Prefeitura de Bacabeira realiza obras de asfaltamento

Avenida Santo Antônio em Bacabeira sendo recuperada.

Avenida Santo Antônio em Bacabeira sendo recuperada.

A Prefeitura de Bacabeira, através da Secretaria de Infraestrutura, está dando continuidade ao cronograma de obras de recuperação asfáltica e drenagem de ruas e avenidas da cidade. Depois da Rua do Porto e da Avenida Teodoro Costa Ribeiro, no Distrito de Peri de Baixo, mais duas vias foram contempladas, a Rua do Matadouro, situada na mesma localidade, e a Avenida Santo Antônio, no Povoado de José Pedro.

A obra, realizada com recursos próprios do Executivo Municipal, inclui serviços de drenagem profunda; construção de meio fio, além de sarjetas e aplicação de asfalto nas vias.

“Estamos dando continuidade a esse trabalho de asfaltamento nas ruas e avenidas de Bacabeira para proporcionar melhor trafegabilidade a pedestres e motoristas e dar mais segurança ao trânsito em nosso município”, afirmou o prefeito Alan Linhares.

Os serviços serão realizados em todas as vias de acesso da cidade, com prioridade para as vias mais precárias e desgastadas pela ação das chuvas e alagamentos. Segundo o prefeito, as obras, além de garantirem melhoria no tráfego, irão resolver ainda problemas de escoamento da água em alguns locais. “Temos ruas em Bacabeira que, mesmo asfaltadas, persistem alagamentos em época de chuvas. Esses serviços deverão resolver esse problema em definitivo”, concluiu.

Acesso às escolas – Até o início do próximo mês, a Prefeitura de Bacabeira irá realizar o asfaltamento de todas as vias que dão acesso às novas unidades de ensino e ao Centro de Capacitação Tecnológica, que serão inaugurados durante a programação de comemorações de aniversário do município.

 

sem comentário »

Gasolina mais barata pode estar caracterizando prejuízo ao consumidor

Foto meramente ilustrativa

Foto meramente ilustrativa

Quem circula pela cidade tem percebido: a gasolina está mais barata. Mas o que parece ser uma vantagem ao consumidor pode estar representando um risco. Denúncias feitas ao Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão relatam que um grande volume do produto tem sido desviado do Porto do Itaqui.

Em média, cerca de 60 navios atracam no local transportando 50 milhões de litros de combustível cada, que são distribuídos entre os estados do Maranhão, Piauí, Tocantins, parte do Ceará, Pará e Manaus.

“Chegou ao nosso conhecimento que de 5 a 10 milhões de litros estão sendo desviados por mês através de uma logística simples: caminhões estacionam à noite nos pátios das empresas que operam no Porto para serem abastecidos com o produto desviado”, revela Orlando Santos, presidente do SindCombustíveis-MA.

Com isso, explica o presidente, ocorre sonegação de impostos, lesão econômica às distribuidoras, adulteração do produto ou da bomba de combustíveis. O alerta, complementa, surgiu quando o preço do combustível começou a cair inesperadamente e sem motivos. “Como pode um revendedor comprar gasolina comum a R$ 2,41 e vendê-la a R$ 2,29? Esse preço abaixo do que está sendo comercializado é um indício de que alguns revendedores estão de alguma forma se beneficiando do esquema”, avalia.

Santos diz ainda que não pode comprovar quem e quantos estão cometendo esse crime. Só espera não haver conivência de gente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap). “Precisamos alertar o consumidor de que ele é o maior lesado, pois pode estar abastecendo com combustível adulterado nas bombas ou no líquido”, ratifica.

A adulteração na bomba acontece quando o consumidor pensa ter abastecido 1 litro, por exemplo, mas na verdade só recebeu 800 ml. Já a adulteração no produto ocorre quando ele é misturado a solvente, o que prejudica o funcionamento do veículo.

“O Sindicato tem atuado com transparência, procurando dialogar, manter o equilíbrio do mercado e declarando guerra aos maus empresários. Queremos que as autoridades competentes como a Polícia Federal e o Ministério Público fiscalizem o setor e ajam com rigor para coibir essa prática”, finaliza Santos.

Nesta segunda-feira (7), Orlando Santos viajou para o Rio de Janeiro, onde será recebido pela diretoria da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Lá, conversará sobre o que está acontecendo no Maranhão.

Informações do Sindicato dos Combustíveis do Maranhão.

Nota do Blog

Toda vez que a guerra de preços entre donos de postos de combustíveis em São Luís é deflagrada, o Sindicato dos Donos de Postos vem com matérias explicativas e deixa suspeição sobre vários empresários do setor. No entanto, não existe nenhum comunicado do próprio Sindicato sobre quem são e quais são os empresários que poderiam estar vendendo gasolina e álcool de forma irregular, enganando o consumidor com os vários artificios.  Então está na hora do próprio presidente Orlando Santos divulgar, de quem são os caminhões, para onde vão e quais os postos que se beneficiam de tal esquema. Assim ficará mais fácil para as autoridades investigarem e acabar com esta “máfia”.  

sem comentário »

‘Não existe um Deus católico, mas um Deus’, diz papa

98357_ext_arquivoEm entrevista ao fundador do jornal La Repubblica, Eugenio Scalfari, chegou até a alertar que não acredita em um “Deus católico”, mas em um Deus de todos. Para ele, Deus tem um conceito que vai além do catolicismo. “Não existe um Deus católico. Há um Deus.” Ele, porém, alerta: “Religião sem misticismo é apenas filosofia”.

Nessa terça-feira, 1, o grupo de oito cardeais convocados por Francisco começou a apresentar os detalhes de todas as ideias que nos últimos meses recolheram pelo mundo sobre a reforma da Igreja. O processo será longo.

Essa será sua principal obra e ele quer deixar a mudança como seu principal legado, atacando o egoísmo dentro dos muros da Igreja, o fato de a Santa Sé apenas defender seus interesses e um comportamento de bispos que não condiz com o cristianismo. “Esse é o início de uma Igreja com uma organização não tão vertical, mas também horizontal”, apontou o papa, apostando em uma Igreja menos centralizada.

Ao retornar de sua viagem ao Brasil, o papa já havia indicado que não seria ele quem julgaria os gays. Ontem, reforçou a ideia de que não será ele nem o Vaticano que julgarão o bem e o mal. Na entrevista publicada nessa terça, uma vez mais Francisco dá sinais concretos de que quer uma Igreja aberta. “Estar aberto à modernidade é um dever”, insistiu, revelando o que vai querer de sua reforma.

Ao falar sobre o narcisismo, o papa foi contundente. “Não gosto da palavra narcisismo”, disse. “Indica um amor fora de lugar por si mesmo. O verdadeiro problema é que os mais afetados por isso, que na realidade é uma espécie de desordem mental, são pessoas que têm muito poder”, atacou. “Muitas vezes, os chefes são narcisistas.”

O papa chegou a elogiar alguns membros da Teologia da Libertação, tendência atacada pelo Vaticano, e aponta que foi justamente a perseguição contra esses padres que o politizou. “Isso lhes deu um plus político à sua ideologia, mas muitos deles eram crentes com um alto conceito de humanidade.”

Igreja feminina. Ele não deixou de atacar o “liberalismo selvagem que converte os fortes em mais fortes e os fracos em mais fracos e os excluídos em mais excluídos”. Para ele, o Estado precisa corrigir “as desigualdades mais intoleráveis”.

Jorge Bergoglio voltou a insistir que uma “Igreja missionária e pobre é mais válida do que nunca”. “Essa é a Igreja que Jesus pregava.” O papa deu sinais de que a participação da mulher na Igreja também será alvo da reforma. “Não se esqueça de que a Igreja é feminina.”

sem comentário »

Prefeito apresenta prestação de contas durante audiência pública

FOTO ITBI 066Em audiência pública realizada na Câmara Municipal de São José de Ribamar, o prefeito Gil Cutrim (PMDB), apresentou o balanço financeiro e contábil da sua administração, referente ao segundo quadrimestre deste ano.

Em menos de três anos, esta foi a décima vez que Gil Cutrim, em cumprimento ao que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal e, de forma especial, em respeito à população, promoveu audiência pública para apresentar aos ribamarenses e a classe política de São José de Ribamar como e onde os recursos públicos do município estão sendo empregados.
Em sua explanação, Gil Cutrim mostrou que, diante da crise financeira que continua prejudicando todos os municípios brasileiros, as contas da Prefeitura continuam equilibradas mantendo, por exemplo, os repasses para as Secretarias e o custo com pessoal dentro dos limites constitucionais determinados pela LRF.
Cutrim mostrou-se esperançoso no que diz respeito ao Governo Federal amenizar, até o fim do ano, as perdas financeiras sofridas pelo município em razão da diminuição de repasses do FPM e Fundeb.
A iniciativa do prefeito de apresentar, mais uma vez, a prestação de contas do município foi elogiada pelos participantes da audiência, que a classificaram como um ato de transparência com a coisa pública.
“São poucos os prefeitos no Maranhão que, de quatro em quatro meses, vem a Casa do Povo [Câmara Municipal] prestar, de forma detalhada, informações sobre a administração. Essa iniciativa do prefeito Gil demonstra que ele executa uma gestão participativa e voltada para a transparência”, afirmou o vereador Artuzinho, do PDT.
Também participaram da audiência o vice-prefeito Eudes Sampaio (PT do B); os vereadores Beto das Vilas (PMDB – presidente da Câmara), Lázaro (PV), Djalma (PSL), Marlene Monroe (PTB), Nonato Lima (PP), César Vieira (PSDC), Negão (PMDB), Valdo Coelho (PHS), Antônio Augusto (DEM), Professor Lister (PDT), Celso da Kiola (PT do B), Jô Viana (PSL), Valberlena (PSDC) e Henrique Queen (PDT).
sem comentário »