Prefeitura de Ribamar lança calendário 2012 de pagamento dos servidores

Dando continuidade às ações de valorização dos servidores do município, a administração do prefeito Gil Cutrim (PMDB) lançou, nesta segunda-feira (30), o calendário 2012 de pagamento dos funcionários da Prefeitura de São José de Ribamar. O pagamento do mês de janeiro, conforme consta no referido calendário, será efetuado nesta terça-feira (31).
O calendário anual de pagamento da prefeitura ribamarense tem como principais objetivos valorizar os funcionários públicos, auxiliá-los em suas programações financeiras e contribuir, ainda, com a movimentação da economia da cidade.
Além dos dias exatos de cada mês nos quais os servidores terão os seus vencimentos depositados em suas respectivas contas bancárias, no calendário também constam os dias e os meses nos quais serão pagas as parcelas do 13º salário; e a data na qual será efetuada o pagamento do 14º salário dos profissionais do magistério.
“O calendário anual de pagamento é um mecanismo importante, através do qual, podemos nos programar financeiramente, visto que, sabemos, desde agora, o mês e o dia nos quais receberemos nossos proventos. É uma ação importante, iniciada na gestão do ex-prefeito Luis Fernando, e que teve continuidade, desde o ano passado, com o prefeito Gil Cutrim. Nós, servidores, só temos que agradecer a postura transparente, correta e sensível destes dois grandes gestores públicos”, afirmou a servidora Cláudia Carneiro.
Gil Cutrim fez questão de ressaltar a contribuição diária que os funcionários da prefeitura dão para que o governo municipal chegue com as políticas públicas necessárias em todas as localidades de São José de Ribamar. De acordo com o prefeito, valorizar o funcionalismo público é investir no oferecimento de um serviço de melhor qualidade direcionado para o povo do município.
Ainda com referência à política de valorização do funcionalismo público de São José de Ribamar, o prefeito Gil Cutrim, recentemente, concedeu uma série de importantes benefícios para os servidores – ele homologou o concurso público realizado, ano passado, para o preenchimento de 400 novas vagas na estrutura administrativa da prefeitura; implantou reajuste salarial (ou reposicionamento) para os servidores efetivos, de acordo com o tempo de serviço prestado; instituiu o novo Estatuto do Servidor Público de São José de Ribamar; instalou a Junta Médica dos servidores municipais; lançou o Portal do Servidor (www.saojosederibamar.ma.gov.br/servidor); implantou o Plano de Carreiras, Cargos e Remuneração; concedeu reajuste salarial para os diretores e professores das Escolas Municipais; dentre outras.
Calendário 2012 de pagamento dos servidores do município de São José de Ribamar
Janeiro – nesta terça-feira, dia 31
Fevereiro – dia 29
Março – dia 30
Abril – dia 30
Maio – dia 31
15 de junho – 1ª parcela do 13º salário
Junho – dia 28
Julho – dia 31
Agosto – dia 31
Setembro – dia 28
Outubro – dia 31
16 de novembro – 14º salário do magistério
Novembro – dia 30
14 de dezembro – 2ª parcela do 13º salário
Dezembro – dia 28
sem comentário »

Sedihc lança campanha do Registro Civil no Maranhão

Com o objetivo de contribuir para que a população maranhense tenha acesso aos Direitos Humanos, por meio da erradicação do subregistro civil de nascimento, foi lançada, nesta sexta-feira (27), no auditório da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Cidadania (Sedihc), a campanha nacional do Registro Civil de Nascimento.
         Estiveram presentes, representantes do Comitê Gestor Estadual – formado por diversos órgãos públicos e privamos –, além da sociedade civil. A secretária de Estado de Direitos Humanos e Cidadania do Maranhão, Luiza Oliveira, ressaltou a importância da campanha para o Estado. “O Registro Civil de Nascimento leva também dignidade e cidadania às pessoas. O primeiro passo foi dado, agora as equipes da Sedihc vão montar um plano de execução da campanha”, ressaltou.
         Os mutirões devem começar a ser realizados em março deste ano, em diversas regiões do Maranhão. “Nós já mapeamos o Estado com base nos dados oferecidos pelo IBGE [Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE], agora vamos executar os trabalhos a partir de março”, informou a coordenadora da Campanha pelo Registro Civil no Maranhão, Graça Moreira.
         Além dos mutirões, a mobilização inclui também a instalação de Unidades Interligadas para possibilitar a emissão da certidão de nascimento ainda na maternidade. As ações se darão, também, por meio de campanha publicitária de veiculação em rádios, TVs e materiais impressos.
         A campanha pela erradicação do subregistro começou, no Maranhão, em 2009 e já realizou 34 mutirões em 70 municípios maranhenses e emitiu mais de 1.320 registros civis de nascimento.
sem comentário »

Moradores do Alto do Turu ganham Escola Municipal

Em solenidade realizada nesta quinta-feira (26), o prefeito Gil Cutrim (PMDB) inaugurou a Escola Municipal do Alto do Turu, bairro localizado no município de São José de Ribamar.
A festa de inauguração contou com as presenças de diversas lideranças políticas e comunitárias da cidade, além do ex-prefeito e atual secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Luis Fernando Silva.
Construída com recursos próprios do município, a unidade de ensino do Alto do Turu é a quarta Escola Municipal inaugurada pelo prefeito Gil Cutrim em pouco mais de um ano – as outras três foram a Escola Municipal Liceu Ribamarense II (no Parque Jair), Escola Municipal Raimundo Rocha Leal Júnior (Vila Tamer) e Escola Municipal do Residencial Olímpico (Residencial Olímpico), todas também construídas, equipadas e mantidas com recursos próprios da prefeitura.
Localizada na Avenida Principal do bairro, onde a prefeitura está executando obras de pavimentação e urbanização, a E.M do Alto do Turu atenderá a 300 alunos, nos turnos matutino e vespertino, distribuídos no Ensino Fundamental e Educação Infantil. Possui ótima infra-estrutura (quatro salas de aula; sala de multiuso climatizada, com biblioteca e computadores interligados a Internet; sala de professores, secretaria, cozinha industrial, dentre outras) que atende a todos os padrões de qualidade estabelecidos pelo Ministério da Educação.
“Esta escola é um sonho que, graças ao empenho do prefeito Gil, tornou-se realidade. A partir desta segunda-feira (30), quando as aulas começarão, nossas crianças terão a oportunidade de estudar numa escola bem equipada, com professores competentes e também tendo acesso gratuito a fardamento escolar, material didático e uma merenda maravilhosa”, avaliou a dona-de-casa Celeste Trindade.
Gil Cutrim agradeceu o apoio dos moradores do Alto do Turu e bairros vizinhos. De acordo com ele, investir em educação é investir na formação de profissionais competentes, que irão contribuir com o processo de desenvolvimento de São José de Ribamar.
Luis Fernando fez questão de parabenizar o prefeito pelo excelente trabalho que o mesmo vem desenvolvendo a frente do comando do município. “Todos os dias vejo notícias boas sobre a administração Gil Cutrim. Notícias dando conta de obras executadas em todos os setores da administração. Fico muito feliz em constatar que o Gil, de forma séria e transparente, continua dando prosseguimento as ações que estão contribuindo com o crescimento de São José de Ribamar e do seu povo”, afirmou o ex-prefeito.
sem comentário »

Justiça multa Franere e determina suspensão de obra no Araçagy

O juiz da 1ª Vara do município de São José de Ribamar, Marcelo José Amado Libério, em decisão expedida na última terça-feira (24), determinou que a construtora Franere – Comércio, Construções e Imobiliária Ltda – suspenda todo e qualquer serviço de engenharia e edificação da obra de construção do empreendimento Costa do Araçagy Condomínio Clube, localizado no bairro Araçagy, no município de São José de Ribamar.
A decisão atendeu a uma ação cautelar, movida pela prefeitura ribamarense, que tem como objetivo, além de manter a ordem urbanística da cidade, zelar pelo cumprimento das leis municipais, em especial a lei de uso e ocupação do solo urbano de São José de Ribamar, e pela preservação do meio ambiente desta área do município.  
Além de suspender o alvará de construção da obra, expedido irregularmente pelo município de Paço do Lumiar, o juiz determinou a retirada de todo material de construção e máquinas da área e arbitrou multa diária, no valor de R$ 10 mil, caso a construtora, num prazo de dez dias, não cumpra a determinação judicial.
Numa ação de total desrespeito à legislação municipal de São José de Ribamar, a Franere, em parceria com a empresa Tenda, iniciou, no ano passado, o processo de vendas de apartamentos no condomínio Costa do Araçagy Condomínio Clube. A construtora, de forma totalmente irregular, iniciou o processo de vendas, com ampla divulgação na mídia local, de posse de um alvará de construção expedido pelo município de Paço do Lumiar.
No entanto, o Araçagy, um dos mais belos pólos turísticos da Grande Ilha, é um bairro que pertence ao território do município de São José de Ribamar, fato que é de conhecimento público e que, inclusive, foi atestado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioecônomicos e Cartográficos (IMESC) em laudos emitidos ano passado, como também a Corregedoria Geral de Justiça, em seu provimento nº 05/2006, determinou que todos os imóveis situados naquela localidade sejam registrados em São José de Ribamar. Neste sentido, o juiz Márcio Castro Brandão, no ano passado, em ação de nunciação de obra nova movida pela prefeitura ribamarense, determinou a realização de perícia técnica para identificar a localização correta do empreendimento. O resultado foi que o imóvel, indiscutivelmente, se localiza em São José de Ribamar.
Além de não possuir alvará de construção expedido pelo município de São José de Ribamar, a Franere ignorou totalmente a lei de uso e ocupação do solo urbano do município, que autoriza a construção de edificações de, no máximo, seis andares. O Costa Araçagy, conforme o projeto divulgado pela construtora, possuirá onze torres, cada uma com 13 andares.
Outra situação grave é o fato do projeto de construção do condomínio não possuir estação de tratamento de esgoto, o que poderá ocasionar sérios danos ambientais aos moradores do Araçagy, Praia do Meio e localidades vizinhas.
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou, em 2011, a suspensão de uma liminar, concedida pelo Tribunal de Justiça do Maranhão em favor da Franere, que reconhecia o alvará de construção expedido irregularmente pelo município de Paço do Lumiar. 
No ano passado, é importante ressaltar, a 2ª Promotoria de Justiça de São José de Ribamar ingressou com uma Ação Civil Pública contra Franere em decorrência de irregularidades cometidas na regularização e construção do empreendimento imobiliário Costa do Araçagy Condomínio Clube.
Na ação, o promotor Carlos Henrique Brasil Teles de Menezes fez alegações iguais às propostas pela prefeitura ribamarense, na ação cautelar movida contra a construtora, e pediu, ainda, a condenação da Franere para devolver os valores integrais, devidamente corrigidos, aos compradores dos imóveis do empreendimento irregular, bem como pagar multa no valor equivalente a 5% de cada uma das unidades residenciais ou comerciais integrante do empreendimento Costa do Araçagy.
sem comentário »

Peugeot 408 turbo chega por R$ 83.490

A Peugeot já divulga em seu site a nova versão topo de linha do sedã 408. Equipado com motor THP 1.6, um turbo com 163 cv, e câmbio automático seqüencial de seis marchas, o modelo custa R$ 83.490 com o acabamento Griffe, o mais sofisticado da linha.
São apenas R$ 2 mil a mais que o Griffe com motor 2.0 16 V e câmbio automático de 4 marchas,um conjuntoque foi criticado na época do lançamento como o ponto fraco do francês – que é fabricado na Argentina.
Há um ano, quando introduziu o 408 no Brasil, no lugar do inexpressivo 307 Sedan, a Peugeot avisou que a versão turbo estava a caminho, mas sem estipular uma data para sua chegada. Mas a estratégia da montadora foi diferente da adotada na Argentina. Lá, o 408 com turbo ganhou o sobrenome Sport e custa bem mais que o griffe. Aqui, talvez pelas vendas modestas do sedã, a versão Griffe acabou recebendo a novidade. E é de se supor que o Griffe 2.0 saia de cena já que não faz sentido não gastar R$ 2 mil para ter um conjunto tão superior.
Parceria com a BMW
O motor THP foi desenvolvido juntamente com a BMW e é um 1.6 turbo com injeção direta de combustível, uma combinação que se mostrou acertada já que oferece potência (163 cv) e baixo consumo. Ele tem 12 cv a mais que o 2.0 16V usado nas outras versões, porém, não é flex.
O câmbio automático de seis marchas é outro ponto de destaque. Com seis velocidades, seu funcionamento é suave e progressivo, ao contrário da velha transmissão de quatro marchas, com seus solavancos e trocas indecisas.
Entre os sedãs médios que estrearam em 2011, o 408 foi o que menos vendeu, uma média de apenas 700 carros por mês contra 2,3 mil do Chevrolet Cruze, 1,5 mil do VW Jeta e 1,1 mil do Fluence, da sua rival Renault. Quem sabe se estendesse a novidade para o resto das versões, a Peugeot não mudaria esse cenário.
sem comentário »

Supersalários de juízes no RJ chegam a R$ 150 mil

Os pagamentos milionários a magistrados estaduais de São Paulo se reproduzem no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A folha de subsídios do TJ-RJ mostra que desembargadores e juízes, mesmo aqueles que acabaram de ingressar na carreira, chegam a ganhar mensalmente de R$ 40 mil a R$ 150 mil. A remuneração de R$ 24.117,62 é hipertrofiada por “vantagens eventuais”. Alguns desembargadores receberam, ao longo de apenas um ano, R$ 400 mil, cada, somente em penduricalhos.
A folha de pagamentos, que o próprio TJ divulgou em obediência à Resolução 102 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) – norma que impõe transparência aos tribunais -, revela que em dezembro de 2010 o mais abastado dos desembargadores recebeu R$ 511.739,23.
Outro magistrado recebeu naquele mês depósitos em sua conta que somaram R$ 462 mil, além do salário. Um terceiro desembargador recebeu R$ 349 mil. No total, 72 desembargadores receberam mais de R$ 100 mil, sendo que 6 tiveram rendimentos superiores a R$ 200 mil.
Os supercontracheques da toga fluminense, ao contrário do que ocorre no Tribunal de Justiça de São Paulo, não são incomuns. Os dados mais recentes publicados pela corte do Rio, referentes a novembro de 2011, mostram que 107 dos 178 desembargadores receberam valores que superam com folga a casa dos R$ 50 mil. Desses, quatro ganharam mais de R$ 100 mil cada – um recebeu R$ 152.972,29.
Em setembro de 2011, 120 desembargadores receberam mais de R$ 40 mil e 23 foram contemplados com mais de R$ 50 mil. Um deles ganhou R$ 642.962,66; outro recebeu R$ 81.796,65. Há ainda dezenas de contracheques superiores a R$ 80 mil e casos em que os valores superam R$ 100 mil.
Em maio de 2010, a remuneração bruta de 112 desembargadores superou os R$ 100 mil. Nove receberam mais de R$ 150 mil.
A folha de pagamentos do tribunal indica que, além do salário, magistrados têm direito a inúmeros benefícios, como auxílio-creche, auxílio-saúde, auxílio-locomoção, ajuda de custo, ajuda de custo para transporte e mudança, auxílio-refeição, auxílio-alimentação.
Os magistrados do Rio desfrutam de lista extensa de vantagens eventuais – tais como gratificação hora-aula, adicional de insalubridade, adicional noturno, gratificação de substituto, terço constitucional de férias, gratificação de Justiça itinerante, correção abono variável, abono de permanência, parcela autônoma de equivalência, indenização de férias.
Recorde
Os desembargadores do Rio estão entre os detentores dos maiores rendimentos do serviço público. A folha de pagamentos do TJ seria um dos principais alvos da inspeção que estava nos planos da corregedora nacional de Justiça, Eliana Calmon.
A liminar deferida no final do ano passado pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), interrompeu as inspeções do CNJ até que informações detalhadas fossem prestadas pela corregedora.
A ordem de Lewandowski atendeu ao pedido da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), símbolo da resistência à ação de Eliana Calmon – a ministra enviou as informações ao STF, mas a liminar será julgada depois que a corte máxima do Judiciário voltar do recesso, no início de fevereiro.
A diferença entre o TJ do Rio e o de São Paulo é que magistrados desta corte receberam quantias excepcionais em caráter antecipado – atropelaram a ordem cronológica interna. Um desembargador recebeu bolada de R$ 1,6 milhão; pelo menos outros cinco levaram montante acima de R$ 600 mil.
Conselheiros do CNJ destacam que os pagamentos vultosos no Rio são possíveis porque o tribunal conta com um fundo próprio de receita para administrar. Uma lei sancionada na década de 90 criou um fundo especial de receitas provenientes das custas judiciais, valores de inscrição de candidatos em concursos públicos, transferência de recursos de cartórios e outras taxas.
 As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
sem comentário »

Pool de ricaços banca Bruno Senna na F-1

Um pool de bilionários está por trás do acordo que colocou Bruno Senna no cockpit da Williams neste ano.
Eike Batista, com a OGX, e Rubens Menin, presidente da MRV Engenharia, são os bilionários brasileiros que entraram no negócio que giraria em torno de R$ 30 milhões –o valor não é confirmado pelos envolvidos no acordo.
Com eles está o mexicano Carlos Slim, dono de, entre outras empresas, Claro, Embratel e Net. A Embratel é a marca que patrocinará Bruno em sua temporada na F-1.
A empresa de telefonia entraria com a maior fatia do apoio ao brasileiro.
Até o ano passado, a Williams tinha o patrocínio da AT&T, que investia US$ 7 milhões por temporada (cerca de R$ 12 milhões).
O mexicano está hoje no posto que Eike sonha ocupar. É o homem mais rico do mundo. Acumula US$ 74 bilhões (aproximadamente R$ 130,5 bilhões).
O brasileiro é apontado pela “Forbes” como o oitavo colocado na lista, com fortuna estimada em US$ 30 bilhões (R$ 52 bilhões).
“Preciso competir com o senhor Slim. Não sei se vou ultrapassá-lo pela direita ou pela esquerda, mas vou passá-lo”, disse Eike, em maio.
Menin, por sua vez, seria dono de um patrimônio de cerca de US$ 1,6 bilhão (R$ 2,84 bilhões). A MRV investe pela primeira vez em uma equipe de F-1.
Além de Embratel, OGX e MRV, Bruno ganhou mais um apoio. A Procter & Gamble, que o patrocinava por meio da marca Gillette, também usará a Head & Shoulders.
O pool de bilionários permitiu ao brasileiro ganhar a corrida pelo cockpit da Williams, que recorre a pilotos que pagam para competir.
O titular do time é Pastor Maldonado, em sua segunda temporada na F-1 apoiado pelo governo venezuelano. Segundo a imprensa europeia, a petrolífera PDVSA investirá entre 21 milhões e 29 milhões de libras neste ano (entre R$ 57,4 milhões e R$ 79,3 milhões).
Antes de fechar com Bruno, a Williams submeteu o brasileiro a testes.
“Decidimos com base em fatores que vão desde o ritmo, a consistência, a gestão do consumo de pneus, a forma física, a capacidade mental e, mais importante, o impacto que um novo piloto teria no time”, disse Mark Gillan, chefe de operações da equipe.
Bruno, 18º lugar em 2011 pela Renault, ocupará a vaga de Rubens Barrichello.
Informações do site UOL 
sem comentário »

AL: verba federal triplica em 10 anos, mas corrupção consome 16%

Em dez anos, o Estado mais violento, com maior quantidade de analfabetos e um dos mais pobres do Brasil viu triplicar a quantidade de verba federal repassada aos cofres estadual e municipais. No entanto, ao mesmo tempo, 16% deste dinheiro foi desviado em escândalos de corrupção. A situação preocupa o Ministério Público de Alagoas, que aponta oito formas diferentes de se desviar dinheiro, todas incluídas na própria Lei de Licitações.
Pelos dados da Secretaria do Tesouro Nacional, a que o Terra teve acesso, entre os anos de 2001 e 2011 os repasses para o Estado saíram de R$ 689,7 milhões para R$ 2,5 bilhões – três vezes mais, em dez anos. Para se ter uma ideia da dimensão da verba, a produção de açúcar e álcool, que movimenta 98% das exportações do porto de Maceió, o único de Alagoas, é pouco maior que R$ 2 bilhões.
A verba federal é a principal fonte de renda no Estado. Os repasses do Fundo de Desenvolvimento da Educação (Fundeb) e Fundo de Participação dos Estados (FPE) somam mais de 90% destes recursos.
O problema é que, em sete anos, a Polícia Federal deflagrou dez operações, todas para acabar com esquemas de corrupção envolvendo desvios de verbas públicas – a maioria na educação. Ao todo, segundo dados da PF, Alagoas perdeu R$ 407 milhões, equivalente a 16,28% do orçamento da União para o Estado.
Um dinheiro que faz falta
Pelos dados do IBGE, cerca de 25% da população alagoana é analfabeta (maior percentual do Brasil); 20,4% estão na miséria, terceiro pior no ranking nacional; e, segundo o Ministério da Justiça, o Estado é líder em assassinatos, com uma taxa de 66,8 homicídios a cada 100 mil habitantes. Maceió é a terceira cidade mais violenta do mundo.
Trabalhando há dez anos investigando processos licitatórios, o promotor da Fazenda Pública Municipal, Marcus Rômulo, não acredita mais na Lei de Licitações, criada para acabar com as fraudes. “Eu não acredito mais na licitação pública. Acredito que perdemos a batalha. Eu creio no concurso público, uma importante conquista da Constituição de 1988, que melhorou os quadros do funcionalismo através da concorrência, os salários pagos são de mais qualidade. Mas, na licitação, que é a segunda conquista da nossa Constituição, não é a mesma coisa. Na prática, as empresas que participam das licitações – falo das grandes – fatiaram o Brasil”, disse.
Segundo ele, a lei tem oito diferentes formas de se desviar dinheiro – todas incluídas na legislação. “Mas não conto, porque senão vou ensinar ladrão a roubar.”
Em um dos casos, Rômulo descobriu uma fraude envolvendo a escolha de empresas para recolhimento de lixo em Maceió e um rombo de R$ 200 milhões desviados dos cofres públicos em um esquema considerado “grosseiro”: fraudar a balança na hora de pesar o lixo. Quanto mais pesado, mais dinheiro era repassado a empresa.
Das dez operações da Polícia Federal realizadas em Alagoas, três delas aconteceram em Traipu. Na cidade com mais da metade da população analfabeta, as operações foram para investigar desvios na Educação. O prefeito Marcos Santos (PTB) está preso por comandar o esquema. Nas três ações foram contabilizados R$ 16 milhões em desvios – dinheiro que, segundo as investigações, comprou caçambas, uma lancha e fazendas para o prefeito.
Corrupção consome 16%,em ALAGOAS
Aplicação e controle
“Claro, isso tudo mostra que falta aplicar melhor este dinheiro. Não temos como avaliar se o fato de Alagoas receber o triplo dos valores federais, em dez anos, foi desviado para o bolso de alguém. Se soubéssemos, denunciaríamos. O que dá para perceber é que existe má gestão destes recursos da Educação. E isso é inaceitável”, disse a presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinteal), Célia Capistrano.
Segundo a Controladoria Geral do Estado (CGE), parte do dinheiro depositado nas contas do governo é enviado às prefeituras por obrigação legal. “O controle é feito pelo Tribunal de Contas e a Controladoria Geral da União. A CGE atua no controle interno do governo, não fiscaliza as prefeituras”, disse a controladora-geral do Estado, Rosa Tenório.
“Desde o ano passado, a Controladoria adota uma metodologia de trabalho com foco na prevenção. Neste sentido estamos investindo em capacitações dos servidores dos Órgãos estaduais”, disse. “Em 2012, estamos fazendo parceria com a Escola de Governo para promoção de cursos voltado para a área de controle interno.” A CGE acrescentou que estuda a criação de carreira de Estado para analista de controle interno.
“Estamos apostando na disseminação do controle social com grande mobilização nos municípios e participação das prefeituras, promovendo conferências municipais e regionais sobre transparência e controle social”, afirmou Rosa.
Em 2011, a Advocacia-Geral da União (AGU) entrou com 2.343 ações na Justiça pedindo de volta R$ 2,14 bilhões desviados dos cofres públicos por práticas de corrupção. Os maiores devedores são empresários, com a suspeita de terem desviado R$ 468 milhões dos cofres públicos. Em seguida vêm servidores e ex-servidores públicos, com R$ 300,8 milhões. Os prefeitos e vice-prefeitos respondem a ações pedindo o ressarcimento de R$ 249,4 milhões.
sem comentário »

Linha Livre volta a funcionar normalmente

Depois de passar por um período de tratamento no olho de direito, com um diagnóstico de Hemorragia Vítrea em Olho Direito, e Rasgadura Retiniana Nasal Inferior em Olho Direito, ou seja, um derrame na retina, voltei ao trabalho no sábado, com a apresentação do programa Rádio Mania, na Rádio Mirante AM, e estarei nesta segunda-feira de volta ao Abrindo o Verbo de onde fiquei afastado e fui substituído, primeiro pelo companheiro Jorge Aragão, e, em seguida por Gleydson Botelho, a quem deixo o meu mais profundo respeito e reconhecimento neste momento dificil da minha vida.

Volto com a certeza de reencontrar os amigos ouvintes prontos para me apoiar, pois durante a minha ausência a cobrança foi muito grande pelo meu retorno. Também, agradeço aos amigos que me deram todo apoio, mesmo àqueles a quem não tive ainda a oportunidade de conhecer pessoalmente, mas esperando poder receber o mesmo carinho neste tratamento da minha visão, com mensagens de esperança, orações pelo meu reestabelecimento, o que me deu forças para ter paciência e FÉ em DEUS, no resultado positivo no meu tratamento, que ainda vai continuar, mas fui liberado pela equipe médica para voltar ao trabalho.

Assim como retorno ao microfone da Rádio Mirante AM, estou recomeçando o trabalho no meu blogue, o Linha Livre, que pode ser acessado no www.geraldocastro.com.br e onde as pessoas podem comentar, deixar sugestões, participar sugerindo matérias, enfim lendo um blogue que fala do cotidiano, mas também, mostra fatos relevantes, imagens do mundo, esporte, turismo e a cidade em movimento.

AGRADECIMENTOS





Ao mesmo tempo em que retorno às minhas atividades profissionais quero de público agradecer a algumas pessoas, que estiveram comigo nestes dias de sofrimento, de temor, de paciência, de oração, de encorajamento, e da certeza da superação deste problema de saúde. DEUS foi o mais importante nesta fase, pois em sua mão deixei a minha vida. Minha esposa Idonéa, presente em todos os momentos, tanto no meu traslado para as consultas médicas, como o “exílio voluntário” em que fiquei na cidade de Cajari, na Baixada Maranhense.
Ao amigo, companheiro de trabalho há 23 anos, José Carlos Sousa, o Carlito Internacional, presença sempre marcante nas horas mais necessitadas, Helena Pereira, companheira de trabalho, meu escudo na central de atendimento da Mirante AM, com suas orações e transmissão diária de que tudo daria certo e, eu sairia vitorioso desta fase da minha vida. A compreensão da direção do Sistema Mirante, na pessoa de Dona Teresa Sarney e o nosso diretor de Mídias Eletrônicas, Rômulo Barbosa, que em nenhum momento cobraram meu retorno, sem que eu estivesse apto para o trabalho. Aos meus filhos, filhas, netos e netas, genro e noras o carinho e a atenção de todos. Enfim, à equipe médica da UDI-Oftalmo, com os oftalmologistas, Bonifácio Barbosa Jr., Mauricio Vieira e Karla Resende, e a preocupação e atenção de todos da clínica. Um agradecimento especial ao grande amigo, Dr. Bonifácio Barbosa, que me proporcionou o atendimento rápido e eficaz com uma grande equipe.
Assim estou de volta, mais uma vez agradecendo a amigos, colegas de trabalho e o povo em geral que torceu pela minha recuperação, esperando que eu devolva a todos com trabalho e dedicação no Abrindo o Verbo, no Rádio Mania e aqui no Linha Livre. Estou de volta, e, mais uma vez reconheço os méritos dos meus colegas que me substituiram nos programas de rádio que apresento. É isso.
sem comentário »