Começa na próxima segunda-feira a pré-matricula para primeira série do Ensino Médio da rede estadual

A partir da próxima segunda-feira (3) até as 23h59 do dia 14 de dezembro estará aberto o sistema de pré-matrícula online para o 1º ano do Ensino Médio nas escolas da rede estadual de ensino. A pré-matrícula será feita no site da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), no endereço eletrônico: www.educacao.ma.gov.br/matricula2019. Podem se inscrever estudantes que estão concluindo o 9º ano do Ensino Fundamental em escolas das redes federal, estadual, municipal ou privada.

Serão ofertadas 110 mil vagas para a 1ª série do Ensino Médio em 711 escolas da rede estadual de ensino nos 217 municípios maranhenses, incluindo os 36 Centros Educa Mais (Escolas de Educação Integral).

No ato da pré-matrícula, os candidatos poderão optar por uma das escolas da rede, exceto as unidades escolares das modalidades de Educação do Campo, Educação Especial, Educação Indígena, Educação Quilombola e Educação de Jovens e Adultos, que têm calendário diferenciado.

O estudante fará opção pelo município que deseja estudar, informando seus dados pessoais. Em seguida, fará opção pela escola na qual deseja cursar a 1ª série do Ensino Médio Regular, no ano letivo de 2019, conforme vagas disponíveis. Ao escolher o município da escola para a qual deseja se inscrever, o estudante só poderá optar por escolas pertencentes àquela localidade. E ao selecionar uma unidade escolar, automaticamente, assume a vaga disponível na escola de sua preferência, até que as vagas se esgotem. Cada estudante só poderá solicitar pré-matrícula em uma única escola.

Centros Educa Mais

A pré-matrícula para os 36 Centros Educa Mais serão no mesmo período do Ensino Regular e obedecem aos mesmos critérios. Os estudantes que optarem pelo ensino médio em um dos Centros de Educação Integral, automaticamente, serão informados pelo sistema no ato da pré-matrícula, que irão frequentar a escola no turno diurno (manhã e tarde).

Pontos de apoio com acesso à internet

Para quem não tem acesso à internet em casa, a Seduc está disponibilizando 20 pontos de apoio para a realização da pré-matrícula. Em São Luís, os pontos de apoio funcionarão nos seguintes locais: Centro de Ensino Maria Mônica Vale – NTE São Luís I, no Vinhais; Centro de Ensino Gonçalves Dias – NTE São Luís II, no bairro de Fátima; Centro de Ensino São Cristóvão, bairro São Cristovão; Centro de Ensino Erasmo Dias, no Maiobão. A lista com todos os locais e os respectivos endereços, também constará no portal da Secretaria.

Período de matrículas

As matrículas serão efetivadas no período de 7 a 18 de janeiro de 2019. Neste período, será realizada também a matrícula e rematrícula na 2ª e 3ª séries do Ensino Médio e no Ensino Fundamental da Rede Estadual e os pais devem ir diretamente às escolas para matricular seus filhos.

sem comentário »

“O Prefeito é irresponsável com a educação de São Luís”, desabafou Wellington durante audiência na Câmara

Wellignton abra matraca pra cima de Edivaldo

Enquanto membro da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) participou de audiência pública para discutir sobre  a situação da escolas públicas do Maranhão. A discussão ocorreu na Câmara Municipal de São Luís atendendo o pedido de um requerimento de autoria do vereador Marquinhos (DEM) e contou com a presença do secretário municipal de educação, Moacir Feitosa; dos vereadores Osmar Filho (PDT),  Barbara Soeiro (PSC) e Honorato Fernandes (PT);  o Secretário de Articulação Política de São Luís, Jota Pinto (PEN); a promotora da Educação, Luciane Belo; Idevalter Nunes, defensor público; o presidente da Comissão de Educação da OAB-MA, Adelmano Benigno; a presidente do Sindicato Municipal da Educação, Elizabeth Castelo Branco, além de vários professores e pais de aluno.

 

O objetivo da audiência foi discutir a falta de infraestrutura física e de merenda escolar, além do fechamento de escolas municipais e os 200 dias letivos. “Aqui o Secretário vem mostrar um relatório com possíveis escolas reformadas. Quem sabe a realidade das escolas é a gente. Falta o básico: falta pincel, teto desaba e assim a gente segue. Eles deveriam ter vergonha disso. Isso é uma maldade com nossas crianças”, desabafou Dona Leonora, mãe de um aluno.

 

Sobre a situação, Wellington, que desenvolve o Projeto “De Olho nas Escolas”, afirmou que encaminhará as denúncias ao Ministério Público. “Nós conhecemos essa realidade e sabemos o descaso com a educação. Nossas escolas estão abandonadas e isso precisa mudar, em caráter de urgência. O Ministério Público precisa pressionar, a fim de que a Prefeitura faça algo. Não pode continuar desse jeito. O Prefeito é irresponsável com as nossas crianças e com a educação. Prometeu 25 creches e não construiu nenhuma. São mais 60 escolas que não tem as mínimas condições de receber os alunos matriculados. Temos muitas crianças fora de sala de aula esperando numa lista de espera. Não queremos relatórios fictícios da Prefeitura, queremos ações concretas, queremos solução, pois existem recursos, no entanto, sao mal aplicados na educação. Precisamos de ações urgentes do Prefeito de São Luís, pois a educação da nossa cidade pede socorro. E eu pergunto: qual futuro terão as crianças de São Luís?”, disse Wellington.

 

sem comentário »

Brasil fica em 60º em ranking mundial da educação

2014-745119555-2014-741935554-2014081394479.jpg_20140813.jpg_20140824 O maior ranking mundial de educação foi divulgado nesta quarta-feira pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e trouxe países asiáticos no topo da lista. O primeiro lugar foi ocupado por Cingapura, seguido por Hong Kong— região administrativa especial da China— e pela Coreia do Sul. Entre os 76 países avaliados, o Brasil ficou na parte baixa da tabela, ocupando a 60ª posição, próximo de nações africanas. A última colocação do ranking ficou com Gana, na África.

Outros três países sul-americanos ficaram entre os 15 últimos colocados: Argentina (62ª), Colombia (67ª) e Peru (71ª). O ranking foi estabelecido com base em resultados de testes de matemática e ciências aplicados nesses países. Além dos resultados Pisa, foram analisados o TIMSS— dos EUA— e o TERCE, aplicado em países da América Latina.

“Esta é a primeira vez que temos uma escala verdadeiramente global sobre a qualidade da educação. A ideia é dar a mais países, ricos e pobres, a possibilidade de comparar a si mesmos com os líderes mundiais em educação para descobrir seus pontos fracos e fortes e ver o ganhos econômicos a longo prazo gerados pela melhoria da qualidade da educação”, afirmou o diretor educacional da OCDE, Andreas Schleicher.

De acordo com o relatório, os índices de educação de um país podem sinalizar os ganhos econômicos que essas nações terão a longo prazo. Além disso, o país que hoje ocupa o primeiro lugar da lista, Cingapura, já registrou altos níveis de analfabetismo na década de 60, o que é visto como um exemplo de que o progresso educacional é possível mesmo em pouco tempo.

“Políticas e práticas educativas deficientes deixam muitos países em um permanente estado de recessão econômica”, conclui o relatório.

O ranking será apresentado oficialmente na próxima semana, durante o Fórum Mundial de Educação, na Coreia do Sul, quando líderes mundiais irão se reunir para traçar novas metas para educação. Os últimos objetivos foram estabelecidos há 15 anos e alguns deles, como fornecer ensino primário a todas as crianças, ainda não foram atingidos.

Informações : O Globo

 

sem comentário »

Prefeitura de Bacabeira entrega mais uma escola modernizada

Descerramento da FaixaA Prefeitura Municipal de Bacabeira entregou, na última quinta-feira (31), as novas instalações da Unidade Integrada Osvaldino José de Sousa, localizada no Distrito de Peri de Baixo.Participaram da cerimônia, o Prefeito Alan Linhares, secretários municipais, vereadores eo gerente setorial da Refinaria Premium I, Rogério Ferreira que representou a Petrobras.

 

A unidade, que vai atender mais de 400 alunos do Ensino Fundamental, conta com laboratório de informática, sala de professores, diretoria, secretaria, quadra poliesportiva, vestiários, área de recreação, banheiros, cozinha industrial e refeitório.O projeto de construçãoé inovador e contempla, inclusive, um sistema de aquecimento solar que vai abastecer toda a escola, gerando economia e atendendo as diretrizes de prédio ambientalmente sustentável.

 

“É com imensa alegria que compartilho com a comunidade, educadores e alunos, a concretização dessa parceria. Gostaria de agradecer aoministro Edison Lobão, que lutou para que a refinaria fosse implantada em Bacabeira,aoVenancinho, que deu início ao projeto, e a todos os funcionários da Prefeitura de Bacabeira pelo empenho para que a parceria se concretizasse. As parcerias vão continuar para o bem do povo, a final esse é o sentido do nosso Governo, o bem da população”, disseo prefeito Alan Linhares.

 

Uma nova escola inaugurada em Bacabeira

Uma nova escola inaugurada em Bacabeira

A secretária de Educação de Bacabeira, Deiviane Torres, elogiou a dedicação do prefeito na continuidade do projeto. “O prefeito Alan deu atenção especial ao projeto com muito carinho, o que só contribui para o engrandecimento da educação do município. Trata-se de um espaço inovador, acolhedor, moderno e equipado que vai proporcionar uma aprendizagem melhor para os alunos”, frisou a secretária.

 

O gerente setorial da refinaria Premium I, Rogério Ferreira, destacou que a empresa continuará sendo parceira do município e que outras ações serão realizadas. “O compromisso da Petrobrás com o Povo de Bacabeira e a parceria com a prefeitura vai continuar, não só na construção de escolas, mas também qualificando professores da rede municipal e em diversas áreas da gestão municipal”, afirmou.

 

Centenas de pessoas, entre moradores, líderes comunitários, políticos e religiosos, compareceram na solenidade de inauguração. O nome da escola presta homenagem ao Ex-vice-prefeito de Bacabeira, Osvaldino José de Sousa. Político atuante, Osvaldino foi o responsável por levar muitos benefícios a Peri de Baixo, uma comunidade que a época iniciava sua formação como bairro.  “Alan está evoluindo a educação da nossa cidade. É um sonho de 38 anos, que na condição deex-vereador e ex-vice-prefeito, eu não pude realizar, a nota que dou ao seu governo hoje é nota máxima”, relatou visivelmente emocionado.

 

Temporariamente, a Unidade Integrada Osvaldino José de Sousa, estará recebendo também alunos do Ensino Médio. A prefeitura de Bacabeira assumiu o compromisso de reformar a antiga escola do município,que logo depois receberá os alunos de volta.

 

sem comentário »