertado na unidade após a reestruturação geral promovida na gestão do prefeito Edivaldo, que melhorou a estrutura física e na implantação de novas especialidades.

O hospital teve ampliado o número de leitos de internação de 24 para 50. Houve ainda a implantação de 10 leitos de UTI e de serviços de diagnóstico por imagem, como tomografia computadorizada, Raio X e ultrassom. Eletroneuromiografia, biópsias, punção de mama e de tireóide, retirada de nódulos benignos também estão na lista de serviços oferecidos às pacientes da unidade.

SERVIÇO
Para agendar: 3228-4713 / 3228-4699 / 3228-4281 – de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h.

sem comentário »

Prefeitura e Defensoria Pública certificam 62 participantes de curso de Cuidador de Idosos

A Prefeitura de São Luís e a Defensoria Púbica do Estado (DPE) realizaram nesta quarta-feira (2) a cerimônia de encerramento do curso de Cuidador de Idosos com a certificação de 62 alunos, 37 instrutores e a menção honrosa a alunos pelo desempenho e assiduidade. O curso, que integra as ações de reforço às políticas de cuidado com o idoso, foi realizado por meio do Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa (Ciapvi), e a Associação Nacional de Gerontologia do Maranhão (ANG), com apoio da Escola Superior da DPE e a Universidade Ceuma.

“É uma satisfação muito grande ver o curso concluído e essas pessoas capacitadas a cuidar da pessoa idosa com técnica, segurança e conhecimento. É importante porque sabemos que estamos ajudando pessoas a entrar no mercado de trabalho e contribuindo para que os idosos tenham um cuidado melhor. Como gestor, esse é nosso compromisso seguindo orientação do prefeito Edivaldo”, disse a secretária municipal de Segurança Alimentar (Semsa), Fátima Ribeiro que representou o prefeito no evento.

O curso, resultado de articulação da Semsa com a Defensoria, soma-se a outras ações neste sentido já realizadas pela Prefeitura nos últimos quatro anos, como os cursos de Alimentação Saudável e Cuidados Necessários para o Idoso, já promovidos pela secretaria e que contabilizam mais de 300 pessoas qualificadas nas últimas edições.

Na cerimônia de certificação estiveram presentes o defensor geral do Estado, Werther de Moraes Lima Júnior, o secretário estadual dos Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, representando o governador Flávio Dino no evento, o secretário do Trabalho, Julião Amim, o promotor de Justiça de Defesa do Idoso, José Augusto Cutrim Gomes, a presidente da ANG/MA e coordenadora do Ciapvi, Izabel Lopizic, presidente do Conselho Estadual dos Direitos do Idoso do Maranhão, Maria de Guadalupe, a coordenadora do Fórum das Entidades Maranhense de Defesa do Idoso, Socorro Ramos e a presidente do departamento de Gerontologia da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia Maranhão, Vânia Holanda.

O defensor geral destacou que a parceria foi importante para a realização do curso, o sexto desta natureza realizado pela Escola Superior. “Chegamos ao final de mais um curso com sucesso. Ao concluirmos essa nova turma do curso estamos contribuindo para quer os idosos tenham uma assistência e tratamento adequados”, disse Werther Júnior.

Ao trazer a saudação do governador Flávio Dino aos presentes no evento, o secretário Francisco Gonçalves disse que o suporte familiar e público são necessários para garantir qualidade de vida às pessoas da terceira idade. Ele observou que nos últimos anos houve mudanças na estrutura familiar brasileira e na expectativa de vida. “Hoje as famílias são diferentes de outras épocas, são pequenas e na maioria das vezes todos com atividades fora do ambiente de casa. Com isso, aquilo que era anteriormente uma sequência normal da vida, de que o mais novo cuida do mais velho, já não se dá nas mesmas condições que no passado. Isso abre um espaço de profissionalização para atender essas pessoas, com formação especifica”, disse o secretário ao falar da importância do curso.

 

sem comentário »