Dupla supera ‘escalada mais difícil do mundo’ em cachoeira congelada


Will Gadd escala o paredão de gelo praticamente horizontal que fica por trás da cachoeira canadense, pouco antes de vencer a ‘escalada mais difícil do mundo’ (Foto: Christian Pondella/Caters)

Uma dupla de alpinistas conseguiu superar os 137 metros de uma cachoeira parcialmente congelada no Canadá, local apontado como a “escalada mais difícil do mundo” entre praticantes de alpinismo. Will Gadd, de 44 anos, e Tim Emmett, de 37, foram os primeiros a chegar por conta própria ao topo das Helmcken Falls.

Entre os obstáculos que contribuem para a fama da escalada estão as temperaturas abaixo de -25° Celsius, a angulação negativa do paredão e os enormes pingentes de gelo que se formam sobre sua superfície, além do “spray” de vapor a temperaturas ainda mais baixas, que podem levar à morte em minutos.

“O beiral por trás da cachoeira é extremo e significa que você está constantemente escalando na horizontal. É como escalar a parte de baixo do teto de um estádio de futebol. (…) É como fazer centenas de exercícios de barra agarrado a pingentes de gelo”, conta Gadd.

Sem comentário para "Dupla supera ‘escalada mais difícil do mundo’ em cachoeira congelada"


deixe seu comentário