Domingo, 18 de agosto de 2019.

Programação da Passarela do Samba vai animar foliões no Carnaval 2019 de São Luís

Evento é promovido pela Prefeitura com o apoio do Governo; de sexta (1º) a terça (5), espaço no Anel Viário vai reunir grupos carnavalescos, blocos e as escolas de samba; ingressos podem ser trocados por um quilo de alimento não perecível no local, a partir das 16h

A Programação promovida pela Prefeitura na Passarela do Samba vai animar foliões no Carnaval 2019Diversão, alegria e muita folia é o que está previsto para a Passarela do Samba, no Anel Viário que abre a programação nesta sexta-feira, 1º. São mais de 70 atrações entre desfiles de grupos de tambor de crioula, tribos de índios, blocos afro e tradicionais e o desfile das escolas de samba. O Carnaval da Passarela é uma promoção da Prefeitura com apoio do Governo do Estado. Para ter acesso à Passarela, a cada dia de programação o público deve levar um quilo de alimento não perecível e trocar pelo ingresso, sempre a partir das 16h.

A programação, que inicia nesta sexta-feira (1º) de março, a partir das 18h, com a entrega da Chave da Cidade à Corte Momesca, encerra na terça-feira (5) com o Baile Popular do Blocão do Bicho. Na Quarta-Feira de Cinzas (6), será a apuração para escolha dos vencedores do desfile, no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, na Praia Grande.

O secretário municipal de Cultura (Secult), Marlon Botão, pontuou o momento especial da festa carnavalesca, onde a programação dos desfiles da Passarela do Samba é um dos pontos altos. “Esperamos que a celebração seja marcante para todos os brincantes do Carnaval de São Luís. A cada ano nos preocupamos em valorizar e fortalecer nossa identidade cultural com a apresentação de grupos folclóricos representativos. Será uma belíssima programação com desfiles dos blocos tradicionais, turmas de samba, blocos organizados e escolas de samba”, pontuou o gestor.

A acessibilidade foi priorizada na montagem da estrutura. A Passarela do Samba terá espaços adaptados para pessoas com deficiência, dificuldades de locomoção e idosos com disponibilidade de 500 lugares na área preferencial. A Prefeitura disponibilizará quatro cuidadores e quatro intérpretes de Libras nos cinco dias de evento. Serão desenvolvidas ainda campanhas sensibilizando para a valorização das pessoas com deficiência.

ABERTURA

A abertura do circuito oficial na Passarela do Samba, na sexta-feira (1º), será marcada por uma solenidade de entrega simbólica da Chave da Cidade, às 19h. Grupos de tambor de crioula, tribos de índios e blocos tradicionais do Grupo B abrem o primeiro dia de desfiles. No sábado (2), mais tribos de índios e blocos tradicionais do Grupo A abrilhantam a agenda de atrações.

Os blocos organizados e as turmas de samba dão o tom no domingo (3), terceiro dia de programação da Passarela do Samba, preparando para o esperado desfile das escolas de samba. As agremiações carnavalescas Terrestre do Samba, Mocidade Independente da Ilha, Império Serrano, Turma de Mangueira e Flor do Samba são as atrações do dia.

Na segunda-feira (4), as escolas de samba Unidos de Fátima, Túnel do Sacavém, Turma do Quinto, Favela do Samba e Marambaia se apresentam na Passarela. Antecedendo os desfiles, turmas de samba, grupos de tambor de crioula e blocos organizados abrem o dia de evento. Na terça-feira (5), o encerramento com o Baile Popular do Blocão do Bicho, a partir das 22h.

Os vencedores dos desfiles na Passarela do Samba serão conhecidos no dia da apuração do concurso, marcado para a Quarta-Feira de Cinzas (6), a partir das 14h, no Teatro Alcione Nazaré (Centro de Criatividade Odilo Costa, filho).

PROGRAMAÇÃO

DIA 1º/03 – SEXTA-FEIRA
A partir das 18 horas, apresentações de tambor de crioula na Tenda do Tambor

Desfile das Tribos de Índio
18h00 às 18h10 – Kaiapó
18h12 às 18h22 – Tupiniquim
18h24 às 18h34 – Kamayaurá
18h36 às 18h46 – Curumim
18h48 às 18h58 – Tapiaca Uhu

Desfile dos Blocos Tradicionais do Grupo B
20h00 às 20h20 – Os Gigantes
20h25 às 20h45 – Os Tradicionais do Ritmo
20h50 às 21h10 – Fênix
21h15 às 21h35 – Os Trapalhões
21h40 às 22h00 – Companhia do Ritmo
22h05 às 22h25 – Renovação do Ritmo
22h30 às 22h50 – Os Diplomáticos
22h55 às 23h15 – Os Guardiões
23h20 às 23h40 – Príncipe da Meia Noite
23h45 às 00h05 – Dragões da Liberdade
00h10 às 00h30 – Os Vingadores
00h35 às 00h55 – Os Gaviões do Ritmo
01h00 às 01h20 – Os Diferenciados do Renascer ou Ritmo
01h25 às 01h45 – Os Inacreditáveis
01h50 às 02h10 – Vinagreira Show
02h15 às 02h35 – Os Imbatíveis

DIA 02/03- SÁBADO
A partir das 18 horas, apresentações de tambor de crioula na Tenda do Tambor

Desfile das Tribos de Índio
18h00 às 18h10 – Sioux
18h12 às 18h22 – Tupinambá
18h24 às 18h34 – Guarani
18h36 às 18h46 – Upaon Açu
18h48 às 18h58 – Itapoã
19h00 às 19h10 – Carajás

Desfile dos Blocos Tradicionais do Grupo A
20h00 às 20h20 – APAE (não concorre)
20h25 às 20h45 – Os Gladiadores
20h50 às 21h10 – Os Baratas
21h15 às 21h35 – Os Guerreiros do Ritmo
21h40 às 22h00 – Kambalacho do Ritmo
22h05 às 22h25 – Príncipe de Roma
22h30 às 22h50 – Os Feras
22h55 às 23h15 – Os Curingas
23h20 às 23h40 – Reis da Liberdade
23h45 às 00h05 – Os Vampiros
00h10 às 00h30 – Os Brasinhas
00h35 às 00h55 – Tropicais do Ritmo
01h00 às 01h20 – Os Foliões
01h25 às 01h45 – Originais do Ritmo
01h50 às 02h10 – Os Apaixonados
02h15 às 02h35 – Os Tremendões

DIA 03/03 – DOMINGO
A partir das 18 horas, apresentações de tambor de crioula na Tenda do Tambor.

Desfile dos Blocos Organizados
18h30 às 18h45 – Os Cobras das Estrelas
18h50 às 19h05 – Unidos da Vila Embratel II
19h10 às 19h25 – Pau Brasil
19h30 às 19h45 – Canto Quente
19h50 às 20h05 – Dragões da Madre Deus

Desfile de Alegoria
20h10 às 20h25 – Tijupá

Desfile das Turmas de Samba
20h30 às 20h50 – Vinagreira do Samba
20h55 às 21h15 – Fuzileiros da Fuzarca

Desfile das Escolas de Samba
22h00 às 23h00 – Terrestre do Samba
23h10 às 00h10 – Mocidade Independente da Ilha
00h20 às 01h20 – Império Serrano
01h30 às 02h30 – Turma de Mangueira
02h40 às 03h40 – Flor do Samba

DIA 04/03 – SEGUNDA-FEIRA
A partir das 18 horas, apresentações de tambor de crioula na Tenda do Tambor

Desfile dos Blocos Organizados
18h30 às 18h45 – Beatos do Samba
18h50 às 19h05 – Unidos do Porto Grande
19h10 às 19h25 – Unidos da Vila Isabel
19h30 às 19h45 – Os Liberais
19h50 às 20h05 – Turma do Saco

Desfile das Turmas de Samba
20h30 às 20h50 – Ritmistas de São José de Ribamar
20h55 às 21h15 – Ritmistas da Madre Deus

Desfile das Escolas de Samba
22h00 às 23h00 – Unidos de Fátima
23h10 às 00h10 – Túnel do Sacavém
00h20 às 01h20 – Turma do Quinto
01h30 às 02h30 – Favela do Samba
02h40 às 03h40 – Marambaia

DIA 05/03 – TERÇA-FEIRA
A partir das 18 horas, apresentações de tambor de crioula na Tenda do Tambor

Desfile dos Blocos Afros
19h00 às 19h20 – Abiyêyê Maylô
19h25 às 19h45 – Juremê
19h50 às 20h10 – GDAM
20h15 às 20h35 – Didara
20h40 às 21h00 – Omnirá
21h05 às 21h25 – Officina Affro
21h30 às 21h40 – Abibimã
21h45 às 22h05 – Netos de Nanã
22h30 – ENCERRAMENTO com o Baile Popular do Blocão do Bicho

DIA 06/03 – QUARTA-FEIRA
14h – Apuração dos Concursos realizados na Passarela do Samba.
Local: Teatro Alcione Nazaré (Centro de Criatividade Odilo Costa Filho)

sem comentário »

Prefeitura realiza sorteio de jurados do Carnaval 2019 para os concursos da Passarela do Samba

Os 46 jurados habilitados vão avaliar o desfile das escolas de samba, blocos tradicionais e organizados; sorteio foi realizado de acordo com procedimentos recomendados pelo Ministério Público

Prefeitura realiza sorteio de jurados do Carnaval 2019 para os concursos da Passarela do SambaFantasia, samba-enredo, evolução. Essas são algumas das categorias que serão avaliadas pelos 46 jurados do Carnaval 2019 para o Concurso da Passarela do Samba, sorteados na segunda-feira (25), na sede da Secretaria Municipal de Cultura (Secult). Foram habilitados também 14 suplentes. A primeira etapa do sorteio aconteceu no sábado (23), na Sala de Multimídia do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, na Praia Grande. O Carnaval de Passarela é realizado pela Prefeitura de São Luís com o apoio do Governo do Estado.

O sorteio foi realizado de acordo com procedimentos recomendados pelo Ministério Público, que inclui sorteio dos jurados por categoria e, logo após, a análise dos currículos para atestar aptidão ou inaptidão de acordo com os critérios e impedimentos das categorias.

Os habilitados têm até quinta-feira (28), das 9h às 12h e das 14h às 18h para comparecer à sede da Secult para a assinatura do termo de compromisso. Os suplentes só serão convocados na desistência dos habilitados. “A escolha dos jurados teve a participação de representantes das escolas de samba, blocos tradicionais e blocos organizados exatamente para dar a devida transparência ao processo e manter a idoneidade de tudo relacionado ao Carnaval. Cabe ressaltar que também tivemos a presença de representantes do Conselho Municipal de Cultura, assegurando ainda mais a imparcialidade do resultado”, declara o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão.

A Chamada Pública Nº 01/2019 SECULT/PMSL que trata do concurso dos jurados recebeu 100 inscrições. Os 46 jurados habilitados vão avaliar o desfile das escolas de samba, blocos tradicionais e blocos organizados. Na categoria música/texto foram classificados 27 e na categoria evolução/dança foram 10 selecionados. Já nove jurados vão avaliar a categoria visual. Entre os 14 suplentes, são oito para música/texto, quatro para evolução/dança e duas para visual.

Esteva presente nos dois dias de sorteio a Comissão de Carnaval, formada por representantes da Secult, Conselho Municipal de Cultura (Comcult), Liga das Escolas de Samba e demais Agremiações Artísticas, Folclóricas e Culturais do Estado do Maranhão (Liesma), Associação Maranhense de Blocos Carnavalescos (AMBC) e da Academia dos Blocos Tradicionais do Estado do Maranhão (Abtema).

Para o presidente do Conselho Municipal de Cultura (Comcult), Wanderson Silva, a presença de representantes dos grupos participantes do Carnaval é democratizar e tornar todo o processo mais transparente, para que dessa forma a sociedade civil e os grupos estejam cientes de todas as etapas. “Assim, contribuímos para o desenvolvimento e crescimento do Carnaval de São Luís. Visamos, com isso, melhorar e amadurecer cada vez mais os processos de organização de um evento dessa magnitude”, explica.

JURADOS DO CONCURSO DE PASSARELA DO SAMBA CARNAVAL 2019

CATEGORIA MÚSICA/TEXTO

Alessandro José de Araújo Freitas

Alcely Rosa Rodrigues Correa

Cintia Cordeiro Ferreira

Edilson Fonseca Gusmão

Emerson de Paula da Silva Costa

Erivan Nery Martins Almeida

Fernando Campos Dutra

Geferson de Jesus Ferreira

Glaucia Monteiro Pontes

Jadsuel Barroso Monteiro

Jairo Moraes Pereira

João Evangelista Garcia Junior

Jairon Martins dos Santos

José Alberto Campos de Oliveira Junior

José de Arimatéia Monteiro Santos

José Raimundo Baltazar Costa Silva

Leonardo Correa Botta Pereira

Madson Costa Peixoto

Manoel da Conceição Santos Da Mota

Marcelo de Sousa Araújo

Marco Aurelio Aparecido Da Silva

Mariana Pinheiro de Sousa

Nelma Carafunim Barbosa Pereira

Plinio Santos Fontenelle

Ronaldo Pereira Ribeiro

Thays Conceição de Jesus Barbosa Silva

Valdeson de Abreu Monteiro

CATEGORIA EVOLUÇÃO/DANÇA

Ana Julia Martins Ferreira

Daniel Raimundo Almeida de Jesus

Edilson da Silva Brito

Eduarda Milena Aguiar Saraiva

Jorgean Braga Ribeiro

Josiane de Jesus da Silva

Munique Teixeira da Silva

Rafaela Marinho Cutrim

Samuel Wagner Sousa Guimarães

Silvana Raposo Cartagenes

CATEGORIA VISUAL

Edson de Lima Cartilho Gouvea

Frederico Fernando Souza Silva

Ivo Borgneth Rabelo

João Carlos Barbosa Belfort

José Moraes Junior

Leonardo Sartorio Yamamoto

Monica Rodrigues de Farias

Rita de Cassia Barbosa Pecegueira Anchieta

Wharles Klay Neves de Lemos

SUPLENTES

André Roberto Lopes Pereira – MÚSICA/TEXTO

Eriverton Nunes Mendonça Junior – VISUAL

Ione Antonia Pereira Coelho – VISUAL

Isabela Cristina Sousa Queiroz – MÚSICA/TEXTO

Ismaéle-Gádia Silva De Araújo – EVOLUÇÃO/DANÇA

Jessica Mendonça de Carvalho – MÚSICA/TEXTO

Joana Maria Bittencourt – MÚSICA/TEXTO

Maria Diana Matos Pereira – EVOLUÇÃO/DANÇA

Marinildes de Brito Sousa – EVOLUÇÃO/DANÇA

Patricia Regina Carneiro Brenha – MÚSICA/TEXTO

Reinaldo Coqueiro Rodrigues – MÚSICA/TEXTO

Reinilda De Oliveira Santos – MÚSICA/TEXTO

Thayrine Larissa Melonio Almeida – MÚSICA/TEXTO

Vanessa de Sousa Bastos – EVOLUÇÃO/DANÇA

sem comentário »

Justiça reconhece esforço da gestão municipal e homologa acordo de melhorias no Hospital da Criança

A Prefeitura de São Luís tem implementado esforços no sentido de melhorar as condições do Hospital Dr. Odorico Amaral de Matos; ações foram reconhecidas pelo poder judiciário em audiência ocorrida nesta sexta-feira (22)

Justiça reconhece esforço da gestão municipal e homologa acordo de melhorias no Hospital da Criança

 

Em audiência de conciliação conjunta realizada na Câmara Civil Isolada do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), nesta sexta-feira (22), a Justiça homologou acordo para o cumprimento de medidas no Hospital Dr. Odorico Amaral de Matos – Hospital da Criança. Após defesa apresentada pelo município, o desembargador Jorge Rachid, que presidiu a audiência, reconheceu as ações que vem sendo implementadas pela Prefeitura de São Luís no que diz respeito a melhoria do funcionamento da unidade de saúde.

“A Prefeitura está conduzindo essas questões com muita seriedade e comprometimento, e eu tenho certeza que com a homologação do acordo que estabelecemos nessa audiência, vamos dar solução aos problemas e fazer do Hospital da Criança uma grande casa de saúde”, afirmou o desembargador Jorge Rachid.

A audiência, que tratou de recurso interposto pela Defensoria Pública e Ministério Público do Maranhão contra a Prefeitura de São Luís e que pede o bloqueio dos recursos públicos destinados ao Carnaval para serem utilizados no Hospital da Criança, culminou na homologação de acordo para o cumprimento de medidas na unidade de saúde. Participaram da audiência o titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, juiz Douglas de Melo Martins; os desembargadores José Luís Oliveira e Alexandre Abreu; a promotora de Justiça da Saúde, Elisabeth Albuquerque, os defensores públicos Davi Rafael Veras e Jean Carlos Nunes; o procurador-geral da Câmara, Vitor Cardoso. A Prefeitura de São Luís foi representada na sessão pelo procurador-adjunto de São Luís, Domerval Alves Moreno Neto e pelo secretário municipal de Saúde, Lula Fylho.

O titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, juiz Douglas de Melo Martins, também destacou o comprometimento e a postura adotada pelo município para dar solução às questões dirimidas no acordo homologado nesta sexta-feira (22). “A Prefeitura tem adotando sempre uma postura responsável, assumindo os compromissos que podem cumprir, mas sem se isentar da necessidade de assumir outros compromissos que são efetivamente importantes para a melhoria do Hospital da Criança. O poder judiciário está muito satisfeito com a postura da administração municipal de assumir o compromisso de resolver as questões que foram colocadas aqui para melhoria do Hospital da Criança”, afirmou o juiz.

AVANÇOS

O secretário Lula Fylho considerou positiva a audiência e todos os aspectos acordados. Segundo ele, a reunião também foi salutar inclusive no aspecto de possibilitar à gestão municipal mostrar que muita coisa já foi realizada no Hospital da Criança e que o retrato apresentado na ação não condiz mais com a atual realidade da unidade, um aspecto que, inclusive, pôde ser constatado na visita realizada ao local, esta semana, na qual compareceram o Juiz Douglas de Melo Martins e dois defensores públicos que puderam observar os avanços obtidos na unidade, fruto dos investimentos empreendidos na atual gestão.

“A audiência serviu para discutirmos os próximos passos e não ficarmos presos a um retrato passado que não condiz mais com a realidade. Outro aspecto que eu considero importante destacar com a realização dessa audiência é que coloca dentro de um esforço coletivo de mudança diversos órgãos e poderes, tirando a responsabilidade apenas do município. Pois quando se quer avançar, os acordos em favor do bem comum são mais importantes que ficar conflitando. E a vontade de todos os envolvidos em contribuir com o avanço na área da saúde ficou muito bem claro na audiência”, observou o secretário Lula Fylho.

Em sua exposição na audiência de conciliação, Lula Fylho pontuou algumas melhorias já implementadas no Hospital da Criança. “Tivemos avanços significativos em todos os setores da unidade. O prefeito Edivaldo tem total interesse em resolver todas essas questões e cobra resolutividade. Afirmo, seguramente, que a realidade hoje no hospital é bem diferente do início do ano passado. Só para se ter uma ideia, estamos desde novembro passado sem nenhum paciente no corredor, apesar do aumento da demanda e da gravidade dos pacientes que tem chegado ao hospital vindos de todos os cantos do estado”, enfatizou.

Um dos pontos acordados na audiência diz respeito ao atendimento de pacientes recém-nascidos, de zero a 28 dias, que não é o perfil do hospital atender e estão fora do sistema de regulação de leito da unidade. “O município não tem responsabilidade de atender pacientes recém-nascidos, dentro dessa faixa etária, mas mesmo assim atendemos e enfrentamos muitas vezes a dificuldade com a falta de insumos necessários, uma das questões apontadas aqui na audiência. Mas a justiça entendeu esse aspecto quanto e, conjuntamente, dirimimos a realização de um melhor mapeamento desses atendimentos que não são de nossa responsabilidade, para que o Ministério Público tome providências acerca das responsabilidades sobre esse assunto”, disse o secretário.

Para a realização desse mapeamento, será criado um sistema pelo setor Tecnologia de Informação (TI) da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), com vistas ao melhor monitoramento das demandas de pacientes recém-nascidos. O sistema informará, inclusive, sobre o estoque de insumos, materiais e medicamentos para esses pacientes, fornecendo à administração do hospital dados precisos sobre a falta desses produtos, para que, assim, sejam tomadas providências no tempo mais breve possível e evite o desabastecimento.

PACIENTES

Conforme o secretário, cerca de 93% dos pacientes atendidos na ala vermelha do Hospital da Criança (dados de janeiro de 2019), são oriundos do interior do Maranhão, sendo que 43% são pacientes vindos de municípios não pactuados com a rede municipal de saúde de São Luís, para a prestação do atendimento. “Mas mesmo assim, nós não nos omitimos de atender nenhum desses pacientes. Ainda assim, conseguimos reduzir os óbitos em números absolutos. Reduzimos também os casos de infecções e estabelecemos muitas melhorias nos setor de nutrição, entre outras áreas”, acrescentou o gestor.

Ano passado foi feita compra de cerca de R$ 4 milhões de medicamentos e insumos. Esse ano, segundo o gestor, será comprado muito mais ainda para a unidade, com a melhoria dos processos de compra do sistema municipal de saúde.

sem comentário »

Cajari faz prévia do carnaval neste domingo

A cidade de de Cajari a 214 kms de São Luís na Baixada Maranhense estará com uma prévia do carnaval 2019 que acontecerá nos quatro dias do Reinado de Momo no próximo fim de semana. Neste domingo 24 de fevereiro a festa será iniciada no período vespertino com a saída do Bloco Tô de Boa, marcando presença nas ruas e no Cais da Alegria.

A prefeita Camila Jansen (PSDB) está convidando os cajarienses para este início dos festejos, e espera contar com todos, pois mesmo com dificuldades , realizará o carnaval, o que não acontecerá em vários municípios do Maranhão.

Camila Jansen disse que “está fazendo um grande esforço” pois este ano o próprio Governo do Estado também passa por um momento delicado, mas, segundo a prefeita, é preciso acreditar e promover o carnaval, uma festa que o povo sempre espera.De 2 a 5 de março o Carnaval será realizado no Cais da Alegria, contando com várias atrações, como Swing da Madame, Balada Quente,Kally Fonseca, Dinho Rabelo e Asa Show, e várias brincadeiras da própria cidade.

 

sem comentário »

Moro juiz x Moro ministro: a mudança radical de opinião sobre caixa dois

A cruzada de Sergio Moro pelo combate à corrupção começou a enfrentar obstáculos desde que ele deixou a toga de juiz e foi nomeado ministro da Justiça e Segurança Pública pelo presidente Jair Bolsonaro. Em um passado recente, o juiz curitibano fora celebrado durante as manifestações contra a corrupção. O Super Moro estampava camisetas e bonecos nas ruas e, enquanto a personificação da Operação Lava Jato, fazia palestras e dava entrevistas condenando veemente crimes como o caixa dois. “É uma trapaça”, dizia, sobre essa prática.

Mas agora, à frente do Palácio da Justiça, o ministro mudou seu discurso. Ao apresentar seu pacote de medidas para combater os crimes de corrupção –bandeira que elegeu Bolsonaro–, teve de fatiar em três partes o plano e deixar em separado a proposta que criminaliza a mesma prática de caixa dois condenada no passado porque “vieram reclamações” dos políticos. “Alguns políticos se sentiram incomodados de isso [crime de caixa dois] ser tratado junto com corrupção e crime organizado. Fomos sensíveis”, disse o ministro. O Governo sabe que, do contrário, o pacote não seria aprovado. Além disso, ao anunciar o fatiamento, o ministro ainda atenuou a gravidade desse crime, afirmando que “caixa dois não é corrupção”.

Siga a cronologia da mudança de opinião do ministro:

Agosto de 2016: Caixa dois é “trapaça”

“Eu particularmente sou favorável a essa criminalização [de caixa dois]. Tenho uma posição muito clara: eu acho que o caixa dois muitas vezes é visto como um ilícito menor, mas é trapaça em uma eleição. E há uma carência da nossa legislação de tipificar esse tipo de atividade. E essa carência acaba gerando suas consequências no sentido de que se isso não é criminalizado, é tipo como permitido”. A frase fora proferida pelo juiz durante um debate no Congresso sobre o pacote que promovia as 10 Medidas Contra a Corrupção, que acabou não sendo aprovado.

No mesmo debate, Moro afirmou que o que mais lhe chamou a atenção no decorrer das investigações da Lava Jato foi o fato de os investigados citarem “de forma muito natural” o pagamento e o recebimento de propina. Em um discurso de aproximadamente uma hora, o então juiz também cobrou maior participação do Executivo e do Legislativo no combate à corrupção.

Abril de 2017: “Caixa dois é crime contra a democracia”

Tem que se falar a verdade, caixa dois nas eleições é trapaça, é crime contra a democracia. Alguns desses processos me causam espécie quando alguns sugerem fazer uma distinção entre corrupção para fins de enriquecimento ilícito, e a corrupção para fins de financiamento de campanha eleitoral. Para mim, a corrupção para financiamento de campanha eleitoral é pior que para o enriquecimento ilícito”. Sérgio Moro falou a uma plateia de estudantes brasileiros na Universidade Harvard no dia 8 de abril de 2017, sobre diversos assuntos. Dentre eles, a corrupção. “Se eu peguei essa propina e coloquei numa conta na Suíça, isso é provável crime, mas esse dinheiro está lá, não está fazendo mais mal a ninguém naquele momento. Agora, eu utilizo isso para ganhar uma eleição? para trapacear numa eleição? Isso pra mim é terrível”, seguiu.

Novembro de 2018, sobre caixa dois de Onyx Lorenzoni

“Ele foi um dos poucos deputados que defendeu a aprovação do projeto das 10 Medidas [contra a corrupção] mesmo sofrendo ataques severos da parte dos seus colegas. Quanto a esse episódio do passado, ele mesmo admitiu seus erros e pediu desculpas e tomou as providências para repará-lo”, amenizou Sérgio Moro, no final do ano passado, quando já havia sido anunciado para compor o novo Governo.

Moro deu uma entrevista coletiva em que foi questionado sobre o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS). Lorenozini, atual ministro-chefe da Casa Civil, admitiu, em maio de 2017, que recebeu 100.000 reais de caixa dois da JBS para a campanha que o elegeu deputado federal em 2014. “Usei sem [fazer a] declaração das contas”, afirmou em entrevista para a rádio Bandeirantes de Porto Alegre. “Quero pedir desculpas ao eleitor que confia em mim pelo erro cometido”, afirmou ele, que foi relator do projeto 10 Medidas Contra a Corrupção.

Fevereiro de 2019: “Caixa dois não é corrupção”

“Não, caixa dois não é corrupção. Existe o crime de corrupção e existe o crime de caixa dois. Os dois crimes são graves. Aí é uma questão técnica”. Pressionado pelos parlamentares, Moro fatiou seu projeto, como amenizou o discurso sobre o caixa dois.

Site El País

Marina Rossi.

sem comentário »

Presidente da CNI é preso em operação que investiga corrupção no sistema S

O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade

O presidente da CNI (Confederação Nacional do Comércio), Robson Braga de Andrade, foi preso na manhã desta 3ª feira (19.fev.2019) em uma operação que investiga um esquema de corrupção que teria movimentado mais de R$ 400 milhões.

De acordo com a PF, o esquema de desvios envolve uma mesma família que, desde 2002, fechava contratos com o Ministério do Turismo e entidades do Sistema S –que inclui entidades paraestatais como Sesc, Senac, Sesi e Senai.

A PF ainda não divulgou o nome de todos os empresários que estariam envolvidos no esquema. Entre eles está Luiz Otávio Gomes Vieira da Silva, 1 dos donos da empresa Aliança Comunicação, que já havia sido preso pela em 2013.

Na operação, denominada Fantoche, são executados 40 mandados de busca e apreensão e 10 mandados de prisão temporária, nos estados de Pernambuco, Minas Gerais, São Paulo, Paraíba, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Alagoas.

Os crimes investigados são: fraudes licitatórias, associação criminosa e lavagem de ativos contra a administração pública. As investigações são respaldadas pelo TCU (Tribunal de contas da União).

A atuação do grupo consistia na utilização de entidades de direito privado, sem fins lucrativos, para justificar celebração de contratos e convênios diretos com o Ministério e Unidades do Sistema S.

Os contratos, em sua maioria, eram voltados para a realização de eventos culturais e de publicidade superfaturados. Os recursos eram posteriormente desviados em favor do núcleo empresarial por intermédio de empresas de fachada.

As medidas foram determinadas pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco, que ainda autorizou o sequestro e bloqueio de bens e valores dos investigados.

PODER 360

sem comentário »

Saiba quem é Floriano Peixoto, 8ª ministro militar da Esplanada de Bolsonaro

Ministro Floriano Peixoto ficou na vaga de Gustavo Bebiano

Floriano Peixoto Vieira Neto, 65 anos, é o novo ministro da Secretaria Geral da Presidência. Ele substituiu Gustavo Bebianno, que foi demitido do cargo na 2ª feira (18.fev.2019).

General de divisão, é o 8ª militar da Esplanada de Bolsonaro. Ao todo, 36,36% dos ministros são das Forças Armadas. No Palácio do Planalto, apenas Onyx Lorenzoni, chefe da Casa Civil, não é militar.

Parte inferior do formulário

Floriano Peixoto começou sua trajetória militar em 1973, na AMAN (Academia Militar das Agulhas Negras), onde se formou na Arma de Infantaria, em 1976.

Cursou a Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais e graduou-se na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército. Lá também frequentou o curso de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército.

Sob o mandato do Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas), foi o comandante da Minustah (Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti), de abril de 2009 até abril de 2010. Nesta época, ocorreu 1 terremoto em Porto Príncipe, capital haitiana. De acordo com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha, cerca de 3 milhões de pessoas foram afetadas pelo desastre natural.

Entrou para a reserva do Exército em março de 2014.

No currículo ainda consta a formação em Administração de Empresas, com MBA em Gerência Executiva.

ESPLANADA MILITAR

Com a escolha por Floriano Peixoto, o presidente Jair Bolsonaro se cerca cada vez mais de militares na Esplanada.

Eis os ministros militares do governo:

Informações do Site PODER 360

sem comentário »

Prefeitura de São Luís inicia montagem da Passarela do Samba no Anel Viário

A estrutura onde ocorrerá os desfiles das agremiações carnavalescas começou a ser erguida esta semana; programação da passarela começa na sexta-feira (1) e segue até Quarta-Feira de Cinzas (6)

Passarela do Samba começou a ser erguida no Anel ViárioA Prefeitura de São Luís deu início nesta semana à montagem da estrutura da Passarela do Samba, no Anel Viário. O trabalho integra o conjunto de ação que a Prefeitura de São Luís, em parceria com o Governo do Estado, promove para assegurar a realização do Carnaval com grande sucesso de público, garantindo organização, segurança e conforto aos brincantes. No espaço da Passarela acontecem os concursos de blocos tradicionais, escolas de samba, blocos organizados, blocos afros e tribos de índios.

Este ano a estrutura será ampliada em relação aos anos anteriores com o acréscimo de mais 15 frisas ao conjunto de espaços destinados ao público. A estrutura da Passarela do Samba ocupa uma extensão de 200 metros de pista com seis arquibancadas montadas ao longo da avenida com capacidade para receber até 10 mil pessoas.

O número de camarotes será o mesmo do ano passado: 26, cada um com capacidade para até 20 pessoas, além do espaço institucional para acolher até 140 pessoas. A estrutura da passarela conta ainda com sete cabines destinadas aos jurados, além de espaço com acessibilidade destinado a pessoas com mobilidade reduzida e idosos.

Nas imediações da passarela também serão instalados banheiros químicos, central de atendimento de urgência para casos de saúde, barracas de bebidas e comidas em seu entorno e área de concentração de agremiações.

A abertura oficial do espaço acontece na sexta (1º de março) e a programação se estende até a Quarta-Feira de Cinzas (6 de março). “Nós estamos com o cronograma de montagem da Passarela do Samba em dia. A previsão é de grande participação da população no Carnaval de Passarela 2019, com preocupação especial com as pessoas com deficiência, dificuldade de locomoção e idosos. Este ano, teremos 500 lugares na área preferencial da Passarela, quatro cuidadores e quatro intérpretes de Libras nos cinco dias de evento, além de campanhas que serão realizadas no local para a garantia e valorização dos direitos destes cidadãos”, disse o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão.

Paralelamente à montagem da estrutura metálica, a Prefeitura trabalha com a colocação das torres de iluminação exclusivamente instaladas para atender às necessidades do evento. Em conjunto, estas torres garantem iluminação em torno de 185kW de potência. A execução da montagem de iluminação é da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp). Nas proximidades do circuito do destile das agremiações carnavalescas, a Semosp realiza requalificação asfáltica das vias.

ACESSIBILIDADE

Com a finalidade de garantir acesso a todos os públicos no Carnaval de Passarela, a Prefeitura de São Luís vai promover acessibilidade a pessoas com baixa mobilidade e também idosos. Para a Passarela do Samba, foi estabelecida uma parceria com o Projeto Travessia, realizado pela Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (Mob), que vai oferecer transporte especial gratuito para pessoas com deficiência, usuária de cadeira de rodas. O serviço vai levar 15 cadeirantes por dia durante os dias do Carnaval. Cada van do Travessia comporta quatro cadeirantes, quatro acompanhantes e dois deficientes visuais.

Para os idosos, a Prefeitura vai reforçar as ações para a valorização deste público. Na Passarela do Samba serão destinados 500 lugares na área preferencial e ainda quatro cuidadores e quatro intérpretes de libras nos dias de evento, além de campanhas que serão realizadas no local para a garantia e valorização dos direitos destes cidadãos.

PROGRAMAÇÃO

Na terça-feira (12), a Prefeitura de São Luís divulgou a programação oficial da Passarela do Samba. Na sexta-feira (1º de março), a partir das 18h, a festa começa com apresentações de tambor de crioula na Tenda do Tambor. Também às 18h acontece desfile das tribos de índios e de blocos tradicionais do Grupo B, a partir das 20h.

No sábado (2), a partir das 18h, se apresentam grupos de tambor de crioula na Tenda do Tambor. As tribos de índios e os blocos tradicionais do Grupo A fecham a noite. Já no domingo (3), a partir das 18h, se apresentam grupos de tambor de crioula na Tenda do Tambor. Às 18h30, desfilam os blocos organizados e logo depois, se apresentam alegorias e turmas de samba. Neste dia também começam os desfiles das escolas de samba.

Na segunda-feira (4), a partir das 18h, se apresentam grupos de tambor de crioula e blocos organizados, seguidos pelas turmas de samba. Logo após escolas de samba encerram a noite.

A terça-feira (5), último dia de desfiles na Passarela, tem apresentações de tambor de crioula, blocos afro e o encerramento oficial com o Baile Popular do Blocão do Bicho. Na Quarta-Feira de Cinzas (6), às 14h, será a apuração dos concursos realizados na Passarela do Samba, com local ainda a definir. A programação completa pode ser acessada no site da Prefeitura (http://agenciasaoluis.com.br/noticia/23013/)

sem comentário »

Ação de Hildo Rocha contribuiu para a aprovação de projeto de lei antiterrorismo

O deputado federal Hildo Rocha atuou com firmeza na aprovação do Projeto de Lei 10431/2018, do Poder Executivo, que institui procedimentos para a prevenção de atos terroristas. O objetivo essencial do projeto é agilizar procedimentos de bloqueio de bens e facilitar a identificação de empresas e pessoas associadas ao crime de terrorismo e também à proliferação de armas de destruição em massa. A proposta agora será analisada pelo Senado Federal, em seguida irá a sanção presidencial.

“Com a aprovação dessa lei o Brasil cria condições para atender a legislação internacional referente a esse tema, de acordo com o que recomenda o Conselho de Segurança das Nações Unidas. O que nós fizemos aqui inúmeros países já fizeram”, explicou Hildo Rocha.

A falta de legislação específica que determine o bloqueio de bons de pessoas ou empresas que tenham vínculos com a prática de atos terroristas pode levar o Brasil a sofrer sanções ou restrições internacionais nos campos político, diplomático e financeiro pois o país participa do conselho, como membro rotativo, e também é membro do Grupo de Ação Financeira Internacional (Gafi), cujo foco é o combate à corrupção e à lavagem de dinheiro, inclusive se associados a atos de terrorismo.

Nova configuração do terrorismo

De acordo com Hildo Rocha, nos últimos anos o terrorismo ganhou nova figuração. “O que aconteceu no Estado do Ceará, recentemente, é um exemplo. O poder público foi afrontado, a população ficou apavorada, os prejuízos ao Estado são enormes. Os atos praticados contra a população afetaram o turismo e destruíram vidas humanas”, destacou.

O parlamentar disse que uma das formas de impedir a prática de atos terroristas é bloqueando as fontes de financiamento das ações.

“O dinheiro para comprar o combustível utilizado para provocar os grandes incêndios que destruíram casas, carros e outros bens materiais do Estado e da população, não saiu do bolso daqueles delinquentes que praticaram os atos terroristas, alguém patrocinou. É esse tipo de situação que temos que impedir”, argumentou Hildo Rocha.

Terrorismo no Rio de Janeiro

O deputado disse que o Estado do Rio de Janeiro também tem sido frequentemente vítima de atos terroristas. “Diariamente acontecem atos terroristas no Rio. Muitos nem chegam ao conhecimento da população porque não são noticiados pelos grandes veículos de comunicação. Isso reforça a necessidade de se aprovar o Projeto de Lei 10431/2018 que facilitará a prevenção de ações terrorista”, afiançou Hildo Rocha.

sem comentário »

O que o ministro Paulo Guedes já falou sobre a reforma da Previdência

DO SITE PODER 360

O governo federal entra nesta 2ª feira (11.fev.2019) em uma espécia de stand by. O presidente da República, Jair Bolsonaro, ainda está internado. Exerce a função de 1 quarto no Hospital Israelita Albert Einstein.

Liderada pelo ministro Paulo Guedes (Economia), a equipe econômica aguarda a alta do presidente –ainda sem data definida– para definir como será o projeto de reforma da Previdência a ser enviado ao Congresso nas próximas semanas. O time trabalha com várias opções. Caberá ao presidente da República bater o martelo e escolher a definitiva.

Em jantar do Poder360-ideias, Guedes adiantou alguns pontos. Falou em um novo regime trabalhista para jovens que ingressarem no mercado de trabalho, com“menos direitos e muitos empregos”, detalhou o funcionamento do sistema de capitalização e defendeu que homens e mulheres tenham a mesma idade mínima para aposentadoria.

Poder360 preparou 1 infográfico com o que Paulo Guedes já declarou a respeito da reforma da Previdência (clique na imagem para ampliar):

 

sem comentário »