Domingo, 18 de agosto de 2019.

Com emenda da bancada federal, sugerida por Hildo Rocha, Dnit inicia recuperação da estrada entre Matões do Norte e Alto Alegre

O deputado Hildo Rocha, parlamentar federal que utiliza o mandato para defender a duplicação da BR-135, a recuperação de trechos dessa e de outras rodovias de responsabilidade do governo federal no Maranhão, usou a tribuna da Câmara Federal, desta vez, para elogiar o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) pelo início das obras de recuperação da BR-135, no trecho de Matões do Norte até Alto Alegre.

“Quero agradecer e parabenizar o diretor-geral do Dnit, General Santos Filho, por ter sido iniciada a obra de recuperação da BR 135, no trecho de Matões do Norte a Alto Alegre. O órgão havia prometido que imediatamente após o fim do período chuvoso as obras seriam iniciadas. A promessa foi cumprida. As chuvas já diminuiriam, no Maranhão, e os recursos orçamentários estão assegurados, faltando fazer apenas pequenos ajustes”, destacou Hildo Rocha.

Asfalto, base e sub-base novos

De acordo com o parlamentar, será implantado novo asfalto, base e sub-base. “Há uma emenda de bancada, que foi sugerida por mim, com a finalidade de garantir os recursos para pagar esse empreendimento do governo federal no Maranhão”, afirmou o deputado.

Críticas, cobranças e cortesia

O deputado disse que inúmeras vezes utilizou a tribuna da Câmara reclamando da demora do início dos serviços e lamentando as dificuldades que os usuários da estrada estavam passando em função da precariedade da BR-135, especialmente no trecho entre Matões do Norte até Peritoró.

“Demorou, mas a obra já iniciou. Espero que seja feita com qualidade. Vou fiscalizar para ter a certeza de que o serviço será executado da forma como deve ser feito a fim de assegurar que a obra tenha boa qualidade e, consequentemente, grande durabilidade. De qualquer forma, eu parabenizo o diretor-geral Santos Filho e toda a diretoria do Dnit”, declarou o deputado.

BR-222 (Entroncamento/Chapadinha)

Rocha ressaltou que o contrato que estava sendo questionado na justiça federal, referente à recuperação da BR-222, trecho de Entroncamento de Itapecuru até Chapadinha, já está resolvido.

“Os questionamentos feitos pela Justiça Federal do Maranhão já foram solucionados. Espero que o Dnit consiga iniciar a obra o mais rápido possível porque esse trecho de apenas 140 km também está muito ruim, uma buraqueira total. Reconheço que a demora não é apenas por parte do Dnit, houve um problema com a Justiça Federal que suspendeu o contrato e ocasionou o atraso da obra. Mas o caso está resolvido. Espero que o Dnit dê celeridade e comece logo a recuperação”, afiançou Hildo Rocha.

sem comentário »

Luta sem trégua: na tribuna da Câmara, Hildo Rocha diz que descaso do Dnit prejudica o Maranhão

Em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal, quinta-feira, o deputado Hildo Rocha classificou como absurdo e vergonhosa a situação em que se encontra a BR-135. “O Ministro dos Transportes, Dr. Tarcísio de Freitas e o Diretor-geral do Dnit, General Santos Filho, estiveram no Maranhão, eu acompanhei a vistoria que eles fizeram nas obras da BR-135. Percebi que eles têm muito interesse em fazer um bom trabalho. Fizemos reunião na sede do Dnit do Maranhão e ficou acertado que a restauração da BR 135, no trecho de Matões do Norte a Peritoró, seria iniciada imediatamente, mas as obras nunca foram iniciadas. A estrada está abandonada, como se fosse uma estrada sem uso. É muito descaso, é muita maldade do Dnit”, destacou o deputado.

Calamidade

De acordo com Hildo Rocha, a situação é de calamidade. “Já estamos no mês de junho e até agora o Dnit do Maranhão não cumpriu o que ficou acertado durante a visita do Ministro. No trecho entre Miranda do Norte, passando por São Mateus até Peritoró tem muitos buracos, mais de mil buracos, não é exagero, é a verdade. O percurso que era feito em vinte minutos agora é feito em uma hora e meia. Isso dá prejuízos, encarece os fretes, os produtos do Maranhão ficam mais caros, as viagens muito desconfortáveis. Agora, no período junino, que milhares de pessoas visitam São Luís, atraídos pelos encantos do nosso folclore, terão que passar por uma estrada destruída, isso é um absurdo”, lamentou o parlamentar.

Revolta popular atingiu o limite da paciência

Com visível irritação, Rocha disse que há muito tempo os deputados e senadores do Maranhão vem cobrando providências, insistentemente, mas o Dnit do Maranhão não resolve as demandas.

“Então, eu volto a lembrar o ministro Tarcísio e o Diretor do Dnit Nacional, o General Santos Filho, cuidem das BR’s do Maranhão porque o povo não merece isso, o povo maranhense precisa de mais atenção. Nós pagamos impostos para o governo federal nos propiciar pelo menos rodovias federais de qualidade e nem isso estão fazendo”, afirmou o Hildo Rocha.

sem comentário »