Terça-feira, 12 de novembro de 2019.

Nota de Pesar – Helena Leite

A Prefeitura de São Luís lamenta o falecimento na madrugada deste sábado (30) da radialista e produtora cultural Helena Leite, aos 67 anos.

Helena se tornou conhecida por sua trajetória no rádio em prol da cultura maranhense, atuando fortemente na divulgação e deixando um importante legado nestas áreas.

Neste momento de dor e saudade, o prefeito Edivaldo Holanda Junior manifesta solidariedade à família, amigos e admiradores da radialista, pedindo a Deus que conforte a todos.

 

 

NOTA DE PESAR CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS

A Câmara Municipal de São Luís, através da sua Mesa Diretora, lamenta o falecimento da radialista Helena Leite, fato, este, ocorrido na madrugada deste sábado (30).

Helena era uma profissional exemplar e respeitada; além de figurar como uma das vozes mais importantes no que se refere à defesa da cultura de São Luís e do Maranhão.

Ao longo de sua carreira, trabalhou em diversos veículos de comunicação, sempre levando a boa informação para os ouvintes e emitindo opiniões pautadas em um vasto conhecimento acerca dos mais variados temas, em especial os relacionados ao cenário cultural.

Nos solidarizamos com a família e amigos; rogando a Deus que a receba de braços abertos.

Vereador Osmar Filho

Presidente da Câmara Municipal de São Luís

 

 

 

sem comentário »

Bairro Bequimão receberá grande ação de limpeza da Prefeitura de São Luís neste fim de semana

Sexta (29) e sábado (30) a gestão do prefeito Edivaldo promoverá uma ação bota-fora no Bequimão com o objetivo de intensificar a limpeza no local; população deve deixar o que precisar ser descartado na frente de casa para que seja recolhido

Prefeitura de São Luís combate descarte irregular com grande ação de limpeza no Bequimão neste fim de semanaA gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, buscando garantir mais qualidade de vida e saúde para à população, segue intensificando as ações de limpeza nos bairros de São Luís e realiza, nesta sexta-feira (29) e sábado (30), o Bota-Fora Bequimão. Durante a manhã dos dois dias serão recolhidos os chamados resíduos volumosos – eletrodomésticos que não funcionam, pneus, móveis fora de uso, entulhos e outros pelas ruas do bairro. As ações bota-fora realizadas pela Prefeitura de São Luís este ano já somaram 55 toneladas de resíduos recolhidos. A ação é executada pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana e tem o objetivo de conscientizar a população sobre o descarte correto de resíduos sólidos.

 

As ações de limpeza no bairro Bequimão são constantes. A coleta domiciliar é feita de forma regular toda terça, quinta e sábado no período diurno, entretanto, o bairro tem pontos de acúmulo de lixo descartado irregularmente, por isso, a Prefeitura de São Luís concentrará os serviços de remoção manual e mecanizada no bairro e comunidades do entorno neste fim de semana.

 

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, destaca a importância da ação. “Os resíduos volumosos são recebidos nos 11 Ecopontos já entregues pelo prefeito Edivaldo e que estão em pleno funcionamento em São Luís. A entrega deve ser feita de forma voluntária pela população, mas no Bota-Fora a Prefeitura de São Luís faz o recolhimento porta a porta naqueles bairros onde o volume de descarte irregular é elevado”, disse.

 

BOTA -FORA

Durante o bota-fora, a partir das 8h, agentes de limpeza estarão nas ruas dos bairros, fazendo o recolhimento dos resíduos volumosos de porta a porta. Por isso, a Prefeitura de São Luís pede à comunidade que não acumule lixo no seu quintal e não o descarte de forma incorreta, deixando-o na frente de casa para que ele seja recolhido.

 

Equipes de educação ambiental do Comitê Gestor de Limpeza Urbana e o Cidadão Limpeza Cidade Beleza estarão visitando as casas, informando aos moradores sobre os prejuízos para a saúde pública e meio ambiente decorrentes do descarte irregular de resíduos sólidos nas vias públicas. A ação também vai incentivar o uso dos Ecopontos.

 

Encerrando a programação de atividades no sábado, às 8h30, o Cidadão Limpeza Cidade Beleza fará uma apresentação, onde conversará com a população, tirando dúvidas sobre os serviços de limpeza urbana e o manejo adequado do resíduo doméstico.

 

AÇÕES AMPLIADAS

A Prefeitura está ampliando as ações bota-fora ao longo de 2019. Este ano, já foram contemplados o Bairro de Fátima, que recebeu a programação no dia 25 de janeiro, resultado no recolhimento de mais de cinco toneladas de resíduos. Em fevereiro foi realizada uma ação conjunta nos bairros Radional, Vera Cruz e Santa Cruz. Durante os dois dias de programação mais de nove toneladas de resíduos foram recolhidas. Na semana passada a ação ocorreu na Forquilha e recolheu 40 toneladas de resíduos.

 

O que será recolhido?

Eletrodomésticos que não funcionam
Pneus
Móveis fora de uso
Entulho de obras
Resto de poda e capina

O que os moradores devem fazer?
Colocar em sua porta a partir das 8h de sexta-feira tudo aquilo que desejam descartar.

Secom – Prefeitura

sem comentário »

Comissão de Direitos Humanos ouve representante de donos de postos

Comissão de Direitos Humanos ouve representante de donos de postos A Comissão de Diretos Humanos e Minorias da Assembleia Legislativa do Maranhão realizou, na manhã desta terça-feira (26), uma reunião onde foram debatidos o aumento nos preços dos combustíveis e a possível formação de cartel pelos donos dos postos, principalmente, na Ilha de São Luís.

A reunião contou com as presenças dos deputados Duarte Júnior (PCdoB),  Zé Inácio Lula (PT), Wendell Lages (PMN), Adriano (PV), Edivaldo Holanda (PTC) e Wellington do Curso (PSDB), além do presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão (Sindcombustíveis-MA), Leopoldo Santos, do ex-diretor da Agência Nacional do Petróleo (ANP), professor Sidney, e do assessor técnico do Sindcombustíveis-MA, Alan Kardec.

Duarte Júnior, presidente da Comissão, fez uma avaliação positiva da reunião. Na ocasião, o presidente do Sindicombustíveis esclareceu alguns pontos referentes aos preços praticados no estado. “Foi uma reunião proveitosa, onde nós ouvimos o presidente do sindicato, Leopoldo, que esclareceu alguns pontos. É esse o nosso trabalho, fazer essas investigações para conseguir frisar os bons e maus empresários, bem como fomentar e incentivar o bom empreendedor e combater a ilegalidade”, afirmou o parlamentar, destacando a realização de uma audiência pública, na Assembleia Legislativa, onde o tema será debatido amplamente.

“É necessário discutirmos esse tema exaustivo para clarear a mente das pessoas e tornar o serviço mais transparente, pois, com maior transparência, não há criminalidade”, assegurou Duarte Júnior.

O vice-presidente da Comissão, deputado Zé Inácio, destacou que o aumento dos preços do petróleo e do dólar tem forte impacto nos Estados, com o consequente aumento dos preços dos combustíveis nos postos de todo o país. “Os donos dos postos de combustíveis foram bem claros ao afirmar que o aumento na bomba está se dando, principalmente, por conta dos aumentos que acontecem, quase que diariamente, pela Petrobras. Precisamos discutir aqui na Assembleia Legislativa, fazendo uma articulação com os nossos deputados estaduais, federais e senadores para saber de que forma a política adotada, hoje, pode ser revista”, disse.

Agenda positiva

“Eu quero deixar bem claro que não existe qualquer prática de cartel nos postos do Maranhão. O que existiu foi o aumento de impostos e mais os constantes aumentos praticados pela Petrobras, que tabela o seu preço de acordo com o aumento do dólar”, disse o presidente do Sindcombustíveis, Leopoldo Santos.

Ele defendeu a realização de uma agenda positiva entre a Assembleia e os donos dos postos. “Eu acho que, nesse novo momento, é louvável fazermos uma agenda positiva para que a gente discuta alguns detalhes, que agregue e melhore o nosso setor, não só em relação aos preços dos combustíveis, como também desmistificar a questão da existência de cartel. Somente nos últimos 42 dias, a Petrobrás aumentou os preços dos combustíveis em 21,53%”, informou Leopoldo Santos.

Ele também disse que São Luís está entre os cinco estados do país que comercializa o combustível com o preço mais barato. “O mercado aqui todo tempo está em baixa, pois temos sempre que vender abaixo dos preços das revendedoras, senão, não vendemos. Preço não é sinônimo de qualidade. Hoje, nós estamos na média dos mais baratos no país e não temos o menor interesse em aumentar o preço. A gente vive o tempo todo na berlinda”, afirmou o presidente do Sindcombustíveis, se colocando à disposição do Legislativo para encontrar soluções.

Aumento dos combustíveis

Em 42 dias, a Petrobras aumentou em 21.53% os preços dos combustíveis. No Maranhão, por exemplo, a formação do preço da gasolina ao consumidor foi de: 30,5%, de imposto estadual (ICMS/FUMACOPE); 28%, de preço na Petrobrás; 19%, de impostos federais (CID/PIS/COFINS); 13%, de Etanol adicionado; 9,5%, de transporte /Custos/Lucros na distribuidora e revenda e, de 100%, o preço da gasolina no posto. Resumindo, são de 49,5%, de impostos; 41%, o custo de produção e de 9,5%, de intermediação.

sem comentário »

Adriano lamenta transtornos causados por chuvas

Adriano lamenta transtornos causados por chuvas

O deputado estadual Adriano (PV) responsabilizou a Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado pelos transtornos causados à população nos últimos dias de intensas chuvas por toda a Ilha, com ruas e avenidas intrafegáveis, condomínios e casas alagadas. “Este é o resultado de 30 anos de prevalência do PDT na capital”, declarou, ressaltando que as sucessivas gestões pedetistas falharam ao longo dos anos em preparar planos de ação e obras de infraestrutura para enfrentar os efeitos danosos do período chuvoso.

Adriano também lembrou que vem alertando para os problemas das fortes chuvas deste o ano passado, quando apresentou emenda de sua autoria ao Orçamento do Estado que destinava R$ 5 milhões para melhorias de infraestrutura de São Luís. “Os recursos seriam remanejados da Secretaria de Governo, que tinha previsão orçamentária de R$ 73 milhões para este ano. A base governista na Assembleia Legislativa foi unânime em votar contra a emenda”, disse.

Assecom / Dep. Adriano Sarney

 

1 comentário »

Ciro Neto lembra tragédia que vitimou três parlamentares maranhenses em 1986

Ciro Neto lembra tragédia que vitimou  três parlamentares maranhenses  em 1986O deputado Ciro Neto (PP) ocupou a tribuna da Assembleia, na sessão desta segunda-feira  (25), para lembrar da tragédia que chocou o Maranhão há exatos 23 anos, quando, no dia 25 de março de 1986, um acidente aéreo provocou as mortes dos deputados estaduais Jean Carvalho, Valdir Filho, João Silva e do piloto da aeronave, Antônio Varques, o Tony.

De acordo com Ciro Neto, que é sobrinho de Jean Carvalho, o avião, um bimotor, caiu numa zona rural  próximo a Monção, a 244 quilômetros de São Luís,  quando se deslocava para a cidade de Imperatriz.

“Quatro vidas perdidas naquele trágico acidente, três eram deputados, como nós aqui neste plenário, hoje, com um pouco mais de um ano de mandato. Os deputados estavam em missão oficial da Assembleia, participando de projeto de Governo Itinerante que seria realizado naquele dia na cidade de Imperatriz”, disse Ciro Neto.

Ciro Neto disse que esta segunda-feira é uma data marcante, muito triste para o parlamento do Maranhão, porque registrou essa fatalidade, em que três jovens deputados faleceram de forma trágica, além do piloto, que também era uma figura bastante conhecida no seu círculo profissional.

sem comentário »

Prefeito Edivaldo detalha ações realizadas para atender ocorrências geradas pelas fortes chuvas

Equipes da Prefeitura de São Luís trabalham em várias frentes para reverter os resultados das fortes chuvas que atingiram a capital no último final de semana. Além do trabalho da Defesa Civil, depois do alto índice de 217 milímetros de precipitação registrado em 24h, mais de 30% acima do previsto, o poder público municipal vem intensificando os trabalhos em áreas como assistência social, infraestrutura e limpeza urbana. A atuação da força-tarefa, ação do Plano de Contingência, foi detalhada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior em coletiva à imprensa na manhã desta segunda-feira (25).

Somente na área de infraestrutura são mais de 170 agentes nas ruas atuando de forma a minimizar os impactos das chuvas. Comitê de Limpeza está com mais de 570 agentes atuando, que se somam aos da Defesa Civil, do Instituto de Paisagismo e da Secretaria da Criança e Assistência Social.

 

“Estamos acompanhando de perto e agindo de forma integrada para atender as famílias, oferecendo o apoio necessário. Nossas equipes estão nas ruas atuando para reverter os resultados das fortes chuvas, que ultrapassaram o previsto, e preventivamente para evitar outros transtornos. O poder público municipal tem colocado em prática as ações do Plano de Contingência, elaborado com base no monitoramento realizado permanentemente nas áreas de risco para atender prontamente as ocorrências registradas”, destacou o prefeito Edivaldo que passou o domingo vistoriando áreas de risco e em reunião com secretários e presidentes de órgãos.

 

No último fim de semana, foram registradas 15 ocorrências de deslizamentos nos bairros Sá Viana, Dom Luís, Vila Embratel, Coheb Sacavém, Izabel Cafeteira, Recanto dos Vinhais, Anjo da Guarda, Túnel do Sacavém, Vila dos Nobres, Quinta dos Machados, João de Deus, Salinas do Sacavém e Coroadinho. Em bairros como Anil, Vila Embratel, Fumacê, Gapara, Coroadinho, Janaina e Salinas Sacavém, foram registrados alagamentos; e nos bairros Coroadinho e Cohatrac foram registradas quedas de árvores.

Na força-tarefa, atuam secretarias como Segurança com Cidadania (Semusc), Obras e Serviços Públicos (Semosp), Assistência Social (Semcas) e Governo (Semgov), além da Subprefeitura do Centro Histórico de São Luís e órgãos como Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Fundação Municipal do Patrimônio Histórico (Fumph), Blitz Urbana e Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur). Os trabalhos contam ainda com a parceria do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), da Cruz Vermelha, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, assim como de igrejas e associações comunitárias.

 

O secretário municipal de Segurança com Cidadania, Héryco Coqueiro, destacou o trabalho permanente realizado pela Defesa Civil junto às famílias. “A Defesa Civil se faz presente constantemente nas áreas de risco, desenvolvendo um trabalho preventivo e contínuo de monitoramento e acompanhamento das famílias. Com o registro de ocorrências, estamos isolando as áreas e dando o suporte necessário para que as famílias sejam direcionadas a um local seguro”, disse o titular da Semusc.

 

Segundo o Núcleo de Meteorologia, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), nos dois últimos dias, já choveu o equivalente a 217mm, sendo que apenas da 0h até às 9h de domingo há um acumulado de 150mm, e que esse volume deve aumentar. Ainda conforme o núcleo, a média para o mês de maço é de 428mm; e até às 9h do último domingo foi registrado o volume de 582mm.

 

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Equipes da assistência social estão trabalhando junto às famílias impactadas pelas ocorrências. A Prefeitura de São Luís já está atendendo 85 famílias na Salina Sacavém e 25 famílias no Sá Viana. No total 380 pessoas estão sendo acompanhadas pela Assistência Social. Inicialmente, as famílias que não foram para casa de familiares estão sendo acolhidas em abrigos municipais, bem como em espaços comunitários como igrejas e associações.

 

A secretária municipal da Criança e Assistência Social, Andréia Lauande, explicou como está sendo prestada a assistência. “Inicialmente, atuamos identificando as famílias e abrigando-as em um local seguro. As equipes de assistentes sociais realizam avaliação individual socioeconômica de cada família, para possível inserção no Benefício Eventual Auxílio Moradia (aluguel social). É um trabalho muito delicado, considerando que muitas famílias construíram uma história naquele espaço e se recusam a deixar a área”, contou a secretária.

 

INFRAESTRUTURA

Na área da infraestrutura, 170 homens trabalham em serviços de desobstrução do sistema de drenagem da capital e na recuperação asfáltica, bem como no levantamento da situação nas áreas onde foram registradas ocorrências. Segundo o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo, muitas áreas de ocupação espontânea não possuem um sistema de drenagem adequado. “Estamos realizando o levantamento das necessidades de cada área para que a Prefeitura possa intervir de forma eficaz”, afirmou o titular da Semosp.

 

Para conter os impactos das fortes chuvas, a Semosp realiza também um trabalho permanente de manutenção de bueiros e galerias, com limpeza e desobstrução do sistema de drenagem da cidade. O secretário citou, ainda, grandes obras de drenagem executadas pela Prefeitura de São Luís em áreas como Santa Clara e Vila Apaco. “Esses eram pontos críticos na nossa cidade e graças à intervenção da gestão do prefeito Edivaldo, não apresentaram mais ocorrências”, concluiu Antonio Araújo.

 

LIMPEZA URBANA

Nesta segunda-feira (25), 578 profissionais da limpeza urbana estão nas ruas executando os serviços de capina, roçagem, varrição, remoção manual, remoção mecanizada, limpeza de praia e lavagem. Mais 171 profissionais atuam no serviço de coleta domiciliar, com sete veículos e 21 coletores ao todo. Para os serviços de limpeza são utilizados também equipamentos como duas caçambas e uma retro escavadeira. No último domingo (24), as equipes atuaram na remoção manual de entulho decorrente de desabamento na Praça Pedro II e de desabamento de fachada de casarão na Rua Jacinto Maia, na Praia Grande, e na remoção de árvores e galhos que desabaram por toda a cidade.

 

VISTORIA

No domingo (24), o prefeito Edivaldo, ao lado de secretários e demais gestores de órgãos municipais, percorreu áreas da capital que sofreram de forma mais direta com a ação das fortes chuvas que caíram na cidade desde a manhã do último sábado (23). A visita na área do Centro Histórico, onde foi registrado o desabamento de uma casarão, contou com a presença do superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Maranhão, Maurício Itapary.

 

Depois das visitas em algumas das áreas prejudicadas pelas fortes chuvas, o gestor municipal se reuniu com o secretariado municipal e com o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho, para definir as ações desta força-tarefa, que nesta segunda-feira (25) já estão sendo colocadas em prática com o objetivo de minimizar os transtornos causados.

sem comentário »

Querer colocar a Bíblia no centro da educação escolar significa devolver o Brasil às cavernas

A ideia do novo Governo ultraconservador de Bolsonaro é colocar a Bíblia no centro do ensino, não somente como matéria religiosa, e sim para servir de base até para matérias como matemática, história e geografia.

Juan Arias – El País

O Brasil é, depois dos Estados Unidos, o segundo maior país do continente americano. É uma das grandes democracias do mundo, com uma Constituição que sanciona a laicidade do Estado e sofre um grave atraso na educação pública. Uma educação que se revela incapaz de formar para um mundo em plena transformação, já dominado pela inteligência artificial que está nos transformando sem sabê-lo em algo ainda difícil de se imaginar.Bolsonaro em sua visita a Washington.

 

Nessa encruzilhada cultural brasileira, onde a cada dia se torna mais urgente a procura de novos e modernos métodos pedagógicos para formar os milhões de jovens que serão o Brasil da comunicação global, o novo Governo ultraconservador de Jair Bolsonaro propõe uma solução ao ensino que devolve o país às cavernas da pré-história. A ideia é colocar a Bíblia no centro do ensino, não somente como matéria religiosa, e sim para servir de base até para matérias como matemática, história e geografia.

 

MAIS ARTIGOS DO AUTOR

Querer colocar a Bíblia no centro da educação escolar significa devolver o Brasil às cavernas Brasileiros transformam em metáfora política a história das galinhas que se rebelaram contra a raposa

Querer colocar a Bíblia no centro da educação escolar significa devolver o Brasil às cavernas Marielle atemoriza porque representa tudo o que a estética bolsonarista combate e despreza

Querer colocar a Bíblia no centro da educação escolar significa devolver o Brasil às cavernas Por que o papa Francisco ordenou a abertura dos arquivos secretos do Vaticano sobre o Holocausto judeu?

Confesso que precisei ler várias vezes e verificar a veracidade das afirmações de Iolene Lima, anunciada como secretária-executiva do MEC e logo depois demitida, quando propunha, como solução para renovar a qualidade do ensino, que “seja baseado na palavra de Deus”. Significa, segundo ela, que a “geografia, a história e a matemática serão vistas sob a ótica de Deus, em uma cosmovisão cristã”. E que dessa forma “toda as disciplinas do currículo escolar serão organizadas sob a visão das escrituras”, referindo-se à Bíblia.

 

Mesmo que Iolene não esteja mais no MEC, o simples fato de ter sido lembrada para o cargo dá o que pensar sobre o tipo de ideias que rondam o alto comando da pasta. Pessoas como Iolene ao que parece não leram a Bíblia, especialmente o Antigo Testamento. Colocar os textos bíblicos nas mãos das crianças para que aprendam matemática ou o que for, é como colocar em suas mãos uma bomba atômica. Ou nos esquecemos de que a Bíblia, da qual existem mais de um milhão de estudos para tentar interpretá-la, é um dos textos mais complexos não só da literatura mundial como da religião judaico-cristã?

 

Essa loucura que querem fazer aqui no Brasil com a educação baseada na Bíblia me fez lembrar quando eu era jovem e estudava línguas semíticas no Instituto Bíblico de Roma, um dos maiores centros de excelência em estudos sobre as Sagradas Escrituras. Em uma matéria em que analisávamos o substrato na Bíblia da língua ugarítica (a língua mãe do hebraico) para melhor decifrar algumas das passagens mais difíceis de se traduzir do hebraico, nosso professor, P. Dahood, americano, nos disse: “Como estão vendo, a Bíblia não é para crianças”.

 

Ele se referia aos fatos escabrosos de teor sexual que contém, a imagem que ela apresenta de um Deus tirano, vingador, caprichoso, que mandava exterminar povos inteiros. E pedia que se fizesse sem compaixão. Um exemplo: quando Deus ordena a Saul que acabe com o povo de Amaleque, lhe ordena: “Vá, pois, e fira Amaleque e destrua tudo o que tem e não tenha piedade dele. Mate homens, mulheres e crianças, mesmo as de colo, vacas, ovelhas, camelos e burros. (1.Samuel 15:3).

 

Na obra de R. Dawkins, “Deus, Um Delírio”, se afirma que o Deus do Antigo Testamento, o que hoje o Ministério da Educação do Brasil propõe como monitor do ensino escolar, “é um personagem invejosos e orgulhoso de sê-lo, mesquinho, injusto, um controlador implacável, vingativo, limpador étnico, sedento de sangue”.

 

Se já é difícil explicar a uma criança os horrores e belezas que estão dentro do coração da Bíblia, um texto que deveria ser lido, como nos dizia meu pai, professor rural, “somente quando forem adultos”, não é difícil de entender o retrocesso cultural e pedagógico que pode significar ao ensino brasileiro, que até a matemática deva ser ensinada com a Bíblia.

 

Como filho de dois professores de escola, nutro raiva e ternura pelos sacrificados professores desse país, mal remunerados e nunca valorizados como mereceriam a seriedade e grandeza de sua missão. O atropelo que pretende obrigá-los a usar a Bíblia para uma educação “baseada na palavra de Deus” pode alinhar o país com as piores teocracias passadas e presentes, todas elas engendradoras de miséria cultural e espiritual.

 

E quero parabenizar uma professora que com senso de ironia e para liberar sua raiva diante do atropelo que pretende arrastar o Ministério da Educação, comentou que fará a conta com seus alunos, na aula de matemática, de quantas crianças “até de colo” o Deus da Bíblia mandou matar ao mesmo tempo em que pedia que o fizessem “sem misericórdia”.

 

É essa a escola que a sociedade, até a saudavelmente religiosa, a democrática e respeitosa das liberdades, deseja para o Brasil, ou a que pretendem impor, com as armas se puderem, os que desejam transformar as escolas nos novos centros de lavagem de cérebro?

 

sem comentário »

Após atritos, Maia exclui pacote anticrime de Moro de sua agenda na Câmara

Envolvido em um conflito com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) em torno do encaminhamento da reforma da Previdência no Congresso, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), deu a entender neste sábado (23) que o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro, está fora da agenda e não terá vez na pauta da Casa tão cedo. Moro enviou seu pacote para ser apreciado pelos deputados federais em fevereiro, antes do projeto de reforma da Previdência, e contava com celeridade no andamento da matéria. “A minha agenda é a reforma da Previdência”, afirmou ontem o presidente da Câmara após almoço com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB)….

Pedro Ladeira - 19.fev.2019/Folhapress

“Depois da Previdência, a nossa agenda é a reforma tributária e a repactuação do Estado brasileiro. É isso que queremos fazer. De que forma o governo vai ou não participar não é um problema meu, é um problema do Executivo”, disse Maia, sem elencar o projeto anticrime de Moro. “Esse é o grande objetivo de todos no Brasil, organizar as contas do Estado brasileiro.

 

” Moro estava insatisfeito após Maia mandar o projeto anticrime para análise em um colegiado de deputados com prazo de 90 dias para a conclusão dos trabalhos, renováveis por mais 90. No entanto, apesar do congelamento temporário da tramitação, o presidente da Câmara acenava com a possibilidade de colocá-lo na sua lista de …

SITE UOL

 

sem comentário »

Rádio é o meio com maior credibilidade. Whatsapp, o menor

Uma pesquisa realizada pela XP Investimentos e o Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) apontou que o rádio é o meio de comunicação mais confiável quando se trata da divulgação de notícias.Ouvinte de rádio

A partir de 1.000 entrevistas realizadas entre 11 e 13 de março, o público conferiu ao rádio um índice de 64% de reconhecimento de que as notícias transmitidas eram verdadeiras, contra 19% de que informações seriam falsas. O meio superou os jornais, que ficaram com os números de 61% X 24%, e a televisão, com 61% X 28%. Ou seja, para o público, a TV até mente mais que a mídia impressa.

A situação se inverte radicalmente quando chegamos à internet e às redes sociais. O meio digital é casa da mentira, segundo os entrevistados da XP e da Ipespe. Aliás, nem os portais de notícia escapam, com os internautas tendo a percepção de eles publicam apenas 32% de notícias verdadeiras contra 50% de mentirosas. Os sites e blogs ficam numa situação ainda pior: 28% de verdades X 52% de mentiras.

Mas nada se compara à enorme falta de credibilidade das redes sociais. O Whatsapp — onde as fake news se espalham pelos grupos familiares — conseguiu uma indicação de ter nada mais que 12% de notícias verdadeiras, contra 72% de mentiras. Uma posição de quase empate com o Facebook, que veicula, segundo o público, 11% de verdades contra 70% de informações falsas. O Instagram conseguiu um comparativo de 17% X 55% e o Twitter 16% X 52%.

Pesquisa aponta que o rádio é percebido pelo público como o veículo que transmite mais notícias verdadeiras.

 

Para Tuffy Habib, VP da Rádio Tupi, a alta credibilidade do rádio se explica pela grande proximidade do meio com o ouvinte. “Nenhum outro veículo tem uma participação tão íntima do público. O sujeito está no carro dirigindo e ouvindo rádio, vê um acidente ou uma árvore caída na pista, liga para a emissora e consegue, pouco depois, ouvir no ar a informação que ele próprio passou”, destaca o publicitário. Habib conta já ter percebido que o ouvinte tem a segurança de que a equipe de jornalismo das rádios vai apurar as informações que recebe. E, se tiver que corrigir, a emissora informará logo em seguida. “Ninguém mais tem essa agilidade”, garantiu o VP da Tupi.

Tarcisio Diamantino da Costa, que comanda o Sistema MDC de Comunicação, responsável pela Rádio Costa do Sol de Araruama, lembra que essa imagem do rádio não é de hoje: “O rádio é a mídia eletrônica mais antiga do mundo. Já cobriu guerras, revoluções, Copa do Mundo, Olimpíadas e muitos outros grandes eventos. Comparado com a mídia impressa, o rádio é muito mais ágil. Consegue dar a notícia no momento do acontecimento e atualizá-la com muita rapidez”, citou o empresário. E justifica a distância dos resultados para as redes sociais: “Toda emissora possui barreiras contra a fake news. Nossas informações são filtradas e checadas. Não é surpresa o rádio ser um veículo de tanta credibilidade”, completou.

 

Do Site Janela Publicitária

sem comentário »

Presidente do TJMA reafirma compromisso do Judiciário com os direitos das mulheres

Presidente do TJ-MA, Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos

 

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador Joaquim Figueiredo, afirmou que mais que uma simples data de comemorações o Dia Internacional da Mulher é, na verdade, uma inegável oportunidade para uma profunda reflexão sobre a situação do segmento feminino na sociedade.

O magistrado diz que, mundialmente vinculado às reivindicações femininas por Justiça e igualdade social, o Dia Internacional da Mulher indica que é necessário que seja continuado o trabalho em busca da concretização dos direitos já positivados no ordenamento jurídico, mas ainda não efetivados plenamente.
“Com essa preocupação, o Poder Judiciário do Maranhão conclama que todos  sigam juntos, de mãos dadas, trabalhando pela construção de um mundo melhor, de uma vida mais digna para todos, sem a violação dos direitos das mulheres”, asseverou.
Para o presidente do TJMA, o Dia Internacional da Mulher deve ser um referencial da luta incessante contra todas as formas de discriminação e de exploração, para que a mulher cidadã, orgulhosa de seu gênero, possa ocupar o espaço que lhe cabe na construção de uma sociedade mais justa.
“Reafirmamos o compromisso do Poder Judiciário com a defesa e o fortalecimento dos direitos das mulheres em prol do respeito e da efetiva igualdade de gêneros no Maranhão e no país. Que o sentimento de luta contra as injustiças impostas às mulheres continue presente todos os dias do ano”, assinalou.

Presidente do TJMA recebe desembargadores do Judiciário da Bahia

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Joaquim Figueiredo, recebeu nesta quinta-feira (7), em seu gabinete, a visita da corregedora-geral da Justiça da Bahia, desembargadora Lisbete Maria Teixeira Almeida Cézar Santos, e do corregedor das Comarcas do Interior do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Emílio Salomão Pinto Resedá.

Eles estavam acompanhados pelo corregedor-geral da Justiça do Maranhão, desembargador Marcelo Carvalho Silva.

Durante a visita, os magistrados falaram de assuntos institucionais, entre eles o Encontro dos Presidentes dos Tribunais de Justiça do país, que será realizado na cidade de Salvador (BA), quando o Tribunal de Justiça da Bahia completa 410 anos de existência.

sem comentário »