FATOS, ACONTECIMENTOS E FOTOS.

 

Ônibus comprados pela Prefeitura de Pinheiro foram usados em São Luis.

Prefeitura de Pinheiro comandada por Luciano Genésio (PP) entregou na quinta-feira (23) 47 novos veículos que serão utilizados no transporte dos alunos da rede municipal de ensino.

A frota é composta por 14 ônibus, 17 micro-ônibus e 16 vans que, segundo o progressista, irão garantir segurança, conforto e qualidade na mobilidade dos estudantes pinheirenses.

Do ponto de vista da melhoria nas condições de transporte para os alunos, é um fato relevante, mas se analisados os veículos, e de acordo com a foto dos mesmos eles são veículos já usados e adquiridos em empresa de São Luís e foram substituídos por novos ônibus.

GLÁUCIO FORA DA PRISÃO

Gláucio Alencar já está em prisão domiciliar.

A SEAP – Secretaria de Administração Penitenciária do Maranhão confirmou, através de Nota, a soltura de Gláucio Alencar, um dos suspeitos de terem contrato Jonathan de Sousa Silva, réu confesso, para assassinar o jornalista Décio Sá.

Gláucio Alencar teve sua prisão decretada em 13 de junho de 2012, sob a acusação de homicídio praticado mediante promessa de recompensa, sem possibilidade de defesa à vítima, e formação de quadrilha, com base nos artigos 121, 29 e 288 do Código Penal.

Entretanto, neste sábado (25), antes mesmo de ser efetivamente julgado, deixou o Complexo Penitenciário do Maranhão pela porta da frente, após uma decisão do STJ.

No programa Abrindo o Verbo da Rádio Mirante AM este radialista já tinha alertado que fatalmente os supostos mandantes do crime contra Décio Sá poderiam ser soltos depois que o goleiro Bruno, foi solto por Liminar concedida por um ministro do STF.

Daqui a pouco, quem sabe, os demais acusados poderão também receber o benefício, justamente quando se aproxima o quinto ano da morte do jornalista, no dia 23 de Abril deste ano. É assim mesmo. Se não há julgamento e nem condenação, não pode ficar preso ad eternum.

MIDIÁTICO

Intitulada Operação Pedreiras, a Prefeitura de Santa Rita desenvolveu em um dos povoados que necessita da maior assistência do poder público. Pedreiras tem a população quilombola e é muito carente e precisa da atenção da administração municipal. Pensando nisso, o prefeito Hilton Gonçalo desenvolveu uma série de atividades nos últimos dias.

Vamos deixar de brincadeira, mas esse prefeito está sempre na “crista da onda” e sua assessoria de comunicação é muito boa, pois coloca o alcaide em tudo quanto é blog do Maranhão.

A propósito, não foi um dito cujo da assessoria deste prefeito que foi acusado de tentar estupra uma cidadã da Santa Rita e que foi manchete na Imprensa e na Mídia e até agora ninguém sabe como o caso terminou?

SE FOR, DIZ QUE VAI, SE NÃO VAI, AVISA LOGO.

Roseana ainda não sabe se será candidata.

A ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) falou a um jornal da cidade e disse “Eles estão me provocando”. Se continuarem a me provocar, posso entrar sim. Não tenho medo de concorrer. Boto um salto bem alto (brincando) e, quem sabe…

É isso mesmo! Se vai se candidatar é bom avisar logo e não ficar esperando provocação por parte de alguém. Já tem gente alinhada ao governo comunista dizendo “Se as condições estivessem favoráveis, não tinha por que Roseana recuar em enfrentar o governador Flávio Dino”.

Por isso eu digo; se quer ser candidata, então anuncia se não quer então avisa também.

 

 

 

sem comentário »

Bispo da Universal manda obreiros ameaçarem operadoras de TV paga

A disputa entre Record, SBT e RedeTV! e as operadoras de TV por assinatura está virando uma Cruzada. Lideranças da Igreja Universal do Reino de Deus estão mobilizando fiéis para pressionarem Net, Sky, Claro e Vivo, ameaçando o cancelamento de suas assinaturas caso as operadoras deixem de carregar as três emissoras a partir da próxima quarta-feira (29). Obreiros da Universal receberam ordens para denunciarem na Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e nos Procons.

Com o desligamento da TV analógica na Grande São Paulo, as emissoras de TV aberta poderão cobrar por seus sinais na TV paga. De olho numa receita que, segundo estimativas, pode variar de R$ 500 milhões a R$ 3,5 bilhões por ano, Record, SBT e RedeTV! criaram uma empresa, a Simba, para negociar seus sinais.

Desde a última sexta-feira, as três emissoras estão exibindo comunicados e mensagens de apresentadores afirmando que a partir de quarta-feira deixarão de ser transmitidas pelas operadoras de TV paga. Acusam as empresas de se recusarem a negociar valores. As operadoras, no entanto, dizem que ainda não receberam nenhuma proposta comercial, informação confirmada pela própria Simba.

Mensagem publicada no Whatsapp por Sergio Corrêa

Em mensagem publicada em grupos no Whatspp no sábado (25), o bispo Sergio Corrêa, responsável pelos cerca de 100 mil obreiros da Universal em todo o país, conclamou membros e fiéis da igreja a ligarem para os call centers das operadoras e perguntarem se é verdade o que as emissoras estão anunciando, que deixarão de ser distribuídas por elas a partir de quarta. “Porque se for verdade [diga que] eu quero cancelar agora a minha assinatura”, orienta Corrêa.

A mensagem foi publicada no Facebook pelo ex-bispo da Universal Alfredo Paulo Filho, que vem fazendo denúncias contra a igreja liderada por Edir Macedo, dono da Record. “Veja a que ponto chegou o poder de manipulação, querer usar os fiéis para defender interesses próprios”, protestou o religioso no post em que reproduziu o apelo de Sergio Corrêa.

Em outra ação nas redes sociais, também dirigida a pastores e obreiros, a Igreja Universal reproduz um banner em que diz que Net, Sky, Oi, Claro e Vivo “querem tirar nosso direito como telespectadores”.

“Pagamos por todos os canais quando assinamos, não seria quebra de contrato [cortar o sinal de Record, SBT e RedeTV!]?”, questiona o anúncio, que orienta: “Denuncie: Anatel – 1331 / Procon – 151”.

A mobilização de obreiros é uma estratégia que costuma dar resultados. Os obreiros sustentam as igrejas financeiramente e têm contato direto com os frequentadores dos cultos. Têm força para colocar hashtags no topo do Twitter e até para lotar cinemas.

 

DANIEL CASTRO – Site Uol

sem comentário »

Operação Turing: dados compartilhados com Governo Flávio Dino

O juiz federal Magno Linhares, da 2ª Vara da Justiça Federal no Maranhão, deferiu pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e compartilhou com o governo Flávio Dino (PCdoB) todos os dados da Operação Turing, deflagrada pela Polícia Federal na terça-feira (21) e que investiga crimes de vazamento de informações da própria PF e extorsão.

A solicitação da PGE foi atendida porque no bojo da investigação descobriu-se, segundo a polícia, um esquema de compadrio e fraude em licitações dentro da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap).

Há suspeitas, também, de que recursos federais tenham sido malversados na pasta.

O despacho do magistrado foi dado na mesma decisão em que se converteu em preventiva a prisão temporária do ex-adjunto da Seap Danilo dos Santos, que também é policial federal.

Ao decidir pela preventiva, Magno Linhares acatou um pedido de reconsideração do Ministério Público Federal (MPF), corroborado pela PF, apontando que Danilo dos Santos efetivamente cometeu um série de crimes na Seap.

“Não bastasse a reiteração criminosa de DANILO DOS SANTOS SILVA no que se refere ao vazamento sistemático e deliberado de informações sigilosas de investigações policiais, as provas até então coligidas também denotam que o investigado[…] vale-se de pessoas próximas […] para aquisição de bens em seus nomes, mas em proveito dele próprio, assim como para o recebimento e movimentação de valores provavelmente oriundos das práticas criminosas sob investigação”, destaca o MPF.

Para os procuradores, o ex-adjunto aparelhou a pasta para fraudar licitações. No pedido de reconsideração eles citam um caso específico: o da construção de um novo presídio de segurança máxima em São Luís.

“DANILO DOS SANTOS SILVA também atuou em outra frente, aparelhando a SEAP/MA, com pessoas de sua confiança para a perpetração de vários crimes, que também devem ser apurados em âmbito federal diante da conexão probatória entre os fatos investigados. Aqui, vislumbra-se a atuação dos investigados NATALINO DE JESUS MIRANDA, projetista do novo presídio de segurança máxima de São Luís/MA, sobre a construção do qual há indícios de confluência de desígnios e ações entre os investigados visando a direcionar a licitação para viabilizar o desvio de recursos públicos; VERA LÚCIA PEREIRA CASTRO, que em conluio com HERBETH LOPES DINIZ, GEOVANA MOUZINHO CARVALHO e outros, estaria envolvida em possível fraude à licitação com prática de sobrepreço para o desvio de verba pública; além de IRAN SOUZA VIDAL e IRAN SOUZA VIDAL FILHO, sócios da empresa VITRAL; GABRIEL COSTA E FORTI e seu sócio AJEJE JORGE SABBAK, responsáveis pelas empresas BRASIFORTI e MONTE LÍBANO; e TITO CAVALCANTE COSTA, proprietário da empresa V.T.I., sobre os quais há fundadas suspeitas no sentido de que estariam envolvidos com DANILO DOS SANTOS SILVA, FABIANO LEITE CAMPOS, CESÁRIO BRANDÃO, CELSO COSTA DIAS, MOISÉS DA SILVA SERRA, e WILLIAM CAREY DE CASTRO na prática de fraudes a licitações e desvio de verbas públicas em contratos junto à SEAP/MA”, destaca a peça.

Ainda de acordo com a procuradoria, as contratações das empresas Brasforti, Vitral e V.T.I. “chamam atenção” pela possibilidade da existência de atuação criminosa.

O MPF contestou, ainda, o fato de o juiz Magno Linhares alegar em sua primeira decisão a ausência de “ausência de verba pública federal dentre os recursos desviados”. Para eles, a deflagração da Operação Turing tinham, também, o objetivo de comprovar o desvios de recursos da União.

“A deflagração da fase ostensiva da Operação busca justamente angariar provas documentais para corroborar a autoria e materialidade delitivas imputadas aos investigados do grupo criminoso atuante na SEAP/MA, inclusive angariar documentos que indiquem e comprovem a origem das verbas desviadas”, completa o pedido.

Apesar de citados na denúncias, nenhum dos empresários e demais servidores da Seap investigados teve prisão ou condução coercitiva decretada.

Em nota emitida no início da semana, o Governo do Estado informou que decidiu suspender todos os pagamentos referentes às empresas citadas “até que os fatos sejam devidamente esclarecidos” e abrir uma auditoria interna para também apurar as denúncias.

Do blog do Gilberto Leda.

 

sem comentário »

Dia Mundial da Água: o Maranhão tem muito o que comemorar

Baixada Maranhense

O Dia Mundial da Água é comemorado em 22 de março desde o ano de 1993. Essa data busca a conscientização a respeito da importância da água para os seres vivos. O Estado do Maranhão tem muito o que comemorar nessa data.

 

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) luta diuturnamente para a melhor gestão das águas no Estado, por meio de vários projetos e ações. Um exemplo é a criação dos Comitês de Bacia Hidrográfica. O Estado do Maranhão possui dois comitês, o do Rio Mearim e do Rio Munim. Os Comitês são colegiados formados por representantes da sociedade civil organizada, usuários de água e representações do poder Público. Tem entre suas atribuições promover debates relacionados com os recursos hídricos, articular a atuação das entidades, propor planos, programas e projetos para a utilização de recursos hídricos da respectiva bacia hidrográfica. Em andamento estão os dos rios Itapecuru, Balsas, Preguiças e Parnaíba. Este último em parceria com os estados do Piauí e Ceará.

 

Além, disso a Secretaria trabalha firme na inspeção dos rios, objetivando examinar vários aspectos, tais como: as dificuldades da navegação, matas ciliares, lançamentos de efluentes, captações diretas e extrações de areia, além de diversos outros olhares.

 

Rio Balsas

E para melhor gerir a água, o Estado aderiu a dois programas da Agência Nacional das Águas (ANA). O Programa de Consolidação do Pacto Nacional pela Gestão das Águas (Progestão) e Programa de Estímulo à Divulgação de Dados de Qualidade de Água (Qualiágua).

 

Neste ano a SEMA deu início ao Plano Estadual de Recursos Hídricos. O Plano delineará estratégias de curto (cinco anos), médio (dez anos) e longo prazo (vinte anos) para assegurar os usos múltiplos das águas, conservação, proteção e recuperação das bacias hidrográficas estaduais, além de subsidiar a tomada de decisões dos membros do Sistema Estadual De Gerenciamento Integrado De Recursos Hídricos.

 

O Estudo Hidrogeológico da Região Metropolitana de São Luís – Subsídios para o Uso Sustentável dos Recursos Hídricos. Uma outra ação importante na preservação das águas. “A elaboração do estudo do levantamento das águas dos subsolos é de extrema importância e auxiliará o Governo do Estado na gestão dos recursos hídricos da Grande Ilha, pois pretende fornecer os subsídios necessários para a continuidade da gestão das águas futura e atual da Ilha”, explicou o Secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marcelo Coelho.

 

Além de tudo isso, tem o monitoramento e medição da qualidade de água das praias de São Luís e São José de Ribamar. São 21 pontos acompanhados semanalmente, localizados nas praias de Ponta d’Áreia, São Marcos, Calhau, Praia do Meio, Olho d’Água e Aracagy.

 

“São ações importantes para o fortalecimento da gestão das águas no Estado”, finalizou o gestor.

sem comentário »

Chamem o Moacir

Por Emanoel Viana – Advogado e administrador

Moacir é um Amigo que fiz durante a vida, não é íntimo, apenas companheiro de caminhadas ou de conversas, sem nenhuma intimidade. Gosto do Cidadão, é dono da PAX UNIÃO, trouxe para o Maranhão a cremação e é empresário no ramo de funerária. Morreu? 90% procuram a pax e seu velório.

A chamada operação Lava Jatos que ocupa o noticiário da mídia há vários meses, tem à frente o juiz federal Sergio Moro, mesmo sobrenome do Aldo Moro, o juiz das mãos limpas da Itália, há alguns anos. Pois bem, assessorado por motoristas, auxiliares, ministério público, policia federal, conseguiu notoriedade ao decretar os legais mas abusivos mandados de prisões preventivas, sem nenhuma justificativa, apenas para pressionar os acusados e conseguir uma delação. Salvo melhor juízo.

O povão gosta, a imprensa tem assunto. E aí apareceram as doações, os desvios, os roubos. Alguns injustificáveis, um gerente da Petrobrás devolve mais de 100 (cem) vezes que o seu superior. Aprova-se a repatriação de dinheiro, legaliza-se o roubo desviado.

E depois começa os perdões, as delações premiadas. O preso diz que matou Cristo, ou inventou a roda. Saí com tornozeleira eletrônica que não funciona, fica livre, com o dinheiro no exterior. A chamada Receita Federal, Policia Federal, CIAF e outros bichos, não funcionam ou são comprados, também.

E aí começa a encher o saco, todo dia tem denúncia, pedido de inquérito, matasse o ministro, nomea-se ministro sem eira ou beira, e a vida segue. Qualquer Advogado ou adevogado sabe que não vai dar em nada. No STF, apelido dado à Corte Suprema Federal teoricamente responsável pela Constituição, tem hoje gente que devia estar na cadeia. Na votação, são onze membros, a presidente não votará, aí teremos a votação sobre o assunto, se chegar lá. Rosa, Faquim, Marco, Roberto, Fulks, Gilmar, Celso, Tofoni, Levandoswski, Alexandre… todos sabem quem vota com quem.

Na hora, vai haver divergência, empate, prescrição e nenhuma condenação. Anotem e me cobrem depois. Para quê, então, essa piromania? Para quê se condenar o corruptor e não condenar o corrupto, ou vice versa? As empresas tem uma coisa chamada leniência, pagam multa e ficam livres. Os dirigentes, todos, estão soltos ou ficarão.

Os políticos beneficiados com a corrupção ou os funcionários, também ficarão impunes. Os funcionários ou dirigentes já estão, todos. Os políticos, estão de tempo, haverá anistia ao caixa 2 e homologarão o caixa 1, os partidos é que serão os responsáveis. E tudo voltará ao normal, como sempre. Em 2018, os mesmos políticos serão reeleitos, e os acontecimentos serão esquecidos, prescritos ou remetidos ao arquivo.

Gasta-se tempo, dinheiro, diárias, espaço na TV, no rádio, na televisão, cria-se expectativa no povo burro, incauto, analfabeto, crente, confiante na justiça …kkkk … e nas instituições …kkkk Tempo perdido, já está morto tudo, a corrupção, a Petrobrás, os fundos de pensão, o BNDES, os correios, as obras públicas, tudo… morto e sepultado… o melhor seria chamar o Moacir, da PAX, contratar para cremar tudo… Justiça, Congresso, Ministério Público, Executivo…. torrar tudo, deixar em cinzas.

Chamem o Moacir!

 

sem comentário »

Entreposto Renault apresenta nova Captur

Entreposto Renault reuniu imprensa e convidados na sexta-feira, 10, para apresentar o carro que vai mudar seu jeito de ver um SUV. Trata-se do Renault Captur que chegou ao Brasil com design europeu, conforto, conectividade, funcionalidade e excelência! Algumas especificidades do Renault Captur: Cheio de conforto e praticidade, tem como opcional o Retrovisor rebatível eletricamente, para evitar espelhos trincados ou retrovisores quebrados por descuido.

O Renault Captur chega às concessionárias em duas versões: Captur Zen, com motor 1.6 de 120/118 cavalos (etanol/gasolina) e câmbio manual,  e Captur Intense, com motor 2.0 de 148/143 cavalos, acoplado a uma transmissão automática. Os convidados que foram conferir a novidade ficaram bastante impressionados com o design do novo carro. Veja nas fotos de Kayo Sousa.

O empresário Manoel Plantier, do Entreposto Renault e sua esposa Francimar Plantier, com o novo Captur.

Manoel Plantier, ladeado pela gerente Karla Mesquita e a competente consultora Elisa Diniz.

A Captur emoldurada pela bela jornalista Heloisa Batalha do Grupo Mirante.

Este veículo chegou para brigar no seu segmento, e tem tudo para se transformar em líder de venda, por causa de seu custo benefício, por oferecer um vasto pacote de tecnologia implantada pela montadora francesa.

sem comentário »

Flavio Dino discrimina população, afirma Hildo Rocha

Em pronunciamento dirigido aos prefeitos que participaram de seminário promovido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco, Parnaíba, Itapecuru e Mearim (Codevasf), nesta segunda-feira (13), o deputado federal Hildo Rocha criticou o governo Flavio Dino pela forma discriminatória com que o governante comunista trata a população maranhense, motivado por questões políticas. “O governo do Estado deveria fazer como a Codevasf, que trata a todos com respeito. Infelizmente o governo Flavio Dino pune a população por causa da opção política dos seus líderes,” afirmou Hildo Rocha.

 

A Codevasf e os Municípios

Organizado pela 8ª Superintendência Regional, o Seminário “A Codevasf e os Municípios”, reuniu prefeitos; secretários municipais; técnicos; assessores; consultores; vereadores e presidentes de associações. O encontro, realizado no auditório Neiva Moreira (Assembleia Legislativa do Maranhão), teve como objetivo, mostrar aos gestores as ações e investimentos realizados pelo órgão, no Estado do Maranhão, e instruir acerca dos procedimentos necessários para a obtenção de benefícios por meio de emendas parlamentares.

 

Participaram do evento a presidente da instituição, Kenia Marcelino; o diretor de Infraestrutura Hídrica Marco Aurélio Diniz; o superintendente estadual da Codevasf no Maranhão, Jones Braga; o senador Roberto Rocha; os deputados federais: Hildo Rocha (PMDB), José Reinaldo (PSB); Juscelino Filho (DEM); Waldir Maranhão (PP); Wewerton Rocha (PDT), Zé Carlos (PT) e Pedro Fernandes (PTB). Os deputados estaduais Antônio Pereira (DEM); César Pires (DEM); Fábio Braga (SD); Graça Paz (PSL); Léo Cunha (PSC); Wellington do Curso (PP) Zé Inácio (PT); prefeitos; vice-prefeitos; vereadores; secretários municipais e o presidente da Federação dos Municípios do Maranhão, Cleomar Tema.

 

Expansão da Codevasf

Hildo Rocha ressaltou que o projeto de lei de autoria do senador Roberto Rocha que propõe a inclusão de todos os municípios maranhenses no campo de atuação da Codevasf deverá ser votada ainda nesse primeiro semestre.

 

“O projeto está na Comissão de Finanças e Tributação (CFT). Esta semana as comissões permanentes da Câmara voltam a funcionar, assim nós poderemos apresentar o nosso relatório acerca da proposta do senador que inclui outras bacias hidrográficas na área de abrangência da Codevasf. Depois de analisado na CFT a proposta seguirá para análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Sendo aprovado na CCJ, seguirá para a sanção do presidente Michel Temer”, explicou o parlamentar.

 

Recursos para a Saúde

Quanto à questão do financiamento da saúde pública dos municípios, assunto que o presidente da Famem, Cleomar Tema, prefeito de Tuntum, questionou durante o pronunciamento que fez durante a abertura do seminário, o deputado Hildo Rocha lembrou que graças a uma ação parlamentar por ele realizada, no ano passado os recursos para a saúde pública do Maranhão tiveram um acréscimo de R$ 80 milhões o custeio da Média e Alta Complexidade (MAC).

 

“Este ano, a bancada maranhense destinou mais R$ 30 milhões para o governo estadual repassar para ajudar as prefeituras nas despesas com saúde pública. Espero que o governo do Estado aplique corretamente, sem levar em consideração colorações políticas porque esses recursos são para atender a todos os maranhenses. A população não pode ser punida porque algum líder político tem opção ideológica diferente do governador”, enfatizou Hildo Rocha.

 

O parlamentar afirmou que irá acompanhar para ter a certeza de que a população maranhense será beneficiada por meio dos recursos que a bancada federal destinou para o governo do Estado. “Nada mais justo que esses recursos cheguem aos municípios que recebem menos recursos per capta”, defendeu Hildo Rocha.

 

Revitalização do Rio Itapecuru

O senador Roberto Rocha destacou o trabalho que vem realizando, em parceria com o deputado Hildo Rocha, em defesa do Rio Itapecuru. “Temos empenhado R$ 7,5 milhões, que já estão aplicados em ações de revitalização do Rio Itapecuru, por meio de convênio com a Universidade Estadual do Maranhão. Todos nós sabemos que o Rio Itapecuru, que abastece São Luís, agoniza. Se nada for feito, em no máximo dez anos, nós estaremos falando em transposição das águas do Parnaíba para o rio Itapecuru”, argumentou o senador.

 

Roberto Rocha ressaltou ainda que destinou à Codevasf R$ 15 milhões para a aquisição de dragas e escavadeiras hidráulicas que serão utilizadas nos trabalhos de desassoreamento do Itapecuru e outros rios maranhenses.

Investimentos

No ano passado, foram destinados mais de R$ 42 milhões, provenientes do Orçamento Geral da União, para a 8ª Superintendência Regional da Codevasf, por meio de emendas parlamentares, para assegurar ações em diversos municípios maranhenses.

 

Entre as ações realizadas e projetos em andamento constam: aquisição de tratores; kits e sistemas mistos de irrigação; equipamentos e insumos para piscicultura; tanques de resfriamento de leite, caixas d’água; dragas e lanchas. A Codevasf investe na melhoria das condições de escoamento da produção familiar e também na melhoria da mobilidade nas zonas urbanas, por meio de convênios celebrados com municípios maranhenses.

sem comentário »

Vela Solar

Sinais de rádio captados por telescópios terrestres podem ter sido enviados pela energia de espaçonaves alienígenas. Cientistas da Universidade de Harvard concluíram que o uso da luz de alguma estrela no abastecimento de um possível ‘barco a vela intergaláctico’ é capaz de emitir essas ondas de rádio, das quais, até agora, não se sabe a origem.

A pesquisa foi publicada em fevereiro no periódico científico Astrophysical Journal Letters e discute a possibilidade desses sinais não terem sido originados por elementos naturais e, sim, por construções extraterrestres. Eles são chamados de Rajadas Rápidas de Rádio (FRBs, na sigla em inglês), têm duração de menos de cinco milissegundos e são captadas por gigantes telescópios de rádio.

Desde que a primeira identificação de uma FRB foi feita em 2007 pelo telescópio australiano Parkes, dezessete outros sinais foram listados na categoria. Os astrofísicos ainda não sabem de onde as ondas foram emitidas e por que não são constantes. As hipóteses mais aceitas até então sugeriam que elas são resultado da morte de uma estrela ou da junção de dois buracos negros.

No entanto, Avi Loeb, físico do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica e um dos autores da publicação, acredita que, já que não se encontraram fortes evidências da origem de FRBs em astros naturais, é plausível que se discuta a sua geração artificial. “FBRs são excessivamente brilhantes considerando sua curta duração e origem, a longas distâncias. Como não identificamos nenhuma fonte natural possível com confiança, vale a pena considerar e checar uma origem artificial”, disse em comunicado.

Com o objetivo de verificar a possibilidade das FRBs serem geradas por equipamentos, ele se juntou ao engenheiro Manasvi Lingam, também de Harvard, para a realização de diversos cálculos físicos e de construção. Eles concluíram que transmissores do tamanho de planetas poderiam fornecer energia para sondas interestelares – e esse abastecimento estaria sendo interceptado, por breves momentos, pela Terra, explicando os sinais de rádio.

Para sustentar a nave, a fonte teria que emitir raios de energia continuamente, como um holofote. Em analogia ao barco à vela, a energia estrelar absorvida funcionaria como o vento e empurraria a espaçonave. Eles acreditam que partes desse feixe energético poderiam atingir o nosso planeta, já que ele e nave estariam se movimentando em relação a Terra. Segundo os cientistas, essa poderia ser a origem dos dezessete FRBs registrados. “O número de vezes que nós veríamos essas ondas depende de muito fatores, relacionados ao caminho do veículo e a sua localização”, explicou Lingam ao site de VEJA. Ele acredita ainda, que todos os FRBs listados provavelmente sejam de diferentes fontes.

Para enviar energia a uma espaçonave a galáxias de distância, os cientistas afirmam que seria necessário um transmissor com um tamanho equivalente a duas Terras. Apesar dessa construção estar muito além da tecnologia terrestre atual, ela é possível segundo as leis da física e da engenharia, de acordo com o estudo.

Os pesquisadores acreditam que essas estruturas seriam úteis para fornecer energia a grandes navegações interestelares. A energia gerada seria capaz de empurrar uma carga de um milhão de toneladas – o que corresponde a vinte vezes a capacidade do maior cruzeiro da Terra. “Isso é grande o bastante para carregar passageiros por distâncias interstelares e até intergalácticas”, disse Lingam, em comunicado.

Ondas de rádio

Em janeiro deste ano, cientistas anunciaram a descoberta da origem de uma FBR pela primeira vez. Ela estaria em uma pequena galáxia, a pouco mais de três bilhões de anos-luz de distância (cada ano-luz equivale a 9,46 trilhões de quilômetros). A pesquisa foi publicada na revista científica Nature e baseada em dados obtidos por modernos radiotelescópios do observatório Very Large Array (VLA), nos Estados Unidos. Nomeada de FRB 121102, seu rastreamento foi possível porque os sinais já atingiram a Terra diversas vezes.

Mesmo que fosse possível transformar esses feixes de energia da FRB 121102 em sinais de rádio audíveis e inteligíveis, a comunicação com outras galácticas ainda seria difícil. Isso porque, mesmo se a onda viajasse à velocidade da luz, ela levaria três bilhões de anos para ir dessa pequena galáxia até a Terra.

Sobre a existência de extraterrestres, Loeb defende que o trabalho é meramente especulativo e que não cabe à ciência acreditar em alienígenas. “Não se trata de crença e sim de evidência. É melhor desenvolver ideias e deixar que os dados decidam”, afirmou.

Da Revista Veja

sem comentário »

A cada salsicha consumida você perde 15 minutos de vida

Essa é a conclusão do estudo conduzido pelo “British Medical Journal”. A culpa pode estar no fato de o alimento ser processado. O café tem efeito oposto

 

Estudo mostra que o consumo de salsicha reduz tempo de vida (iStock)

Poucos discordarão desta frase: salsicha é uma delícia, mas não se trata propriamente de um alimento saudável… Pois bem, o cenário agora ficou pior. Os amantes de um bom cachorro-quente agora têm mais um motivo para se preocupar com a qualidade do prato. Estudo conduzido pelo prestigioso periódico British Medical Journal comprovou que a cada salsicha consumida, a vida pode ser reduzida em 15 minutos.  Sim, 15 minutos.

O problema, que se mantém independentemente se a salsicha for misturada a ingredientes saudáveis, como salada e macarrão, está, sobretudo, no fato de se tratar de um alimento embutido.

Em novembro do ano passado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou que o efeito ruim dos processados não é do alimento em si, mas essencialmente da maneira como são elaborados. Antes de ir para o prato, esse tipo de comida é submetido a técnicas artificiais. Os nitritos e os nitratos de sódio, por exemplo, compostos químicos que possuem a função de evitar a formação de bactérias (e, portanto, fazer com que os alimentos durem mais), têm potente ação carcinogênica.

 

Já o método de defumação, que dá sabor e também contribui para prolongar a data de validade do alimento processado, usa o alcatrão da fumaça do carvão. Ainda que os mecanismos biológicos não estejam completamente desvendados, acredita-se que esses compostos danifiquem a estrutura do DNA das células, dando origem a mutações que podem fazer com que elas cresçam incontrolavelmente.

O mesmo estudo que associou o consumo de salsicha à redução do tempo de vida mostra ainda que o café tem efeito absolutamente contrário: a ingestão de duas ou três xícaras diariamente pode aumentar a perspectiva de vida em um ano a mais.

 

Por Da redação 

Revista Veja

sem comentário »

Senado aprova indicação Alexandre de Moraes como novo ministro do STF

O Senado aprovou, na manhã desta quarta(22), o nome de Alexandre de Moraes, ministro da Justiça licenciado do governo Michel Temer (PMDB), para vaga no STF (Supremo Tribunal Federal).

A sessão teve a participação de 68 senadores, sendo que 55 deles votaram a favor da indicação de Moraes e os outros 13 foram contra. A votação é secreta. Na CCJ, onde Moraes passou por sabatina de quase 12 horas ontem,foram por 19 votos pela aprovação e 7 contra ela.

O Senado aprovou, na manhã desta quarta(22), o nome de Alexandre de Moraes, ministro da Justiça licenciado do governo Michel Temer (PMDB), para vaga no STF (Supremo Tribunal Federal).

A sessão teve a participação de 68 senadores, sendo que 55 deles votaram a favor da indicação de Moraes e os outros 13 foram contra. A votação é secreta. Na CCJ, onde Moraes passou por sabatina de quase 12 horas ontem, foram por 19 votos pela aprovação e 7 contra ela.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), afirmou que o presidente Michel Temer será oficialmente comunicado da decisão ainda hoje, para que possa publicar a nomeação de Moraes no Diário Oficial.

Depois disso, Temer precisa confirmar a nomeação por meio de publicação no DOU (Diário Oficial da União). Depois disso, cabe à ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, definir uma data para a sessão solene que vai empossar Moraes como ministro da 1ª Turma do Supremo.

O STF ainda não tem previsão sobre quando a cerimônia –que deve contar com a presença dos representantes dos três Poderes, o Exceutivo, o Legislativo e o Judiciário– vai acontecer. Mas há um prazo de que a posse ocorra em 30 dias. Ainda segundo o STF, há urgência em empossar o 11º ministro porque algumas ações já votadas em plenário precisam de “voto de desempate”.
A assessoria de imprensa do Supremo deu como exemplo um recurso extraordinário sobre a responsabilidade da administração pública sobre a inadimplência de empresas privadas votado no dia 15 de fevereiro no plenário do STF. Foram cinco votos contra e cinco votos a favor. Diante do empate, Cármen Lúcia afirmou que o tema seria colocado novamente em votação já com a presença do 11º ministro.

Foram 22 dias para Fachin tomar posse

 

Na última vez que um ministro tomou posse no STF foi em 2015. A solenidade aconteceu 22 dias após a confirmação no DOU.

Indicado pela então presidente Dilma Rousseff (PT) para ocupar a vaga deixada pelo ex-ministro Joaquim Barbosa, que havia se aposentado em julho de 2014, Edson Fachin passou a integrar a equipe de ministros no dia 16 de junho de 2015.

A solenidade durou 20 minutos e foi marcada protestos com buzinaços, semelhantes aos realizados no dia em que teve sua indicação aprovada pelo Senado.

Hoje, Fachin é o responsável no Supremo pelos processos daqueles que possuem foro privilegiado no âmbito da Operação Lava Jato.

Moraes substitui Teori
Com 49 anos de idade, Moraes terá 26 anos de mandato no STF, que exige a aposentadoria compulsória dos ministros aos 75 anos.

Ele é o primeiro ministro indicado por Michel Temer à mais alta corte do país, e poderá ser o único, já que nenhum dos outros 10 ministros do Supremo completa 75 anos até 2018, último ano de mandato de Temer.

Moraes herdará os processos do gabinete do ministro Teori Zavascki, que morreu em um acidente de avião em janeiro, exceto os ligados à Operação Lava Jato. A presidente Cármen Lúcia decidiu redistribuir por sorteio os processos ligados à operação e o sorteado como relator foi o ministro Edson Fachin.

Moraes vai fazer parte da 1ª Turma do STF, na vaga deixada por Fachin, que pediu para ocupar a vaga de Teori na 2ª Turma, após ter sido escolhido com relator da Lava Jato.

Aliados do presidente Michel Temer articulam a nomeação para o Ministério da Justiça do subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha, que tem perfil técnico. A intenção seria aplacar os ânimos do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que, segundo reportagem da Folha de S. Paulo, já mandou diversos recados para o governo de que pode fechar acordo de delação na Lava Jato.

 

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), afirmou que o presidente Michel Temer será oficialmente comunicado da decisão ainda hoje, para que possa publicar a nomeação de Moraes no Diário Oficial.

Depois disso, Temer precisa confirmar a nomeação por meio de publicação no DOU (Diário Oficial da União). Depois disso, cabe à ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, definir uma data para a sessão solene que vai empossar Moraes como ministro da 1ª Turma do Supremo.

O STF ainda não tem previsão sobre quando a cerimônia –que deve contar com a presença dos representantes dos três Poderes, o Exceutivo, o Legislativo e o Judiciário– vai acontecer. Mas há um prazo de que a posse ocorra em 30 dias. Ainda segundo o STF, há urgência em empossar o 11º ministro porque algumas ações já votadas em plenário precisam de “voto de desempate”.

A assessoria de imprensa do Supremo deu como exemplo um recurso extraordinário sobre a responsabilidade da administração pública sobre a inadimplência de empresas privadas votado no dia 15 de fevereiro no plenário do STF. Foram cinco votos contra e cinco votos a favor. Diante do empate, Cármen Lúcia afirmou que o tema seria colocado novamente em votação já com a presença do 11º ministro.

Do Site UOL.

sem comentário »